missão impossível

of 37/37

Post on 05-Dec-2014

1.367 views

Category:

Spiritual

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Palestra sobre o desafio que temos diante das opções de nosso coração: optar pelo conforto ou pelo confronto? Construir nossa vida com mentiras que interessam ou com verdades que incomodam?

TRANSCRIPT

  • 1. Gnesis 1 2 Relaes do ser humano(antes da queda) Deus voz de Deus Criador princpios prximos amor Famlia Trabalhorelacionamento criatura criao
  • 2. Gnesis 1 2 Gnesis 3 Relaes do ser humano(depoisda queda) (antes da queda) Deusvoz da serpente voz de Deus Criador princpios perigos prximos distantes rompimento medo amor Famlia Trabalhorelacionamento solido criatura criao
  • 3. Relaes do ser humano Os conflitos que vivemos Deus Criador privativo vs. pblico particular vs. coletivo intimidade relacional vs. responsabilidade socialFamlia Trabalhocriatura criao
  • 4. Nos anos 1970, a vidaRelaes do ser humano profissional e a vida particular constituam dois mundos distintos, Deus separados. Com as transformaes Criador da sociedade e o ingresso macio das mulheres no mercado de trabalho, o conflito entre esses dois mundos ficou explcito. As intromisses entre vida profissionalFamlia Trabalho e vida particular ocasionamcriatura criao problemas de performance e de sade.
  • 5. Foi apenas a partir de 2000 queRelaes do ser humano se passou a buscar o equilbrio ou uma conciliao entre o trabalho e a vida particular. Hammer, Talya e Deus Criador Grandey (2003) provaram que a percepo de um conflito entre o trabalho e a vida particular aumenta a probabilidade de um trabalhador se ausentar de seuFamlia Trabalho trabalho e o estimula a mudar decriatura criao emprego. (Estelle M. Morin e Caroline Aub em Psicologia e Gesto, p.152-153)
  • 6. Relaes do ser humano Jeremias 27 Jeremias 28(caminho para harmonia) (caminho para desarmonia) Deus voz de Deus Criador voz de um (profeta) falso profeta sujeio salvao da Babilnia Babilnia mensagem Famlia Trabalho mensagem criatura criao de confronto de conforto verdade que Jeremias 29 mentira que incomoda os conflitos externos de Jud interessa
  • 7. Parte I Parte II Jeremias 27-28 Jeremias 29 Os conflitos exteriores Os conflitos exteriores de Jeremias de Jud Um profeta enviado Um povo enviado para as naes para uma cidade Uma mensagem Uma mensagem a ser proclamada a ser praticada 1. Conflitos externosO que possuem 2. Confrontao exigida em comum 3. Conscientizao esperada
  • 8. Parte I Parte II Jeremias 27-28 Jeremias 29 Os conflitos exteriores Os conflitos exteriores de Jeremias de Jud Um profeta enviado Um povo enviado para as naes para uma cidade Uma mensagem Uma mensagem a ser proclamada a ser praticadaExistem muitos falsos profetas (como Jesus disse que haveria), mas no h ningum parecido com Jeremias. John Stott em A Bblia toda o ano todo p.114 ,
  • 9. 1. O contexto da carta O prefcio carta (v.1-3)1. Este o contedo da carta que o profeta Jeremias enviou de Jerusalm aos lderes, que ainda restavam entre os exilados, aos sacerdotes, aos profetas e a todo o povo que Nabucodonosor deportara de Jerusalm para a Babilnia.
  • 10. 1. O contexto da carta O prefcio (v.1-3)2. Isso aconteceu depois que o rei Joaquim e a rainha-me, os oficiais do palcio real, os lderes de Jud e Jerusalm, os artesos e os artfices foram deportados de Jerusalm para Babilnia.
