empreender pode ser o melhor caminho. mas, tem que saber sebrae/ufs/ro/sebrae de a a z/caso... ·...

Download Empreender pode ser o melhor caminho. Mas, tem que saber Sebrae/UFs/RO/Sebrae de A a Z/Caso... · time…

Post on 08-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Sebrae RO Sebrae RO0800 570 0800www.sebrae.ro

    Empreender pode ser o melhor caminho. Mas, tem que saber como...

    Atitudes empreendedoras nem sempre ga-rantem sucesso queles que pretendem gerar sua prpria renda, mas no atual cenrio de oportunidades reduzidas, podem ser conside-radas como alternativa para bons negcios.

    A empreendedora Fbia Mrcia Alencar Xi-menes, 38, trabalhou mais de onze anos em um estabelecimento comercial no ramo de tica como gerente de vendas de culos,

    armaes e lentes para atender especifica-es de oftalmologia, de acordo com as re-ceitas mdicas. Ela consultou seu marido, Rosevelt da Silva Ximenes, 41, que tinha o mesmo tempo de experincia em autoesco-las, e decidiram que era a hora de abrir um negcio, pensando inicialmente em criar um site de compras coletivas. Procuraram o Sebrae e participaram do Programa Pr-prio, e ao final foram aconselhados pelo

    O Programa Prprio deu lugar ao Comear Bem se voc tem uma ideia de negcio e deseja receber orientaes para viabiliz--la ou se voc tem expe-rincia em trabalhar por conta prpria e gostaria de transformar seu negcio em um empreendimento lucrativo, competitivo e sustentvel, o Sebrae pode te ajudar.

    O Projeto Comear Bem oferece um conjunto de solues em formato de palestras, oficinas, cursos, cartilhas, guia visuais, aplicativos e vdeos para concretizar seu sonho e transform-lo em um em-presrio de sucesso.

    O que voc tira desta leitura? A Viso Empreendedora per-mite identificar oportunidades. A capacitao permite iden-tificar gaps e ajustar a gesto. Aplicao de ferramentas de gesto ajudam no crescimento consis-tente.

    1/4

  • Sebrae RO Sebrae RO0800 570 0800www.sebrae.ro

    O Empretec uma meto-dologia da Organizao das Naes Unidas (ONU) voltada para o desenvolvi-mento de caractersticas de comportamento empreen-dedor e para a identificao de novas oportunidades de negcios, promovido em cerca de 34 pases. No Brasil, o Empretec reali-zado exclusivamente pelo Sebrae e j capacitou cer-ca de 215 mil pessoas, em 9.100 turmas distribudas por todos os estados. A cada ano, o Empretec ca-pacita em torno de 10 mil participantes.

    consultor a buscar um negcio que j fosse de seu domnio, porque assim a experincia seria um instrumento para terem mais segu-rana no empreendimento.

    Depois de uma anlise criteriosa, o casal entendeu que apesar de Rosevelt possuir um bom conhecimento do mercado de au-toescola, seria impraticvel abrir um negcio nesse ramo, porque o investimento em ve-culos estava fora do oramento disponvel. Valendo-se do saber adquirido por Fbia na rea comercial de tica bsica, tendo ela fei-to cursos e especializaes, apesar de exis-tirem numerosas lojas desse tipo em Porto Velho, optaram pela abertura desse negcio, apostando que, se fosse bem administrado, dariam incio a uma boa opo no mercado.

    Em maro de 2012, Fbia se registrou como Microempreendedora Individual e adquiriu seu Cadastro Nacional de Pessoas Jurdicas (CNPJ), e assim nasceu a Porto tica. Tendo Rosevelt como seu nico empregado, uma vez que ele assume a funo como um bom administrador, mas sem conhecer a atividade. Com prudncia e tolerncia, se prepararam fazendo cursos e participando de palestras durante cinco meses at abrir a loja na Rua Elias Gorayeb, Liberdade, bairro residencial.

    Fbia, conhecendo os produtos e as tendn-cias, fazia seu marketing volante procurando pessoas conhecidas, principalmente aque-les que potencialmente estariam na faixa de pblico a ser atendido. Ela procurava clien-tes anunciando em redes sociais que sua empresa uma tica mvel que atende na comodidade das residncias ou no trabalho. Ela agendava seus clientes que sempre fo-ram atendidos com qualidade, seriedade e compromisso.

    Abrir uma loja em sua prpria residncia, ainda como MEI, foi uma postura empreen-dedora de enfrentamento de risco. Sua atitu-de demonstrou a autoconfiana que orienta as mulheres vencedoras nos tempos atuais. Com viso de futuro, caracterstica da mulher empreendedora, entendia que o crescimento

    contnuo da empresa seria o fator gerador da necessidade de mudar para um pon-to comercial mais atrativo. Identificando a oportunidade de expandir seu atendimento, procurou de novo o Sebrae e adquiriu co-nhecimentos em planejamento estratgico para sua migrao de categoria, at que conseguiu se estruturar, aumentando sua renda e se habilitando de Microempreende-dora Individual para Microempresa.

    A Microempresa foi registrada em 1 de junho de 2015 e hoje conta com um admi-nistrador, Rosevelt, e trs funcionrias. A ME Porto tica, na expectativa de melhoria contnua, imanente ao esprito empreende-dor, investe na capacitao das mulheres que compem sua equipe, fortalecendo seu time de trabalho, provocando o empreende-dorismo em srie. Suas funcionrias esto muito envolvidas com a razo e o propsito da empresa que constituem seus diferen-ciais competitivos.

