fresa imagens

Download Fresa Imagens

Post on 26-Oct-2015

41 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

er

TRANSCRIPT

  • continua na pg. 2

    N. 46 - 2. Trimestre de 2013

    UNIO EUROPEIAFundo Social Europeu

    GOVERNO DA REPBLICAPORTUGUESA

    Formao de Jovens: na senda da Excelncia

    Porque um novo ano escolar se aproxima, e em cada novo ano novos horizontes so traados, importante refletir sobre Formao de Jovens no nosso Pas.No CENFIM, a Formao de Jovens um eixo de actuao a que nos dedicamos h mais de 25 anos, de forma sustentada, e j com alguns milhares de jovens profissionais colocados no mercado de trabalho, aps a concluso dos Cursos de Aprendizagem. A Formao no Sistema de Aprendizagem, que como fator diferenciador, assenta na trada, Empresa-Formando-CENFIM, dirigida a jovens com idade inferior a 25 anos e o 3 ciclo do ensino bsico ou equivalente concludo. Estes Cursos, que privilegiam a insero no mercado de trabalho, permitindo a continuidade dos estudos superiores, assentam em 4 premissas orientadoras;1 - Interveno junto dos jovens em transio para a

    vida ativa, objetivando a melhoria dos nveis de empregabilidade e de incluso social e profissional;

    2 - Organizao em componentes de formao, que visam as vrias dimenses do saber, integradas em estruturas curriculares predominantemente profissionalizantes, adequadas ao nvel de qualificao e s diversas sadas profissionais;

    3 - Reconhecimento do potencial formativo da situao de trabalho, a partir de uma maior valorizao da interveno e do contributo formativo das empresas, assumindo-as como espaos de formao, geradoras de progresso de aprendizagens;

    4 - Regime de Alternncia, caraterizado por perodos que alternam entre a formao no CENFIM e na Empresa, atravs da FPCT, formao prtica em contexto de trabalho, o que permite ao jovem formando uma aplicao real das competncias adquiridas ao longo do Curso.

    Este sem dvida o fator diferenciador e motivador, que distingue o CENFIM ao nvel da Formao de Jovens, e que nos permite uma taxa de 95% de sucesso formativo e uma taxa de empregabilidade de 90%.Mas queremos ainda mais, na medida em que continuamos empenhados na reduo da taxa de absentismo e abandono, caracterstica deste tipo de populao, promovendo um acompanhamento transversal, visando um percurso de sucesso, sustentado na Pedagogia do xito, que desejavelmente culminar na insero no mercado de trabalho e no consequente incremento da taxa de empregabilidade.Considerado um objetivo ambicioso, estamos convictos que o mesmo s ser alcanado, atravs da aplicao de estratgias de acompanhamento e envolvimento individual do formando, tambm aqui sustentadas numa trade, Famlia-Formando-CENFIM. Desta forma, garantir-se- um maior envolvimento e corresponsabilizao do formando, no quadro do desenvolvimento do seu percurso de formao/insero no mercado de trabalho.

  • Nos passados meses de Abril e Maio o CENFIM organizou e propiciou estgios profissionais a trs Jovens formandos da Finlndia . Trata-se de uma l inha de cooperao que mantemos h alguns anos com vrias Entidades congneres Europeias, normalmente integrada em programas Europeus de Mobil idade. Este tipo de colaborao tem nos tambm permit ido propiciar experincias idnticas aos nossos formandos - estgios em Pases europeus - como al is se d nota em outra notcia deste nmero.

    Desta vez tivemos o prazer de proporcionar estes estgios ao Teppo, ao Lauri e ao Jesse. Estes estgios tiveram a durao de 6 a 8 semanas e foram real izados no domnio da Soldadura e da

    Serralharia Civil em duas Empresas da regio de Lisboa, MOLAVIDE - MOLAS DE MOSCAVIDE e ALMEIDA & SILVAS, L.DA, que desde logo se disponibil izaram para acolherem os Jovens Finlandeses e s quais prestamos os devidos agradecimentos pbl icos.

    Estamos certos que levaram com eles uma experincia inesquecvel, no apenas em termos profissionais mas tambm no plano pessoal. Isso al is fizeram questo de nos dizer, em jeito de balano, por entre as habituais palavras elogiosas sobre este nosso belo pas e a ancestral simpatia com que ns portugueses os sabemos receber.

    2

    Esta nova dinmica de interveno preconizada pela rea de Orientao Profissional do CENFIM e cujo grande enfoque reside ao nvel do acompanhamento psicopedaggico, encontra-se assente em 8 vetores de atuao e que vo ao encontro do modelo dos novos CQEP - Centro para a Qualificao e Ensino Profissional, e que requerem por parte dos nossos tcnicos de Acolhimento e Orientao Profissional (AOP), uma sinergia plena com todos os agentes multidisciplinares que integram o processo formativo do formando.De forma global, os tcnicos de AOP tero a sua atuao centrada nos formandos intervindo nas seguintes 8 etapas:

    1. Divulgao e recrutamento2. Acolhimento do Cliente3. Diagnstico e Seleo dos candidatos4. Encaminhamento dos candidatos para a oferta disponvel5. Acompanhamento Psico-Pedaggico6. Reconhecimento e validao de competncias7. Certificao de competncias8. Monitorizao ps-venda

    por isto que no CENFIM continuamos a acreditar no grande potencial do Sistema de Aprendizagem e na sua mais-valia para a Qualificao dos Recursos Humanos da Indstria!Cristina Botas - Diretora dos Ncleos de Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche

    Foi com renovado orgulho que o CENFIM, conjuntamente com a AIMMAP recebeu no passado ms de maio a notcia da aprovao de uma nova candidatura, apresentada junto do IAPMEI no mbito do Programa de Formao - Aco para PME's, financiado pelo POPH, a qual mereceu al is um honroso destaque com um 2 lugar de entre 74 outras candidaturas.

