i - minerais

Download I - MINERAIS

Post on 29-Dec-2014

9.974 views

Category:

Technology

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

TRANSCRIPT

  • 1. U3 OCUPAO ANTRPICA E PROBLEMAS DE ORDENAMENTO ES JOS AFONSO 09/10 PROF SANDRA NASCIMENTO
  • 2. Corpo slido; Natural (na formao dos minerais no pode haver interveno humana) Inorgnico; Com composio qumica definida ou varivel dentro de certos limites; Textura cristalina /arranjo atmico altamente organizado Nota: Os materiais que no apresentam arranjo cristalino so chamados de mineralides (ex. mbar, obsidiana e opala).
  • 3. COR PTICAS RISCA BRILHO FSICAS DUREZA MECNICAS CLIVAGEM FRACTURA
  • 4. A estrutura cristalina definida por um arranjo ordenado tridimensional de tomos. A maioria das propriedades fsicas macro e microscpicas so decorrentes da estrutura cristalina.
  • 5. Os minerais apresentam uma estrutura cristalina (A) e os mineralides uma estrutura amorfa (B). mbar Opala
  • 6. Resulta da absoro por parte do mineral de algumas das radiaes que compem a luz branca. Na sua maioria, os minerais apresentam-se coloridos. Rodonite Fluorite
  • 7. minerais que apresentam cor constante Pirite Malaquite Azurite Enxofre
  • 8. apresentam cor varivel. Quartzo Branco Quartzo azul Quartzo rsea Quartzo ametista Quartzo fumado Quartzo citrino
  • 9. gua-marinha berilo incolor com Fe 3+ Esmeralda berilo incolor com Cr 3+ A diversidade de cores num mineral alocromtico deve-se, frequentemente, presena de elementos estranhos sua composio (pigmentos). Corindo incolor com Fe 2+ ou Ti 2+ Rubi corindo incolor com Cr 3+
  • 10. Corresponde cor do mineral quando este reduzido a p.
  • 11. Para determinar a risca, fricciona-se o mineral sobre uma placa de porcelana fosca. Esta situao funciona para minerais cuja dureza inferior da porcelana (cerca de 7). Nos restantes casos, reduz-se a p uma amostra do mineral. Frequentemente, a cor da risca do mineral no coincide com a sua cor. Diferentes variedades do mesmo mineral exibem sempre trao com a mesma cor.
  • 12. Em regra, minerais alocromticos tm risca incolor ou branca; minerais idiocromticos no metlicos tm risca igual sua cor; nos minerais de brilho metlico o risca tende a ser negra.
  • 13. Esta propriedade definida pelo aspecto que o mineral apresenta quando reflecte a luz. Deve ser observada em superfcie de fractura recente. Pirite
  • 14. Os minerais podem ser subdivididos em: minerais de brilho metlico, submetlico e no metlico. Pirite Volframite Dolomite Brilho metlico - intenso, No metlico observa- Brilho sub-metlico semelhante ao observado se em em minerais semelhante mas menos nos metais polidos; transparentes ou intenso que o metlico. observa-se em minerais translcidos. Utilizam-se opacos. diferentes termos para descrever este brilho.
  • 15. corresponde maior ou menor permeabilidade dos minerais luz. Deve observar- se em lminas delgadas. Quartzo hialino Fluorite Calcopirite
  • 16. Alguns minerais apresentam uma dupla refraco ou birrefrangncia, ou seja, cada raio de luz que se propaga no mineral desdobrado em dois raios refractados, que apresentam velocidades e direces de propagao diferentes.
  • 17. CLIVAGEM Existncia de ligaes qumicas mais fracas em certas direces do mineral do que noutras. Todas as ligaes qumicas existentes no mineral so FRACTURA igualmente fortes, qualquer que seja a direco considerada. Fractura concoidal
  • 18. Calcite - Clivagem rombodrica Galena clivagem cbica Fluorite Clivagem octadrica Biotite - Clivagem Pinacoidal, basal
  • 19. Corresponde resistncia que um mineral apresenta ao ser riscado por outro mineral ou por determinado objecto.
  • 20. A dureza dos minerais pode ser determinada em relao a uma escala de dureza constituda por minerais padro como a Escala de Mohs.
  • 21. A escala de Mohs constituda por 10 termos, desde o talco (o menos duro) at ao diamante (o mais duro). Qualquer mineral da escala risca todos os que os que esto abaixo dele, no sendo riscados por eles.
  • 22. Dois minerais riscam-se ou no Tm a mesma dureza se riscam mutuamente Um mineral (X) risca outro (Y) O grau de dureza do e no riscado por ele mineral X superior ao de Y Um mineral (A) riscado por A dureza do mineral A outro (B) que no consegue inferior do mineral B riscar
  • 23. Quando no se dispe da Escala de Mohs recorre-se a outro tipo de objectos, atendendo aos seguintes valores de dureza: Unha 2/2,5; alfinete ou moeda de cobre 3; canivete 5/5,5; lima de ao 6/6,5; vidro/porcelana - 6
  • 24. uma propriedade particularmente relacionada com a composio qumica, como se reconhece pela elevada densidade dos minerais com elementos metlicos. A densidade relativa corresponde relao entre o peso de um determinado volume do mineral e o peso de igual volume de gua, a 4C. Para determinar este parmetro no laboratrio recorre-se balana de Jolly.