O O crescimento o O sucesso o Convergência o Modelo de serviços o Resultados o Qualidade o VPN o QoS o MPLS o Modelo para integração o Case ANG o Garantia

Download O O crescimento o O sucesso o Convergência o Modelo de serviços o Resultados o Qualidade o VPN o QoS o MPLS o Modelo para integração o Case ANG o Garantia

Post on 17-Apr-2015

106 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li> Slide 1 </li> <li> o O crescimento o O sucesso o Convergncia o Modelo de servios o Resultados o Qualidade o VPN o QoS o MPLS o Modelo para integrao o Case ANG o Garantia da Qualidade Thiago Barroso Ferreira ABASE Telecom </li> <li> Slide 2 </li> <li> Redes IP O crescimento As Redes IP se tornam cada vez mais amplas por possuir um padro mundial que no existe em outros ramos como telefonia, energia e televiso. a propulsora da convergncia de servios integrados de alta disponibilidade. </li> <li> Slide 3 </li> <li> Redes IP O sucesso Se torna indispensvel justamente pela necessidade do usurio trabalhar em uma nica rede que agregue qualquer servio. Explorao de novas tecnologias. Oferecimentos de servios sofisticados aos clientes. </li> <li> Slide 4 </li> <li> Redes IP - Convergncia Cenrio adequado para a idia de entregar ao usurio um ponto de acesso onde possa escolher dentre vrios servios disponveis. Convergncia Dados Telefonia Vdeo </li> <li> Slide 5 </li> <li> Redes IP - Convergncia Tendncia nos sistemas de comunicaes mundiais </li> <li> Slide 6 </li> <li> Redes IP - Convergncia Arquitetura de rede convergente Organizacional: Utilizao de um plano de transporte fundamentado sobre o IP e separao das camadas de transporte, controle e aplicao. </li> <li> Slide 7 </li> <li> Redes IP - Convergncia Com a convergncia temos uma nova viso sobre as redes de comunicao e de aplicaes multimdia na integrao de empresas. Num mesmo canal, vdeo, voz e dados, a convergncia de redes permite tambm aplicaes de telefonia IP, acesso a Web por telefones mveis e o streaming de vdeo. Equipamento mvel rea de Hot Spot VoIP, TV, MP3, rdios on-line,... (mltiplos servios) </li> <li> Slide 8 </li> <li> Dispositivos Acesso Transporte/Comutao Controle Aplicao Modelo de servios verticais Servios clssicos e inteligentes de telefonia, internet e videoconferncia. Solues prprias e individuais. Infra-estruturas independentes. Modelo de servios horizontais Servios convergentes. Solues combinadas de voz, multimdia e mensagens. rea de servios do usurio. Mesma infra-estrutura. Redes IP - Modelo de servios </li> <li> Slide 9 </li> <li> Redes IP Integrao x Convergncia x Resultados Plataforma nica de soluo Rpida disponibilizao da infra-estrutura Diferencial Qualidade Facilidade Integrao Novas Necessidades Velocidade Plataforma nica de soluo Rpida disponibilizao da infra-estrutura Novas Necessidades Flexibilidade Velocidade Dinamismo </li> <li> Slide 10 </li> <li> Redes IP - Qualidade Fundamental para se ter um servio de qualidade : Servios com QoS (Quality of Service), Priorizao de Pacotes e Largura de Banda Implementao com VPN (Virtual Private Network) garantindo segurana e transparncia para aplicaes e servios. Roteamento com MPLS (MultiProtocol Label Switching) garante eficincia e dinamismo no encaminhamento dos pacotes. </li> <li> Slide 11 </li> <li> VPN Virtual Private Network A principal caracterstica de uma Rede VPN a virtualidade de seus links que atravs da tcnica de tunelamento, permite que uma determinada Singular, Cooperados e Prestadores de uma localidade transportem suas informaes com total segurana e economia. </li> <li> Slide 12 </li> <li> QoS Quality of Service Com o uso de QoS os pacotes so marcados para distinguir os tipos de servios e os roteadores so configurados para criar filas distintas para cada aplicao, de acordo com a prioridade de cada uma. Garantia de uma faixa da largura de banda. Servios integrados (IntServ) e Servios diferenciados (DiffServ) </li> <li> Slide 13 </li> <li> MPLS Multiprotocol Label Switching O padro MPLS proporciona a comutao em mltiplos nveis do modelo de referncia. Acrescenta rtulos (labels) em cada pacote e faz o roteamento das informaes de acordo com a categoria de servios. Viabiliza VPN e QoS na Rede IP. </li> <li> Slide 14 </li> <li> Case ANG ApresentaoApresentaoApresentao </li> <li> Slide 15 </li> <li> Monitoramento Adotar ferramentas efetivas para anlise detalhada de cada servio. </li> <li> Slide 16 </li> <li> Obrigado! Thiago Barroso Ferreira thiago@abasetelecom.com.br </li> </ul>

Recommended

View more >