minist£â€°rio da educa£â€£’o e do desporto...

Download MINIST£â€°RIO DA EDUCA£â€£’O E DO DESPORTO UNIVERSIDADE A predomin£¢ncia da manuten£§££o corretiva se estendeu

Post on 21-Jul-2020

0 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO – ESCOLA DE MINAS

    DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA

    ___________________________________________________________________

    TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

    ANÁLISE DA IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE MANUTENÇÃO

    AUTÔNOMA: ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE MINERAÇÃO DE

    BAUXITA

    Rafaela de Oliveira

    Ouro Preto

    2017

  • ii

    Rafaela de Oliveira

    ANÁLISE DA IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE MANUTENÇÃO

    AUTÔNOMA: ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE MINERAÇÃO DE

    BAUXITA

    Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao curso de

    Engenharia de Minas da Escola de Minas da Universidade

    Federal de Ouro Preto, como parte dos requisitos para obtenção

    do grau de Engenheira de Minas.

    Orientadora: Prof. Dr. Hernani Mota de Lima

    Ouro Preto

    2017

  • Catalogação: ficha@sisbin.ufop.br

    O482a Oliveira, Rafaela. Análise da implementação do programa de manutenção autônoma [manuscrito]: estudo de caso em uma empresa de mineração de bauxita / Rafaela Oliveira. - 2017.

    60f.: il.: color; tabs; Anexos.

    Orientador: Prof. Dr. Hernani Mota de Lima.

    Monografia (Graduação). Universidade Federal de Ouro Preto. Escola de Minas. Departamento de Engenharia de Minas.

    1. Minérios - Controle de Processos. 2. Tratamento de minérios. 3. Britagem (Beneficiamento de minério). I. Lima, Hernani Mota de. II. Universidade Federal de Ouro Preto. III. Titulo.

    CDU: 622.73

  • iii

    Aos meus pais

  • iv

    AGRADECIMENTOS

    Primeiramente à Deus, por me proporcionar tamanha vitória.

    Ao meu orientador, Xana, pela oportunidade e aprendizado.

    À minha família por todo esforço e amor.

    Ao César pelo carinho e companheirismo durante essa trajetória.

    Aos amigos de Ouro Preto por estarem sempre presentes, em especial Miller e

    Alexandre.

    À Elisa e Ana Valente, pela solicitude e paciência.

    Às empresas em que tive oportunidade de estagiar pela oportunidade de estágio,

    por todo aprendizado profissional e pessoal. À Escola de Minas da UFOP e ao

    DEMIN pelos professores e ensino de qualidade.

    À Ouro Preto por proporcionar momentos inesquecíveis em minha vida e finalmente

    à minha amada Minas Novas, ex-alunas e moradoras pela amizade, ensinamentos e

    anos incríveis!

  • v

    RESUMO

    O cenário econômico atual, cada vez mais competitivo, tem levado as empresas a

    buscarem alternativas capazes de otimizarem seus processos, o que inclui sistemas

    de manutenção eficientes e economicamente viáveis. O objetivo deste trabalho foi

    descrever um caso de aplicação do programa de manutenção autônoma em um setor

    de britagem de uma empresa de mineração de bauxita. O programa tem foco no

    desenvolvimento e capacitação de pessoas, possibilitando a identificação e mitigação

    eficiente de possíveis quebras, falhas e defeitos nos equipamentos. Após o estudo de

    caso, os principais resultados da implementação da metodologia foram: a redução em

    aproximadamente 25% de horas paradas devido à falha, aumento do tempo médio

    entre falhas dos equipamentos e o aumento gradativo de inconformidades

    identificadas pelos operadores ao longo do ano de 2016, além de ganhos em

    segurança, qualidade e meio ambiente, indicando que a Manutenção Autônoma pode

    ser uma importante ferramenta para empresas que buscam a melhoria contínua de

    seus produtos e processos.

    Palavras-chaves: Manutenção produtiva total, manutenção autônoma, britagem

  • vi

    SUMÁRIO

    1. INTRODUÇÃO ................................................................................................................. 10

    2. OBJETIVOS...................................................................................................................... 11

    2.1 Objetivo Geral ..................................................................................................................... 11

    2.2 Objetivos Específicos ........................................................................................................... 11

    3. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ................................................................................................ 12

    3.1 Manutenção: definição ....................................................................................................... 12

    3.2 Histórico .............................................................................................................................. 13

    3.3 Benefícios da manutenção .................................................................................................. 15

    3.4 Tipos de manutenção .......................................................................................................... 17

    3.4.1 Manutenção corretiva ......................................................................................... 17

    3.4.2 Manutenção preventiva ...................................................................................... 18

    3.4.3 Manutenção preditiva ......................................................................................... 19

    3.4.4 Manutenção detectiva......................................................................................... 19

    3.4.5 Engenharia de manutenção ................................................................................. 20

    3.5 A manutenção no cenário atual do Brasil ........................................................................... 21

    3.6 Indicadores de manutenção ................................................................................................ 23

    3.7 Gestão da manutenção ....................................................................................................... 25

    3.8 Manutenção produtiva total (TPM) .................................................................................... 26

    3.8.1 A origem e evolução da manutenção produtiva total ......................................... 26

    3.8.2 Objetivos e definição da TPM .............................................................................. 27

    3.9 Manutenção autônoma ....................................................................................................... 30

    3.9.1 Implementação da manutenção autônoma ........................................................ 26

    3.8.2 Objetivos e definição da TPM .............................................................................. 27

    4. ESTUDO DE CASO: IMPLEMENTAÇÃO DA MANUTENÇÃO AUTÔNOMA NA BRITAGEM ......... 34

    4.1 Descrição da Empresa ............................................................................................................... 34

    4.2 Descrição da Britagem ............................................................................................................... 35

    4.3 Implementação da manutenção autônoma .............................................................................. 38

    4.4 Resultados obtidos com a Implementação da manutenção autônoma .................................... 50

    5. CONCLUSÃO...................................................................................................................... 55

    REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS .................................................................................................... 56

    ANEXOS ...................................................................................................................................... 58

  • vii

    LISTA DE FIGURAS

    Figura 3.1 Relação de custos..............................................................................13

    Figura 3.2 Tipos de manutenção.........................................................................21

    Figura 3.3 A situação da manutenção no Brasil..................................................22

    Figura 3.4 Cenário Favorável para a melhoria dos resultados no Brasil......................23

    Figura 3.5 Pilares do TPM...................................................................................28

    Figura 3.6 Os 7 passos da manutenção autônoma.............................................30

    Figura 3.7 Classificação dos tipos de auditoria...................................................33

    Figura 4.1 Fluxograma da britagem.....................................................................37

    Figura 4.2 Áreas e equipamentos selecionado para manutenção autônoma.............................................................................................38

    Figura 4.3 Cronograma de implementação..............................................................39

    Figura 4.4 Equipamentos selecionados para o programa de manutenção autônoma.............................................

View more >