    Para Fbia, o Dia Internacional da Mulher tem um significado especial, porque mar-ca a data em que ela e Rosevelt chegaram de Manaus, h 4 anos, e o Sebrae os re-cebeu e forneceu as ferramentas para o sucesso e mostrou a importncia de fazer algo que j se conhecia em lugar de expe-rimentar novos negcios sem o entendi-mento necessrio para alcanar o sucesso. O Sebrae me valorizou como mulher, no s pelas capacitaes, mas pela especial ateno nas consultorias que nos valorizam com o suporte na contabilidade e gesto, conta Fbia. Ela d o recado para as mu-lheres de que, com Deus em primeiro lugar, a coragem, a honestidade e a vontade de crescer, os negcios iro bem desde que se busque o melhor atendimento ao clien-te, que a chave de todas as realizaes. Seu desejo participar do Empretec, mas ainda no conseguiu se programar para ter agenda e fazer parte desse grupo especial de empreendedores.

    Para Deisiany Talita Lopes, 26, com o ensi-no mdio completo, a mais recente contra-

    A Microempresa (ME) a firma do empresrio, de-vidamente registrado nos rgos competentes, bem como a sociedade empre-sria, a sociedade simples e a empresa individual de responsabilidade limitada que aufira a receita bruta anual igual ou inferior a R$ 360 mil.

    Microempreendedor Indivi-dual (MEI) a pessoa que trabalha por conta prpria e que se legaliza como pequeno empresrio. Para ser um MEI, necessrio faturar no mximo at R$ 60 mil por ano e no ter participao em outra em-presa como scio ou titular.

    O MEI pode ter um empre-gado contratado que rece-ba o salrio mnimo ou o piso da categoria. Entre as vantagens oferecidas est o registro no CNPJ, o que facilita a abertura de conta bancria e a emisso de notas fiscais.

    2/4

  • Sebrae RO Sebrae RO0800 570 0800www.sebrae.ro

    tada pela Porto tica, Fbia incentiva nossa evoluo, e ns a vemos como exemplo de dedicao, principalmente porque me e encontra tempo para conduzir seu trabalho e cuidar dos filhos. Deisiany entende que o Dia da Internacional Mulher o dia de re-conhecimento pela luta das mulheres, que mesmo com seus filhos pequenos conse-guem conciliar trabalho, educao e famlia.

    Para Raquel da Silva Santos, 35, cursando o ensino mdio, vendedora e atendente, F-bia a profissional de primeira linha que d apoio e incentiva nossas iniciativas para o atendimento com respeito e dignidade. Ra-quel sabe que o Dia Internacional da Mulher no somente o reconhecimento pelo esfor-o que desempenham, mas tambm um dia dedicado valorizao da mulher.

    J Ftima Cndido, 26, funcionria mais antiga do grupo, afirma: Fbia nos ensina muito, vivemos aqui na empresa um apren-dizado constante, e em breve estaremos fa-zendo cursos no Sebrae oferecidos por ela para nosso aprimoramento. Para mim que sou casada e tenho dois filhos, trabalhar na Porto tica motivo de orgulho, j completei o ensino mdio e agora estou cursando tc-nica em enfermagem com total apoio dessa administrao. Para mim o dia da mulher de importncia fundamental para nossa valo-rizao e serve como estmulo para o nosso crescimento constante.

    J o administrador Rosevelt, diz: Todo dia dia da mulher, e minha parte aqui consiste em tomar os cuidados necessrios para que o empreendedorismo no se desgarre das noes fundamentais que mantm uma em-presa dentro da regularidade. Por mais que parea bonito o esprito empreendedor, no podemos nos descuidar da gesto, da conta-bilidade, do fluxo de caixa e de todos aqueles procedimentos normativos da boa adminis-trao. A Porto tica incentiva suas cola-boradoras, porque sabe que a mo de obra em Porto Velho muito deficitria, e aqui, diz Rosevelt, o trabalho enobrece quando os clientes voltam para agradecer o bom

    atendimento. Buscamos o diferencial com nossa equipe que espera o crescimento, e o retorno financeiro tem sido a consequn-cia dessa dedicao. Portanto, empreender pode ser o melhor caminho, desde que bem orientado, e o Sebrae o veculo para per-corrermos essa trajetria com sucesso.

    O Sebrae oferece cursos online como o Aprender a Empreender, cujo objetivo fornecer conhecimentos sobre o perfil em-preendedor por meio da transmisso de conceitos sobre mercado, finanas e empre-endedorismo. O curso desenvolve atitudes que compem o perfil empreendedor para quem est planejando abrir um negcio ou quem j possui uma micro ou pequena em-presa. destinado a quem deseja iniciar um negcio e adquirir noes bsicas de como gerir um empreendimento e tambm para quem deseja melhorar a sua empresa.

    Estudo de CasoAo se rever este material, no mais como um histrico de uma mulher bem sucedida, mas como exemplo de estudo de caso que deu certo com o apoio do Sebrae, vamos agora detalhar como aconteceu. Depois da primeira capacitao no Sebrae, Fbia e Rosevelt analisaram seus pontos fortes e fracos para caracterizar seu ambiente interno. Verificaram que partir para o ne-gcio de Rosevelt, a autoescola, no daria certo porque a aquisio de veculos no se enquadrava no oramento disponvel, portanto descartaram plano por possuir esse po

Recommended

View more >