geo 12 rochas sedimentares, arquivos hist³ricos da terra

Download Geo 12   rochas sedimentares, arquivos hist³ricos da terra

Post on 07-Jun-2015

7.064 views

Category:

Education

9 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. GEOLOGIA - 11 Rochas sedimentares, arquivos histricos da Terra

2. O que nos contam as rochas sedimentaressobre o passado da Terra? http://aegsrv2.esci.keele.ac.uk/earthlearningidea/Flash/EE_SR.html 2Nuno Correia 09/10 3. O estudo de sedimentos e de rochassedimentares permite fazer a dataode muitas formaes e reconstruir osambientes antigos ou paleoambientesem que a gnese destas rochas ocorreu. 3Nuno Correia 09/10 4. Estratificao 4Nuno Correia 09/10 5. Princpio da horizontalidade original ... se no ocorrerem perturbaes de natureza tectnica, uma camada mais recente do que a que serve de base, e Princpio da sobreposio mais antiga do que as camadas depositadas por cima. Excepes ao princpio da sobreposio : sries sedimentares deformadas terraos intruses magmticas depsitos subterrneos 5Nuno Correia 09/10 6. Sries sedimentares deformadas 6Nuno Correia 09/10 7. Os terraos constituem excepes ao princpio da sobreposio7 Nuno Correia 09/10 8. Depsitos subterrneos 8Nuno Correia 09/10 9. Intruses Magmticas 9Nuno Correia 09/10 10. Descontinuidade 10A velocidade e as condies desedimentao variam ao longo do tempo epode mesmo haver perodos deinterrupo da sedimentao. Se as rochasafloram durante essa interrupo, podemser erodidas. Se, posteriormente, asedimentao, devido a nova imerso,prosseguir, forma-se um estrato queassenta numa superfcie erodida. Essasuperfcie representa uma superfcie dedescontinuidade.Praia do Telheiro Costa Vicentina. Pt Nuno Correia 09/10 11. Superfcies de descontinuidade 11Nuno Correia 09/10 12. Lacunas estratigrficas 12As grandes descontinuidades no registogeolgico, marcadas pela ausncia de camadasmais ou menos espessas, designam-se porlacunas estratigrficas. Nuno Correia 09/10 13. 13Nuno Correia 09/10 14. Princpio da continuidade lateral 14As camadas sedimentares podem ter grandedesenvolvimento em extenso lateral,sobretudo em guas profundas. Noutrassituaes, porm, tm reduzidas dimenses,correspondendo a fenmenos localizados e decurta durao. Mesmo nestas circunstncias, possvel, por vezes, estabelecer correlaes deidade entre camadas localizadas em lugareseventualmente muito distanciados. Nuno Correia 09/10 15. 15Se, por exemplo, se reconhece que as rochas, embora distanciadas, esto intercaladasem rochas idnticas, pode estabelecer-se uma correlao de idade. Nuno Correia 09/10 16. Princpio da identidade Paleontolgica 16O princpio da identidade paleontolgica admite que os fsseis de determinados gruposaparecem numa ordem definida e que os estratos que possuem os mesmos fsseis tma mesma idade. Nuno Correia 09/10 17. 17Nuno Correia 09/10 18. Que fsseis permitem datar as 18 formaes geolgicas?Fssil (substantivo masculino): Todo e qualquer vestgioidentificvel, corpreo ou de actividade orgnica, de organismos dopassado, conservado em contextos geolgicos, isto , nas rochas(do latim fossile < fossu, cavado, retirado do cho cavando). Fsseis de amonite jurssica Nuno Correia 09/10 19. Fsseis de idade 19 Em estratigrafia, um fssil de idade ou fssil caracterstico um grupo taxonmico, geralmentegnero ou espcie, utilizado para a definio de biozonas na datao relativa de formaesgeolgicas. Nem todos os grupos de animais ou plantas que existiram ao longo da registo geolgicoapresentam caractersticas que permitam o seu uso como fssil de idade. Para isso, o grupo tem queobedecer a um conjunto de pr-requisitos: 1 - Curto perodo de durao um grupo s caracterstico de uma dada poca geolgica se tiverextenso estratigrfica restrita.2 - Ampla distribuio geogrfica de forma a poderem ser encontrados em diversos locais epermitirem comparaes e correlaes entre formaes geolgicas distantes.3 Capacidade de reproduo se a populao de um grupo for elevada, aumentam asprobabilidades dos seus fsseis ocorrerem no registo geolgico com a frequncia desejada.4 Estruturas fossilizveis a fossilizao de um organismo depende em grande medida dapresena de estruturas rgidas, como conchas, espculas ou ossos. Se um determinado grupo obedecer s trs condies anteriores mas no possuir estruturasendurecidas, a probabilidade de vir a integrar o registo fssil bastante baixa e impede o seu usocomo fssil de idade. http://pt.wikipedia.org/wiki/F%C3%B3ssil_de_idade Nuno Correia 09/10 20. http://webpages.fc.ul.pt/~cmsilva/Paleotemas/Fossilindex/Fossilindex.htm 20 Nuno Correia 09/10 21. 21Nuno Correia 09/10 22. 22 Nuno Correia 09/10 23. 23Nuno Correia 09/10 24. Fsseis de Fcies indicador paleoecolgico 24 A expresso indicador paleoecolgico refere-se quelesfsseis que so bons (que so melhores) a fornecerinformaes sobre parmetos paleoambientais. Por exemplo,relativamente a ambientes marinhos: temperatura das guas,salinidade, profundidade, etc.Fcies o nome dado ao conjunto das caracteristicaslitolgicas, paleontolgicas e sedimentolgicas dasformaes rochosas sedimentares (fcies sedimentares)onde ocorrem os fsseis.As fcies so determinadas pelos ambientes ecolgicos desedimentao do passado.Nuno Correia 09/10 25. Indicadores Paleoecolgicos 25 Os equinodermes s existem em ambientes marinhos. Sempre que encontramos fsseis (bem representados) de equinodermes (de ourios- do-mar, por exemplo) numa camada rochosa, ento sabemos que os sedimentos que originaram aquela rocha se formaram num ambiente marinho tpico. Fssil (somatofssil) da carapaa de ourio-do-mar do gnero Clypeaster.Nuno Correia 09/10 26. 26Nuno Correia 09/10 27. Fsseis de idade/Fsseis de Fcies 27Fsseis de IdadeFsseis de Fcies Indicadores da idade dos estratos Indicadores dos paleoambientes Grande distribuio geogrficaPequena distribuio geogrfica Pequena distribuio estratigrfica Grande distribuio estratigrficaNuno Correia 09/10 28. Princpio da Interseco 28Aplica-se a estratos que soafectados por estruturas (porexemplo falhas, dobras eintruses magmticas),em queestes elementos so maisrecentes do que as camadasque afectam.Nuno Correia 09/10 29. Interseco 29 Praia de Lavadores,GaiaNuno Correia 09/10 30. Interseco 30 Praia de Lavadores,GaiaNuno Correia 09/10 31. Princpio da incluso 31Aplica-se essencialmente a rochascompostas por fragmentos deoutras rochas, como por exemplo,os conglomerados. Assim, a rochaque se forma, mais recente do queas rochas que originaram osfragmentos que foram includos nosestratos. Nuno Correia 09/10 32. Incluso 32 Praia deLavadores, Gaia Nuno Correia 09/10 33. Incluso 33 Praia deLavadores, Gaia Nuno Correia 09/10 34. 34Nuno Correia 09/10