photobone analógico

Download Photobone Analógico

Post on 09-Mar-2016

213 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Com a revista Photobone, pretendo ampliar o conceito da imagem ilustrada/gráfica e aperfeiçoar a sua relação com o minimalismo. O objectivo é criar um Ensaio gráfico onde exista uma relação entre a imagem e o texto. É uma revista online, já conta com uma edição, a edição 0. Esta revista nasceu de um outro projecto chamado Minimal Bone. A photobone procura mostrar os trabalhos de vários fotógrafos, dando a conhecer o seu trabalho, num suporte desenvolvido com uma linguagem gráfica Minimal, valorizando sempre a fotografia.

TRANSCRIPT

  • ACCIO SANTOS

  • Com a revista Photobone, pretendo ampliar o conceito da imagem ilustrada/grfica e aperfeioar a sua relao com o minimalismo. O objectivo criar um Ensaio grfico onde exista uma relao entre a imagem e o texto. uma revista online, j conta com uma edio, a edio 0. Esta revista nasceu de um outro projecto chamado Minimal Bone. A photobone procura mostrar os trabalhos de vrios fotgrafos, dando a conhecer o seu trabalho, num suporte desenvolvido com uma linguagem grfica Minimal, valorizando sempre a fotografia. um projeto em desenvolvimento, comeou por ser pequeno e pessoal, mas hoje deixou de ser s meu e passou a ser de todos aqueles que gostam de fotografia, profissionais ou amadores.O objectivo fundamental explorar as possibilidades criativas a nvel grfico.O ensaio grfico vai ser gerado com uma finalidade grfico editorial (revista), a partir da minha interpretao pessoal. A minha revista ser a tela para explorar a essncia deste projecto, ser o espao para manipulao de uma pequena ostentao grfica, uma experimentao de ideias.

    A Photobone quer mostrar o trabalho dos seus convidados e dar a conhecer as suas qualidades.Para j est apenas em formato digital, de acesso gratuito para todos os que gostam de fotografia, mas a inteno amadurecer o projecto para viagens futuras, para isso conto com todos os amigos que nesta viagem quiserem embarcar e fazer parte da histria da Photobone. Convido-o a visitar a minha pgina, onde poder visualizar as revistas j editadas, sendo que a n 0 foi apresentada no Encontro de Fotografia em Viseu, este ano, tendo tido uma boa aceitao por todos os participantes. uma tentativa de provocar um momento e deixar memrias.

    http://issuu.com/acaciosantos

  • CARLOS SALVADORCARINA MARTINSJ0S CRUZIOACCIO SANTOS

    CONVIDADOS:

    PHOTOBONEACCIO SANTOS

  • A Photobone quer mostrar o trabalho dos seus convidados e dar a conhecer as suas qualidades.Para j est apenas em formato digital, de acesso gratuito para todos os que gostam de fotografia, mas a inteno amadurecer o projecto para viagens futuras, para isso conto com todos os amigos que nesta viagem quiserem embarcar e fazer parte da histria da Photobone. Convido-o a visitar a minha pgina, onde poder visualizar as revistas j editadas, sendo que a n 0 foi apresentada no Encontro de Fotografia em Viseu, este ano, tendo tido uma boa aceitao por todos os participantes. uma tentativa de provocar um momento e deixar memrias.

    Uma fotografia muito mais do que uma imagem... so memrias, pedaos da nossa vida que vo ficar eternizados para sempre, mesmo que tudo mude. E com isso em mente, a fotografia analgica torna-se ainda mais especial, como esses momentos que tanto queremos eternizar.. Aquele pequeno pedao de negativo que pode conter tanto significado... A magia associada a todo o processo de desenvolvimento do mesmo... Quando se fotografa com analgico, o sentimento totalmente diferente. A espera de ver o resultado, que no aparece num ecr como estamos habituados hoje em dia, o nmero de disparos limitado, que nos faz pensar muito mais no que (e como) queremos registar. E se tivermos a sorte de poder revelar os nossos prprios rolos, toda aquela dana entre espirais e qumicos que tornam as nossas fotografias em algo fsico, e em que finalmente podemos ter uma ideia do que fizemos eleva toda a experincia de fotografar a um outro nvel. Mas a magia acontece, aquando da ampliao.Quando vemos a fotografia aparecer no papel, pouco a pouco, at que finalmente o processo se conclui. A memria, o registo, torna-se palpvel. Tudo isto me faz olhar para a fotografia analgica como algo nico, ao qual a fotografia digital no consegue chegar.

