gi&pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 as duas regiões onde o ectoderma se...

20
10/13/2016 1 Desenvolvimento Gastrointestinal Intestino de humanos; 6-7X tamanho do corpo Intestinto de ruminantes: 20x tamanho do corpo Folhetos embrionários Ectoderma (ecto=externa) Mesoderma (Meso=meio) Endoderma (endo=interna) Pele Sistema Nervoso Crista Neural Notocorda Músculo Rins Sangue Tubo Digestivo Faringe Tubo respiratório As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca. Respectivamente, o começo e fim do tubo digestivo Membrana bucofaríngea Cloaca

Upload: hadat

Post on 11-Nov-2018

214 views

Category:

Documents


0 download

TRANSCRIPT

Page 1: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

1

Desenvolvimento Gastrointestinal Intestino de humanos; 6-7X tamanho do corpoIntestinto de ruminantes: 20x tamanho do corpo

Folhetos embrionários

Ectoderma(ecto=externa)

Mesoderma(Meso=meio)

Endoderma(endo=interna)

Pele Sistema Nervoso Crista Neural

Notocorda Músculo Rins Sangue

Tubo Digestivo Faringe Tubo respiratório

As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca. Respectivamente, o começo e fim do tubo digestivo

Membrana bucofaríngea

Cloaca

Page 2: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

2

As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca. Respectivamente, o começo e fim do tubo digestivo

Os dobramentos formam o tubo endodérmico

filme

Page 3: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

3

O tubo digestivo embrionário é contínuo com o saco vitelínico, e é ENDODÉRMICO

O embrião como um todo Desenvolvimento do Endoderma

Duto Vitelínico

SacoVitelínico

SacoVitelínico

SacoVitelínico

O pulmão também deriva do tubo endodérmico

Page 4: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

4

Durante o desenvolvimento da boca, a membrana bucofaríngea some, dando origem a cavidade oral.

DIAFRAGMA

PERITÔNIO

Page 5: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

5

Omentum

Mesentério

Os dobramentos formam o tubo endodérmico

filme

MESODERMA SOMÁTICO

MESODERMA ESPLÂNCNICO

DIAFRAGMA

PERITÔNIO

Page 6: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

6

O PERITÔNIOé formado por duas membranas:A membranaVISCERAL e

A membranaPARIETAL

MESODERMA SOMÁTICO

MESODERMA ESPLÂNCNICO

A membrana visceralderiva do MESODERMA ESPLÂNCNICO

A membrana parietal deriva do MESODERMA SOMÁTICO

Ambas delimitam o CELOMA

Âmnion

S.Vitelínico

CELOMA

Page 7: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

7

MESENTÉRIO DORSAL•Os órgãos abdominais estão suspensos pelo MESENTÉRIO DORSAL

•O MESENTÉRIO DORSAL origina da fusão das paredes do celoma

•O MESENTÉRIO DORSAL tem origem MESODÉRMICA

O ESTÔMAGO

1. Alargamento do Tubo Digestivo

2. O crescimento ocorre mais rapidamente na região dorsal, gerando a curvatura maior

3. Rotação de 90o

do Estômago, posicionando a curvatura maior na esquerda

Mesentério Dorsal

Aorta

Page 8: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

8

Note:

1) Alargamento do tubo

2) Rotação no sentido horário (visão ventral) de 90o

Dorsal

Ventral

DireitaEsquerda O INTESTINO

No homem: 6-7X tamanho do corpoEm ruminantes: 20x tamanho do corpo

Existem 4 etapas básicas na formação do Intestino de humanos

1. Crescimento da ALÇA INTESTINAL

2. Herniação (=saída da cavidade abdominal) do laço intestinal para o cordão umbilical

3. Rotação em 900 para a direita (visão ventral) do laço intestinal

4. Retração da alça intestinal concomitante com uma rotação de 1800 para a direita

Rotação total de2700 para a direita

Page 9: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

9

HERNIAÇÃO DA ALÇA INTESTINAL

É a invasão do cordão umbilical pela alça intestinal em formação.

Cordão umbilical

Mesentério Dorsal

Alça Intestinal

A torção da alça intestinal transfere o cólo transverso da posição mais caudal para sua posição final

Carlson

Durante a retração da alça intestinal, o intestino delgado “sanfona”.

