edição - 138

Download Edição - 138

Post on 31-Jul-2016

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

TRANSCRIPT

  • Treze veculos so roubados ou furtados por dia na regio oeste

    estatstica

    poltica> Pgina 4 e 5

    Deputados usam recesso para articular

    nos municpios

    Joo Paulo busca aliana com o PMDB

    para fortalecer candidatura

    em 2012

    Dados divulgados nesta se-mana pela Secretaria de Segu-rana Pblica apontaram que 13,6 veculos foram roubados ou furtados por dia nas cidades de Barueri, Cotia, Itapevi, Osasco e Santana de Parnaba, no primei-ro semestre deste ano. O nmero representa um aumento de 2,5% em relao ao mesmo perodo de 2010. Em Osasco, 9,6 carros foram levados diariamente. Em Cotia, os delitos aumentaram 7% no perodo. Em Barueri, San-tana de Parnaba e Itapevi, o n-mero de roubos e furtos caiu. A queda mais expressiva foi anota-da em Parnaba, onde os delitos caram 48,7%. Pgina 7At 2013, prefeitura da cidade quer

    implantar uma usina de tratamento de resduos slidos urbanos para a produ-o de energia eltrica a partir do pro-cessamento do lixo orgnico. O local ser viabilizado por meio de Parceria Pblico Privada (PPP).

    reciclagem Pgina 6

    Fo

    To

    s: A

    Nd

    er

    soN

    Alv

    es

    - Ar

    qu

    ivo

    Gir

    o s

    /A

    WilliAm CAmArGo - Giro s/A

    em Barueri, lixo orgnico vai virar energia limpa

    Governo estuda cobrana por quilmetro rodado

    Casos de dengue aumentam 170% no semestre

    pedgio> Pgina 8

    regio> Pgina 10

    ensino> Pgina 10 nova casa> Pgina 8 barueri> Pgina 8

    cotia> Pgina 10

    Publisher: Cludia Azevedo

    www.girosa.com.br

    Ano III - n 138Sexta-feira, 29 de julho de 2011

    simba ser transferido para abrigo em Cotia

    shoppings tero assentos preferenciais

    Fase de testes comear em rodovias do interior

    BarueriSantana De ParnaBa

    alPhaville | taMBoralDeia Da Serra

    CotiaGranJa viana

    oSaSCoSo FranCiSCo | aDalGiSavila yara | vila CaMPeSinaParque Continental

    itaPevi

    BarueriSantana De ParnaBa

    alPhaville | taMBoralDeia Da Serra

    CotiaGranJa viana

    oSaSCoSo FranCiSCo | aDalGiSavila yara | vila CaMPeSinaParque Continental

    itaPevi

    autos> Pgina14

    mercedes G55 AmG: tradioe estilo

    PArAmouNT PiCTures BrAsiledsoN kumAsAkAdivulGAo ANimA

    div

    ulG

    A

    o

    Anima mundi, teatro no sesc osasco e Capito Amrica agitam fim de semana

    weekend e cinema> Pginas 12 e 13

    Equipes em Barueri: na cidade contaminao caiu 20,6% no perodo

    Governador confirma quarta faixa na raposoTavares

    osasco ganha segunda unidade do Ceu

    Fo

    To

    s: d

    ivu

    lGA

    o

  • A corrupo no Brasil aumentou porque passou a ter mais controles ou passou a ter mais con-troles porque aumentou? A resposta no provoca tantas dvidas quanto o teorema do biscoito en-caixado naquele intrigan-te comercial de TV de me-ados dos anos 80: Vende mais porque fresquinho ou fresquinho porque-vende mais?. A profuso de casos de corrupo, que se espraiam pelos espaos miditicos, no deixa dvidas: para 64% dos brasileiros, a praga alargou-se. Se a questo posta para autoridades, a resposta outra: nunca a corrupo foi to com-batida como hoje e, gra-as aos mecanismos de controle, tem diminudo. Sua visibilidade gran-de porque o momento de muita transparncia. Nenhum governo aceita a pecha de compactuar com as teias de corrup-o que se formam nos pores da administrao pblica. A transparncia e a faxina em frentes mi-nisteriais, com o desliga-mento de pessoas envol-vidas em denncias de corrupo, nos moldes-que a presidente Dilma Rousseff adota (demitiu 17 do Ministrio dos-Transportes), ajudam o governo a caminhar na via da moralizao, mas sugerem que a adminis-trao federal como um imenso queijo suo, exi-bindo buracos por todos os lados.

