espm _2005

Download ESPM _2005

Post on 25-Nov-2015

471 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • trabalho pioneiro.Prestao de servios com tradio de confiabilidade.Construtivo, procura colaborar com as Bancas Examinadorasem sua tarefa de no cometer injustias.Didtico, mais do que um simples gabarito, auxilia o estu-dante no processo de aprendizagem, graas a seu formato:reproduo de cada questo, seguida da resoluo elaboradapelos professores do Anglo.No final, um comentrio sobre as disciplinas.

    Para seus cursos diurnos de Administrao (200 vagas), Co-municao Social (250 vagas) e Design (40 vagas), a ESPMaplica uma redao e 80 testes assim distribudos:

    * 10 questes de cada

    Para a redao atribuda uma nota na escala de 0 a 10(ZERO A DEZ), com peso 2; portanto ela vale no mximo 20pontos. O total de pontos possveis em toda prova 120.

    O exame tem durao de 5 horas.Sero eliminados os candidatos que:a) no atingirem a pontuao mnima de 35 pontos, in-

    cluindo a redao;b) no atingirem o mnimo de acertos por prova (vide

    tabela);c) no alcanarem nota mnima 2,0 (dois) na redao, total

    de 04 pontos.

    Administrao Comunicao Sociale Design

    Quantidade Quantidademnima de mnima deacerto por acerto por

    prova provaPROVAS Questes Peso (questes) Peso (questes)

    Comunicao/Expresso 20 1 2 2 4

    Matemtica 20 2 4 1 2

    Atualidades/Ingls * 20 1 2 1 2

    Histria/Geografia * 20 1 2 1 2

    oanglo

    resolve

    o vestibularda ESPM

    novembro de 2004

  • 2ESPM/2005 ANGLO VESTIBULARES

    Tema 1:

    Tema 2:

    Escolha um dos temas acima e desenvolva uma dissertao com no mnimo 20 linhas e mximo de 30 linhas,considerando-se letra de tamanho regular.

    Assinale o tema escolhido (1 ou 2) nos quadradinhos correspondentes (prxima pgina).

    D um ttulo sugestivo e criativo sua redao.

    Defenda ou refute as idias apresentadas atravs de uma dissertao integrada, coerente, organizada eestruturada. Fundamente suas idias com argumentos, sem sair do tema. Aderncia ao tema um dositens de avaliao.

    Importante: No h uma resposta ou alternativa certa ou errada a ser encontrada. No vamos julgar suasopinies, mas sua capacidade de anlise e argumentao.

    A tendncia inexorvel. Em todo mundo, principalmente nos pases desenvolvidos, a legislao con-tra a emisso de poluentes cada vez mais rigorosa. As leis ambientais no daro trgua e vo apertar asmontadoras, forando-as a criar produtos adequados para no poluir o meio ambiente. Por outro lado,pelo menos US$ 16 bilhes em novos investimentos estrangeiros no Pas esto parados por causa da buro-cracia e da lentido da mquina governamental. As licenas ambientais aparecem como maior freio en-trada desse capital.

    Jornal O Estado de So Paulo 18/10/04

    PROPOSTA: Elabore uma dissertao argumentativa que apresente consideraes acerca da dificuldade deexpanso de novos investimentos em funo de leis ambientais.

    Loucos pela Fama

    Apareo, logo existo. Tornar-se um celebridade um dos maiores objetos de desejo desses novos(estranhos) tempos.

    cultural e histrica a mitificao de pessoas que conseguem fazer de suas vidas um exemplo paramuitos.

    Pensadores, artistas, mecenas, benfeitores de toda a espcie, empreendedores, radicais, grandesesportistas, estudiosos, adorveis malucos.

    As celebridades que hoje nos seduzem deixam um pouco a desejar; basta um namoro, uma aparioem reality show, uma gorda conta bancria, um histrico de peripcias sexuais para serem consideradas amelhor estratgia de Marketing para todo e qualquer segmento. como uma eleio, e estamos votandoem picaretas.

    Revista GNT Para Ler Outubro de 2004.Autor: Jett Ares, Publicitrio e Jornalista.

    PROPOSTA: Elabore uma dissertao argumentativa que apresente as razes pelas quais pessoas com poucaou nenhuma expresso social tornam-se celebridades, mesmo que com tempo de destaqueto curto.

    OOORRR EEE DDDAAA

  • Anlise da prova:

    Formato:

    O exame de Redao apresentou um formato j tradicional no vestibular da ESPM: pode-se optar entredois temas explcitos, acompanhados de breves contextualizaes.

    O candidato deveria redigir uma dissertao, manifestando sua opinio sobre uma das questes:

    1 Quais as razes que levam pessoas com pouca ou nenhuma expresso social a se tornarem celebridades.

    2 A dificuldade de conciliar a necessidade de crescimento econmico com a aplicao de leis de prote-o ambiental.

    Era fundamental que, apreendida a questo posta em debate, o candidato tivesse estabelecido muito cla-ramente uma tese que demonstrasse seu posicionamento. Considerando essa necessidade, algumas aborda-gens se fazem possveis.

