edicao 433

Download Edicao 433

Post on 26-Mar-2016

225 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição de 25 de Julho de 2013

TRANSCRIPT

  • PUB

    25 de julho de 2013N. 433 ano 11 | 0,60 euros | Semanrio

    DiretorHermano Martins

    EnchentenaExpoTrofaCmaraaprovainclusodaobradoMetronooramentoAtualidade pg. 6

    Bombeirosresgatarammulherdorio

    Atualidade pg. 3

    Atualidade pg. 8

    Passos de Danaencheram Casa das Artes

    Autrquicas pgs. 7

    Bloco de Esquerdaapresentou candidato Unio de Bougado

    CarlosMartins fazbalanodemandato

    Entrevista pg. 2

    Bombeirosresgatarammulherdorio

  • www.onoticiasdatrofa.pt 25 de julho de 20132 Entrevista

    Fundadora: Magda ArajoDiretor:Hermano Martins (T.E.774)Sub-diretora: Ctia Veloso (9699)Editor:O Notcias da Trofa Publicaes PeridicasLda.Publicidade: Maria dos Anjos AzevedoRedao: Patrcia Pereira (9687), Ctia Veloso (9699)Setor desportivo: Diana Azevedo, Marco Monteiro(C.O. 744), Miguel Mascarenhas (C.O. 741)Colaboradores: Atanagildo Lobo, Jaime Toga,

    Jos Moreira da Silva (C.O. 864), Tiago

    Vasconcelos, Valdemar Silva, Gualter CostaFotografia: A.Costa, Miguel Trofa Pereira (C.O.865)Composio: Magda Arajo, Ctia VelosoImpresso: Grfica do Dirio do Minho, Lda,Assinatura anual: Continente: 22,50 euros; Extraeuropa: 88,50 euros; Europa: 69,50 euros;Assinatura em formato digital PDF: 15 eurosNIB: 0007 0605 0039952000684Avulso: 0,60 EurosE-mail: jornal@onoticiasdatrofa.pt

    Os artigos publicados nesta edio do jornalO Notcias da Trofa so da inteira responsabilidadedos seus subscritores e no veiculam obrigatoria-mente a opinio da direo. O Notcias da Trofa res-peita a opinio dos seus leitores e no pretende demodo algum ferir suscetibilidades.

    Todos os textos e anncios publicados nestejornal esto escritos ao abrigo do novo Acordo Orto-grfico. totalmente proibida a cpia e reproduode fotografias, textos e demais contedos, sem au-torizao escrita.

    Nota de redaoFicha TcnicaSede e Redao: Rua das Aldeias de Cima, 280 r/c -4785 - 699 TrofaTelf. e Fax: 252 414 714Propriedade: O Notcias da Trofa - PublicaesPeridicas, Lda.NIF.: 506 529 002Registo ICS: 124105 | N Exemplares: 5000Depsito legal: 324719/11Detentores de 50 % do capital ou mais: MagdaArajo

    Telefones teis

    Bombeiros Voluntriosda Trofa

    252 400 700GNR da Trofa252 499 180

    Polcia Municipal da Trofa 252 428 109/10

    Jornal O Notcias da Trofa252 414 714

    Agenda

    Farmcias de Servio

    Numa entrevista ao NT, opresidente da Junta de Fre-guesia do Muro, Carlos Mar-tins, elencou as obras quegostaria de ver realizadas an-tes de terminar o mandato. Ano vinda do metro o nicoponto que considera negativo.

    O Notcias da Trofa (NT): Co-mo avalia a sua presidncia naJunta de Freguesia do Muro?

    Carlos Martins (CM): Quemfaz a avaliao so os murensese no propriamente eu, mas te-nho a conscincia que umaavaliao positiva, porque se jfomos eleitos para dois manda-tos porque os murenses gos-taram e gostam do nosso traba-lho. Tentamos ser uma Junta deFreguesia que correspondesse necessidade de toda a gente,tentamos sempre fazer o bem co-mum e coletivo e tratar, indepen-dentemente da ideologia, da ra-a, cor ou religio, toda a gentepor igual na freguesia.

