pavimentação agragados

of 32/32
Avaliação de agregados p Avaliação de agregados pa em pavimentação em pavimentação CONTINUAÇÃO CONTINUAÇÃO

Post on 05-Oct-2015

3 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Avaliação de agragados para pavimentação asfáltica

TRANSCRIPT

 
 
 Avaliação de agregados para uso Avaliação de agregados para uso em pavimentaçãoem pavimentação
CONTINUAÇÃOCONTINUAÇÃO
 
 
Índice de degradação MarshallÍndice de degradação Marshall
Para eecução do ensaio dePara eecução do ensaio de  I!mI!m a mistura de solo constituida pora mistura de solo constituida por "#$$g% deve ser compactada com &$ golpes de cada lado no"#$$g% deve ser compactada com &$ golpes de cada lado no cilindro 'arshall( Ap)s este procedimento peneirar o material nacilindro 'arshall( Ap)s este procedimento peneirar o material na s*rie de peneira mostrada anteriormente(s*rie de peneira mostrada anteriormente(
 
 
6
∑ =
 
 
Ensaio de degradação WashingtonEnsaio de degradação Washington  
 
 
Ensaio de degradação WashingtonEnsaio de degradação Washington  
 
 
Ensaio de degradação WashingtonEnsaio de degradação Washington  
O Dator de !egradação de ?ashington * calculado aO Dator de !egradação de ?ashington * calculado a partir da epressão matem+tica partir da epressão matem+tica
OndeOnde H =H = altura /em mm1 dos sedimentos% na proveta dealtura /em mm1 dos sedimentos% na proveta de ensaio de e-uivalente de areia(ensaio de e-uivalente de areia(
( )[ ]   100)75,1380(380   ×+−=   H  H  Dw
Ensaio de degradação WashingtonEnsaio de degradação Washington  
 
 
Adesividade do agregado graúdo e miúdoAdesividade do agregado graúdo e miúdo 
 A a4inidade ao cimento as4+ltico de petr)leo A a4inidade ao cimento as4+ltico de petr)leo /CAP1% tam>*m chamada de adesividade% * a/CAP1% tam>*m chamada de adesividade% * a -ualidade do granular deiar,se aderir pelo CAP(-ualidade do granular deiar,se aderir pelo CAP(
 
 
Adesividade do agregado graúdo e miúdoAdesividade do agregado graúdo e miúdo
 
 
 
 
 Adesividade de agregados miHdos Adesividade de agregados miHdos
 
 
 Adesividade de agregados miHdos Adesividade de agregados miHdos
 
 
 Adesividade de agregados miHdos Adesividade de agregados miHdos
 
 
 Adesividade de agregados miHdos Adesividade de agregados miHdos
 A solução de maior concentração /" 'olar1 A solução de maior concentração /" 'olar1 rece>eu o nHmero : /nove1 e 4oi o>tidarece>eu o nHmero : /nove1 e 4oi o>tida adicionando &8g de car>onato de s)dio anidroadicionando &8g de car>onato de s)dio anidro em +gua destilada at* completar &$$ml(em +gua destilada at* completar &$$ml(
 As $ /oito1 demais soluçEes 4oram o>tidas a As $ /oito1 demais soluçEes 4oram o>tidas a partir desta% redu2indo a concentração pelapartir desta% redu2indo a concentração pela metade% sucessivamente( O resultado dametade% sucessivamente( O resultado da adesividade de agregado miHdo * mostradoadesividade de agregado miHdo * mostrado
 
 
 Avaliação da adesividade de agregados miHdos
 
 
Equivalente de areiaEquivalente de areia 
 
 
Equivalente de areiaEquivalente de areia
O ensaio consiste em agitar energicamente uma amostra de soloO ensaio consiste em agitar energicamente uma amostra de solo arenoso numa proveta contendo solução 4loculante e% ap)s oarenoso numa proveta contendo solução 4loculante e% ap)s o repouso% determinar a relação entre o volume de areia e volume derepouso% determinar a relação entre o volume de areia e volume de areia mais o de 4inos -ue se separam da areia e 4loculam 7AL h9Fareia mais o de 4inos -ue se separam da areia e 4loculam 7AL h9F "$$( "$$(
Para uma areia pura 7A L "$$.% decrescendo seu valor 6 medidaPara uma areia pura 7A L "$$.% decrescendo seu valor 6 medida -ue aumenta o teor de impure2as ou de 4inos( Para argilas 7A *-ue aumenta o teor de impure2as ou de 4inos( Para argilas 7A * praticamente nulo( O '*todo !NIT9'7 &;9:@% recomenda valorespraticamente nulo( O '*todo !NIT9'7 &;9:@% recomenda valores de e-uivalente de areia superior ade e-uivalente de areia superior a
 
 
Ensaio de índice de formaEnsaio de índice de forma 
 
 
 
 
Para 4aia !Para 4aia !
 
 
Ensaio de índice de formaEnsaio de índice de forma
O 5ndice de 4orma 4oi calculado pela epressãoO 5ndice de 4orma 4oi calculado pela epressão
OndeOnde
 4 4 L 5ndice de 4ormaL 5ndice de 4orma
 P"L oma das percentagens retidas nos crivos I% de todas asP"L oma das percentagens retidas nos crivos I% de todas as 4raçEes -ue compEe a graduação4raçEes -ue compEe a graduação
P#L oma das percentagens retidas nos crivos II% de todas asP#L oma das percentagens retidas nos crivos II% de todas as 4raçEes -ue compEe a graduação4raçEes -ue compEe a graduação
 nL nHmero de 4raçEes -ue compEe a graduação escolhida(nL nHmero de 4raçEes -ue compEe a graduação escolhida(
n
Outros ensaiosOutros ensaios
 A>sorção% massa espec54ica aparente% massa A>sorção% massa espec54ica aparente% massa espec54ica realespec54ica real

;
&
 
 
AN!"#E# $%ÍM"&A# '(# A)*E)A'(#AN!"#E# $%ÍM"&A# '(# A)*E)A'(# 
+H dos agregados+H dos agregados 
, Classi4icação de solo -uanto ao pF( /7'J=APA,!D% ":::1
 
 
 
 
AN!"#E M"NE*A!()"&A '(#AN!"#E M"NE*A!()"&A '(# A)*E)A'(#A)*E)A'(#
An,lise termo gravim-tricaAn,lise termo gravim-trica  
 An+lise termogravim*trica , agregado ;$0
Termograma < concreção later5tica