    TEMA 1 Possibilidades de encaminhamento

    Num pas como o Brasil, a grande massa de pblico no possui referncias suficientes para eleger exemplosde comportamento com o discernimento esperado pelas elites culturais. Sendo assim, identifica-se maisfacilmente com algum que tenha se tornado famoso por tocar um pagode ou fisgar um rico empresrio,do que com alguma personalidade responsvel por uma grande realizao artstica ou filosfica. Um bomargumento a ser utilizado em defesa dessa tese a exemplificao de figuras, supostamente importantes,que reflitam os desejos da populao e que estejam em destaque na mdia.

    A construo de celebridades faz parte de um projeto de manuteno da valorizao do ftil e gratuitopelos grandes meios de comunicao. Esses veculos, em geral muito poderosos, no tm interesse nodesenvolvimento cultural da populao, pois, caso isso acontecesse, com certeza perderiam grande partede seu pblico. H, portanto, numa escala industrial, a fabricao de cones descartveis que reflitam ocomportamento da sociedade e garantam a continuidade da valorizao de aes que representam poucaou nenhuma expresso social.

    TEMA 2 Possibilidades de encaminhamento

    vlido para o desenvolvimento do pas incorporar novos investimentos estrangeiros, mesmo que issosignifique alguma deteriorao do ambiente, pois o pas tem problemas inadiveis para resolver diante docaos social em que se encontra. Seria por demais romntico deter esses investimentos em nome da pre-servao do meio ambiente.

    No vlido qualquer tipo de expanso de novos investimentos, pois o pas deveria ter conscincia eco-lgica, agir de forma politicamente correta, mesmo que isso significasse perda de lucro postura que,convenhamos, estaria na contramo do capitalismo globalizado.

    Deve-se encontrar uma maneira de conciliar a liberao dos recursos estrangeiros com a preservaoambiental, na busca de um progresso sustentado, que garanta a manuteno dos recursos para as novasgeraes.

    Qualquer que seja o posicionamento adotado pelo candidato, seria necessrio levar em considerao aheterogeneidade do discurso. O texto ganharia fora argumentativa se o aluno atentasse para os contradiscursos implicados em cada opo. Ou seja, a defesa do progresso a qualquer custo, por exemplo, no podeignorar os argumentos daqueles que consideram essa uma atitude suicida.

    3ESPM/2005 ANGLO VESTIBULARES

  • 4ESPM/2005 ANGLO VESTIBULARES

    Leia o fragmento abaixo de O Bem-Amado de Dias Gomes e depois responda:Uma sala da prefeitura. O ambiente modesto. Durante a mutao, ouve-se um dobrado e vivas a Odorico, vivao prefeito, etc. Esto em cena Dorota, Juju, Dulcinia, Vigrio e Odorico. Este ltimo, janela, discursa.

    Odorico: Povo sucupirano! Agoramente j investido no cargo de Prefeito, aqui estou para receber a

    confirmao, a ratificao, a autenticao e por que no dizer a sagrao do povo que me elegeu.

    Aplausos vm de fora.

    Odorico: Eu prometi que o meu primeiro ato como prefeito seria ordenar a construo do cemitrio.

    Aplausos, aos quais se incorporam as personagens em cena.

    Odorico: (Continuando o discurso.) Botando de lado os entretantos e partindo pros finalmentes, uma ale-gria poder anunciar que prafrentemente vocs j podero morrer descansados, tranqilos e desconstrangidos,na certeza de que vo ser sepultados aqui mesmo, nesta terra morna e cheirosa de Sucupira. E quem votouem mim, basta dizer isso ao padre na hora da extrema-uno, que tem enterro e cova de graa, conforme oprometido.

    Aplausos. Vivas. Foguetes. A banda volta a tocar. Odorico acena para o povo sorridente, depois deixa a janelae imediatamente cercado pelos presentes, que o cumprimentam.

    Dorota: Parabns. Foi timo o seu discurso.Juju: Disse o que precisava dizer.Odorico: Obrigado, obrigado.

    (O Bem-Amado Dias Gomes)S no se pode afirmar sobre o fragmento acima o seguinte:a) Ao se fazer intrprete da vontade popular na primeira fala, Odorico utiliza um recurso, comum nos discur-

    sos de polticos demagogos quando tomam posse;b) H uma gradao de idias na seqncia a confirmao, a ratificao, a autenticao e ... a sagrao;c) O termo sagrao reveste o prefeito com uma conotao mstico-religiosa;d) Visando impressionar a platia, o discurso de Odorico contm uma grande quantidade de neologismos

    sobretudo representados por adjuntos adverbiais de modo;e) O grande respaldo popular do agora prefeito Odorico provm de sua variada e consistente plataforma poltica.

    Jamais se poderia atribuir construo de um cemitrio apenas a qualidade de ser uma plataforma pol-tica variada e consistente.

    Resposta: e

    Pode-se afirmar sobre o texto que:a) O termo sagrao foi empregado, porque Odorico entende o povo como algo sagrado;b) Odorico sutilmente estabelece uma condio para o cidado sucupirano obter enterro e cova gratuitos;c) O discurso de Odorico exemplo de linguagem concisa e enxuta, confirmada pela frase de Juju: Disse o

    que precisava dizer.;d) Ao substantivar a conjuno entretanto e o advrbio finalmente, Odorico revela uma vocao artsti-

    ca para escritor, pois reinventa a linguagem;e) H perfeita compatibilidade entre a alegria do candidato recm-eleito e o os assuntos tratados: construo

    de cemitrio e morrer descansados.

    Questo 2

    Resoluo

    Questo 1

    OOO NN