    Daniela Rodrigues

    EDITORIAL

  • PHOTOBONE

    01 CARLOSSALVADOR

  • 05

    PHOTOBONE

    02CARLOSSALVADOR

  • PHOTOBONE

    03

    04

    CARLOSSALVADOR

  • CARLOSSALVADOR

    PHOTOBONE

    CARLOSSALVADOR

    05

  • PHOTOBONE

    06 CARINA MARTINS

  • CARLOSSALVADOR

    PHOTOBONE

    07

    08

    CARINA MARTINS

  • PHOTOBONE

    CARINA MARTINS

    09

    10

  • PHOTOBONE

  • Como profissional, foi Professor Contratado, do Quadro de Zona Pedaggica de Nomeao Definitiva e, por fim, Professor do Quadro de Agrupamento de Nomeao Definitiva. Passou, em 2006-2009, pela Escola Bsica 2/3 do Viso, Viso; colocado como QE em 2009-2013 na E.B.I. com 2,3. Ciclos de Santa Cruz da Trapa, S. Pedro do Sul e estando presentemente, destacado no Agrupamento de Escolas de Mangualde.

    PERCURSOS ARTSTICOS2010 Suburbia

    2006 No Snow White for anyone

    2005 _ "Playground (view from here)"

    1999 Name(s) 1998 (Alguns) Palimpsestos

    1997- (Outubro/Novembro) Red Lights

    JOSCRUZIO

    Curso de Artes do Fogo - Ensino Secundrio na Escola Secundria Avelar Brotero-Coimbra; Licenciatura em Pintura Variante Artes Plsticas pela A.R.C.A. - Escola de Tecnologias Artsticas de Coimbra e, por fim, Mestrando no Mestrado em Criao Artstica Contempornea DeCA/Universidade de Aveiro.Como profissional, foi Professor Contratado, do Quadro de Zona Pedaggica de Nomeao Definitiva e, por fim, Professor do Quadro de Agrupamento de Nomeao Definitiva. Passou, em 2006-2009, pela Escola Bsica 2/3 do Viso, Viso; colocado como QE em 2009-2013 na E.B.I. com 2,3. Ciclos de Santa Cruz da Trapa, S. Pedro do Sul e estando presentemente, destacado no Agrupamento de Escolas de Mangualde.

    Apresenta : Ao longe, ecos..

  • PUBLICAES

    2012 Contributo fotogrfico para Lente no Latente do n. 2 da FERRAMENTAzine, de Viseu; 2008 -Revista BU/Boa Unio Revista de Arte e Cultura do Teatro Viriato,com Porteflio fotogrfico Rasgos e Subculturas, edio de Maio 2008;

