odonto pediatria

Download ODONTO PEDIATRIA

Post on 21-Jul-2015

2.638 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

ANATOMIA E BIOGNESE DOS DENTES DECDUOS 15/03/2011 Objetivos Preveno Tratamento

Como acontece Formao a partir do 6 Semana de Vida Intra Uterina Erupo dos Primeiros dentes decduos: 6 meses o Os primeiros so os incisivos centrais inferiores o Os ltimos so os segundos-molares Dentio decdua completa: 30 meses Esfoliao e substituio dos decduos pelos permanentes: 6 aos 13 anos o Dentio Permanente: 32 dentes o Dentio Decdua: 20 dentes No tem pr-molar Incisivos e caninos tm seus correspondentes permanentes Molares decduos do lugar aos pr-molares permanentes

Importncia dos Dentes Decduos Mastigao Fonao Esttica Manter espao no arco Guia de erupo o A reabsoro radicular do dente decduo leva a erupo do dente permanente. o A raiz do dente decduo leva o dente permanente erupo. Estimular o crescimento sseo dos maxilares

Nomenclatura DENTES PERMANENTES MAXILA 13 12 11 21 22 23 43 42 41 31 32 33 MANDBULA

DIR

18 48

17 47

16 46

15 45

14 44

24 34

25 35

26 36

27 37

28 38

ESQ

DIR

55 85

54 84

53 83

DENTES DECDUOS MAXILA 52 51 61 62 82 81 71 72 MANDBULA

63 73

64 74

65 75

ESQ

1|Pgina

Dentes X Dentio X Dentadura Dente o 1 elemento Dentio o Perodo de formao / erupo Dentadura o Completa

Sinnimos Decduos, Temporrios, De leite, Da infncia, Provisrios, Primeira Dentio

O conhecimento de diferenas entre dentes decduos e permanentes essencial na seleo do tipo de preparo e na sua confeco, pois essas vo levar a modificaes na Dentstica operatria em odontopediatria. A. Chelotti CARACTERSTICAS HISTOLGICAS A espessura de esmalte e dentina nos dentes decduos menor quando comparada dos dentes permanentes. Esmalte tem colorao branca leitosa e mais permevel.

DIFERENAS ENTRE DECDUOS E PERMANENTES COROA Proporo Altura e Largura das Faces o Vestibulares Anteriores Decduos: Distncia Msio Distal (Largura) = Distncia Crvico Oclusal (Altura), Permanentes: Distncia Msio Distal (Largura) < Distncia Crvico Oclusal (Altura) Posteriores Decduos: Distncia Msio Distal (Largura) > Distncia Crvico Oclusal (Altura) Permanentes: Distncia MD = Distncia CO Proximais dos molares decduos o As faces V e L/P apresentam grande convergncia para Oclusal, resultando em uma face proximal de forma trapezoidal e uma face Oclusal estreita, com dimetro menor que o colo. rea de Contato o Decduos rea de contato posicionada para Cervical Maior dificuldade no diagnstico clnico e maior perda de estrutura dental (esmalte e dentina) o Permanentes Ponto de contato posicionado no tero mdio, entre Oclusal e Cervical. Anatomia do Colo o Molares Decduos apresentam uma constrio na regio do colo, com trmino abrupto de esmalte Prismas de Esmalte o Decduos: mesma direo (Cervical para Oclusal) o Permanentes: Oclusal para Cervical

2|Pgina

RAZES Sofrem reabsoro Rizlise o Esfoliao o Zonas irregulares no pice radicular Proporcionalmente (em relao ao tamanho da coroa) so maiores que nos permanentes Molares o Grande divergncia Abrigam o germe do permanente entre elas Dificuldade nas exodontias e Preparo Qumico Mecnico (PQM) Anteriores o Inclinao para vestibular Germes dos permanentes localizam-se por palatino / lingual ntima relao raiz do decduo X germe do permanente

