fun£§££o inorg£¢nica: £¾cidos qu£­mica...

Download Fun£§££o Inorg£¢nica: £¾cidos Qu£­mica Inorg£¢nica - £¾cido Professora Fernanda ¢â‚¬â€œ Qu£­mica e-mail:

Post on 05-Jul-2020

2 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Química Inorgânica - Ácido Professora Fernanda – Química e-mail: fscarpeta@prof.educacao.sp.gov.br

    1

    3º ATIVIDADE DE QUÍMICA – 2ºBIMESTRE – 3º EM – TEX TO DE APOIO

    A atividade inicia-se com a leitura do texto “Ácidos”. Como auxilio podem assistir aos vídeos:

    https://www.youtube.com/watch?v=8nhHIlKZklw

    https://www.youtube.com/watch?v=c1fiknXpJ9A https://www.youtube.com/watch?v=Y8kUVltBx3k https://www.youtube.com/watch?v=VF8ULA8jsQ0

    Função Inorgânica: Ácidos

    A palavra “ácido” vem do latim acidum, e significa “azedo” ou “picante”. Alguns ácidos são bem familiares no nosso cotidiano, como por exemplo, o ácido cítrico que é

    encontrado no limão além de outras frutas cítricas; o ácido acético ou etanóico, componente do vinagre; e também o ácido clorídrico (HCℓ) encontrado no estômago e associado ao sabor azedo do vômito.

    Ácidos, denominação de uma das quatro funções inorgânicas, constituída por compostos que se conceituam conforme vários critérios:

    � Conceito de Arrhenius ou teoria de dissociação iônica (estabelecido por Svante Arrhenius): “Substância que em solução aquosa se ioniza, produzindo na forma de íon positivo unicamente H+ (ou mais corretamente H3O

    +)”. Segundo Arrhenius, os ácidos são eletrólitos e, portanto, apresentam íons em solução aquosa. Assim, segundo a teoria de Arrhenius, a definição para ácidos atualmente é a seguinte:

    Ácido é toda substância que em água sofre ionização, formando como cátion exclusivamente o H+, de acordo com a teoria de Arrhenius.

    � Conceito de Brönsted-Lowry ficando conhecida como definição protônica: (De forma independente, o dinamarquês Johannes Nicolaus Brönsted (1879-1947) e o inglês Thomas Martin Lowry (1874-1936), propuseram no mesmo ano outra teoria ácido-base conhecida como Teoria Brönsted-Lowry): “ácido é uma substância capaz de ceder um próton a uma reação, enquanto base é uma substância capaz de receber um próton”.

    * Ácido de Bronsted-Lowry – é toda a espécie química que doa um próton. * Base de Bronsted-Lowry – é toda a espécie química que recebe um próton.

    Os ácidos e bases de Bronsted-Lowry formam pares conjugados. Sempre um ácido e uma base. O ácido da primeira reação e a base que formou. Assim:

    3º Ensino Médio

  • Química Inorgânica - Ácido Professora Fernanda – Química e-mail: fscarpeta@prof.educacao.sp.gov.br

    2

    � Conceito de Lewis ou teoria eletrônica: (Gilbert Newton Lewis foi criada em 1923 junto à teoria protônica de Brønsted-Lowry): “Uma base como um doador de par de elétrons e ácido como um aceitador de par de elétrons”. * Ácido é toda espécie química que aceita receber um par de elétrons. * Base é toda espécie química capaz de oferecer um par de elétrons.

    RADICAL FUNCIONAL DOS ÁCIDOS: H+ (Hidrogênio) EQUAÇÃO DE IONIZAÇÃO A Ionização é uma reação química que ocorre entre moléculas, produzindo íons que não existiram anteriormente. Para simplificar essa importante equação de ionização de um ácido, costuma-se omitir o cátion hidrônio H3O

    +, colocando em seu lugar o cátion hidrogênio. Exemplo: HCl(aq) � H

    + (aq) + Cℓ

    - (aq) HCl H

    + + Cℓ- HBr(aq) � H

    + (aq) + Br

    - (aq) HBr H

    + + Br- H2SO4(aq) � 2H

    + (aq) + SO4

    2- (aq) H2SO4 2H

    + + SO4 2-

    FASE DE AGREGAÇÃO DOS ÁCIDOS (ESTADO FÍSICO) Os ácidos são encontrados no estado gasoso ou dissolvidos em água, devido à dissociação em meio aquoso.

    ESTRUTURA: Todos os ácidos são moleculares, ou seja, formados por ligações covalentes em que há compartilhamento de elétrons. Um exemplo é o gás clorídrico, que é formado pelo compartilhamento de um par de elétrons entre o hidrogênio e o cloro.

    VALOR DE PH A escala de pH geralmente varia entre 0 e 14, sendo que o 7 representa um meio neutro, os valores abaixo de 7 são meios ácidos e quanto menor o pH, mais ácido é o meio. Portanto, um pH inferior a 7 é ácido.

    Em química, o pH é uma escala numérica usada para especificar a acidez ou basicidade de uma solução aquosa.

    PROPRIEDADES FUNCIONAIS

    • Sabor: azedo. • Condutibilidade elétrica: conduzem corrente elétrica em solução aquosa devido à ionização. • Ação sobre indicadores: mudança de cor, que varia conforme indicador utilizado. • Solubilidade em água: a maioria é solúvel. Os ácidos costumam ser bem solúveis em água.