    PUBLICAES

    PROJECTOS COLETIVOS

    2012 Rumours#1 e 2 no mbito dos Jardins Efmeros 12, em Viseu; 2011 - Sugarland, no mbito do Encontro Fotogrfico de Viseu - Edio 0, no IPJ Viseu; 2010 - Mal Olhados Zunzum, Associao Cultural/Ncleo de Fotografia em vrios locais (Galeria/Livraria Pretexto, -Viseu, Biblioteca Municipal de Penalva do Castelo, Auditrio Municipal Carlos Paredes Vila Nova de Paiva, Biblioteca Municipal de Castro Daire, etc.); 2009 - Exposio Colectiva MCAC/UA Museu Santa Joana, Aveiro; 2008 - SETE OLHARES sobre EXERCCIOS DE BOTNICA- Casa da Esquina/Associao Cultural, Coimbra; ARTE CONTEMPORNEA - Novas Aquisies DRAC/Museu de Angra do Herosmo, Terceira; 2007 - Matrias e Atmosferas Coleco da DRAC Museu Regional da Horta, Faial, Aores; Corpo do Toiro Carmina, Galeria de Arte Contempornea - Angra do Herosmo;2006 - RadioGRAFIAS Francisco Bernardo/Jos Crzio Galeria de Exposies Temporrias do Museu de Angra do Herosmo (MAH); 2005 - III. Bienal Internacional de Gravura do Douro Alij, Portugal; Fevereiro/Maro 2005 Exposio Colectiva de Gravura Espao Expositivo da Casa do Sal Oficina dAngra; 2004 - Agosto IV Festival de Gravura de vora, vora; 2003 - EVENTO 0.6 Sentidos Grtis/Capital Nacional da Cultura Coimbra 2003, Convento de S.Francisco, Coimbra; "Poetas & Poetas" - Muse de la Ville de Cusset-Auvergne, France; 6.me Triennale Mondiale des Estampes Petit-Format, Chamalires, Auvergne, France ; 23thMiniprint International de Cadaqus, Cadaqus, Espanha; XII. Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de Cerveira; II. Bienal Internacional de Gravura do Douro - Alij, Portugal;

    2012 Contributo fotogrfico para Lente no Latente do n. 2 da FERRAMENTAzine, de Viseu; 2008 -Revista BU/Boa Unio Revista de Arte e Cultura do Teatro Viriato,com Porteflio fotogrfico Rasgos e Subculturas, edio de Maio 2008;

  • 11

    12

    JOS CRUZIO

    PHOTOBONE

    Curso de Artes do Fogo - Ensino Secundrio na Escola Secundria Avelar Brotero-Coimbra; Licenciatura em Pintura Variante Artes Plsticas pela A.R.C.A. - Escola de Tecnologias Artsticas de Coimbra e, por fim, Mestrando no Mestrado em Criao Artstica Contempornea DeCA/Universidade de Aveiro.Como profissional, foi Professor Contratado, do Quadro de Zona Pedaggica de Nomeao Definitiva e, por fim, Professor do Quadro de Agrupamento de Nomeao Definitiva. Passou, em 2006-2009, pela Escola Bsica 2/3 do Viso, Viso; colocado como QE em 2009-2013 na E.B.I. com 2,3. Ciclos de Santa Cruz da Trapa, S. Pedro do Sul e estando presentemente, destacado no Agrupamento de Escolas de Mangualde.

  • 13

    14

    JOS CRUZIO

    PHOTOBONE

  • PHOTOBONE

    ACCIO SANTOS

    O Narcisista e o Piano

    licenciado em Artes Plsticas e Multimdia.!986 / Viseu.

    Foto Manipulao na revista APS nmero 17;

    (2009)I lustrao no Livro Histrias da Matemtica

    (2009)Logtipo da Empresa Viva Seguro Lisboa

    (2009)Tratamento da imagem para a capa do livro

    Palavras ao Vento

    Corpos Editora

    (2011)As Aventuras da Maria no Mundo dos Sonhos -

    Edies Vieira da Silva;

    (2012)-Photobone

    (2012)

  • 15ACCIO SANTOS

    PHOTOBONE

  • PHOTOBONEhttp://issuu.com/acaciosantos

    ACCIO SANTOS EDIO O1

    PHOTOBONE

    ACCIO SANTOS 17

    16

  • 18ACCIO SANTOS

    PHOTOBONE

  • 19ACCIO SANTOS

    PHOTOBONE

  • Venho por este meio agradecer o interesse e participao dos fotgrafos convidados e que mais uma vez possibilitaram mais uma edio da Photobone. Este agradecimento est dirigido aos fotgrafos convidados: Carina Martins, Carlos Salvador e ao Jos Cruzio. Nesta edio contamos com a participao da fotgrafa Daniela Rodrigues que mais uma vez abraa este projeto escrevendo o editorial deste nmero. O objetivo desta revista apresentar no s fotografias de excelncia, mas tambm oferecer aos seus leitores um grafismo agradvel e dinmico, dando-lhes a conhecer fotgrafos amadores e/ou profissionais, valorizando as vrias formas de fazer arte com a fotografia. Este projeto