gayatri mantra

Download Gayatri Mantra

Post on 12-Aug-2015

189 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Alterando nossos sentimentos atravs do MantraUm mesmo mantra recebe diferentes melodias, alterando assim seu estado de humor, podendo ser cantado de inmeras formas: alegre, introspectivo, sereno ou at mesmo muito eufrico. No existem regras para esta prtica que no seja a entrega. Julgamentos e avaliaes mentais s servem para bloquear a nossa capacidade de entrega neste processo de transe. Quando nos esquecemos dos nossos pensamentos bsicos (o que terei que fazer hoje, por ande andei, quem me ligou, etc) e mergulhamos nossa mente na essncia do mantra, podemos desfrutar de um Osis poderoso e transformador que existe dentro de ns. A relao entre a fala, a respirao e o mantra pode ser melhor demonstrada atravs do mtodo pelo qual o mantra funciona. [...] Atravs da pronunciao repetida, pode-se obter controle sobre uma determinada forma de energia. A energia do indivduo est fortemente ligada energia externa, e uma pode influenciar a outra. [...] possvel influenciar a energia externa, efetuando os assim chamados "milagres". Tal atividade realmente o resultado de se ter controle sobre a prpria energia, atravs do qual se obtm a capacidade de comando sobre fenmenos externos.

Ttulo: Mantras Xamnicos AncestraisEm quase todos os rituais, cerimnias, jornadas, vivncias, palestras e encontros xmanicos o participante observar a presena da entoao de diversos cantos, cantigas e mantras. A palavra MANTRA provm do Snskrito, o idioma sagrado da ndia antiga, e seu significado etmolgico deriva da raz MAN e do sufixo TRA. MAN por sua vez deriva da palavra MANAS que significa mente. e TRA deriva da palavra TRANA, que significa controle. Assim, mantra a combinao de sons que proporciona o controle da mente, nos sintoniza com a freqncia do amor, nos traz recolhimento e tranqilidade. O mantra uma orao csmica ou vibrao sonora csmica. O Snskrito considerado a lngua me da humanidade. Sua gramtica elaboradssima. Os mais antigos textos sagrados: os quatro Vedas, os Upanishades, os Puranas, os picos Ramayana e Mahabharata, Bhagavad-gita e muitos outros, so escritos em Snskrito. Uma caracterstica nica desse idioma que uma vasta poro de seu vocabulrio constitudo de palavras que expressam, com extrema preciso, os esotricos e intrincados conceitos referentes espiritualidade e Transcendncia. Nenhuma outra lngua no mundo tem tal afinidade com os assuntos espirituais. Lemos no dicionrio Novo Aurlio: "Mantra [Do Snskrito mantra, "instrumento para conduzir pensamento"]. No tantrismo, frmula encantatria que tem o poder de materializar a divindade invocada." Com referncia a essa definio, queremos mostrar que o conceito de "mantra", ao invs de se fechar exclusivamente no tantrismo que, de acordo com o dicionrio, "caracterizado pela magia e ocultismo", pode abrir-se para diferentes enfoques e revelar caminhos de espiritualidade de extremo valor. As escrituras sagradas da ndia apontam que os mantras surgiram a mais de dez mil anos atrs, a partir da revelao de um dos principais livros sagrados, o Rg Veda. A palavra Rg provm de rich, que significar cantar, celebrar. Sendo assim, o Rg Veda composto de cnticos dedicados a Agni, o Deus do Fogo. O mantra uma composio de palavras de natureza exclusivamente espiritual, sem nenhuma conotao secular. Essas palavras possuem a potncia intrnseca de atuar diretamente na conscincia da pessoa. Devido sua natureza puramente espiritual, o mantra tem o poder de elevar a conscincia da pessoa, do nvel material ao espiritual. Na conscincia espiritual, a conscincia individual conecta-se com a Transcendncia.

