mdias sociais, avas e moocs: reflex•es sobre educa†ƒo ... abertas, colaborativas,...

Download MDIAS SOCIAIS, AVAS e MOOCs: REFLEX•ES SOBRE EDUCA‡ƒO ... abertas, colaborativas, dispostas

Post on 26-Jan-2019

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

MDIAS SOCIAIS, AVAS e MOOCs: REFLEXES SOBRE EDUCAO EM REDE

Marcio Vieira de Souza, Rangel Machado Simon , Henrique Lopes Blanck , Celso Ogliari4, Rai de Matos5

UFSC- Universidade Federal de Santa Catarina, Ararangu, Brasil1,2,3,4,5

Resumo- Este artigo objetiva explorar as relaes contemporneas entre mdia e educao, com foco especfico nas redes sociais virtuais. Para tanto, adota como metodologia a pesquisa bibliogrfica, documental, descritiva e aplicada para buscar, sob uma perspectiva interdisciplinar, as principais caractersticas deste espao de ensino-aprendizagem. Assim, no trabalho so apresentados elementos constituintes do atual contexto socioeconmico e tecnolgico, um breve histrico das redes, bem como sua relao com a educao. Em seguida apresenta-se um cenrio evolutivo por meio dos ambientes virtuais de aprendizagem e das redes sociais virtuais, o surgimento dos massive open online course (MOOC), destacando seu influente papel na construo do conhecimento na atual sociedade. Como resultado, busca-se contribuir na discusso e o avano da cincia apontando alguns elementos do contexto supracitado, tidos como relevantes para o campo da educao distncia, assim como colaborar no processo de construo do conceito de educao em rede. Por fim, relata-se um estudo de caso do Laboratrio de Mdia e Conhecimento (Labmdia) da UFSC e suas experincias com Ambientes Virtuais de Aprendizagem e educao em rede.

Palavras-chave: Mdia digital, Educao a distncia, Redes sociais, Educao em rede.

Abstract This paper aims to explore the contemporary relations between media and education, with specific focus on virtual social networks. Therefore, the methodology adopts the literature revue, descriptive and applied analysis to get under an interdisciplinary perspective and the main features of this new area of teaching and learning. Thus, in this the paper are presented details of the current socioeconomic and technological context, a brief history of networking, as well as its relationship with education. Then it is presented an evolutionary scenario through virtual learning environments and virtual social networks and the origin of massive open online course (MOOC), highlighting its influential role in the construction of knowledge in contemporary society. As a result, it is sought to contribute to the discussion and advancement of science pointing to some elements of the aforementioned context, regarded as relevant to the field of distance education, as well as collaborating to the construction of the concept of networked education. Finally it is reported a case study in the Media Laboratory and Knowledge (Labmdia) at UFSC (Federal University of Santa Catarina) and its experiences with Virtual Network Environment of Learning and Education.

Keywords: digital media, distant education, social networks, net education.

I. INTRODUO Com o surgimento das mdias digitais, como dispositivos mveis multifuncionais mais recentes (smartphones, tablets), bem como a produo de softwares livres, a consolidao de movimentos como o Creative Commons (relativo aos direitos autorais) contribue diretamente para o crescimento de contedos pblicos e colaborativos na rede web, como por exemplo o movimento de acesso aberto e WIKI. Portanto, esses elementos devem ser considerados ao compor o quadro de expanso dos cursos de EaD, pois constata-se a dependncia cada dia maior da populao e, portanto, do ambiente escolar, perante as novas tecnologias. Estas, por sua vez, oferecem possibilidades diversas e diferentes de metodologias que permitem, entre outros fatores, tornar a linguagem mais acessvel e interessante para os alunos. Nesse sentido, [1] corrobora no debate do uso social das novas tecnologias afirmando que a relao estabelecida entre a mo-de-obra e a matria no processo de trabalho o agente transformador e principal responsvel pela criao de novas linguagens. Deste modo, ao se identificar e discutir as condies interativas apresentadas pelas redes sociais virtuais destaca-se seu papel fundamental na atual sociedade do conhecimento. O que evidencia neste processo o papel da aprendizagem como estgio considervel da produo do conhecimento e configuram as redes sociais virtuais como espaos de compartilhamento e criao de conhecimento. Assim, tornar o AVA um ambiente mais atrativo deve ser uma meta constante em todo projeto de EAD, seja por meio do uso de ferramentas da Web e mdias sociais virtuais ou mesmo de outra estratgia que esteja ao alcance de tutores e professores no ambiente virtual. Uma das possibilidades emergentes para a educao na era digital est na sua hibridizao com o ldico virtual (jogos educativos, vdeos, animaes, etc), por possuir um apelo e familiaridade junto ao pblico mais jovem. Em suma, com a ascenso na utilizao de mdias emergentes (Tumblr, Youtube, Pinterest, Foursquare, MySpace, Soundcloud, etc.) que permitem a criao de contedos mais atrativos e dinmicos, ressalta-se a importncia da alfabetizao audiovisual, de modo que este grande nmero de pessoas distribudos nas diversas redes familiarize-se e tenha acesso aos mtodos e tcnicas de filmagem, edio, produo, entre outros, contribuindo assim para a qualidade das produes. Por fim, iniciativas como as supracitadas, que utilizam e desenvolvem ferramentas

