Escola secundária de alcochete

Download Escola secundária de alcochete

Post on 10-Jul-2015

532 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Escola Secundria de Alcochete

Proposta de Atividade Comemorativa do Dia da Mulher

Trabalho realizado por:Ins Gonalves, n5Patrcia Costa, n13Escola Secundria de AlcocheteDisciplina de Tcnicas Pedaggicas da Interveno EducativoProfessora Vanda Simes11PTAI

Proposta de Atividade Comemorativa do Dia da Mulher

Alunas:Ins Gonalves, n5Patrcia Costa, n13

Alcochete, 11 de Janeiro de 2012

Introduo

Este trabalho sobre uma proposta de atividade para o dia da mulher para ser realizada com meninos do pr-escolar, foi realizado no mbito da disciplina de Tcnicas Pedaggicas de Interveno Educativa. O objectivo deste trabalho sabermos como se organizada uma proposta de atividade para trabalhar com os meninos, o que preciso saber, preparar, entre outras coisas.Esperamos conseguir realizar todos os nossos objetivos e no final estarmos mais aptas para organizarmos um projeto para os meninos.

Dia Mundial da Mulher

O dia nacional da mulher muito importante, poie uma maneira de chamar a ateno para o papel e a dignidade da mulher, perceber o seu papel na sociedade, desmentir e rever preconceitos e limitaes que ao longo dos anos foram sendo impostos mulher.

Histria do Dia 8 de Maro O Dia Internacional da Mulher, celebrado a 8 de Maro, tem como origem pelas manifestaes das mulheres russas, para conquistarem melhores condies de vida, trabalho e contra a entrada do seu pas na Primeira Guerra Mundial. Ocuparam uma fbrica em Nova Iorque e comearam a reclamar melhores condies de trabalho, tais como, reduo na carga diria de trabalho, igualdade de salrios e tratamento merecedor dentro do ambiente de trabalho.

As mulheres foram trancadas dentro da fbrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 trabalhadoras morreram.Apenas mais tarde em 1910, durante uma conferncia na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de Maro passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fbrica em 1857. Mas apenas no ano de 1975, atravs de um decreto, a data foi oficializada pela Organizao das Naes Unidas.Esta data tem como objetivo tentar diminuir ou mesmo terminar com o preconceito e a desvalorizao da mulher. J foram feitos muitos avanos mas ainda h muito para fazer contra os baixos salrios, violncia masculina, trabalho excessivo e desvantagens na carreira profissional.

Objetivos da Atividade

O objetivo desta atividade dar a conhecer s crianas a razo de se festejar o dia nacional da mulher, a importncia desse dia, um pouco da histria que existe sobre esse dia e fazer alguns trabalhos para festejar o dia da criana.

Aes Desenvolvidas

Esta atividade vai ser preparada ao longo da semana com as crianas. 1 DiaInicialmente vai ser contada de uma forma simples a histria do dia da mulher, e vai ser debatido pelas crianas em grupo o que acharam sobre o que lhes foi contado e vai ser esclarecido algumas dvidas que as crianas possam ter. Tambm ser feito um diploma com um poema, em conjunto com todas as crianas para ser oferecida no dia a seguir a uma convidada surpresa.

2 DiaNo 2 dia ser falado com as crianas sobre as mulheres importantes em Portugal, especialmente as da zona.Ser convidada uma escritora infantil para falar s crianas um pouco do que ser mulher, dos seus direitos e comparar a mulher de antigamente e de agora.No final ira ser oferecido escritora uma pequena lembrana elaborada por todas as crianas, no dia anterior. 3 Dia O 3 dia ser o dia com mais trabalhos manuais.O grupo ser dividido em dois e cada grupo ir desenvolver um trabalho diferente.Um dos grupos vai realizar cartazes com colagens e pinturas para divulgar o dia da mulher sociedade.O outro grupo vai fazer desenhos sobre as mulheres mais importantes das suas vidas. Esses desenhos sero afixados no placard para os pais poderem ver.Depois do almoo, quando j as primeiras atividades tiverem concludas, ser feita outra atividade.Uma pintura em diferentes suportes para homenagear as mulheres que morreram para garantir os seus direitos.

4 DiaAs crianas durante o 4 dia vo fazer algumas flores em papel e outros materiais, para no dia 8 de Maro sarem rua e entregarem s mulheres da sociedade local. Esta atividade pode ser articulada com a famlia, propondo s famlias ajudarem as crianas a fazer algumas flores em casa.Da parte da tarde algumas crianas do grupo vo fazer um livro sobre os direitos das mulheres, a auxiliar do grupo vai ajudar as crianas a fazer o livro. Enquanto as outras crianas continuam a fazer flores.Sero afixadas no placard os cartazes que os meninos realizaram no dia anterior e pedir aos pais para afixarem os cartazes tambm na rua, para dar a conhecer o evento sociedade.5 DiaNo inicio do 5 dia ainda no tapete vai ser discutido com as crianas a sua opinio sobre o que foi feito ao longo da semana.Tambm se vai falar sobre as vrias funes que a mulheres desempenham ao longo do dia.Depois dessa conversa as crianas iro fazer um desenho sobre as funes das mulheres. Tal como os outros, estes desenhos iro ser expostos no placard.No final da tarde as crianas vo ajudar a organizar a exposio dos trabalhos realizados durante a semana.A expiao ser no ptio do jardim-de-infncia e no dia 8 (dia seguinte) ser mostrada aos pais.