    NT: Quais foram os pontospositivos e negativos do man-dato?

    CM: O ponto negativo no sdeste mandato, como tambmdo outro foi no conseguirmos avinda do metro, porque penso queas infraestruturas que se iam cri-ar e a mobilidade que ia dar nossa freguesia e a revolta do po-vo do facto de nos terem tiradoaquilo que era um bem nosso.Falhamos ou falhei o objetivo queera de conseguir que se come-asse com a linha do metro,mas independentemente disso,continuamos com a nossa lutae temos sempre a esperanaque o metro venha.

    Em relao aos pontos posi-tivos foi conseguirmos que osnossos objetivos em termos elei-torais fossem cumpridos. Um dosobjetivos era que todas as casasficassem com paralelo porta,para que os pisos no ficassemem terra batida. Falta muito pou-co para terminar isso, j fizemosmuitos quilmetros de ruas. Ou-tro era que as ruas tivessem ilu-

    Carlos Martins, presidente da Junta de Freguesia do Muro, fez balano de mandato

    Em termos de qualidade de vida temospraticamente tudo, s nos falta o metro

    minao pblica. Neste momen-to, todo o territrio murense estpraticamente coberto.

    Outro ponto positivo foi de fac-to a requalificao do nosso par-que escolar, que um dos melho-res que conheo no concelho eat extra-concelho. De facto uma escola digna e fruto disso que praticamente quase toda agente, mesmo fora de freguesia,quer ir para l.

    Desde pequeno que a popula-o ansiava pela requalificaodo recinto da Capela de S. Panta-leo. Finalmente conseguiu-se,mesmo agora em final de man-dato, que a obra avanasse e quefosse uma realidade. Vamos verse a terminamos entretanto.

    NT: Quando assumiu a Jun-ta de Freguesia que obras tinhaplaneado? Existe alguma obraque no v conseguir concreti-zar at ao final do mandato?

    CM: Todas as obras que t-nhamos planeado em termos deexecuo, que estavam nos nos-sos objetivos, penso que foramcumpridas em 80 por cento. Atao final do mandato quero con-cretizar precisamente a requalifi-cao da zona envolvente Ca-pela de S. Pantaleo e tentarabrir, que j est quase toda fei-ta, a Rua que vem de Gueidos

    at Serra. J se fez um bompedao e agora faltam cerca de150 metros para acabar e fazer aligao da rua. Penso que umaestrutura muito importante paraos moradores de Gueidos e quetambm gostaria de ver se termi-nava at ao final do mandato.

    NT: Das obras que foramfeitas, quais foram aquelasque ficaro marcadas na his-tria da freguesia?

    CM: Foi o de colocar o parale-lo nas ruas habitadas que j ti-nham anos e anos de terra bati-da e que os moradores nuncapensariam que fosse possvel lcolocar. Outra tambm importan-te, embora no seja da Junta deFreguesia, foi a colocao dagua e de saneamento. Pratica-mente o saneamento tem umacobertura total na freguesia eagora tambm a gua vai chegar porta de toda a gente. Emborano seja uma infraestrutura daJunta de Freguesia, est a acon-tecer para a populao.

    Em termos de qualidade devida temos praticamente tudo, snos falta o metro.

    NT: Durante este mandatoiniciou uma obra de requali-ficao zona envolvente daCapela de S. Pantaleo.

    uma obra que pretende darseguimento?

    CM: Com certeza. uma obraque dividimos em trs fases. Aprimeira corresponde avenida,que j foi feita h trs anos, e asegunda todo o espao envol-vente Capela, que vai ficar ago-ra pronto neste mandato. A ou-tra parte, que corresponde a ou-tra avenida, completaria a requali-ficao da zona envolvente. l-gico que pretendia dar segui-mento e requalificar a avenida at Estrada Nacional 318 e cons-truir o anfiteatro. Seria de extre-ma importncia para os muren-ses e para a comunidade religio-sa e penso que independente-mente de estar l ou no que uma obra que qualquer um dese-jaria seguir.

