gnosis religiao interior

Click here to load reader

Post on 17-Jan-2016

100 views

Category:

Documents

34 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

This book describes what is gnosis and what is the way to reach it. Is discusses he gnostic myths and how the gnosis is revealed through history. It also envisions the gnosis as an animic revolution.

TRANSCRIPT

  • GNOSIS, RELIGIO INTERIOR

  • GNOSIS, RELIGIO INTERIOR

    Srie Cristal 5

  • Copyright 1997 Rozekruis Pers,Haarlem,Holanda

    Ttulo original holandsGnosis als innerlijke religie

    Traduo da edio francesaLa gnose, religion interieure

    2007IMPRESSO NO BRASIL

    LECTORIUM ROSICRUCIANUMESCOLA INTERNACIONAL DA ROSACRUZ UREA

    Sede InternacionalBakenessergrat 11-15,Haarlem,Holanda

    www.rozenkruis.nl

    Sede no BrasilRua Sebastio Carneiro, 215, So Paulo, SP

    www.rosacruzaurea.org.br

    Sede em PortugalTravessa das Pedras Negras, 1, 1., Lisboa, Portugal

    www.rosacruzlectorium.org

    Dados Internacionais de Catalogao na Publicao (CIP)(Cmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)

    Gnosis, religio interior / [traduo: Equipe deTradutores do Lectorium Rosicrucianum]. Jarinu, SP : Rosacruz, 2007. (Srie Cristal ; 5)

    Ttulo original:Gnosis als innerlijke religie.Vrios autores.ISBN-13: 978-85-88950-39-9

    1. Gnosticismo 2. Rosacrucianismo I. Srie.

    06-9762 CDD-299.932

    ndices para catlogo sistemtico:

    Gnosticismo : Religio 299.932

    Todos os direitos desta edio reservados EDITORA ROSACRUZ

    Caixa Postal 39 13.240-000 Jarinu SP BrasilTel. (11) 4016.1817 FAX (11) 4016.5638

    www.editorarosacruz.com.brinfo@editorarosacruz.com.br

  • SUMRIO

    Introduo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 91 O que Gnosis? . . . . . . . . . . . . . . 112 O caminho da Gnosis . . . . . . . . . . . . 153 Gnosis, revelao dos mistrios . . . . 294 Os mitos gnsticos . . . . . . . . . . . . . 375 A Gnosis no decorrer da histria . . 536 A Gnosis como religio interior . . . 697 A Gnosis como revoluo da alma . 798 A Gnosis como fundamento

    do novo homem . . . . . . . . . . . . . . . 899 A fora de ao da Gnosis no mundo 9910 A Gnosis e as ideologias modernas . 11111 Gnosis, verdade universal . . . . . . . . 119

  • 7

    OQUE A VERDADE?

    Vede este cristal: assim como uma s luz se revelapor doze faces, sim, em quatro vezes doze, e cadaface, por sua vez, reflete um raio da luz, uns percebem uma face, outros vem outra, porm o cristal um s e tambm uma s a luz que ele irradia emtodas.

    (Extrado deO evangelho dos doze santos)

  • 9

    INTRODUO

    Este livro uma compilao de artigos escritosno decorrer dos anos por alunos da Escola Espiritual da Rosacruzurea em sua revista bimestralPentagrama. Cada artigo reflete uma experincia pessoal gnstica, compreendida como umarealidade espiritual vivente. Por esse motivo oconjunto no constitui uma descrio sistemtica sobre a Gnosis, mas uma apresentao dealgumas de suas mltiplas facetas: aGnosis, on tem e hoje; a Gnosis como realidade espiritualvivente; aGnosis, caminho espiritual, tal como seguido na Escola da Rosacruzurea. Essa avaliao privilegia uma busca autntica mais do queum exame sistemtico.De fato, aGnosis umarealidade vivente sempre ativa, que apenas compreendida quando experimentada e vivenciada.Assim sendo, ela jamais pode ser assimilada deforma abstrata, intelectual e discursiva.

    OS EDITORES

  • 11

    1

    O QUE GNOSIS?

    Ser consciente da realidade viventeda Gnosis apenas possvelpor meio da centelha-do-espritooculta no corao.

    Gnosis, conhecimento em grego, uma realidade sempre vivente e atual; no se trata nemde um saber comum, nem de certa concepodo mundo, nem de um sistema religioso do pas sado. Poderamos consider-la como uma losoa e procurar compreender suas idias e smbolos,mas nesse caso ela permaneceria incompreensvel. Porque aGnosis , antes de tudo, uma foraque deve ser experimentada, aceita e vivenciada.

    Gnosis Esprito, fora de radiao do Esprito,uma fora que convidaohomema realizar seu verdadeiro destino: sua reconciliao com omundodivino e seu retorno para sua verdadeira ptria.

    Pode o ser humano compreender esseamadoe a ele responder? Sim, pois ele possui em si umacentelha de luz divina, receptiva aoamado da

  • 12

    GNOSIS, RELIGIO INTERIOR

    Gnosis, luz do Esprito, por ser da mesma na tureza. Todavia, ele no est consciente disso.Acentelha divina nele como prisioneira da matria, oculta, desconhecida, apagada, despojada devida.Mas se esse homem sentir que no pertencea este mundo, se estiver consciente de estar vagueando nesta terra, passando sem cessar do bemao mal, da noite ao dia, da vida para a morte, sesentir que incapaz de ultrapassar seus limites eque o sofrimento dos homens nesta terra o escan dalizam, pode acontecer que um dia um raio daGnosis consiga reacender a centelha de luz ocultaem seu ser. Ento ele despertar de repente e vertudo com outros olhos.

