introduca. orig

Download Introduca. Orig

Post on 12-Jan-2016

220 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

mjhkwjwjkejwkejwqkeiqueiwq

TRANSCRIPT

4

1.IntroduoO presente trabalho tem como tema: Impacto do currculo de matemtica do ensino bsico na escola primria complete unidade 19, com o mesmo pretende-se analisar o quo a implementao do currculo do ensino bsico pode contribuir para o cidado puder disfrutar de benefcios na sua future profisso, alm de diminuir reprovaes.

Como principio metodolgicos gerais, o currculo de matemtica do ensino bsico, que corresponde as primeiras sete classes do ensino primrio completo, recomenda o ensino baseado em: Habilidades e competncias, Aprendizagem centrada no aprendente, Construtivismo e aprendizagem reflectiva, Ensino em espiral, Tratamento interdisciplinar ou temtica dos contedos, Ensino orientado para actividades

Esses princpios pressupem que um currculo de ensino bsico que requer uma mudana conceptual no processo de ensino e aprendizagem de matemtica escolar, diferentemente do currculo anterior que era caracterizado pelo ensino centrado no professor e mtodo expositivo tradicional, em que o professor, como centro do processo de ensino e aprendizagem, tinha o papel de transmitir os conhecimentos ao aprendente e este, considerado tabua rasa tinha o papel passivo de memorizar-los e mostrar comportamentos observveis adquiridos na instruo.

De acordo com as tendncias actuais da reforma do currculo de matemtica a perspectiva construtivista da educao caracteriza-se por um ensino-aprendizagem centrado no aprendente e mtodos instrucionais baseados no construtivismo, onde o professor desempenha o papel de mediador do processo de construo do conhecimento respeitando o estagio de desenvolvimento cognitivo do aprendente e os seus conhecimentos e as suas experiencias que traz para a sala de aula adquiridas no ambiente escolar, na famlia ou na comunidade. O papel do aprendente consiste na participao activa e criativa dentro e fora da sala de aulas de forma a construir novo conhecimento. Assim os mtodos instrucionais construtivistas tem a funo de ajustar as concees dos aprendentes (incluindo senso comum) com os conceitos cientficos com conhecimentos a ser apreendidos na escola.O presente trabalho tem como tema: impacto do currculo de matemtica do ensino bsico na escola primria complete unidade 19, com a inteno de verificar se a extenso da sua implementao toma em considerao como estrutura organizacional as dimenses curriculares, respeitando as normas, os princpios e padres para o ensino e aprendizagem de matemtica escolar, dentro dos programas de matemtica, livros do professor e manuais do aprendente. Este estudo contribui tambm para anlise de extenso da implementao dos princpios recomendados pelo ministrio da educao e cultura par o ensino bsico.

A pesquisa foi desenvolvida na cidade de Maputo, na escola primria 19 de Outubro, onde foram envolvidos professores de matemtica e aprendentes seleccionados em trs classes.

1.1.Objectivos

1.1.1.Objectivo geral

Analisar o impacto de matemtica do ensino bsico, considerando na sua estrutura organizacional as dimenses curriculares para a matemtica escolar.

1.1.2.Objectivos especficos

Explicar as normas, princpios e padres que o ensino bsico obedece para a disciplina de matemtica ao longo das dimenses curriculares, dentro dos materiais curriculares par o ensino bsico.

Analisar o impacto do currculo bsico na disciplina de matemtica na escola primaria unidade 19.

1.2.Problematizao

A discrepncia na implementao do currculo do ensino bsico pelos gestores escolares no geral e da escola primria completa unidade 19 em particular, suspeitando-se que enquanto uns implementam-no na perspectiva construtivista da educao, baseado em processos de mediao construo do novo conhecimento, outros implementam no contexto tradicional da educao, baseado em conhecimento, outros ainda implementam no contexto tradicional da educao, baseado em processos de transmisso memorizao do novo conhecimento.A falta de unanimidade dos professores no ensino da matemtica para o sistema educacional, por tal aco e atitude dos professores, por si s, revela uma incoerncia na implementao do novo currculo e pode contribuir acima de tudo para o incumprimento dos objectivos curriculares.

Desta forma o sistema educacional em Moambique pode correr o risco de continuar a formar indivduos com apenas habilidades de memorizao e extremamente desenvolvida, atravs da educao tradicional, em detrimento do desenvolvimento das habilidades na construo do conhecimento, criatividade e competncias em saber ser, saber estar, saber fazer e saber apreender (Delors, 1996, p.96), ao longo de toda a vida na actual sociedade graas a educao construtivista (NCTM, 2004, p 67).

O presente estudo encontrar solues deste problema analisando por um lado a implementao do currculo no contexto construtivista de matemtica para a 2, 3 e 4 classes, por outro lado, se as actuais normas, princpios e padres que norteiam a matemtica escolar se fazem sentir nas respectivas matrias curriculares oficiais.

