engenharia ambiental cartografia - fct.unesp. · pdf fileplanimetria e altimetria o documento...

Click here to load reader

Post on 30-Sep-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • EngEnhArIA aMBieNTaLCartografia 3 ano

    Representao de Elementos de Planimetria e AltimetriaPlanimetria e Altimetria

    Prof. Joo Fernando Custodio da Silva

    Departamento de Cartografia

    www4.fct.unesp.br/docentes/carto/JoaoFernando

  • Introduo Um mapa ou uma carta uma representao

    simblica e convencionada da SFT e de seus elementos constituintes em dimenses reduzidas.reduzidas.

    preciso associar os elementos representveis ou cartografveis a smbolos e convenes.

    Elemento cartografvel = informao geogrfica (IG).

  • Caractersticas da IG Posio: est em um lugar bem determinado; Dimenso: extenso (regular ou irregular); Forma: conformidade da extenso; Continuidade: SFT um meio contnuo; Continuidade: SFT um meio contnuo; Distribuio: ocupa distintas posies; Padro: distribuio com repetio; Vizinhana: proximidade ou distanciamento; Contiguidade: contornos e a relao topolgica entre

    polgonos; Escala: proporo da reduo.

  • Convenes e smbolos: linguagem As convenes cartogrficas abrangem smbolos;

    Os smbolos obedecem s exigncias da tcnica, do desenho e da reproduo iconogrfica;

    Representam, de modo mais expressivo, os diversos Representam, de modo mais expressivo, os diversos acidentes do terreno e objetos topogrficos em geral.

    Os smbolos e as convenes ressaltam os acidentes do terreno, de maneira proporcional sua importncia, principalmente sob o ponto de vista das aplicaes da carta.

  • Forma e dimenso dos smbolos necessrio observar, com o mximo rigor,

    as dimensesdimenses e a formaforma caracterstica de cada smbolo,

    Para manter a homogeneidade que deve predominar em todos os trabalhos da mesma categoria.

  • Smbolo e escala Quando a escala da carta permitir, os

    elementos topogrficos devem ser representados de acordo com a grandeza real (proporcional) e as particularidades de suas (proporcional) e as particularidades de suas naturezas.

    O smbolo , ordinariamente, a representao mnima desses acidentes: Por meio de traos convencionados (em escala); Por meio de smbolos (convencionados).

  • Do trao ao smbolo e vice-versa Via de regra, proporo que a escala

    diminui, a quantidade de smbolos tende a aumentar.

    No sentido oposto, medida que a escala aumenta (mapas cartas plantas), as dimenses reais so traadas escala (diminuindo e simplificando a simbologia).

  • Elementos grficos de smbolos e convenes

    Uma carta ou um mapa uma representao dos aspectos naturais e artificiais ou culturais da SFT. Ento: Toda essa representao s pode ser

    convencional, isto ,

    Por meio de pontos, linhas (abertas ou fechadas) e cores.

  • Smbolos pontuais So convenes individuais, tais como pontos

    e figuras geomtricas (tringulos, crculos etc.), usados para representar um dado de posio e/ou altitude, tais como:posio e/ou altitude, tais como: uma cota, uma cidade, o centride de uma distribuio, ou um volume conceitual, como a populao de

    uma cidade.

  • Smbolos lineares So convenes expressas por linhas para

    representar os elementos com caractersticas lineares, tais como: cursos dgua, rodovias, rodovias, fluxos, limites etc.

    Particularmente, a curva de nvel, que usada para representar a cota ou a altitude do terreno, uma linha traada no plano de representao e permite extrair informaes de volume.

  • Smbolos areais So convenes que se estendem no mapa,

    caracterizando que a rea de ocorrncia tem um atributo comum: gua gua

    tipo de solo

    vegetao

    jurisdio administrativa.

    Uma conveno de rea graficamente uniforme e cobre toda rea de representao do fenmeno.

  • Smbolos associados Relacionar os

    elementos a smbolos que sugiram a aparncia do assunto aparncia do assunto como este visto pelo observador no terreno.

  • Smbolo: posio e identificao (toponmia) A posio de um smbolo

    escolhida de modo a no causar dvidas quanto ao objeto a que se refere.

    Tratando-se de localidades, regies, construes, obras pblicas e objetos semelhantes, o nome deve ser lanado, sem cobrir outros detalhes importantes.

  • Planimetria e altimetria O documento cartogrfico a representao plana da

    SFT, propriamente dita, e dos elementos naturais e culturais nela existentes: Referidos ao elipside (,) posio (,; E,N) Referidos ao geide (m) altitude (m) Referidos ao geide (m) altitude (m) Ambos traados ou simbolizados no plano de

    representao (mapa). Assim, os smbolos e cores convencionais so de

    duas ordens: Planimtricos e Altimtricos.