    Ele ter a conrmao de que a terra no sua ptria verdadeira,mas que ele pertence ao mundoespiritual do qual agora percebe o amado. Esentir de maneira clara que coabitam nele duastendncias, dois seres: o ser exterior comum, ohabitante da terra, e um ser interior espiritualque aspira ao absoluto. Ele vivenciar uma verdade to velha quanto o mundo: a existncia deduas ordens de natureza separadas. Por um lado,ummundo onde se alternam sem cessar o nascimento e amorte;poroutro lado,omundo eternoe imutvel do Absoluto.

    Emnossa poca, na era deAqurio, a radiao daGnosis se faz sentir com grande intensidade, e ahumanidade a sente como um convite para romper todos os seus laos com as estruturas ultrapassadas da sociedade e da religio e para encontrar

  • 13

    1 O QUE GNOSIS?

    novas possibilidades, em particular nas cinciase nas artes. Ela projeta suas aspiraes para o exterior e espera sempre estabelecer sobre a terraum reino paradisaco. Ora, muitos agem atualmente segundo uma sabedoria da qual pode-seduvidar, e o tempo est prximo em que a maioria reconhecer, talvez, que sua sabedoria no suciente.

    Entretanto, o verdadeiro buscador, tocado pelaradiao gnstica, se voltar para o seu interior,no silncio do mais profundo de seu ser, de ondereceber aos poucos todo o conhecimento neces srio para elevar-se acima do espao e do tempo,da vida e da morte, a m de seguir o verdadeiroplano de libertao do mundo e da humanidade,o plano de toda eternidade previsto por Deus, ealcanar a verdadeira nalidade de sua vida: tornar-se um homem-alma-esprito, tornar-se outravez o homem original. Assim, ele descobrir aprpria essncia da Gnosis, que a unidade detodas as almas libertadas na Luz divina.

    Quem reconhece esse caminho e deseja segui-lonecessita de auxlio, pois devido grande ilusoele difcil, tanto exterior como interiormente,de ser seguido contra todos os antigos princpiose foras que se opem a esse desenvolvimentocom a nalidade de manter-se a qualquer custo.Esse o papel de todas as escolas espirituais au tnticas que souberam criar uma ligao com asFraternidades gnsticas do passado, isto , entraram em ligao vivente com aGnosis mediante

  • 14

    GNOSIS, RELIGIO INTERIOR

    uma resposta positiva ao seuamado.Foi criado,ento, um campo de fora que oferece todas aspossibilidades libertadoras aos seus alunos.NelesaGnosis se revela; todos aspiram mesma iluminao interior e cada um, em respeito e a serviode outros, penetra pouco a pouco na unidade, noamor e na paz de sua verdadeira ptria, o mundodivino.

  • 15

    2

    O CAMINHO DAGNOSIS

    Na Gnosis est ocultauma fora cuja origemno deste mundo e queemana do amor divino.

    Eu vos anuncio o caminho santo e oculto, aGnosis, diz o Salvador num hino antigo. Essaspalavras apresentam dois aspectos essenciais. Primeiro, aGnosis no um princpio passivo, algoque cairia, por assim dizer, do cu. um caminho que preciso percorrer graas a um processode desenvolvimento interior ativo, que penetrae modica o ser inteiro. Em segundo lugar, preciso abrir, ensinar esse caminho, e nele se an tecipar aos outros.

    Na linguagem mais familiar dos Evangelhos, Jesus diz: Eu sou o caminho, a verdade e a vida.Ningum vai ao Pai, seno pormim.1 Ele revela

    Joo 14:6.1

  • 16

    GNOSIS, RELIGIO INTERIOR

    a necessidade de segui-lo: Quem quiser me seguir, que renuncie a si mesmo, e carregue suacruz; pois aquele que quiser salvar a sua vida a perder,mas aquele que a perder porminha causa aencontrar.2

    Eu sou o caminhoDesse caminho santo e oculto, denominadoGnosis, emanaumamado eterno e aomesmo tempomuito atual, que se dirige a todos os que dese jam ouvi-lo. umamado dirigido sempre denovo humanidade, o qual apenas um pequenonmero compreende e muito poucos realizam.Quando o conhecimento desse caminho pode seperder, ento novos enviados daGnosis afluempara libertar o caminho e a luz, assim como paramostrar aos homens sua elevada vocao.AGnosis indiana exprime esse fato da seguinte forma:

    Toda vez que a ordemmorre e a desordem im pera, torno a nascer em tempo oportuno assimo exige a Lei. Para proteger o bem e destruir omal, encarno no seio da humanidade, ensinandoo caminhoque leva auto-realizao.Aquele quecompreende a minha vocao divina e o mistrio daminha encarnao no tem necessidade denascer outra vez aps a morte, aqui na terra []ele vem a mim

    Cada vez que o bemdiminui e omal aumenta, eucrio um corpo.A cada perodo volto para libertar

    Mateus 16:2425.2

  • 17

    2 O CAMINHO DA GNOSIS

    os santos, livrar os pecados dos pecadores e restabelecer o que justo.Quem conhece a naturezademinhamisso, a santidade demeunascimento,j no renascer ao deixar o corpo; ele vir paramim.3

    Ainda mais claro e mais penetrante o texto deHiplito:

    O fundamento primordial de todas as coisas, doSer e daVida, o primeiro fundamento de todasas coisas, o Esprito.O segundo, emanado doprimeiro, do Esprito, o caos. O terceiro, formado pelos dois, a alma. Ela se assemelha a umacriatura selvagem, perseguida sobre a terra pelamorte que exerce sobre ela seu poder.

    Hoje no reino da luz, amanh ela se encontrarnamisria, nooro e nas lamentaes. alegriasucedem as lgrimas, s lgrimas, o julgamento,e ao jul