1.3.Justificativa

A experincia profissional dos investigadores como professores de matemtica do ensino e a sua convivncia com o ensino primrio, despertaram o interesse pela pesquisa do tema proposto.

O decurso da actividade pedaggica dos professores de matemtica na escola primria tem sido caracterizado por uma abordagem de tpicos em duas perspectivas:

Uma tradicional de ensino-aprendizagem, em que os professores transmitem o conhecimento para os aprendentes e este procuram memoriza-los.

Outra nova, construtivista tendente a uma mudana conceptual (cognitiva) no ensino-aprendizagem de matemtica, como recomendao metodolgica do novo currculo de matemtica para o ensino bsico (MINED, 1999, p. 11).

Esta diferena de concepo mitolgica dos professores de matemtica esta no centro da preocupao dos investigadores na perspectiva de que a sua pesquisa venha contribuir para a inovao do processo pedaggico harmonizado dos dois mtodos de ensino e aprendizagem, ou contribuir para a mudana, por parte dos professores.

Tambm os investigadores acharam valer a pena desencadear uma pesquisa do tema proposto para averiguar se esta diferena no seria causada, parcial ou totalmente pela estrutura organizacional do currculo vigente relativamente as dimenses curriculares normais, aos princpios e padres da educao construtivista em matemtica escolar.

Os investigadores julgam ser possvel descrever as prticas daqueles professores que implementam o novo currculo de matemtica no contexto da educao tradicional, pois este modo de implementao curricular no inclui o cumprimento integral das normas, princpios e padres de educao construtivista aqui mencionadas.

1.4.Questes cientficas Em que medida o currculo do ensino bsico contribui na estrutura organizacional das dimenses curriculares para a disciplina de matemtica? Em que medida o currculo de matemtica do ensino bsico obedece normas, princpios e padres para a matemtica escolar.

1.5.Hipteses

H1. O currculo do ensino bsico contribui na diminuio da taxa de insucesso escolar e das reprovaes.

H2. O currculo obedece as normas estabelecidas com vista a melhoria da educao e do sucesso escolar, provendo o aluno de competncias.

2.Metodologia

Para a concretizao do trabalho tomou-se como mtodo de abordagem, o mtodo hipottico-dedutivo, que Segundo Marconi e Lakatos (2004, p.91), se inicia pela percepo de uma lacuna nos conhecimentos, acerca da qual formula-se hipteses e pelo processo de inferncia dedutiva, testa a predio da ocorrncia de fenmenos abrangidos pela hiptese.

Por sua vez. A concretizao da investigao utilizou-se uma metodologia quantitativa (O mtodo estatstico) como o principal mtodo de procedimento de anlise, aliado a outras tcnicas de recolha de dados, com a anlise bibliogrfica e documental, a amostragem, a entrevista e a observao.

A anlise bibliogrfica e documental consistiu no levantamento e compilao bibliogrfica e documental sobre o tema, tendo contribudo para a formulao do quadro terico deste estudo, assim como para o conhecimento prvio do tema em estudo.

Para a recolha de dados foram utilizadas algumas tcnicas fundamentai da metodologia qualitativa como a entrevista e observao.

A entrevista constitui o instrumento bsico na recolha de dados e segundo Alves-Mazzotti (in Marconi e Lakatos, 2004, p. 278), a entrevista por ser de natureza interactiva, permite tratar de temas complexos, que dificilmente poderiam ser investigados adequadamente atravs de questionrios, explorando-os em profundidade.

O principal objectivo da utilizao desta tcnica foi de compreender as experiencias e perspectivas dos encarregados de educao e dos professores relativo ao actual currculo do ensino bsico.

A entrevista segundo a classificao de Marconi e Lakatos (2004, p.279) foi padronizada ou estruturada, isto , as perguntas feitas aos entrevistados foram predeterminadas.

2.1.Instrumentos de recolha de dados.

Na recolha de dados, recorreu-se a tcnica de observao. Segundo Marconi e Lakatos (2004, p.275), a observao a tcnica bsica de investigao cientfica, utilizada na pesquisa de campo. uma tcnica de colecta de dados para conseguir informaes utilizadas os sentidos na observao na obteno de determinados aspectos da realidade. No consiste apenas em ver e ouvir, mas tambm em examinar factos e fenmenos que se deseja estudar.

Para a anlise e interpretao dos dados recolhidos, como se referiu anteriormente recorreu-se a utilizao de tcnicas da metodologia quantitativa onde dominou o tratamento estatstico dos mesmos.

Segundo Marconi e Lakatos (2001, p.109), a estatstica no um fim, mas instrumento poderoso para a anlise e interpretao de um grande nmero de dados cuja viso global, pela complexidade, se torna difcil. Para melhor anlise e compresso dos dados recolhidos a partir das entrevistas fez-s