Carlson

Tubo Digestivo Anterior

Porção Cefálica=Íleo

Porção Caudal =Colon ascendente e transverso

Tubo Digestivo Posterior

Tubo Digestivo Mediano

As rotações da Alça Intestinal em Humanos

90o + 180o = 270o para a direita

Dorsal

Ventral

Direita

Esquerda

http://www.youtube.com/watch?v=rs44cXvjbMAhttp://isc.temple.edu/marino/animations/midgut~1.avi

Page 10: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

10

http://www.youtube.com/watch?v=AscKR_cQExY

1. Crescimento da ALÇA INTESTINAL

2. Herniação (=saída da cavidade abdominal) do laço intestinal para o cordão umbilical

3. Rotação em 900 anti-horário do laço intestinal

4. Retração da alça intestinal concomitante com uma rotação em 1800 anti-horário

Page 11: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

11

1. Crescimento da ALÇA INTESTINAL

2. Herniação (=saída da cavidade abdominal) do laço intestinal para o cordão umbilical

3. Rotação em 900 anti-horário do laço intestinal

4. Retração da alça intestinal concomitante com uma rotação em 1800 anti-horário

O PÂNCREAS

O Pâncreas resulta da fusão de dois precursores:Um ventral e outro dorsal

Durante este processo ocorre também a fusão dos dutos excretores

Precursor Pancreático Dorsal

Precursor Pancreático Ventral

A fusão pancreática vista de cima

Pâncreas Ventral

Pâncreas Dorsal

Page 12: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

12

O pâncreas fusionado é reposicionado para uma posição retroperitoneal devido à rotação do estômago O Fígado

O Fígado é formado pelo endoderma + mesênquima (origem mesodérmica)

O endodermaforma o parênquima hepático (hepatócitos), os dutos hepáticos.

O mesênquima forma o estroma hepático e células hematopoiéticas.

O sistema digestivo todo sofre uma rotação no sentido horário, posicionando o fígado no lado direito e o estômago no lado esquerdo

DICA: É este processo que forma os OMENTOSOmento Dorsal: mesentério dorsalOmento Ventral: mesentério ventral

Page 13: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

13

O mesentério (tecido conjuntivo que sustenta o tubo digestório) acompanha os movimentos de torção.

O mesentério acompanha as torções do tubo digestório.

Na região do estômago, formará os OMENTOS

Page 14: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

14

O lúmen do tubo digestivo passa por várias fases:

1. Oco, inicialmente2. Proliferação celular obliterando o

lúmen3. Recanalização4. Formação do Lúmen Definitivo

A comunicação do tubo digestório com o saco vitelínico é interrompida para formar o Divertículo de Meckel.

Page 15: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

15

DESENVOLVIMENTO DO TRATO RESPIRATÓRIO

1.Ramificações

2.Interface alveolar

DIFERENÇAS ENTRE FETAL E NEONATO1. O PULMÃO não é funcional

Embryology.ch

Fase PSEUDOGLANDULAR: Crescimento de dutos e dos vasos A porção anterior do tubo endodérmico forma os primórdios pulmonares, que irão se ramificar extensivamente, formando a porção condutora

Page 16: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

16

O intestino anterior sofre uma septação (2.sulco laringo-traqueal) para formar a 7.traquéia ventralmente e a 5.faringe dorsalmente

A progressão do septo laringotraqueal permite a divisão da laringe da traquéia

FASE CANALICULAR: Crescimento de bronquíolos respiratórios

Page 17: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

17

As vias se ramificam progressivamente Como é controlado a ramificação?

Agha et al., Development 2014 141: 296-306

O tecido circundante ao tubo respiratório produz FGF-10, que induz o crescimento.E a matriz extracelular irá determinar a dicotomização

Pediatric Research Vol. 57, No. 5, Pt 2, 2005

Mas… tem mais

Pediatric Research Vol. 57, No. 5, Pt 2, 2005

Page 18: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

18

DESENVOLVIMENTO DO TRATO RESPIRATÓRIO

1.Ramificações

2.Interface alveolar

FASE SACULAR: Secreção crescente de surfactante pulmonar

Nos alvéolos, a interface hematoaérea é uma delgada camada de endotélio capilar e pneumócitos I e II

Os bronquíolos se diferenciam nos alvéolos, enquanto que o mesênquima circundante se vasculariza.

O endoderma origina, portanto, a mucosa dos brônquios, e as células epiteliais dos alvéolos.

E o mesoderma forma os vasos, os músculos e as cartilagens das costelas.

As cartilagens da traquéia tem origem da crista neural

Page 19: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

19

No nível microanatômico, os vasos se aproximam das regiões terminais dos dutos aéreos.Os dutos aéreos reduzem a espessura do revestimento e diferenciam os pneumócitos I e II

A histologia de um pulmão maduro

pseudoglandular canalicular sacular alveolar

http://www.embryology.ch/anglais/rrespiratory/phasen06.html

6ª-16ª semana 16ª-26ª semana 26ª-nascimento 38ª- início infância

Pneumócitos II Pneumócitos IIPneumócitos I

Pneumócitos II

Pneumócitos IPneumócitos II

Pneumócitos ICapilares no mesênquima

Mais Capilares no mesênquima

Capilares se aproximando dos epitélios respiratórios

Capilares aposicionados ao epitélio respiratório

Fluido amnióticoSurfactante

Fluido amniótico

Surfactante

Page 20: GI&Pulmonar - bmc0143.files.wordpress.com · 10/13/2016 2 As duas regiões onde o Ectoderma se funde com o Endoderma, excluindo o mesoderma, forma a membrana bucofaríngea e a cloaca

10/13/2016

20

Embryology.ch