lentes de contato

Download Lentes de Contato

Post on 08-Aug-2015

553 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Lentes de Contato na Clnica Oftalmolgica2 EdioCleusa Coral-Ghanem Newton Kara-Jos

i

Lentes de Contato na Clnica Oftalmolgica2 EdioCleusa Coral-Ghanem Newton Kara-Jos

1998

Rio de JaneiroLentes Brasil na Clnica Oftalmolgica RJ de Contato

iiCIP-Brasil. Catalogao-na-fonte Sindicato Nacional dos Editores de Livros, RJ Coral-Ghanem, Cleusa Lentes de contato na clnica oftalmolgica / Cleusa Coral-Ghanem, Newton Kara-Jos. 2.ed. Rio de Janeiro: Cultura Mdica, 1998. Inclui bibliografia ndice alfabtico Anexos ISBN 85-7006-210-9 1. Lentes de contato. 2. Oftalmologia. I. Kara-Jos, Newton. II. Ttulo.

C795L 2.ed.

97-1065

CDD 617.7523 CDU 617.7-089.243

EDITORA AFILIADA Art. 184. expressamente proibida a reproduo ou duplicao fotomecanizada de toda ou parte desta obra. Sujeitar o infrator, nos termos da Lei n 8.635, de 16-03-1993, s penalidades previstas no Cdigo Penal, a saber: 1 Se a violao consistir em reproduo, por qualquer meio, com intuito de lucro, de obra intelectual, no todo ou em parte, sem autorizao expressa do autor ou de quem o represente, ou consistir na reproduo de fonograma ou videofonograma, sem a autorizao do produtor ou de quem o represente: Pena: recluso, de um a quatro anos. 2 Na mesma pena do pargrafo anterior incorre quem vende, expe venda, aluga, introduz no Pas, adquire, oculta, empresta, troca ou tem em depsito, com intuito de lucro, original ou cpia de obra intelectual, fonograma ou videofonograma, produzidos ou reproduzidos com violao de direito autoral. 3 Em caso de condenao, ao prolatar a sentena, o juiz determinar a destruio da produo ou reproduo criminosa. Art. 2 Esta Lei entra em vigor na data de sua publicao. Art. 3 Revogam-se as disposies em contrrio.Lentes de Contato na Clnica Oftalmolgica

iii

Lentes de Contato na Clnica Oftalmolgica

Dra. Cleusa Coral-Ghanem Presidente da Sociedade Brasileira de Lentes deContato e Crnea - SOBLEC - binio 93/95 Oftalmologista do Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem - Joinville - Santa Catarina

Dr. Newton Kara-Jos Prof. Adjunto de Oftalmologia da Universidade deSo Paulo (USP) Prof. Titular de Oftalmologia da Universidade de Campinas (UNICAMP) Presidente da SOBLEC - binios 79/81 e 91/93Lentes de Contato na Clnica Oftalmolgica

iv

Capa e Diagramao:

Solues e Informtica Ltda. - Joinville - SC www.solucoes.com.br Dra. Cleusa Coral-Ghanem Prof. Valdir Vegini, D. Sc. Dra. Cleusa Coral-Ghanem

Reviso de Redao/Apresentao: Superviso:DIREITOS DE REPRODUO:

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS: Proibida a reproduo total ou parcial, por qualquer meio ou processo, sem permisso expressa dos autores. A violao dos direitos punvel nos termos do art. 184 e pargrafos do Cdigo Penal, conjuntamente com busca e apreenso e indenizaes diversas (arts. 122, 123, 124 e 126 da Lei 5988, de 14.12 1976, Lei dos Direitos Autorais).

No encontrando este livro nas livrarias de sua cidade, favor solicitar pelos telelivros/faxlivros:

(021) 567-3888

FAX: (021) 569-5443Caso ocorram reprodues de textos, figuras, tabelas, quadros, esquemas e fontes de pesquisa, so de inteira responsabilidade do(s) autor(es).

Copyright 1998 by - Dra. Cleusa Coral-Ghanem, Dr. Newton Kara-Jos

Lentes de Contato na Clnica Oftalmolgica

vCOLABORADORESDr. Adamo Lui Netto Prof. Doutor da Faculdade de Cincias Mdicas da Santa Casa de So Paulo;

Membro da Diretoria da SOBLEC.Dr. Ari de Souza Pena Chefe do Setor de Crnea e Lentes de Contato da Clnica Oftalmolgica do Hospital Universitrio Antonio Pedro (HUAP) da Universidade Federal Fluminense (UFF);

Mestre em Oftalmologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro; Coordenador do Curso de Lentes de Contato da Sociedade Brasileira de Oftalmologia; Presidente da SOBLEC binios 76/78 e 83/85.Dra. Claudia Assis Lima Mdica voluntria do Hospital das Clnicas da Faculdade de Medicina da UNICAMP.

Membro da Diretoria da SOBLEC.Dr. Jos Guilherme Pecego Mestre em Oftalmologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ;

Fellow do New York Eye Infirmary, New York, NY, USA; Membro da Diretoria da SOBLEC. Dr. Milton Ruiz Alves Professor Livre Docente e Doutor da Clnica Oftalmolgica da USP e UNICAMP;

Membro da Diretoria da SOBLEC.Dr. Nilo Holzchuh Chefe da Seo de Crnea do Depto. de Oftalmologia da Santa Casa de So Paulo;

Chefe da Seo de Lentes de Contato da Disciplina de Oftalmologia daUNICAMP;

Presidente da SOBLEC binio 85/87.Dr. Paulo Ricardo de Oliveira Oftalmologista do Hospital de Olhos de Gois;