6 Dia

Este dia o dia mais importante, pois o grande dia. O dia comeara como habitualmente, os pais iro levar os meninos ao jardim, e logo pela manha reuniremos no tapete com os meninos e vamos falar da atividade que ser realizada pelas dez horas.Sairemos a rua e vamos para o centro da vila, mais propriamente para o coreto e os meninos vo proclamar poemas simples sobre o dia da mulher.No fim desse discurso, os meninos vo distribuir as mulheres da comunidade as flores que tinam realizado com a ajuda dos pais e dos educadores.No final da parte tarde ira haver uma pequena exposio para os pais para mostrar lhes o que os seus filhotes fizeram ao longo da semana. Esta exposio tambm tem como objetivo sensibilizar a famlia para a importncia do dia da mulher.

Recursos Humanos e MateriaisPara a realizao deste projeto necessrio o acompanhamento de um educador e uma auxiliar enquanto as actividades forem feitas em sala mas quando se realizar ia ai coreto da cidade ser necessrio estar presente duas auxiliares e um educador para se certificarem da plena segurana das crianas.Em termos de recursos materiais ser necessrio tintas, afia, borracha, lpis de cor, marcadores, cartes, cartolinas, papel cavalinho, papel colorido, tesouras, x-atos (apenas para ser utilizado pelo educador ou auxiliar), cola branca, liquida e batom, jornais e revistas para colagens, paus de espetada, pedaos de tecido, papel de cenrio, desenhos para colorir, alguns materiais reciclados, tambm so importantes para as crianas perceberem a importncia da utilizao dos materiais reciclados nos trabalhos realizados, como por exemplo caixa de sapatos, sacos de papel. Tambm podem ser utilizadas esponjas, escovas de dentes, caf, palhinhas, berlindes, entre muitos outros para fazer tcnicas de pintura.

Direitos das Mulheres

De acordo com a Organizao das Naes Unidas (ONU), os direitos das mulheres so:

1- Direito vida. 2- Direito liberdade e segurana pessoal. 3- Direito igualdade e a estar livre de todas as formas de discriminao. 4.Direito liberdade de pensamento. 5- Direito informao e educao. 6- Direito privacidade. 7- Direito sade e proteo desta. 8- Direito a construir relacionamento conjugal e a planejar sua famlia. 9- Direito a decidir ter ou no ter filhos e quando t-los. 10- Direito aos benefcios do progresso cientfico. 11- Direito liberdade de reunio e participao poltica 12- Direito a no ser submetida a torturas e maltrato.

Anexos

Histria para contar s crianas

O , celebrado a 8 de Maro, tem como origem pelas

manifestaes das mulheres russas, para conquistarem melhores condies de

vida e .

Ocuparam uma fbrica em Nova Iorque e comearam a reclamar melhores condies de trabalho, tais como, reduo na carga diria de trabalho, igualdade de e tratamento merecedor dentro do ambiente

de trabalho. Apenas mais tarde em 1910, durante uma conferncia na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de Maro passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher"

Esta data tem como objetivo tentar ou mesmo terminar com o

preconceito e a desvalorizao da .

Poema

SER MULHER

Ah, ser mulher!

Ser mulher ver o mundo com doura, admirar a beleza da vida com romantismo. desejar o indesejvel. buscar o impossvel.

O poder de uma mulher est em seu instintoPorque a mulher tem o dom de ter um filho,E cuidar de vrios outros filhos que no so seus.

Desenhos para Colorir

Flores

Flores com embrulho de bolosFlores de caixas de ovos

Flores de papel crepe

Flores com copos de plstico

ConclusoGostamos bastante de realizar este trabalho, aprendemos muito com ele, como por exemplo a organizar uma actividade com as crianas.Com este trabalho tambm conhecemos vrias atividades para serem realizadas com as crianas pelo dia da mulher.Esperamos que este trabalho seja nos til no futuro.

Bibliografia

http://www.portaldafamilia.org/datas/diadamulher/origem8demarco.shtmlhttp://wata-eh-legal.blogspot.com/2011/02/dia-da-mulher-poesia.htmlhttp://olhaoquevinoeducanaweb.blogspot.com/2009/03/primavera-trabalhos-manuais.htmlhttp://jardimdaalegria.blogspot.com/2009/03/feliz-dia-da-mulher.html

Recommended

View more >