merged document 3

of 193 /193
ELETRICISTA ESPECIALIZADO(A) 7 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 26 Deseja-se medir o comprimento aproximado de um fio con- dutor cuja área da seção transversal é 6 mm 2 , dispondo so- mente de um ohmímetro. Sabe-se que a resistência medida entre as duas extremidades do condutor é de 0,2 Ω e que a resistividade do material condutor é de 20x10 -6 Ω.mm, nas condições de temperatura e isolamento em que se encon- tra. O comprimento, em metros, do condutor é: (A) 2,4 (B) 16,7 (C) 24,0 (D) 60,0 (E) 120,0 27 Um técnico de manutenção despeja 1 ft 3 de óleo da câmara de expansão de um transformador dentro do recipiente com as dimensões mostradas na figura acima. A fração aproximada do volume do recipiente que será ocu- pada pelo óleo é: (A) 1/ 3 (B) 1/ 6 (C) 1/9 (D) 1/27 (E) 1/36 28 Dos cinco símbolos apresentados a seguir, o único que NÃO está previsto na NBR 5444:1989 (símbolos gráficos para ins- talações elétricas prediais) para representar algum tipo de transformador é: (A) (B) (C) (D) (E) 29 Uma carga resistiva é colocada entre os pontos 1 e 2 do circuito de corrente contínua mostrado na figura acima. A carga deve absorver 1/3 da potência total fornecida pelas duas fontes de tensão. O valor dessa carga, em kW, deve ser de: (A) 3 8 (B) 4 (C)8 (D) 12 (E) 3 20 + - + - 1 2 10 K 40 K 50 V 50 V 40 V www.pciconcursos.com.br

Author: lucaseduardo

Post on 29-Sep-2015

56 views

Category:

Documents


8 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

....kh

TRANSCRIPT

  • ELETRICISTA ESPECIALIZADO(A)7

    CONHECIMENTOS ESPECFICOS26Deseja-se medir o comprimento aproximado de um fio con-dutor cuja rea da seo transversal 6 mm2, dispondo so-mente de um ohmmetro. Sabe-se que a resistncia medidaentre as duas extremidades do condutor de 0,2 e que aresistividade do material condutor de 20x10-6 .mm, nascondies de temperatura e isolamento em que se encon-tra. O comprimento, em metros, do condutor :(A) 2,4(B) 16,7(C) 24,0(D) 60,0(E) 120,0

    27

    Um tcnico de manuteno despeja 1 ft3 de leo da cmarade expanso de um transformador dentro do recipiente comas dimenses mostradas na figura acima.A frao aproximada do volume do recipiente que ser ocu-pada pelo leo :(A) 1/ 3(B) 1/ 6(C) 1/9(D) 1/27(E) 1/36

    28Dos cinco smbolos apresentados a seguir, o nico que NOest previsto na NBR 5444:1989 (smbolos grficos para ins-talaes eltricas prediais) para representar algum tipo detransformador :

    (A)

    (B)

    (C)

    (D)

    (E)

    29

    Uma carga resistiva colocada entre os pontos 1 e 2 docircuito de corrente contnua mostrado na figura acima. Acarga deve absorver 1/3 da potncia total fornecida pelasduas fontes de tenso. O valor dessa carga, em kW, deveser de:

    (A) 38 (B) 4 (C)8 (D) 12 (E) 3

    20

    +

    -

    +

    -

    1

    2

    10 K 40 K

    50 V50 V40 V

    www.pciconcursos.com.br

  • ELETRICISTA ESPECIALIZADO(A)8

    =V < 0 voltsO

    32

    Considerando que o diagrama fasorial acima representa as ten-ses de fase em uma carga trifsica equilibrada na configura-o estrela e suas correntes correspondentes, correto afir-mar que a:(Nota: considere V = V Vxy x y )(A) corrente IC possui ngulo de (150o ) e o fator de

    potncia igual ao cos .(B) tenso VCA possui ngulo de + 150o e a corrente IB

    possui ngulo de 120o.(C) tenso VBC possui ngulo de 90o e a carga resistiva.(D) tenso VAB possui ngulo de 90o e o fator de potncia

    igual ao cos .(E) tenso VBC possui ngulo de 90o e o fator de potncia

    igual ao cos .

    33Um motor eltrico de induo tipo gaiola, de potncia 1 Hp,est em funcionamento normal quando seu eixo travadopor um objeto que caiu acidentalmente sobre as engrena-gens da transmisso. A corrente eltrica estimada no motor,aps o travamento e imediatamente antes que a proteodesarme, :(A) menor que a corrente nominal.(B) 38 vezes o valor da corrente nominal, se o motor for

    bifsico, e 28 vezes o valor da corrente nominal, se omotor for monofsico.

