palestra assedio gestores

Download Palestra assedio gestores

Post on 06-Jul-2015

167 views

Category:

Law

3 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. Cndida Machado Botelho & Botelho Advogados Abril/2011 1 BOTELHO & BOTELHO Advogados Associados ASSEDIO MORAL NAS RELAES DE TRABALHO

2. 2 Assdio Toda conduta abusiva, manifestando-se, sobretudo, por comportamentos, palavras, atos gestos escritos que possam trazer dano personalidade, dignidade ou integridade fsica ou psquica de uma pessoa, pr em perigo seu emprego ou degradar o ambiente de trabalho. (Marie-France Hirigoyen) 3. 3 Assdio Atitude abusiva manifestada por: Atos Palavras Gestos Atenta contra: Dignidade Integridade fsica e psquica CARTER REPETITIVO ECARTER REPETITIVO E PROLONGADOPROLONGADO Assdio = bullyng 4. 4 Legislao Organizao Internacional do Trabalho (OIT, 2003): Comportamento de algum, para rebaixar uma ou mais pessoas, atravs de meios vingativos, cruis, maliciosos ou humilhantes. So crticas repetitivas e desqualificaes, isolando-o do contato com o grupo e difundindo falsas informaes sobre ele 5. 5 Legislao Constituio Federal Cdigo Penal Coao Moral Lei 8.112 Reg Prev.Social Art.20 Lei 8.213/91 Assdio Sexual Crime de Tortura Resoluo CFM 1488/98 Portaria n 777/GM/MS/2004 Lei municipal 2949/2002 (DF). 6. 6 Legislao (o que vir) 02 Projetos de Reforma do Cdigo Penal 02 Projetos de Reforma da Lei 8.112 Dia Nacional de Luta contra o Assdio Moral no Trabalho 2 de maio 7. 7 Tipos de assdio CHE FIACHE FIA SUBORDINADOSUBORDINADO SUBORDINADOSUBORDINADO CHEFIACHEFIA HORIZONTALHORIZONTAL VERTICALVERTICAL DESCENDENTEDESCENDENTE VERTICALVERTICAL ASCENDENTEASCENDENTE 8. 8 Perfil do Assediado Dedicados ao trabalho Criativos Mais competentes que os agressores via de regra Crena Etnia ou Opo Sexual diferente do Agressor 9. 9 Perfil do Assediador Problemas de reconhecimento Comportamento arrogante Inveja Relaes de Opresso e Submisso Prticas Perversas Gerando 10. 10 Aes do assediador Destruir Psicolgica e Profissionalmente o assediado Pressionar o assediado para: - Abandonar um projeto ou cargo - Local de trabalho ou emprego Uso comum: Humilhao 11. 11 Meios comuns de Assdio Insinuaes desdenhosas e desqualificantes Tratar a vtima por um apelido pejorativo Brincadeiras e piadas envolvendo o assediado; Crticas em pblico Atribuir tarefas humilhantes e inteis Transferncia de setor com o intuito de humilhar Isolamento do assediado 12. 12 Meios comuns de Assdio Impor metas impossveis No passar informaes Negar oportunidades Contribuies no consideradas Repetidas perseguies Superviso excessiva Privar do acesso dos instrumentos de trabalho Exigncia de trabalhos complexos em tempo insuficiente Marcao de tempo e de vezes para ir ao banheiro 13. 12 Estatstica Dar instrues confusas e imprecisas - 65% O bloqueio ao trabalho e a atribuio de erros imaginrios - 61% Ignorar a presena de funcionrio na frente de outros - 55% Pedir trabalhos urgentes sem necessidade - 49% Mandar o trabalhador realizar tarefas abaixo de sua capacidade profissional,fazer comentrios maldosos 14. 