Presidente da SOBLEC binio 95/97.Dra. Regina Carvalho de Salles Oliveira Professora de Educao e Reabilitao de Deficientes Visuais pela Faculdade de Educao da Universidade de So Paulo - USP.Lentes de Contato na Clnica Oftalmolgica

viDr. Renato Giovedi Filho Assistente Voluntrio da Clnica Oftalmolgica da Santa Casa de So Paulo;

Membro da Diretoria da SOBLEC.Dr. Ricardo Uras Prof. Adjunto do Depto. de Oftalmologia da Universidade Federal de So Paulo (E.P.M.);

Presidente da SOBLEC binio 89/91.Dra. Saly Moreira Professora Assistente da Disciplina de Oftalmologia da Faculdade Evanglica de Medicina do Paran;

Diretora do Departamento de Lentes de Contato da Disciplina de Oftalmologia daFaculdade Evanglica de Medicina do Paran;

Presidente da SOBLEC binio 87/89.

Lentes de Contato na Clnica Oftalmolgica

viiAPRESENTAO DA SEGUNDA EDIORubens Belfort Junior * O sucesso alcanado pelo livro Lentes de Contato na Clnica Oftalmolgica, sem dvida, previu e justifica o lanamento desta nova edio atualizada e contendo o estado da arte. Esto novamente de parabns os editores e autores, pela qualidade internacional do material, e pela maneira extremamente didtica com que todos esses excelentes representantes da importante sub-especialidade oftalmolgica apresentaram a experincia slida. Fosse este livro escrito em ingls teria aceitao global. A oftalmologia brasileira felizmente, h mais de 30 anos, soube entender a importncia da lente de contato na oftalmologia moderna. O Brasil um dos pases mais avanados do mundo em relao a correta insero do captulo da contadologia e optometria dentro da Oftalmologia, enquadrando-a como parte do ato mdico e, dependente dele em todos os seus aspectos. Tambm o nosso pas est entre os primeiros em relao ao nmero de oftalmologistas que mais entende de lentes de contato, suas indicaes, tipos especiais, critrios de adaptao, diagnsticos e conduta nas complicaes, graas a cursos, congressos e livros como este. A educao das novas geraes e a atualizao de todos ns vem sendo realizada atravs do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, da Sociedade Brasileira de Lentes de Contato e dos lderes da sub-especialidade, entre os quais esto os editores e autores deste livro, que permeiam essas Associaes e publicaes. A oftalmologia e a Sade Ocular Brasileira devem mais esta grande obra aos autores e editores de Lentes de Contato na Clnica Oftalmolgica.

* Prof. Dr. Rubens Belfort Junior Professor Titular de Oftalmologia Instituto da Viso EPM / Universidade Federal de So Paulo - UNIFESPLentes de Contato na Clnica Oftalmolgica

viii

Aos meus pais, Hilda e Glio, pelo exemplo de vida. Aos homens da minha vida, EMIR, VINCIUS e RAMON, com quem compartilho o entusiasmo pela oftalmologia e com quem tenho a felicidade de viver o amor pleno de mulher e me.

A minha mulher Ldia e meus filhos, Newton, Csar, Paula, Andrea e Flvio. Com amor.Lentes de Contato na Clnica Oftalmolgica

ixPREFCIO DA PRIMEIRA EDIOIMPORTNCIA DA ADAPTAO DE LENTES DE CONTATO NA PRTICA OFTALMOLGICACleusa Coral-Ghanem Newton Kara-Jos

A adaptao de lentes de contato (LC) est se tornando cada vez mais importante na prtica da Oftalmologia, quer pelas possveis complicaes advindas do uso inadequado, quer pelo aumento do nmero de usurios, que se amplia a cada dia. Os novos materiais e desenhos colocados disposio no mercado tornam as LC mais confortveis e permitem a correo de quase todos os erros refrativos. A Sociedade Brasileira de Lentes de Contato e Crnea (SOBLEC), desde os primrdios de sua fundao, em 1971, durante o Congresso Brasileiro de Oftalmologia, em Campinas e oficializada em 28 de maio de 1972, em Belo Horizonte, tem como uma de suas principais metas o estudo da problemtica do uso de LC como um todo, visando dar aos usurios melhor qualidade de adaptao e acompanhamento e tornar seu uso o mais seguro possvel. Com a SOBLEC, o estudo de LC passou a fazer parte de todos os congressos de Oftalmologia e a adaptao de LC foi reconhecida como ato mdico pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia, em 1975. Hoje, o ensino de LC faz parte do curriculum das residncias oficiais do pas. Alm da formao regular dos residentes, vrias universidades brasileiras e alguns oftalmologistas, em sua clnica privada, tm desenvolvido pesquisas nessa rea. As atribuies da Sociedade vo desde formar, conscientizar e reciclar o especialista, estudar os materiais disposio no mercado do ponto de vista de qualidade e de custo, at educar a populao sobre as vantagens e limitaes do uso de LC. Assim, nos ltimos anos, a literatura nacional enriqueceu-se com artigos e pesquisas publicados em peridicos especializados como o Jornal da SOBLEC e a edio de dois excelentes livros: em 1989, Clnica de Lente de Contato do Dr. Ari de Souza Pena e colaboradores e, em 1993, Lentes de Contato dos Drs. Saly e Hamilton Moreira.

LENTES DE CONTATO NA CLNICA OFTALMOLGICA parte de um processo que visa colocar ao alcance de todos os oftalmologistas brasileiros condies para a adaptao de LC. Disposto em forma de perguntas e respostas para possibilitar uma rpida consulta, este livro aborda as questes mais freqentes na prtica de LC, expondo, de maneira didtica, a experincia pessoal de cada um dos colaboradores. nosso desejo qu

Recommended

View more >