    (C) dependente da carga mecnica que estava acoplada aomotor antes da parada acidental.

    (D) imprevisvel.(E) entre 5 e 8 vezes o valor da corrente nominal.

    (A)2

    Vp (B)2

    V2 p

    (C)2

    V3 p (D)2

    Vp

    (E)2V3 p

    1

    30

    A figura ilustra um sinal de tenso peridico formado porsemiciclos senoidais. O valor eficaz da tenso V(t) :

    31

    A figura acima ilustra um gerador tipo Y ligado a uma cargatrifsica tipo equilibrada. Se ZA=(6 + j8), os mdulos dascorrentes aI e LI so, em Ampres, respectivamente:

    (A) 312 e 36(B) 312 e 12(C) 12 e 312(D) 36 e 336(E) 36 e 312

    V(t)Vp

    Vp

    2T

    T0

    +

    -

    -

    +

    120 V < 120

    120 V < 240

    120 V < 0

    www.pciconcursos.com.br

  • ELETRICISTA ESPECIALIZADO(A)9

    G

    Galvanmetro

    Pontas e provas

    1,5 V

    -

    +

    5 K

    34Considere as afirmativas relacionadas aos princpios doeletromagnetismo.

    I - Em circuitos magnticos, vlido considerar que osefeitos de cada fonte de fora magnetomotriz podemser tratados isoladamente e os resultados (fluxos mag-nticos resultantes) somados.

    II - As curvas de histerese, tpicas de magnetizao de ma-teriais ferromagnticos, so responsveis pela proprie-dade no linear dos circuitos magnticos e pela poss-vel existncia de densidades de fluxos remanentes.

    III - A relutncia de um material tentativa de estabelecerum fluxo magntico no seu interior inversamente pro-porcional sua permeabilidade magntica.

    (So) correta(s) a(s) afirmativa(s):(A) II, apenas.(B) III, apenas.(C) I e II, apenas.(D) I e III, apenas.(E) II e III, apenas.

    35

    A figura mostra o uso de um galvanmetro G de bobinamvel de 100 A de fundo de escala e 200 de resistnciainterna, usado para configurar um ohmmetro srie.O potencimetro Rp usado para fazer o ajuste zero namedida de resistncia. Com as pontas de prova em curto, ovalor de Rp, em k, para ajustar o zero da escala :(A) 5,9 (B) 9,8(C) 10 (D) 14,9(E) 20

    RASCUNHO

    CONTINUA

    www.pciconcursos.com.br

  • ELETRICISTA ESPECIALIZADO(A)10

    N(VA) potnciaaparente

    Q = 600 VAr

    P = 1000 W

    ngulo

    36

    O tringulo das potncias acima representa a operao deum motor monofsico. Foram realizadas medidas de potn-cia por um wattmetro, da tenso nos terminais do motor, porum voltmetro e da corrente solicitada, por um ampermetro. correto afirmar que a(o):(A) potncia medida pelo wattmetro igual a

    22 6001000 + W.(B) potncia medida pelo wattmetro igual a 600 var.(C) produto dos valores medidos pelo voltmetro e pelo

    ampermetro igual potncia aparente.(D) produto dos valores medidos pelo voltmetro e pelo

    ampermetro igual a 1000 W.(E) produto dos valores obtidos pelas medidas do voltmetro

    e do ampermetro igual ao valor medido pelo wattmetro.

    37

    A figura mostra as curvas tempo-corrente tpicas de um fus-vel em srie com um disjuntor de ao termomagntica. Umacondio para que a coordenao da proteo relativa scurvas indicadas seja seletiva que o:(A) fusvel esteja instalado mais prximo da carga e o disjuntor,

    mais prximo da fonte.(B) fusvel esteja instalado em paralelo com o disjuntor e no

    em srie.(C) tempo de atuao do fusvel seja menor do que o tempo

    de atuao do disjuntor, para qualquer valor da corrente.(D) tempo de atuao do disjuntor seja menor do que o tem-

    po de atuao do fusvel, somente para correntes de so-brecarga.

    (E) disjuntor esteja instalado mais prximo da carga e o fus-vel, mais prximo da fonte.

    Corrente

    Tem

    po

    var

    38

    A figura apresenta o circuito eltrico de comando de duasmquinas trifsicas, por intermdio dos contatores C1 e C2.As chaves S, S1, S2 e S3 so do tipo sem reteno. Comrelao ao funcionamento do sistema, em condies nor-mais, e considerando que acionar uma chave significa apert-la e solt-la em seguida, foram feitas as afirmativas a seguir.