14 Estatstica* No cumprimentar - 38% Impor horrios injustificados ou forar o trabalhador a pedir demisso - 35% Impedir o trabalhador de almoar ou conversar com um colega, disseminando boatos que desvalorizam e desqualificam profissional e pessoalmente; retirar o material necessrio execuo do trabalho (fax, computador, telefone),isolando-o do convvio com os colegas - 33% 15. 14 Sintomas mais comuns no Assediado Cefalia Sensao De Mal Estar Sensao De Presso No Peito Fadiga Crnica Esquecimentos constantes Insnia ou sonolncia excessiva Pesadelos, com o ambiente trabalho 16. 15 Sintomas mais comuns no Assediado ESTADOS DEPRESSIVOS TRANSTORNOS ANSIOSOS PERDA OU EXCESSO DE APETITE AUMENTO CONSUMO DE DROGAS TENTATIVAS DE SUICDIO Evoluindo 17. 16 Outros Sintomas Hipertenso arterial Palpitaes cardacas, taquicardia Inflamaes de pele Perda de cabelo Dores generalizadas no corpo Enxaquecas Distrbios digestivos Diminuio da libido 18. Sintomas (reao em %)Sintomas (reao em %) MulheresMulheres HomensHomens Crises de choroCrises de choro 100100 -- Dores generalizadasDores generalizadas 8080 8080 Palpitaes, tremoresPalpitaes, tremores 8080 4040 SSentimento de inutilidadeentimento de inutilidade 7272 4040 Insnia ou sonolncia excessivaInsnia ou sonolncia excessiva 69,669,6 63,663,6 DepressoDepresso 6060 7070 Diminuio da libidoDiminuio da libido 6060 1515 Sede de vinganaSede de vingana 5050 100100 Aumento da presso arterialAumento da presso arterial 4040 51,651,6 Dor de cabeaDor de cabea 4040 33,233,2 Distrbios digestivosDistrbios digestivos 4040 1515 TonturasTonturas 22,322,3 3,23,2 Idia de suicdioIdia de suicdio 16,216,2 100100 Falta de apetiteFalta de apetite 13,613,6 2,12,1 Falta de arFalta de ar 1010 3030 Uso de bebida alcoolicaUso de bebida alcoolica 55 6363 Tentativa de suicdioTentativa de suicdio -- 18,318,3 19. 19 Porque dificil descobrir ? Caracterstica do ambiente de trabalho: Medo do desemprego Colegas rompem os laos afetivos com a vtima Colegas reproduzem aes e atos do agressor no ambiente de trabalho Pacto da Tolerncia e do Silncio 20. 20 Conseqncias para a empresa Absentesmo Baixo ndice de criatividade Danos aos equipamentos Alta rotatividade Aumento de demandas trabalhistas 21. 21 Reconhecendo o assedio http://www.youtube.com/watch ?v=VNXYQ-8_0cQ http://www.youtube.com/watch?v= http://www.youtube.com/watch?v= 22. MANTER O FOCO, DETER O LEME. INDICAR O RITMO E A ITENSIDADE. PROMOVER A EBOLIO RESPONSVEL E A CRIATIVIDADE. EDUCAR, ACOLHER, AFAGAR. Qual o papel do lder 22 23. Qual o papel do lider SER TOLERANTE AO ERRO No Permitindo a Cultura do Medo Promovendo Reflexo / Aprendizagem. Trabalhando inibio da criatividade. E se fosse eu ? 23 24. Qual o papel do lider Estimular um ambiente respeitoso e saudvel Promovendo justia Elogiando Ouvindo, processando, falando Cultivando pequenos hbitos (obrigado, bom dia) 24 25. RESUMINDO: APROVEITE AS OPORTUNIDADES. NO FALE MAL DOS SEU CAVALO FAA TUDO COM PAIXO. SINTA ORGULHO DE SUAS PEGADAS. TRATE O PRXIMO COMO A TI MESMO CUIDE BEM DAS PESSOAS 25 26. Resultados extraordinrios so possveis atravs das pessoas e no apesar das pessoas. 26 27. 27 BOTELHO & BOTELHO Advogados Associados Obrigada