ICBL2013 International Conference on Interactive Computer aided Blended LearningPage 183

abertas, colaborativas, dispostas em rede, que se utilizam de linguagens caractersticas das redes sociais, bem como de tecnologias de realidade virtual e vdeos digitais apontam para uma educao com ambientes de aprendizagem inovadores. Dentre as diversas experincias resultantes em padres de AVA destaca-se a concepo de alguns, tais como o Moodle, Teleduc, Eureka, AulaNet, WEbCT, Blackboard, LearningSpace, entre muitos outros. Eles permitem estabelecer redes diversas que possibilitam um intercambio de informaes e conhecimentos. Contudo, os recursos de interao disponibilizados nestes ambientes, como fruns e chats, no esto favorecendo a percepo do outro no ambiente de aprendizagem, como citado anteriormente. [2], esse um problema recorrente nos AVA tradicionais, pois eles provocam um sentimento de isolamento nos usurios, o que consequentemente acarreta na ausncia de uma rede de relacionamentos entre elas. Nesse contexto, clara a importncia de pesquisas que visem buscar solues ao problema descrito, ou seja, estimular a interao para elevar a percepo e o sentimento de pertencimento social. Como uma possvel soluo recorre-se ao conceito de rede social e sua relao com a educao, fazendo uso dos elementos e ferramentas da Web 2.0, caracterizada por proporcionar aos usurios da rede a produo e compartilhamento de informaes online [3. Neste sentido, [4] afirma que a formao de redes uma prtica humana muito antiga, mas as redes ganharam vida nova em nosso tempo transformando-se em redes de informaes energizadas pela internet.

II. OBJETIVOS Este trabalho objetiva explorar as relaes contemporneas entre mdia e educao, com foco especfico nas redes sociais virtuais. Pretende contribuir na discusso e o avano da cincia apontando alguns elementos do contexto supracitado, tidos como relevantes para o campo da educao distncia, assim como colaborar no processo de construo do conceito de educao em rede.

Por fim, relatar e refletir sobre um estudo de caso do Laboratrio de Mdia e Conhecimento (LabMdia) da UFSC e suas experincias com Ambientes Virtuais de Aprendizagem e educao em rede e o uso de novas mdias.

III UM BREVE HISTRICO DAS REDES SOCIAIS

E SUA RELAO COM A EDUCAO

O ser humano caracteriza-se por essencialmente social e simblico. [5] afirma que a humanidade tem a capacidade de se relacionar com o outro desde o seu surgimento e isto se faz presente nas diferentes esferas que compem o

meio social. Assim, pode-se afirmar que a construo de conhecimento ocorre por meio de relacionamentos e na interao entre os atores em ambientes de aprendizagem, caracterizando-se por ser um processo dialgico [6] Por consequncia, o resultado destas relaes concebe a disposio da sociedade em rede, fenmeno amplamente estudado por [1]. Segundo o autor esta disposio desenvolve-se sobre trs processos independentes: (1) a revoluo da tecnologia da informao; (2) a crise econmica do capitalismo e do estatismo; (3) sua consequente reestruturao e o apogeu de movimentos sociais culturais, tais como o liberalismo, direitos humanos, feminismo e ambientalismo. Desta conjuntura emerge uma estrutura social, denominada como "a sociedade em rede; uma nova economia, a economia informacional /global, e uma nova cultura, a cultura da virtualidade real" [1] Neste sentido, basicamente, pode-se identificar trs tipos de redes sociais existentes, conforme ilustra a figura a seguir:

Fig.1. Fonte: redes de Paul Baran Assim, as redes sociais centralizadas (Figura1-A) caracterizam-se por possuir um ponto que concentra todo o fluxo de informao em um dos ns da rede (o centro) que faz o controle e distribuio entre os ns. J nas redes descentralizadas (figura 1-B), caracterstica a presena de vrios centros distribudos em rede e conectados entre si, estes pontos centrais controlam e disseminam a informao por toda a rede. Por fim, as redes distribudas (figura 1-C) caracter