    I - A lmpada LA somente estar acesa em uma das duasseguintes situaes:a) quando os contatores C1 e C2 estiverem

    desenergizados;b) quando somente o contator C1 estiver energizado e

    C2 desenergizado.II - Aps o acionamento da chave S, a mquina comanda-

    da por C1 poder entrar em funcionamento somenteacionando-se a chave S1.

    III - O contator C1 somente poder ser energizado atravsdo acionamento da chave S1, caso o contator C2 jesteja energizado e aps o tempo programado no reltemporizador K1.

    IV - Quando a mquina comandada pelo contator C1 estiverenergizada, o acionamento da chave S3 permitirdeslig-la sem desenergizar a outra mquina e, nessasituao, imediatamente aps o acionamento da chaveS3, a lmpada LA apaga.

    V - Imediatamente aps o acionamento da chave S, oscontatores C1 e C2 e o rel temporizador K1 estarodesenergizados, mas a lmpada LA estar acesa.

    So verdadeiras, apenas, as afirmativas:(A) I, II e III (B) I, III e V(C) II, III e IV (D) II, IV e V(E) III, IV e V

    www.pciconcursos.com.br

  • ELETRICISTA ESPECIALIZADO(A)11

    39Para o projeto eltrico de uma instalao foi adotado o es-quema TN. Aps o dimensionamento dos circuitos, foi cons-tatado que, em um deles, a proteo contra contatos indire-tos no se verificou. Dentre os procedimentos abaixo, aque-le que NO soluciona o problema a(o):(A) troca do disjuntor de proteo por outro com desarme

    mais rpido.(B) diminuio do comprimento do circuito.(C) diminuio das cargas neste circuito.(D) utilizao de DR.(E) aumento da bitola do fio do circuito.

    40A respeito dos sistemas de proteo contra descargas at-mosfricas (SPDA), assinale a afirmao correta.(A) No caso de uma descarga atmosfrica, garantem que a

    instalao no sofrer danos.(B) S necessitam de inspeo a cada 5 anos, desde que o

    sistema de aterramento no precise de tratamento qu-mico do solo.

    (C) A eficincia do sistema como um todo s possvel seforem utilizadas estacas metlicas adequadas.

    (D) Sempre que a estrutura a ser protegida tiver telhado me-tlico, este poder ser utilizado como captor.

    (E) Os eletrodos de aterramento no naturais devem ser ins-talados, externa e preferencialmente, a uma distnciade 1m das fundaes das estruturas protegidas.

    41Quando instalados em circuitos terminais, os dispositivos acorrente diferencial-residual (DRs) tm a finalidade de prote-ger o:(A) usurio da instalao eltrica.(B) equipamento que est ligado ao circuito.(C) circuito onde est instalado e o usurio da instalao

    eltrica.(D) circuito onde est instalado, somente.(E) circuito onde est instalado e o equipamento que est

    ligado ao circuito.

    42Uma determinada carga eltrica de corrente alternada e po-tncia nominal de 15 kVA considerada essencial e, portan-to, alimentada atravs de um equipamento tipo no-break emsrie com um conversor CC/CA. A potncia e a tenso nomi-nais no lado CC desse conversor so 15 kVA e 150 Vcc,respectivamente. A capacidade do banco de baterias quealimenta o no-break de 25 Ah. No caso de falta da fonte deenergia principal, qual o tempo mximo, em minutos, duran-te o qual o sistema pode sustentar a carga?(A) 5 (B) 15 (C) 25 (D) 80 (E) 125

    RASCUNHO

    CONTINUA

    www.pciconcursos.com.br

  • ELETRICISTA ESPECIALIZADO(A)12

    47

    A figura apresenta um circuito digital. A expresso booleanada sada F :(A) BA + (B) BA(C) BAAB + (D) BA (E) BA +

    48Sejam X1, X2 e X3 variveis binrias na memria de um CLP,assumindo valores no conjunto {0, 1}. Supondo as variveis ini-cialmente em 0 (zero), o trecho de programa, em diagrama decontatos, que faz com que X2 gere um pulso com nvel alto (1)durante um ciclo de varredura, quando X1 passa de 0 para 1, :