    CONDUTIVIDADE ELÉTRICA Todos os ácidos só conduzem corrente elétrica quando estão dissolvidos em água, porque quando estão em meio aquoso, eles sofrem ionização, ou seja, liberam íons. FORMULAÇÃO

    Fórmula Molecular Na fórmula do ácido representamos, em primeiro lugar, o H seguido do átomo ou grupo de átomos, que, na ionização, se apresentam na forma de íon. O número de H na fórmula é igual à carga do íon.

    H2O

    H2O

    H2O

  • Química Inorgânica - Ácido Professora Fernanda – Química e-mail: fscarpeta@prof.educacao.sp.gov.br

    3

    Com o auxilio da tabela de ânions, pode-se determinar a fórmula de um ácido. H+ An- → HnA (fórmula geral de um ácido qualquer) Exemplos: Para o ânion Cℓ- , a fórmula do ácido correspondente é HCℓ Para o ânion SO4

    2-, a fórmula do ácido correspondente é H2SO4.

    NOMENCLATURA Nomenclatura química é um conjunto de regras (ou convenções) nas quais servem como base para dar nomes as substâncias. Essas regras são determinadas por uma organização cientifica internacional conhecida como Iupac (Internationl Union of Pure and Applied Chemistry).

    Sufixo do ânion Sufixo do ácido eto ídrico ato ico ito oso

    Exemplos: Cℓ- => cloreto HCℓ => Ácido clorídrico C2O4

    2- => Oxalato H2C2O4 => Ácido oxálico NO2

    - => Nitrito HNO2 => Ácido nitroso Nos ácidos de enxofre e de fósforo, ocorrem modificações na nomenclatura: Observação: Os nomes dos ânions fosfato acrescenta-se or antes da troca do sufixo e sulfato acrescenta-se ur antes da troca do sufixo, fosfor em sulfur: SO4

    2- sulfato H2SO4 ácido sulfúr ico SO3

    2- sulfito H2SO3 ácido sulfúroso PO4

    3- fosfato H3PO4 ácido fosfórico

    Ácido + nome do ânion com sufixo alterado

  • Química Inorgânica - Ácido Professora Fernanda – Química e-mail: fscarpeta@prof.educacao.sp.gov.br

    4

    TABELA DE ÂNIONS

    Dos halôgenios Do carbono Do enxofre SbO4 3-Antimonato

    F- Fluoreto CN- Cianeto S2- Sulfeto BO3 3- Borato

    Cℓ- Cloreto CNO- Cianato SO4 2- Sulfato SnO3

    3-Estanato Br - Brometo CNS- Tiocianato SO3

    2- Sulfito SnO2 2-Estanito

    I- Iodeto C2H3O2 - ou H3CCOO

    - S2O3 2- Tiossulfato AlO2

    - Aluminato CℓO- Hipoclorito Acetato S2O8

    2- Perssulfato PbO2 2- Plumbito

    CℓO2 - Clorito CO3

    2- Carbonato S4O8 2- Tetrationato ZnO2

    2- Zincato CℓO3

    - Clorato C2O4 2- Oxalato BrO3

    3- Bromato CℓO4

    - Perclorato Outros Fe(CN)6 4-

    BrO- Hipobromito Do fósforo OH- Hidróxido ferrocianeto IO- Hipoiodito PO3

    - metafosfato O2- Óxido Fe(CN)6 3- ferricianeto

    IO3 - Iodato H2PO2

    - Hipofosfito MnO4 - Permanganato

    IO4 - Periodato HPO3

    2- Fosfito MnO4 2- Manganato

    PO4 3- Fosfato SiO3

    2- (meta)silicato Do nitrogênio P2O7

    4- Pirofosfato SiO4 4- Ortossilicato

    NO2 - Nitrito P2O6

    4- hipofosfato CrO4 2- Cromato

    NO3 - Nitrato Cr2O7

    2- Dicromato AsO3

    3-Arsenito AsO4

    3-Arsenato SbO3

    3- Antimonito CLASSIFICAÇÃO DOS ÁCIDOS A classificação dos ácidos envolve um grupo amplo de critérios. São eles: � Volatilidade: Volatilidade é o termo utilizado para dizer que um determinado material líquido

    apresenta facilidade em passar para o estado gasoso por ter um ponto de ebulição baixo. � Estabilidade: O termo estabilidade refere-se à capacidade de uma substância de não se decompor, ou

    seja, não se transformar em outras substâncias de forma espontânea. � Grau de oxigenação: Esse critério envolve a presença ou não de oxigênio na composição dos ácidos.

    Assim sendo, os ácidos podem ser classificados em:

  • Química Inorgânica - Ácido Professora Fernanda – Química e-mail: fscarpeta@prof.educacao.sp.gov.br

    5

    Hidrácidos: ácidos que não apresentam oxigênio na sua composição. Exemplos: HI, HCN e H2S. Oxiácidos: ácidos que apresentam oxigênio na sua composição. Exemplos: H3PO3, H2SO3 e HBrO2.

    � Grau de hidratação: Indica a retirada de moléculas de água da fórmula de um ácido para que este origine um novo oxiácido.

    � Número de hidrogênios ionizáveis: De acordo com a quantidade de hidrogênios que podem sofrer ionização quando adicionados à água, os ácidos podem ser classificados da seguinte forma:

    • Monoácido: apresenta um hidrogênio ionizável. Exemplo: HI. • Diácido: apresenta dois hidrogênios ionizáveis. Exemplo: H2SO3. • Triác

View more