Morfologia Pulpar nos Decduos Polpa mais ampla e volumosa que acompanham a morfologia externa da coroa Cornos pulpares proeminentes Grande proximidade entre teto e assoalho da cmara pulpar Topografia irregular dos canais Porosidade e permeabilidade na regio de furca e assoalho da cmara pulpar

CARACTERSTICAS ANATMICAS DOS DENTES DECDUOS Incisivos o So 8 incisivos o Dimenses menores que os permanentes o Tem aspecto bastante semelhante aos permanentes, exceto pelo formato mais quadrado. o Razes mais alongadas, chatas, pontiagudas e voltadas para vestibular. o Razes so mais chatas, pontiagudas e voltadas para frente o Polpa coronria grande extenso MD e mais chata VL Caninos o So 4 caninos o Dimenso menor que o permanente o O inferior confunde o Coroa bem volumosa e em forma de lana o Razes mais compridas, pontiagudas, desviadas para Disto Vestibular Molares o So 8 molares o Os mais volumosos do arco decduo o Tamanho crescente o Segundos molares decduos com anatomia oclusal muito semelhante aos primeiros molares permanentes 1 molar superior decduo 3 cspides: MP>MV>DV>DP Pode apresentar a 4 cspide DP, sempre pequena. Tubrculo de Zuckerkandl no ngulo triedro Msio-Vestbulo-Cervical Neste caso apresenta ponte de esmalte unindo cspides DV e MP 3 razes: DV < MV < P (2 Vestibulares e 1 Palatina) 3|Pgina

2 molar superior decduo Semelhante ao 1 MP 4 cspides MP>MV>DV>DP Ponte de esmalte crista oblqua e tubrculo de Carabelli como o 1 molar permanente 3 razes: DV < MV < P (2 Vestibulares e 1 Palatina) 1 molar inferior decduo Coroa irregularmente cbica e diferente dos outros molares 4 cspides: ML>MV>DV>DL (VD) Pode apresentar a 5 cspide (vestbulo-distal), sempre pequena. Apresenta ponte de esmalte = crista transversa unindo cspidesMV e ML 2 razes: M < D (1 Mesial e 1 Distal) Raiz mesial normalmente com 2 condutos Presena do Tubrculo de Zuckerkandl 2 molar inferior decduo Muito semelhante ao 1 molar permanente, porm menor. 5 cspides: ML>DL>DV>MV>D 2 razes: M < L (1 Mesial e 1 Distal) Presena de Tberculo de Zuckerkandl Raiz mesial normalmente com 2 condutos

CRONOLOGIA E SEQUNCIA DE ERUPO DOS DENTES Cronologia de erupo o Idade em que o dente erupcionar o Varia bastante Sequncia de erupo o Ordem em que os dentes aparecem na cavidade bucal o Se variar requer acompanhamento clnico

Formao dos Dentes 6 SVIU o Esboa-se e forma-se a Lmina Dental 4 MVIU o Calcificao dos dentes decduos 5 MVIU o Calcificao do 1 MP 6 meses de vida o Quase todos os dentes permanentes j iniciaram o seu desenvolvimento

Odontognese Lmina dentria o Primria: 6 7 SVIU at completar 2 MVIU o Secundria: 4 MVIU (ICp) at 10 meses de idade (2 PM) o Terciria: 4 MVIU ( Mp) at 5 anos de vida

4|Pgina

Estgios de Nolla (Dentes Permanentes) 0. 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. Ausncia de cripta Presena de cripta Calcificao inicial: estgio importante, pois nos mostra se est havendo a formao do permanente. 1/3 coroa formada 2/3 coroa formada Coroa quase formada Coroa totalmente formada: fase importante 1/3 raiz formada 2/3 raiz formada: estgio importante pice aberto pice fechado INCISIVOS DECDUOS 71/81 51/61 72/82 52/62 CANINOS DECDUOS 1 MOLAR DECDUO 2 MOLAR DECDUO 1 MOLAR PERMANENTE 2 MOLAR PERMANENTE

