fraturas (sonafe go)

Click here to load reader

Post on 22-Jul-2015

544 views

Category:

Health & Medicine

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Fraturas em MMII

    Esp. Felipe M. Campos SONAFE 360

  • Caso Clnico 1

    Pte 18 anos, sexo masculino, militar (nadador) com queixa principal de dor no tornozelo direito aps trauma no tornozelo combinado de exo plantar everso (3 dias antes). Totalmente incapaz de suportar o peso sobre o membro inferior direito devido dor. Apresentava edema, diminuio de ADM em todos os planos devido dor. Sensibilidade palpao no aspecto posterior da Qbia distal.

  • Caso Clnico 1

    Conduta? Paciente foi imediatamente encaminhado para um

    cirurgio ortopdico, que recomendou um tratamento conservador da fratura, que incluiu o uso de um elenco de suporte de peso durante 6 semanas, seguido por um andador por 6 semanas adicionais.

    O paciente retornou natao 2 meses mais tarde e foi capaz de realizar descarga de peso, sem dor, 4 meses depois.

  • Caso Clnico 2 Pte sexo feminino, 21 anos de idade, que foi matriculada

    em um programa de treinamento militar das foras de segurana.

    Apresentava histria de 1 ms de agravamento da dor no quadril esquerdo anterior, de natureza insidiosa e limitando sua capacidade de executar movimentos.

    A paciente havia sido previamente avaliado por um mdico, que ordenou as radiograas convencionais dos quadris e da pelve, que foram interpretadas como normal.

    A paciente foi diagnosZcada como tendo uma inamao de quadril esquerdo, prescrito AINH, reduo das aZvidades e encaminhada para um sioterapeuta.

  • Caso Clnico 2

    Ao exame \sico: apresentando marcha antlgica e i n c apa c i d ade de s upo r t a r o p e so unilateralmente (MIE) devido dor.

    ADM aZva e passiva de coxofemoral dolorosa e limitada.

    Dor palpao da regio do quadril esquerdo anterior at o trocnter maior.

    Conduta?

  • Caso Clnico 2

    O paciente foi instrudo a executar a marcha sem descarga de peso com muletas axilares.

    A ressonncia do quadril esquerdo foi obZda. A paciente foi encaminhada para um cirurgio ortopdico e posterior xao intramedular no mesmo dia.

    Aps um perodo de convalescena e concluso de um programa de reabilitao, o paciente retornou com sucesso para o servio militar completa sem limitaes.

  • Caso Clnico 3

    Soldado, 34 anos de idade, com uma queixa de dor na canela (SIC) anterior bilateral nas lZmas 8 semanas.

    O paciente relatou um incio insidioso dos sintomas associados com um aumento recente nos treinos de corrida.

    Enquanto o paciente apresentava marcha normal, apresentava dor apenas palpao do tero mdio da regio anterior da Qbia bilateralmente, acentuadamente no MID.

  • Caso Clnico 3

    Conduta?

    Embora a fratura de estresse tenha sido facilmente percepQvel nas imagens desse paciente, radiograas nem sempre podem detectar uma fratura por estresse, especialmente nas fases iniciais aps o incio dos sintomas.

  • Caso Clnico 4 Paciente do sexo masculino, 15 anos de idade, com queixa

    principal de dor bilateral na perna psterolateral, acentuadamente na extremidade inferior direita.

    O incio dos sintomas ocorreu insidiosamente, 3 meses antes, durante a poca de treino em pista coberta, agravando quando iniciou as aZvidades de sprint.

    Os sintomas melhoravam temporariamente com breves perodos de descanso, mas retornavam imediatamente com reincio das aZvidades de corrida.

    Ao exame: apresentava dor na regio pstero-inferior da perna a everso e exo plantar resisZdas, e dor a palpao ao longo do tero mdio da \bula bilateralmente.

    Conduta?

  • Caso Clnico 5

    Pte sexo masculino, 15 anos de idade, referindo dor na face medial do p direito, tendo comeado de forma insidiosa h 6 meses, durante 2 semanas de parZcipao em um campeonato de basquete.

    Apesar da queixa, o pte conZnuou a praZcar aZvidades \sicas nos lZmos 6 meses.

  • Caso Clnico 5

    Paciente apresentava marcha e corrida normais, no havia sinais de derrame ou eritema no p direito ou tornozelo.

    ADM e fora estavam dentro da normalidade, exceto para dorsiexo, que foi ligeiramente diminuda bilateralmente.

    A queixa principal era dor palpao da face medial do navicular direito.

    Conduta?

  • Caso Clnico 5

    Paciente passou por tratamento conservador, permanecendo imobilizado por 2 semanas sem descarga de peso e mais 4 semanas uZlizando disposiZvo auxiliar.

    O retorno s aZvidades esporZvas aconteceu aps 5 meses.

  • Caso Clnico 6

    Pte sexo masculino, 28 anos com histria de fratura da base do quinto metatarso, 6 meses antes, como resultado de uma leso traumZca de inverso no tornozelo esquerdo.

    A dor paciente foi melhorando at quatro meses aps a leso inicial, ele tentou correr. Mais especicamente, ele experimentou um aumento de dor na face lateral do p esquerdo e perna.

  • Caso Clnico 6

    1 ms antes de exacerbao dos sintomas, o exame radiolgico demonstrava quase completa cicatrizao da fratura na base do quinto metatarsal.

    Ao exame \sico: apresentava marcha levemente antlgica, a dor com everso contra resistncia, e sensibilidade palpao na base do quinto metatarso.

  • Caso Clnico 6

    Conduta? Encaminhado para tratamento conservador. Aps 3 semanas de sioterapia os sintomas lgicos reduziram signicaZvamente e uma nova radiograa mostrou consolidao completa da fratura.

  • Caso Clnico 7 Pte sexo masculino, 33 anos, com queixa de dor no joelho esquerdo, depois de uma crise epilpZca.

    Presena de dor na regio medial do joelho, descrita como uma dor de constante, profunda, que piorava com sustentao de peso.

    Histria de acidente cerebrovascular dois anos antes deste incidente, que resultou na negligncia hemicorpo esquerdo e hemiparesia, sendo necessrio o uso de uma bengala de ponto nico para a deambulao.

  • Caso Clnico 7 Exame \sico: 2 semanas aps o incio de sua dor no

    joelho, o paciente s foi capaz de percorrer distncias curtas com uma bengala de 4 pontos, devido a dor no joelho.

    Seu exame no joelho era normal e no reproduzia a sua queixa principal de dor no joelho esquerdo.

    O exame de seu quadril esquerdo revelou ADM acentuadamente diminuda, com a reproduo de dor do paciente joelho esquerdo.

    Aps exame de raio-x foi encaminhado para cirurgia 2 dias aps.

  • Conv

    ite

    14 a 17 de novembro - www.sonafe2013.com

  • Convite

  • Obrigado!

    [email protected] (62) 8123 3854

    http://br.dir.groups.yahoo.com/group/SONAFE-GO/

    Yahoo grupos SONAFE-GO Facebook SONAFE - GOIS