  • 11. 1. O contexto da carta O prefcio (v.1-3)3. Ele enviou a carta por intermdio de Eleasa, filho de Saf, e Gemarias, filho de Hilquias, os quais Zedequias, rei de Jud, mandou a Nabucodonosor, rei da Babilnia. A carta dizia o seguinte: A carta foi enviada ao povo e s pessoas influentes e importantes de Jud.
  • 12. 2. O chamado na carta A prtica para o povo (v.4-7)4. Assim diz o Senhor dos Exrcitos, o Deus de Israel, a todos os exilados, que deportei de Jerusalm para Babilnia:5. Construam casas e habitem nelas; plantem jardins e comam de seus frutos. Um chamado para o trabalho na cidade
  • 13. 2. O chamado na carta A prtica para o povo (v.4-7)6. Casem-se e tenham filhos e filhas; escolham mulheres para casar-se com seus filhos e dem as suas filhas em casamento, para que tambm tenham filhos e filhas. Multipliquem-se e no diminuam. Um chamado para a famlia na cidade
  • 14. 2. O chamado na carta A prtica para o povo (v.4-7)7. Busquem a prosperidade da cidade para a qual eu os deportei e orem ao Senhor em favor dela, porque a prosperidade de vocs depende da prosperidade dela. A famlia e o trabalho na cidade esto interconectados
  • 15. 3. Os cuidados na carta Os perigos para o povo (v.8-9)8. Porque assim diz o Senhor dos Exrcitos, o Deus de Israel: No deixem que os profetas e adivinhos que h no meio de vocs os enganem. No dem ateno aos sonhos que vocs os encorajam a terem. O perigo de escutar e encorajar falsos profetas
  • 16. 3. Os cuidados na carta Os perigos para o povo (v.8-9)9. Eles esto profetizando mentiras em meu nome. Eu no os enviei, declara o Senhor. A preferncia por mentiras que interessavam do que pela verdade que incomodava
  • 17. 4. A certeza na carta A promessa para o povo (v.10-14)10. Assim diz o Senhor: Quando se completarem os setenta anos da Babilnia, eu cumprirei a minha promessa em favor de vocs, de traz-los de volta para este lugar.
  • 18. 4. A certeza na carta A promessa para o povo (v.10-14)11. Porque sou eu que conheo os planos que tenho para voc, diz o Senhor, planos de faz-los prosperar e no de lhes causar dano, planos de lhes dar esperana e um futuro.
  • 19. 4. A certeza na carta A promessa para o povo (v.10-14)12. Ento vocs clamaro a mim, viro orar a mim, e eu os ouvirei.13. Vocs me procuraro e me acharo quando me procurarem de todo o corao. Farei com eles uma aliana permanente: Jamais deixarei de fazer o bem a eles, e farei com que me temam de corao, para que jamais se desviem de mim. Jeremias 32.40
  • 20. 4. A certeza na carta A promessa para o povo (v.10-14)14. Eu me deixarei ser encontrado por vocs declara o Senhor, , e os trarei de volta do cativeiro. Eu os reunirei de todas naes e de todos os lugares para onde eu os dispersei, e os trarei de volta para o lugar de onde os deportei diz o Senhor. ,
  • 21. Relaes do ser humano Jeremias 27 Jeremias 28(caminho para harmonia) (caminho para desarmonia) Deus voz de Deus Criador voz de um (profeta) falso profeta sujeio salvao da Babilnia Babilnia mensagem Famlia Trabalho mensagem criatura criao de confronto de conforto verdade que Jeremias 29 mentira que incomoda os conflitos externos de Jud interessa
  • 22. Relaes do ser humano Genesis 1 - 2 Gnesis 3(caminho para harmonia) (caminho para desarmonia) Deus voz de Deus Criador voz da serpente princpios perigos prximos distantes amor Famlia Trabalho medo criatura criaorelacionamento solido dependncia comunidade crist independncia
  • 23. Genesis 1 - 2 Gnesis 3(caminho para harmonia) (caminho para desarmonia) Veja! Eu hoje dou a voc autoridade sobre naes e reinos para arrancar, despedaar, arruinar e destruir; para edificar e plantar. Jeremias 1.10 construir destruir
