lingua portuguesa com feijÃo .web viewquando o sujeito for o pronome relativo que, o verbo...

Download LINGUA PORTUGUESA COM FEIJÃO .Web viewQuando o sujeito for o pronome relativo QUE, o verbo concordará

Post on 10-Nov-2018

216 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

LINGUA PORTUGUESA COM FEIJO

Apostila de Lingua Portuguesa

Assunto:

LINGUA PORTUGUESA

Autor:

ESTRUTURA DE PALAVRAS

RADICAL

o termo que contm o sentido bsico do vocbulo. Aquilo que permanece intacto, quando a palavra for modificada.

FALar, COMer, DORMir, CASa, CARRo.

Obs: Em se tratando de verbos,descobre-se o radical, retirando-se a terminao AR, ER ou IR.

VOGAL TEMTICA

Nos verbos so as vogais A, E e I, presentes terminao verbal.Elas indicam a que conjugao o verbo pertence:

1conjugao =>Verbos terminados em AR.

2conjugao =>Verbos terminados em ER.

3conjugao => Verbos terminados em IR.

O verbo pr pertence 2 conjugao, j que proveio do antigo verbo poer.

TEMA

o radical acrescido de uma vogal, denominada vogal temtica.

DESINNCIAS

So as terminaes das palavras flexionadas, pospostas ao radical, com o intuito de modific-las (as palavras). So elas:

DESINNCIAS VERBAIS

1) MODO-TEMPORAIS - indicam o tempo e o modo.

a) -VA- (Pretrito Imperfeito do Indicativo - 1 conjugao);

Estudava, comprava, amava.

OBS: -VE- para a 2 pessoa do plural:

Amveis, estudveis, comprveis.

b) -IA- (Pretrito Imperfeito do Indicativo - 2 e 3 conjugaes)

Vendia, partia, socorria.

c) -RA- (Pretrito mais-que-perfeito do Indicativo para todas as conjugaes).

Estudara, vendera, partira.

d) -RA-, -RE- (Futuro do Presente de qualquer conjugao).

Estudarei, estudars, venderemos, partir.

e) -RIA- (Futuro do Pretrito de qualquer conjugao).

Estudaria, venderia, partiria.

OBS: -RIE- para a 2 pessoa do plural:

Amareis, estudareis, vendereis

f) -E- (Presente do Subjuntivo - 1 conjugao)

Cante, ame, plante, compre.

g) -A- (Presente do Subjuntivo - 2 e 3 conjugaes).

Coma, parta, venda, socorra.

h) -SSE- (Pretrito Imperfeito do Subjuntivo de qualquer conjugao).

Estudasse, vendesse, partisse.

i) -R- (Futuro do Subjuntivo de qualquer conjugao).

Cantar, vender, partirmos, sairmos.

2) NMERO-PESSOAIS = indicam a pessoa e o nmero. Eu cantei, cantaste, cantamos, cantais, cantam, cantares, pusermos, danas.

DESINNCIAS NOMINAIS

a) DE GNERO - indicam o gnero da palavra.

CABELEIREIRO - CABELEIREIRA. A vogal a ser desinncia nominal de gnero sempre que indicar o feminino de uma palavra, mesmo que o masculino no seja terminado em o.

Ex.: crua, ela, traidora.

b) DE NMERO - indicam o plural da palavra. a letra S, somente quando indicar o plural da palavra.

CadeiraS, pedraS, guaS

AFIXOS

So elementos que se juntam a radicais para formar novas palavras. So eles: a) Prefixo: o afixo que aparece antes do radical.

DEStampar, INcapaz, Amoral.

b) Sufixo: o afixo que aparece depois do radical, do tema ou do infinitivo.

PensaMENTO, acusaO, felizMENTE

VOGAIS E CONSOANTES DE LIGAO

So vogais e consoantes que surgem entre dois morfemas, para tornar mais fcil e agradvel a pronncia de certas palavras.

FlorEs, peZinho, bambuZal, gasmetro

CafeTeira, pauLada, cacauIcultor, insetIcida

EXERCCIOS:

1. Identifique o radical (morfema lexical) das seguintes palavras:

a) fabricao .................................................................

b) sorvetes ....................................................................

c) serragem...................................................................

d) afinao ....................................................................

e) destemperado...........................................................