  • reaLinhasPontos

    Ord

    inal

    Nom

    inal

    Cidade

    Mina

    Igreja

    Marca de Altitude

    RioEstrada

    Gratcula

    Limites

    Pntano

    TerrasridasFloresta

    SetoresCensitrios

    Maior Menor

    Grande Auto-estrada

    Ord

    inal

    Inte

    rval

    o-R

    azo

    Fonte poluidora

    Coropletas

    Isopletas

    Isaritmas

    Fluxos

    Hachuras

    Mdio

    Pequeno Vicinal

    Estadual

    Federal

    Cada ponto vale75 pessoas

    Valorados Unidimensional

    BidimensionalCrculos, quadradostringulos etc

    Repetio

    Valorados

  • Complemento: coro e isopletas Coropleta (choropleth):

    reas em cores ou em tonalidades diferentes representando fennemos quantitativos, estatsticos etc.

    Corograma: o mapa que expressa Corograma: o mapa que expressa

    Isopleta (isopleth): igual em nmero, igual em valor;

    curva sobre a qual o valor do parmetro constante;

    Isolinha.

  • Representao de elementos de planimetria A representao planimtrica pode ser dividida em

    duas partes, de acordo com os elementos que cobrem a superfcie do solo: fsicos ou naturais; culturais ou artificiais. culturais ou artificiais.

    Os primeiros elementos correspondem principalmente hidrografia e vegetao.

    Os segundos elementos decorrem da ocupao humana: sistema virio, construes, limites polticos ou

    administrativos etc.

  • Hidrografia A representao da

    hidrografia deve ser feita, sempre que possvel, associando os elementos a smbolos que caracterizem

    Elementos de Hidrografia

    Curso d gua intermitenteLago ou lagos intermitentesTerreno sujeito a inundaoBrejo ou Pntanosmbolos que caracterizem

    a gua. O azul a cor escolhida

    para representar mares, rios, lagos, lagoas, alagados (mangue, brejo e rea sujeita a inundao), etc.

    Brejo ou PntanoPoo dgua. NascenteCataratas e corredeirasRocha submersa e descobertaRepresa: alvenaria e terraAncoradouro. Rio seco ou de aluvioRecife rochoso

  • Vegetao A cor verde

    universalmente convencionada para representar a cobertura vegetal do solo.

    Elementos de Vegetao

    Mata, floresta;Cerrado, macega, caatinga.Culturas: permanente, temporria.Mangue, salina.Arrozal: terreno seco, vegetal do solo.

    Variando os tons, as matas e florestas: verde

    claro chapado; o cerrado e caatinga: verde

    claro com retcula; as culturas permanentes e

    temporrias: verde com toque figurativo.

    mido.

  • reas especiaisrea especialrea especial a rea legalmente definida, subordinada a um rgo

    pblico ou privado, responsvel pela sua manuteno, onde se objetiva a conservao ou preservao da fauna, flora ou de monumentos culturais, a preservao do meio ambiente e das comunidades indgenas.

    Parques nacionais, estaduais e municipais; Parques nacionais, estaduais e municipais; Reservas ecolgicas e biolgicas; Estaes ecolgicas; Reservas florestais ou Reservas de recursos; reas de relevante interesse ecolgico; reas de proteo ambiental; reas de preservao permanente; Monumentos naturais e culturais; reas, colnias, reservas, parques e terras indgenas.

  • Sistema virio / rodovias A representao em carta no traduz sua largura real de uma

    rodovia, uma vez que esta deve ser representada em todas as cartas topogrficas desde a escala 1:250.000 at 1:25.000 com a utilizao de uma conveno.

    A rodovia ser representada por smbolos que traduzem o seu tipo, independentemente de sua largura fsica.tipo, independentemente de sua largura fsica.

    As rodovias so representadas por traos e/ou cores e so classificadas de acordo com o trfego e a pavimentao.

    Essa classificao fornecida pelos DER, seguindo o Plano Nacional de Viao (PNV).

    Normalmente, usa-se a cor vermelha para as rodovias. So representados tambm os caminhos e trilhas.

  • Rodovia: feio planimtrica

  • Sistema virio / ferrovias Uma ferrovia definida como sendo qualquer tipo

    de estrada permanente, provida de trilhos, destinada ao transporte de passageiros ou carga.

    Devem ser representadas tantas informaes Devem ser representadas tantas informaes ferrovirias quanto o permita a escala do mapa, devendo ser classificadas todas as linhas frreas principais.

    So representadas na cor preta e a distino entre elas feita quanto bitola.

  • Ferrovia: feio planimtrica

  • Unidades poltico-administrativas O territrio brasileiro subdividido em UPA,

    abrangendo os diversos nveis de administrao: Federal,

    Estadual Estadual

    Municipal.

    Essas unidades so criadas atravs de legislao prpria (lei federais, estaduais e municipais), na qual esto discriminadas sua denominao e informaes que definem o permetro da unidade (polgono).

  • Diviso poltico-administrativa representada nas cartas e

    mapas por meio de linhas convencionais (limites) correspondentes situao das UF e municpios no das UF e municpios no ano da edio do documento cartogrfico.

    Consta no rodap das cartas topogrficas a referida diviso, em representao esquemtica.

    1 Duque de Ca