na.:~ mesorregião do nordeste do estado do ainfo. · pdf filelongitude oeste de...

Click here to load reader

Post on 15-Dec-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

372

ESTABELECIMENTO DO MTODO DRIS PARA A CULTURA DE CITROS NA.:~MESORREGIO DO NORDESTE DO ESTADO DO PARl

CARLOS ALBERTO COSTA VELOS02, JOELCIO JNIOR DA COSTA GRAA\JOS RAIMUNDO NATIVIDADE FERREIRA GAMN

RESUMO O trabalho objctivou determinar as normas nutrieionais para a cultura de citros, a partir de resultados de anlise qumicadefolhas e produo. Foram avaliados 78 pomares representativos da mierorregio produtora de laranja, no Nordeste paraense, nos quaisforam levantados dados de produo e informaes sobre o manejo de cada lavoura. Amostras de folhas foram colctadas para anlisequmica, na poca em que as plantas apresentavam frutos com 2 a 4 cm de dimetro, cujos resultados foram interpretados pelo mtodoDRIS. Os padres Ioliarcs do mtodo DRIS para a cultura de citros foram estabelecidos a partir de um banco de dados formado por 132amostras de produo e anlise qumica de folhas de N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn e Zn co\ctadas de ramos frutferos. As normasforam desenvolvidas a partir de uma populao de referncia com produo acima de 30 t.ha'. Assim, foram diagnosticados osnutrientes que promoveram as maiores limitaes na produo de laranja, destacando-se, entre eles, oCa, Mg, Mn e B. O nvelprodutivo acima de 30 t.ha' adequado para a definio das normas de referncia pelo mtodo DRIS. As maiores limitaes nutricionaispor deficincia 110S pomares de laranjeira de baixa produtividade obedecem, respectivamente, seguinte ordem decrescente para osmacronutricntes: Ca> Mg> K> S>N>P e para os micronutrientes: Mn> B>Zn>Cu>Fe.

Termos para indexao: citros, diagnose foliar, macronutrientes, micronutrientes, balano nutricional.

ESTABLISHMENT OF THE METHOD "DRIS" FOR ORANGE TREES ACCORDING TO THE LEAFANALYSIS IN NORTHEAST PAR STATE

ABSTRACT - This work aimed at determining the nutritional standards for orange trce cultivation. bascd on leaf chernical analysis andfruit production. 7X representative orchards of orange producing areas, in Northeastern Par State, were appraised from which productiondata and information on the cultivation managemcnt were collccted. Leaf samples were taken for chcmical analysis. collectcd when thefruits had 2 to -4em of diarncter. The results were interpreted by the DRIS method. Thus the DRIS Ioliatc pauerns for orange treecu'itivation. wcrc cstablishcd based on a database formed by 132 farms observed and by chemical analysis of N, P. K. Ca, Mg, S, B, Cu,Fc. Mn and Zn 01 leal' samp\cs col\ected from fruitful branches. The standards were developed from a refcrcnce population withproduction abovc 30 t.ha'. Thus, the nutrients that promoted the largest lirnitations in thc orange production wcrc diagnosed,standing out among thcm, Ca, Mg, Mn and B. The productive levei above 30 t.ha! is adequare for the definition 01' the standardrefcrcnccs according to thc DRIS mcthod, Thc largest nutritionallimitations for macronutrients deficicncy in the orangc orchards oflow productivity occurrcd in a decreasing arder: Ca> Mg> K> S> N> P. The largest nutritional limitations for micronutricnts deficiencyin the orchards otIow productivity obeycd the tollowing decreasing arder: Mn> B> Zn> Cu> Fe.

Index terms: citrus. lcaf diagnosis, macronutrient, micronutrient. nutritional balance ..

INTRODUO

A avaliao do estado nutricional das plantas cultivadastem sido um constante desafio para pesquisadores da rea defertilidade do solo e nutrio de plantas em diversas localidades.Este fato tem sido mais evidente nas regies onde a obteno deelevadas produtividades esbarra em limitaes decorrentes dedcscquilbrios nuuicionais das culturas. em funo dos baixosnveis de fertilidade dos solos (Malavolta et al., 1992). No Estadodo Par.i, esse problema limuante. uma vez que os pomares decitros concentram-se, principalmente. na mcsorrcgio do Nordesteparaense, em reas com solos de baixa fertilidade natural. cidose caracterizados por baixa saturao por bases, razo pela qualaplicaes de elevadas quantidades de fertilizantes vm sendo

feitas rotineiramente. Se. por um lado, a necessidade do uso deadubos elevada, por outro os recursos financeiros so limitados(Brasil & Veloso, 1999). Desse modo. para uma adequadarecomendao de adubao. surge a necessidade de estudos nosentido de diagnosticar qual ou quais nutrientes limitam aproduo de citros (Malavolta er ai .. 19Xt)).

A anlise qumica de folhas uma das melhores tcnicasdisponveis para avaliar o estado nutricional de plantas e paraorientar programas de adubao. junto com as informaesadvindas da anlise de solo. O princpio da diagnosc foliar comparar a concentrao de nutrientes nas folhas com valorespadres. correspondentes a variedades c/ou cxpcics anlogasde alta produtividade e de hom desenvolvimento vegetativo.Estes valores padres so considerados como "valores crticos"

I Recebido 27/12N9. Aceito para publicao: 18/08/2000. (Trabalho 197/99).2 Eng" Agr". Dr. Eruhrapa Amaznia Oriental. Caixa Postal 48. CEP 66.095-1 00. Belrn. PA.3 Enu'' Agr'', MSc. Faculdade de Cincias Agrrias do Par, Caixa Postal 917. CEP 66077530. Belm, PA.