2. Aponte as desinncias e as vogais temticas das seguintes palavras e flexes:

A) amor - amores

B) deputado - deputada

C) comemorava - comemorvamos

D) pente - pentes

E) garrafa - garrafas

3. Assinale a alternativa em que h erro quanto anlise mrfica das palavras abaixo:

A) AcertAra - vogal temtica B) PerturbaVA - desinncia modo-temporal C) ContaM - desinncia nmero-pessoal D) PREparou-se - prefixo E) MANIFESTavam - radical

4. Assinale a opo que apresenta erro na anlise do elemento:

A) daREmos - (RE) = desin. modo-temporal variante ou alomorfe. B) AproveitEmos - (E) = desin. modo-temporal. C) ColocaRAmos-(RIA)= desin. modo-temporal. D) Quiseram - (SE) = desin. modo-temporal.

E) QuerIA - (IA) = desin. modo-temporal

-----------------------------------------------------------------

FORMAO DE PALAVRAS

Para analisar a formao de uma palavra, deve-se procurar a origem dela. Caso seja formada por apenas um radical, diremos que foi formada por derivao; por dois ou mais radicais, composio. So os seguintes os processos de formao de palavras:

DERIVAO

Formao de novas palavras a partir de apenas um radical.

DERIVAO PREFIXAL: acrscimo de um prefixo palavra primitiva; tambm chamado de prefixao. Antepasto, reescrever, infeliz.

DERIVAO SUFIXAL: acrscimo de um sufixo palavra primitiva; tambm chamado de sufixao. Felizmente, igualdade, florescer.

DERIVAO PREFIXAL E SUFIXAL: o acrscimo de um prefixo e de um sufixo, em tempos diferentes ; tambm chamado de prefixao e sufixao. Infelizmente, desigualdade, reflorescer.

DERIVAO PARASSINTTICA: a adio de um prefixo e de um sufixo, ao mesmo tempo; tambm chamado de parassntese. Envernizar, enrijecer, anoitecer.

DERIVAO REGRESSIVA: a retirada da parte final da palavra primitiva,obtendo, por essa reduo, a palavra derivada.

Do verbo debater, retira-se a desinncia de infinitivo -R: formou-se o substantivo debate.

DERIVAO IMPRPRIA : a formao de uma nova palavra pela mudana de classe gramatical.

A palavra gelo um substantivo, mas pode ser transformada em um adjetivo: camisa gelo.

COMPOSIO

Formao de novas palavras a partir de dois ou mais radicais.

COMPOSIO POR JUSTAPOSIO: na unio, os radicais no sofrem qualquer alterao em sua estrutura.

Ao se unirem os radicais ponta e p, obtm-se a palavra pontap.

COMPOSIO POR AGLUTINAO: na unio, pelo menos um dos radicais sofre alterao em sua estrutura.

Ao se unirem os radicais gua e ardente, obtm-se a palavra aguardente, com o desaparecimento do a. O mesmo acontece com embora (em boa hora), planalto (plano alto).

OUTROS PROCESSOS

HIBRIDISMO: a formao de novas palavras a partir da unio de radicais de idiomas diferentes.

Automvel (auto + mvel, grego e latim), televiso (tele + viso, grego e latim), alcometro (lcool + metro, rabe e grego), abreugrafia (Abreu + grafia, portugus e grego).

ONOMATOPIA: consiste em criar palavras, tentando imitar sons da natureza.

Zunzum, cricri, tique-taque, pingue-pongue. REDUO: consiste na eliminao de um segmento da palavra, a fim de se obter uma forma mais curta.

extraordinrio - extra, telefone - fone.

SIGLAS: as siglas so formadas pela combinao das letras iniciais de uma seqncia de palavras que constitui um nome.

IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatstica); IPTU Imposto Predial, Territorial e Urbano).

EMPRSTIMO LINGSTICO: uma forma ou condio de aportuguesamento de palavras estrangeiras ; se a grafia da palavra no se alterar, ela dever ser escrita entre aspas.

Estresse, estande, futebol, bife, show, xampu, shopping center, shampoo, deletar, estartar

EXERCCIOS GERAIS:

1. As palavras couve-flor, planalto e aguardente so formadas por:

A) derivao

D) composio

B) onomatopia

E) hibridismo

C) prefixao

2. Assinale a srie de palavras em que todas so formadas por parassntese:

A) acorrentar,esburacar, despedaar

B) soluo, passional, corrupo

C) enrijecer, deslealdade, tortura

D) biografia, macrbio, bibliografia

E) acromatismo, hidrognio, litografar

3. As palavras claramente, bonzinho e homenzarro so formadas por derivao:

regressiva B) sufixal

C) prefixal D) parassinttica

E) prefixal e sufixal

4. Em O girassol da vida e o passatempo do tempo que se passa no brincam nos lagos da lua , h respectivamente:

A) um elemento formado por aglutinao e outro por justaposio.

B) um elemento formado por justaposio e outro por aglutinao.

C) dois elementos formad