Podemos nos conectar com tais planos de conscincia superiores basicamente de duas maneiras. Primeiramente, desenvolvendo-se uma potencialidade especfica intrnseca da natureza humana, a intuio espiritual, ou como normalmente designada, a f. Quando a f est consubstanciada num intelecto purificado e forte, as possibilidades de se captar insights da Transcendncia so ilimitadas. A conexo da conscincia individual com a Transcendncia feita a partir da meditao, da orao, da reflexo, da contemplao e, tambm, do doar-se. Outra possibilidade de conexo com a Transcendncia atravs da prtica de Mantra-Yoga. Essa prtica pode ser sonora ou mental. A grande virtude do mantra que o prprio som do mantra investido de poder para desvendar e revelar realidades concernentes a planos de conscincia superiores. afirmado nas escrituras vdicas que os nomes que designam a Divindade tm o poder, embutido na prpria palavra, de revelar essa Divindade conscincia individual. Como afirmado no texto sagrado Padma Purana: abhinnatvan nama-naminoh, "existe identidade (no-diferena: abhinnatva) entre o nome e aquilo que est sendo nomeado". No plano de existncia material-fenomenal, emprico e relativo em que vivemos, existe sempre uma dicotomia qualitativa entre a palavra e seu significado. A palavra "gua" e a substncia "gua" so entidades diferentes. A conexo entre a palavra e a substncia meramente subjetiva. O pronunciar de "gua" no aplaca a sede. J, no plano absoluto espiritual, a palavra em si encerra a potncia vibratria que representa. Mesmo no conhecendo o significado, a vibrao sonora do mantra vai atuar na conscincia de quem o emite, assim como de quem escuta. como um remdio apropriado para determinada enfermidade, mesmo sem conhecermos sua frmula somos beneficiados por sua ao curativa, obviamente se for usado de acordo com as prescries mdicas. A repetio sistemtica do mantra , comprovadamente, um eficaz exerccio para as funes mentais. Esse o efeito mais tangvel da prtica de Mantra-Yoga. Com essa prtica, a mente e o intelecto tornam-se mais "elsticos", "flexveis", fortes, concentrados e controlados. Por outro lado, corrige-se a tendncia disperso, falta de foco, preguia mental, em suma, todos os tipos de limitaes e travaes mentais. Essa prtica pode ser executada atravs da meditao silenciosa ou repetio sonora, como um murmrio, denominado japa. Em ambas prticas, prescreve-se uma postura sentada ereta (sana), mente livre de qualquer turbulncia ou distrao e total concentrao no som do mantra. O mantra tambm pode ser cantado em voz alta, agregando-se a ele uma melodia. Isso chama-se krtana, ou sankrtana, quando o canto feito em grupo. Esse canto pode tambm estar associado dana. Essa prtica, se executada com absoro, espontaneidade e arrebatamento, considerada como uma meditao dinmica. O importante nessa prtica a pura expresso da alma. Deve-se, portanto, coibir as expresses corpreas sensuais, que prendem a conscincia ao plano fsico grosseiro. O contato sistemtico com o som puro do mantra purifica a mente. A pessoa adquire maior capacidade para manter sob controle as chamadas "paixes irracionais", como, ira, cobia, inveja, cime, luxria, assim como muitas outras dinmicas mentais perversas, como diferentes tipos de compulso, medos injustificados, depresso, tendncias lamentao, auto-piedade, intriga, fofoca, etc. O mantra abre os canais da conscincia para percepes supra-sensoriais e sintoniza a conscincia com nveis vibratrios superiores. Isso ocorre simultaneamente em duas vias: emisso e recepo. A emisso de vibrao sonora mntrica, atravs de ao individual consciente e deliberada, faz com que a mente e a conscincia, como um todo, vibre na mesma freqncia espiritual do mantra. Por sua vez, essa vibrao espiritual emitida ir atrair uma vibrao espiritual arquetpica, de mesma freqncia, presente no ter. Esse mesmo princpio rege o funcionamento de um aparelho receptor comum de radiodifuso, o rdio de cabeceira ou o radinho de pilha: ele emite determinada freqncia que, por sua vez, atrai as ondas da mesma freqncia presentes no ter, que esto carregadas com as mensagens sonoras que foram emitidas na estao transmissora. De forma similar, a conscincia individual pode conectar-se com a Transcendncia e receber energia espiritual pela prtica de Mantra-Yoga. A conscincia da pessoa fica sobrecarregada com energia espiritual. Por fim, a prtica do mantra causa uma revoluo no corao. Os mais refinados sentimentos de amor a Deus (o Grande Esprito), que podem fazer "amolecer" os coraes mais duros, so "efeitos colaterais" do mantra. Muitas pessoas, hoje em dia, geralmente com certa escolaridade, mas carentes de cultura espiritual, desenvolvem uma atitude fria, indiferente, crtica e, at, cnica, com respeito espiritualidade. A tendncia desdenhar a conscincia religiosa, considerando-a meramente sentimental e piegas. A idia de Deus tida como algo concebido pela mente humana. Considera-se que a f um mecanismo mental vicioso para compensar alguma carncia psquica. Com isso, a vida em nosso plano de existncia perde todo o carter sagrado. O prprio fenmeno da conscincia e do milagre da vida so tratados com a mesma metodologia mecanicista e reducionista usada na manipulao dos fenmenos e elementos fsicos grosseiros. Essa maravilhosa criao csmica fica reduzida a um fluxo aleatrio de foras exclusivamente materiais, sem nenhum vnculo com a Transcendncia. Dessa forma, pela prtica do mantra pode-se reverter radicalmente esse quadro. o que podemos chamar "mudana de paradigma". Uma nova viso de mundo passa a enfocar mais as maravilhas do fenmeno da vida, assim como a realidade de Deus e nossa dependncia nEle. A vida passa a ter um significado, assume uma nova dimenso. O meio ambiente, por mais adverso que seja, deixa de implacavelmente influenciar a conscincia. A conscincia desperta, superando assim o perigo da alienao, ignorncia e auto-destruio. Olha-se sempre para frente, do passado, s os ensinamentos derivados das experincias. A morte, que normalmente tida como o terror

da vida, passa ser o marco de uma renovao super-auspiciosa, fim de um ciclo e comeo de um outro, melhor. Por fim, no corao acende-se a chama beatfica do amor ao Grande Esprito, a mxima conquista da existncia terrena. O mantra OM (AUM) o som primordial que contm todos os outros sons e do qual toda a criao surgiu. Segundo as escrituras sagradas da ndia, os Vedas, a slaba mstica, o corpo sonoro do Grand

Recommended

View more >