  • 24. Genesis 1 - 2 Gnesis 3(caminho para harmonia) (caminho para desarmonia) Naquele tempo diz o Senhor, serei o Deus de todas as , famlias de Israel, e eles sero o meu povo. Assim diz o Senhor: O povo que escapou da morte achou favor no deserto.Quando Israel buscava descanso, o Senhor lhe apareceu no passado, dizendo: Eu a amei com amor eterno; com amor leal a atrai. Eu a edificarei mais uma vez...Voc ser reconstruda! Jeremias 31.1-4a descanso deserto construir destruir
  • 25. Genesis 1 - 2 Gnesis 3(caminho para harmonia) (caminho para desarmonia) Esto chegando dias declara o Senhor, quando farei uma nova , aliana com a comunidade de Israel e com a comunidade de Jud.No ser uma aliana como a que fiz com os seus antepassados. (...) Porei a minha lei no ntimo deles e a escreverei nos seus coraes. Serei o Deus deles e eles sero o meu povo. Jeremias 31.31-33 descanso deserto construir destruir
  • 26. Genesis 1 - 2 Gnesis 3(caminho para harmonia) (caminho para desarmonia) Ningum mais ensinar ao seu prximo nem ao seu irmo, dizendo: Conhea ao Senhor, porque todos eles me conhecero, desde o menor at o maior diz o Senhor. , Porque eu lhes perdoarei a maldade , e no me lembrarei mais dos seus pecados. Jeremias 31.34 descanso deserto construir destruir
  • 27. Genesis 1 - 2 Gnesis 3(caminho para harmonia) (caminho para desarmonia) corao coraotransformado endurecido descanso nova aliana deserto construir destruir
  • 28. Genesis 1 - 2 Gnesis 3(caminho para harmonia) (caminho para desarmonia) Dias viro declara o Senhor,em que cumprirei a promessa , que fiz comunidade de Israel e comunidade de Jud. Jeremias 33.14 corao coraotransformado endurecido descanso nova aliana deserto construir destruir
  • 29. Genesis 1 - 2 Gnesis 3(caminho para harmonia) (caminho para desarmonia) Naqueles dias e naquela poca, farei brotar um Renovo justo da linhagem de Davi; ele far o que justo e certo na terra. Jeremias 33.15 corao coraotransformado endurecido descanso nova aliana deserto construir destruir
  • 30. Genesis 1 - 2 Gnesis 3(caminho para harmonia) (caminho para desarmonia) Naqueles dias, Jud ser salva e Jerusalm viver em segurana, e este o nome pelo qual ela ser chamada: O Senhor a Nossa Justia. Jeremias 33.16 corao coraotransformado endurecido descanso nova aliana deserto construir destruir
  • 31. Genesis 1 - 2 Gnesis 3(caminho para harmonia) (caminho para desarmonia) confronto conforto verdade mentira que salva Jesus a que seduz Nossa Justia corao coraotransformado endurecido descanso nova aliana deserto construir destruir
  • 32. confronto ou conforto
  • 33. Para Refletir e Praticar1. Qual tem sido a minha preferncia: mentiras que interessam (desejveis) ou verdades que incomodam (desafiadoras)? a. Quais so as mentiras que temos abraado? b. Quais so as verdades que temos abandonado?
  • 34. Para Refletir e Praticar2. Quais so os conflitos atuais que alcanam : a. minha famlia? b. meu trabalho? O que tem gerado desarmonia? Quais aes posso tomar para reverter o quadro?
  • 35. Para Refletir e Praticar3. Ao avaliar minha proclamao (falar) e prtica (fazer) : a. Preparando eu e minha famlia para misso ou protegendo eu e minha famlia da misso? b. Busco o conforto para minha famlia na cidade ou confronto minha famlia para cidade? c. Minha relao com a cidade de sugar ou servir?4. Encare o desafio da misso impossvel a partir daquele que a tornou possvel: Jesus Cristo.