    (A)| X1 X3 X2 ||---| |---|\|---( )---|| X1 X3 |

    |---| |---------( )---|

    (B)

    | X1 X3 |

    |---| |---------( )---|| X1 X2 ||---| |-------+-( )---|

    | X2 X3 | ||---| |---|\|-+ |

    (C)

    | X1 X3 |

    |---| |---------( )---|| X1 X3 X2 ||---| |--+-|\|--( )---|

    | X2 | ||---| |--+ |

    (D)| X1 X3 ||---| |---------( )---|| X1 X3 X2 |

    |---| |---|\|---( )---|

    (E)| X1 X2 ||---| |----+----( )---|

    | X3 | ||---| |----+ || X2 X3 |

    |---| |---------( )---|

    43A norma de instalaes eltricas de baixa tenso ABNTNBR-5410 (2004) apresenta diretrizes para a realizao deum projeto de instalaes eltricas. Nas instalaes querecebem da concessionria a energia em baixa tenso, areferida norma determina que a queda total de tenso seja,no mximo, de:(A) 2% e independente dos circuitos terminais.(B) 4% e independente dos circuitos terminais.(C) 5% e que os circuitos terminais no tenham uma queda

    superior a 2%.(D) 5% e que os circuitos terminais no tenham uma queda

    superior a 4%.(E) 5% e independente dos circuitos terminais.

    44Segundo norma da ABNT em vigor, nas subestaes de for-a para consumidores supridos em 13,8 kV, o disjuntor demdia tenso pode ser substitudo por uma chaveseccionadora fusvel, desde que a potncia da subestao,em kVA, no seja superior a:(A) 100 (B) 150(C) 225 (D) 300(E) 500

    45Considerando a utilizao do mesmo tipo de lmpada parailuminao de um determinado ambiente, o sistema de ilu-minao que tem o maior rendimento aquele que utilizaluminrias de classe de iluminao:(A) difusa.(B) indireta.(C) direta.(D) semi-indireta.(E) semidireta.

    46Considere um transformador de fora cuja potncia nominal 380 kVA, primrio em delta, 13,8 kV, e secundrio emestrela, 220/127V, 60 Hz, impedncia percentual 5%. Emum ensaio de manuteno, o secundrio deste transforma-dor colocado em curto-circuito e, no primrio, aplicadauma tenso trifsica de 690V, 60 Hz. Caso o transformadoresteja em perfeito estado, a corrente que circular no secun-drio, em Ampres, aproximadamente:(A) 50(B) 100(C) 500(D) 1000(E) 2000

    www.pciconcursos.com.br

  • ELETRICISTA ESPECIALIZADO(A)13

    49A empresa Contratante S/A contratou a Terceira S/A parauma obra de manuteno de uma das suas subestaes defora. O tcnico Novato, funcionrio da Contratante, foi de-signado para fiscalizar a manuteno, que executada soba responsabilidade de um engenheiro eletricista da Terceira,especializado em Segurana do Trabalho. Considerando asituao, assinale a afirmao correta.(A) Por ocasio da manuteno do transformador, a

    subestao dever estar desenergizada e o aterramentotemporrio equipamento de proteo individual (EPI)indispensvel para esta ao.

    (B) Se os funcionrios da Terceira estiverem com caladoisolante de mdia tenso adequado e utilizarem correta-mente a vara isolante de alta tenso, dispensado ouso das luvas de segurana.

    (C) O uso correto dos EPI permite que o servio seja feitocom a instalao energizada, pois os EPI so a princi-pal medida de proteo do trabalhador.

    (D) Uma vez presentes o Engenheiro de Segurana do Tra-balho e o eletricista, a Contratante no pode ser respon-sabilizada pela segurana dos funcionrios da Terceira.

    (E) Novato deve verificar se os EPI que esto sendo utiliza-dos pelos funcionrios da Terceira possuem Certificadode Aprovao e esto dentro do prazo de utilizao.

    50Com relao aos riscos de choque eltrico em seres huma-nos, correto afirmar que:(A) uma tenso eltrica de 80 Vca mais perigosa para o

    corpo humano que uma tenso eltrica de 80 Vcc.(B) uma tenso eltrica de 80 Vcc mais perigosa para o

    corpo humano que uma tenso eltrica de 80 Vca.(C) o dano provocado por um choque eltrico independe da

    intensidade da corrente eltrica, dependendo apenas datenso.

    (D) o dano causado pelo choque eltrico depende da inten-sidade da corrente, do mdulo da tenso e do tempodurante o qual o corpo fica a ele submetido, masindepende da freqncia da corrente e da tenso.

    (E) segundo a norma regulamentadora NR-10, tenses me-nores que 60 Vca no representam risco para o ser hu-mano.

    RASCUNHO

    www.pciconcursos.com.br

  • + 3 , 4 5 565( 6( 5(7(

    89'

    9'':7(;575;'! = ? 7 " @A ; 5;'[email protected]

    (7BC= (