6 MESES 12 MESES 18 MESES 24 MESES 6 ANOS 7 ANOS 9 ANOS 10 ANOS 11 ANOS 12 ANOS

74/84 54/64 73/83 53/63 75/85 55/65 36/46 16/26 31/41 32/42 11/21 12/22 33/43 1 PM INF E SUP 2 PM INF E SUP 13/23 2 MP

Sequncia de Erupo dos Decduos o Incisivos Centrais, Incisivos Laterais, 1 molares, Caninos e 2 molares o Os inferiores erupcionam antes dos superiores Sequncia de Erupo dos Permanentes o 1 Molar, Incisivo Central, Incisivo Lateral, Caninos Inferiores, 1 Pr-Molar, 2 Pr-Molar, Caninos Superiores e 2 Molares

Tabela Proposta por Logan e Kronfield e Modificao por Mc Call & Schou Erupo dos Decduos Dente Incisivo Central Incisivo Lateral Canino 1 Molar 2 Molar Superior 10 Meses 11 Meses 19 Meses 16 Meses 29 Meses Inferior 08 Meses 13 Meses 20 Meses 16 Meses 27 Meses

5|Pgina

Erupo dos Permanentes Dente Incisivo Central Incisivo Lateral Canino 1 Pr-Molar 2 Pr-Molar 1 Molar 2 Molar Caractersticas da Dentio Decdua Vista vestbulo-lingual Ausncia de curva de Spee Implantao dentria vertical ou perpendicular ao plano oclusal e longos eixos dos dentes paralelos entre si ATM prxima ao plano oclusal mandibular e paralela ao mesmo Superior 6,5 a 7,5 Anos 7,5 a 8,5 Anos 10,5 a 12 Anos 9 a 10 Anos 10 a 11 Anos 6 a 6,5 Anos 12 a 12,5 Anos Inferior 5,5 a 6,5 Anos 6,5 a 7,5 Anos 9 a 10,5 Anos 9,5 a 10,5 Anos 10,5 a 12 Anos 5,5 a 6,5 Anos 11 a 12 Anos

Classificao de Baume Quanto presena de diastemas o Tipo I Com Diastemas Estvel Favorvel o Tipo II Sem Diastemas Instvel Maior tendncia a apinhamento o Misto

Espaos Primatas Diastemas normalmente presentes na dentio decdua No tem relao com classificao de Baume Localizao o Maxila Entre Incisivo Lateral e Canino Decduo o Mandbula Entre Canino e 1 Molar Decduo

Planos terminais dos Segundos-Molares Decduos A face distal dos segundos molares decduos serve como orientao para o posicionamento dos primeiros molares permanentes Chave de ocluso Degrau Reto Plano ou Topo (76%): normalmente leva a uma Classe I Degrau mesial para a mandbula (14%): pode ser Classe I ou se a mandbula estiver muito para mesial, poder levar a uma m ocluso de Classe III. Degrau distal para a mandbula (10%): leva a uma m ocluso de Classe II

6|Pgina

CARIOLOGIA 22/03/2011 Doena infecciosa, crnica, multifatorial e transmissvel que atinte os dentes. Desiquilbrio do processo de des-remineralizao. Processo provocado pela ao cida, resultante do metabolismo de carboidratos por microrganismos localizados em depsitos aderidos ao dente, levando desmineralizao das estruturas inorgnicas, seguida da desintegrao da substncia orgnica do dente. No o buraquinho As leses vo desde a mancha branca, at a destruio coronria do elemento dental.

Tratamento: deve ser integral Atuar nas causas: etiologia Preveno, tratamento, manuteno S restaurar = retratamento

Crie Fatores Etiolgicos Determinantes essenciais ou primrios o Microbiota cariognica o Hospedeiro o Substrato o Tempo Modificadores o Scio-Econmicos o Culturais o Comportamentais

ETIOLOGIA DA CRIE 1962 (Keyes) Hospedeiro Suscetvel: Dente Substrato: Dieta cariognica Microrganismos: Bactrias especficas 1988 (