    Esta notcia enche-nos de grande satisfao, pois ir assim dar continuidade a um t ipo de actuao que tem vindo a ser empreendida junto das Empresas do Sector (j se real izaram 5 aces, envolvendo um total de 75 Empresas/Empresrios) e que se tem mostrado de enorme impacto e reconhecida util idade pelas Empresas participantes. Trata-se de um programa dirigido a empresas com menos de 100 trabalhadores e um volume de facturao at 50 milhes de Euros destinando-se, prioritari-amente, a Empresrios. Tem por objectivo principal promover processos de melhoria/mudana nas Empresas, atravs de um apoio individual izado (consultoria), visando a implementao de um plano operacional de mudana, baseado em diagnstico prvio, no sentido de resolver ou minimizar os problemas, reforar os pontos fortes e aproveitar as oportunidades.

    Os participantes frequentaro oito Seminrios de Formao ao

    longo do projecto, em regime no residencial, com a durao de dois dias cada, e beneficiaro complementarmente do apoio individual de um Consultor na Empresa para, em conjunto com o participante, apoiar e acompanhar a implementao do Plano de Aco/Melhoria. A durao aproximada da Aco de 9 meses.

    Depois de real izadas com enorme sucesso 5 Aces para Empresas no mbito deste programa, envolvendo um total de 75 Empresrios/Representantes de Empresas, temos agora oportu-nidade de real izar duas novas aces, no mbito da aprovao recente. A primeira Aco rapidamente viu esgotar-se o seu nmero l imite de inscries e j se iniciou no passado dia 2 de Julho. No entanto iremos ainda iniciar uma nova aco no incio de Setembro, estando neste momento aberta a fase de recolha de candidaturas para a sua frequncia. As Empresas interessadas podero desde j manifestar o seu interesse para o Departamento de Gesto de Projectos - Telefone: - E-mail:

    , no que sero contactadas para anl ise da sua candidatura.

    As inscries so gratuitas e sujeitas a seleco. Por razes de elegibil idade do programa s podero candidatar-se ao mesmo Empresas da regio Norte.

    218610153dgp@cenfim.pt

    UNIO EUROPEIAFundo Social Europeu

    GOVERNO DA REPBLICAPORTUGUESA

  • 3O Ncleo do CENFIM da Marinha Grande tem vindo a real izar ao longo dos anos Formao Inicial de Jovens atravs do Sistema de Aprendizagem - conforme vem acontecendo com o CENFIM a nvel nacional, e relembra-se aqui que a Instituio tem 13 Ncleos de Formao em Portugal, assim como projetos de cooperao em vrios pases africanos de lngua oficial portuguesa, nomea-damente, em Angola e Moambique.

    Este Sistema, que confere uma dupla certif icao (escolar, atravs do 12. Ano, e profissional), ajusta-se na perfeio como resposta s necessidades das empresas do Setor Metalrgico, Metalomecnico e Eletromecnico (Setor MME), ainda mais por ter uma relevante carga horria de Prtica em Contexto de Trabalho - estgios nas empresas, tendo como misso formar e qual ificar Jovens em prof isses que so atualmente muito procuradas pelo mercado de trabalho, mesmo em tempo de forte crise econmica e social com que nos debatemos.

    Temos promovido no Ncleo da Marinha Grande, como resposta a essas necessidades, essencialmente trs cursos de reas tcnicas e que fazem parte das necessidades diagnost icadas pelo CENFIM no Levantamento de Necessidades de Formao (LNF), que realiza para o Sector MME de dois em dois anos, e diretamente pelas prprias empresas, na altura em que as visitamos ou que nos visitam. Esses cursos so: Tcnico de Maquinao e Programao (CNC); Tcnico de Desenho de Construes Mecnicas | Desenho de Moldes e, mais recentemente - desde Setembro de 2007, Tcnico de Manuteno Industrial Mecatrnica.

    Todavia, nem sempre foi fcil e possvel iniciar estes cursos atravs de aes de formao que, ou por dif iculdades de financiamento, ou por d ificuldades no recrutamento e seleo de Jovens, perodos houve na nossa atividade em que no foi exequvel reunir o nmero suficiente de Formandos. Essa dif iculdade, recentemente minimizada com o incio de algumas aes de formao no Ncleo, fazem com que nesta altura estejam em funcionamento 5 turmas, e outras 2 turmas em preparao de arranque, agora em Julho.

    Por essa razo - nmero reduzido de Jovens formados e qual ificados - as empresas tm vindo a manifestar alguma apreenso por o CENFIM no estar a responder a todas as

    sol icitaes que provm da Indstria - e particularmente dos Moldes. O que sendo um facto tinha (e tem) algumas evidncias (e razes) que no podemos ignorar, as j anteriormen