Rev. Bras. Frut ic, Jaboticabnl . SP. v. 22. n. 3. r. 372376. dezembro 2000

G. VIEIRA et aI. 373-------------------------------------~------------------------------------------------------------------para uma dada cultura ou um mtodo de amostragem adotado(Bcverl y et ai .. I9R4).

A diagnosc foliar representa um importante instrumentode avaliao do estado nutricional para diversas culturas, sendoespecialmente importante e praticada em culturas perenes, comoferramenta de pesquisa e diagnstico no campo da nutrio defruteiras, e foi amplamente utilizada nos ltimos anos, devido aodesenvolvimento de mtodos de arnostragens e anlisesinstrumentais simples, rpidos, seguros e econmicos(Baumgartner, 1996).

Na eitricultura, o mtodo tradicional de anlise foliar nainterpretao tem sido o principal instrumento de diagnsticodesde a dcada de cinqenta, quando se estabeleceram osprimeiros padres Ioliarcs. A partir da, este mtodo tem sidoutilizado em muitos pases, adaptando-se para isso algumasmodificaes nos valores dos padres nutricionais estabelecidos,em funo de variaes regionais na composio mineral dasfolhas (Hirocc, 1(85).

O sistema integrado de diagnose e recomendao (DRIS)vem destacando-se na avaliao do estado nutricional de plantas,conhecido como um dos mtodos mais sofisticados dediagnstico. Este mtodo tem apresentado muitas vantagens emrelao aos outros, inclusive sobre o mtodo tradicional (Bataglia,1989). Atualmente, tem recebido bastante ateno, em razo dacomprovada eficincia da tcnica e na interpretao dos resultadosda anlise qumica do tecido foliar para as diversas culturas.

O objetivo deste trabalho foi determinar as normasnutricionais para a cultura de citros no Nordeste paraense a partirde resultados de anlise qumica de folhas e produo.

MATERIAL E MTODOS

O trabalho foi desenvolvido na mesorregiodo Nordesteparaense, nos municpios de Capito Poo, Garrafo do Norte,Irituia e Ourm, considerados representativos no cultivo dalaranjeira pra iCitrus sinensis L. Osheck) no Estado do Par.

O plo citrfcola est situado a O I46" latitude sul e 4704'longitude oeste de Grccnwich, a uma altitude mdia de 73 rn,sendo o clima da regio classificado como Ami, segundo Koppen,a precipitao mdia anual de 2.502 mm, temperatura mdiaanual de 26,9C e umidade relativa mediade 80% (Bastos, 1972).As chuvas so relativamente bem distribudas durante o ano,sendo que, nos meses de janeiro a maio, ocorrem as maioresprecipiraes e. nos meses de setembro a outubro, as menores. Osolo predominante na regio foi classificado como Latosso!oAmarelo distrfico, A moderado textura franco-arenosa, relevoplano e suave ondulado (Vicira & Santos, 1(87).

Foram selecionados 7X pomares representativos do plocitrcola do Estado do Par, nos quais foram levantados dadosde produo e informaes sohre o manejo de cada lavoura emfase de produo. Em cada pomar. foram escolhidos talhes queapresentavam o nuixirno de uniformidade a fim de garantir areprcsenrauvidadc da arnostragcm. Para a coleta de dados deproduo c arnostragcm Ioliar, foram definidas 20 plantas dentrodos talhes pr-sclccionados.

A coleta das amostras Ioliares foi efetuada em janeiro efevereiro de 19Y6, fevereiro de 1997 e de 1998, sendo obtidos, aotodo, dados de 132 amostras. A amostragcm consistiu em coletarquatro folhas por planta, sendo uma em cada quadrantc. retirando-

se a 3"ou 4' folha a partir do fruto, na poca em que as plantasapresentaram frutos com 2 a 4 em de dimetro. Cada pomarconstituiu uma amostra composta formada por 80 folhas.

As anlises qumicas foram realizadas segundo metodologiadescrita por Malavolta et a!. (1989). As amostras do materialcolhido foram digeri das em cido ntrico e perclricoconcentrados, e, em seguida, os extratos foram utilizados para adeterminao dos teores totais dos seguintes nutrientes: P, porcolorimetria de molibdato-vanadato; K, por fotometria de chama;Ca, Mg, Cu, Fe, Mn e Zn por espectrofotometria de absoroatmica; S, por turbidirnetria do sulfato de brio. O boro foideterminado por colorimetria da azometina H. A determinaodo N foi feita utilizando-se a digesto sulfrica de 200 mg dematria seca, com destilao em aparelho microKjeldahl e titulaocom H2S04 0,01 N.

Aps a formao de um banco de dados, desenvolveram-se as normas foliares do sistema integrado de diagnose erecomendao (DRIS), segundo a metodologia descrita porBeaufils (1973). Dessa forma, todo o banco de dados foi divididoem duas classes: A = alta produtividade z 30 t.ha' e B = baixaprodutividade < 30 t.ha'. As normas de referncia do DRIS foramdeterminadas seguindo a metodologia descrita em Walworth &Sumner (1987). Foi calculada a mdia, o desvio padro e a varinciapara cada concentrao de nutriente e para as relaes entredois nutrientes, para cada classe, c