    NT: Antes de terminar omandato vai realizar algumaobra que ache essencial paraa freguesia?

    CM: Faltam praticamentedois meses para terminar o man-dato. A obra que queremos ter-minar a de S. Pantaleo eessa Rua de Gueidos Serra evamos continuar com a manuten-o das ruas da freguesia, que o ritmo normal de uma Junta.

    Embora no seja uma obra daJunta de Freguesia, tambm gos-taria que no meu mandato a fre-guesia ficasse completamenteabastecida de gua.

    NT: Qual o estado finan-ceiro da Junta de Freguesia?

    CM: A Junta de Freguesia no uma empresa, uma institui-o pblica que gere o bem-es-tar social das populaes. Nun-ca ficamos a dever nada, nemnunca ficamos com grandes di-nheiros, ou seja depsitos a pra-zo. uma gesto normal, corren-te, que paga tudo a tempo e ho-ras a quem deve e vai fazendoconforme a receita que entra.Portanto no h dvidas. o nor-mal funcionamento de uma donade casa, que no pode comprarmais do que aquilo que tem co-mo receita. P.P.

    Carlos Martins quer terminar requalificao da capela de S. Pantaleo

    Dia 25Festas de S. Cristvo e S. Pantaleo,no Muro21 horas: Missa e sermo em honrade Santiago, na Igreja matriz de San-tiago de Bougado22.30 horas: Atuao do conjunto mu-sical A Rapaziada, no Souto da Lagoa

    Dia 2621.30 horas: Mostra de msica mo-derna, no bar da comisso de festasSenhora das Dores22 horas: Atuao de Mrcia Azeve-do, no Souto da Lagoa22.30 horas: Atuao das Marchasde S. Pedro da Maganha, no Souto daLagoa

    Dia 27Festas de S. Cristvo e S. Pantaleo,no Muro16.30 horas: Apresentao do can-didato pelo PSD/CDS-PP Unio dasFreguesias de S. Romo e S. Mamededo Coronado17 horas: Trofense-Unio18 horas: Apresentao do candida-to pelo CDU Unio das Freguesias deAlvarelhos e Guides e os candidatosda freguesia Cmara e AssembleiaMunicipal da Trofa, na Casa Lopes, emGuides20 horas: Missa e bno do altar daCapela de S. Pantaleo, no Muro21.30 horas: Festival de folclore doRancho Etnogrfico de Santiago deBougado, no Souto da Lagoa

    Dia 28Festas de S. Cristvo e S. Pantaleo,no Muro9 horas: Caminhada Rota das HortasBiolgicas, partida do Parque Dr LimaCarneiro9.30 horas: Caminhada de solidarie-dade, em Covelas10-19 horas: Feira da Sade, em S.Mamede do Coronado17.30 horas: Adorao, procisso ebno do Santssimo Sacramento,na igreja matriz21.30 horas: Final do concurso deFado Amador, no bar da comisso defestas Senhora das Dores

    Dia 25Farmcia Nova

    Dia 26Farmcia Moreira Padro

    Dia 27Farmcia de Ribeiro

    Dia 28Farmcia Trofense

    Dia 29Farmcia Barreto

    Dia 30Farmcia Nova

    Dia 31Farmcia Moreira Padro

    Dia 01 de agostoFarmcia de Ribeiro

  • www.onoticiasdatrofa.pt25 de julho de 2013 Atualidade3

    Ctia Velosocatia@onoticiasdatrofa.pt

    Hugo Correia salvou umamulher de 71 anos ao saltarpara o Rio Ave, em S. Marti-nho de Bougado.

    O dia 18 de julho de 2013 vaificar para sempre marcado namemria de Hugo Correia. O bom-beiro um dos novos heris dacorporao da Trofa, depois de terresgatado uma idosa do Rio Ave.Cerca das 10.10 horas, chegou oalerta para um cad