    A observao aponta para a seguinte hiptese: os buracos esconde mil-citos em graus variados. Entendida como com-portamento de autorida-des que se desviam das normas a fim de servir a interesses particula-res, a corrupo revela a existncia de frgil ins-titucionalizao poltica. Vende-se algo pblico por um ganho particular. evidente que tal moldu-ra pode ser estreitada ou alargada nas carpintarias dos governos. Como sabido, estes trabalham com uma das mos no balco da poltica. Go-vernantes compem as estruturas da mquina com quadros e perfis que lhes deram apoio e com eles chegaram ao poder. A se localiza o primeiro rolamento da engrena-gem disfuncional. Parcela substantiva dos corpos-funcionais age de acordo com interesses grupais (atendendo a demandas de partidos que integram) ou mesmo individuais.O Estado moderno contribui, sim, para a expanso da corrupo, na esteira da criao de fontes de riqueza e poder, ascenso de grupos, sur-gimento de novas classes, estruturao de fontes de recursos e expanso de possibilidades. Os surtos de modernizao social e econmica implicam mudanas profundas na vida poltica. Da se infe-rir que a corrupo, aqui, na Europa ou nos EUA,

    era bem menor h um sculo. Interessante ob-servar que os sistemas de controle tambm se mul-tiplicaram. Entre ns, os conjuntos formados para apurar e mapear desvios- Ministrio Pblico, Tribu-nais de Contas da Unio e dos Estados, Advocacia--Geral da Unio (AGU), Controladoria-Geral da Unio, Polcia Federal,etc. - tm sido atentos e proa-tivos. Dispomos tambm de um conjunto de agn-cias reguladoras, cuja funo precpua esta-belecer diretrizes para atuao dos ncleos que cuidam de servios pbli-cos essenciais. No raro, porm, tais mecanismos so impregnados de molas politiqueiras (nomes in-dicados por partidos)que abrem os dutos da ilicitu-de. Aduz-se que, ao usar ferramentas tecnolgicas nas planilhas dos contra-tos, corruptos e corrupto-res acabam saindo do foco das lupas e estendendo seu imprio em plena era da transparncia.H outros fatores que incrementam a corrup-o. A burocracia, por exemplo. Estudo da Fiesp apontou a carga burocr-tica como fator negativo para a competitividade nacional, calculando que gera um custo anual de R$ 46,3 bilhes. E, como se sabe, ela jeitinho de espertos e oportunis-tas para engabelar no s os incautos, mas os precavidos. Como co-bra de muitas cabeas, a

    Onde encontrar oDistribuio gratuita s sextas-feiras | 30 mil exemplaresNos princpais semforos, centros empresariais e comerciais de Barueri e Santana de Parnaba (Alphaville, Tambor, Aldeia da Serra), Cotia (Granja Viana), Osasco (So Francisco, Parque dos Prncipes, Parque Continental, Vila Yara, Adalgisa, Campesina, Jd. Guadalupe) e Itapevi, alm de orgos pblicos, bancas, restaurantes, cafs, padarias, postos de combustvel, shoppings centers, escolas, faculdades e outros.

    Diretor Executivo: J. C. Rocha | Publisher: Cludia Azevedo Editora-chefe: Graziela Costa MTB 26268 [jornalismo@girosa.com.br] | Editor de Arte: Anderson Novais | Departamento Comercial: comercial@girosa.com.br - Rua Joo Ramanho, n 512, Osasco - CEP - 06230-030 - Tel. 4208-3777. | Verso on-line na ntegra a partir da zero hora de sexta-feira. www.girosa.com.br | Impresso: Atlntica Grfica e Editora. O Giro S/A uma publicao semanal da Editora Alphasete & Comunicao Ltda. | Tiragem: 30 mil exemplares.

    No ranking das falcatruas

    E-mail da redao: jornalismo@girosa.com.br

    2Sexta-feira, 29 de julho de 2011

    agendas/a

    entreaspas

    Esto abertas as inscries para o curso de extenso Informtica na Terceira Idade do Unifieo. Informaes 3651.9924.

    No dia 31, s 13h, acontece o programa Samba na Praa, no bulevar de Barueri. Evento ao ar livre, conta com praa de alimentao. Gratuito. Avenida 26 de maro 1500.

    De 1 a 12 de agosto, a secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente de Barueri recebe as inscries para o curso Fundamentos da Natureza. Informaes 4199-1500.

    No sbado (30), s 10h, o Alphaville Tnis Clube (ATC) inaugura a nova pista de Skate. O evento ter apresentao de skatistas profissionais.

    De 9 a 11 e 13 de agosto, os enlogos Enrique Tirado, Jorge Lucki, Jos Alberto Zuccard e Manuel Beleza Chicau daro palestras durante a programao de Dia dos Pais no

    cenrio urbano

    A ideia criar uma seleo de atletas e apoi-los durante a transio da categoria juvenil para a profissional, a partir dos 12 anos. Esse dinheiro ser investido em mo de obra, viagens, salrios e alimentao, GuStavo KuerteN, GuGa, ex-teNiSta, Na quiNta-feira (28), Sobre oS r$ 2 milheS que o GoverNo federal vai iNveStir Na formao de teNiStaS de alto reNdimeNto para prepar-loS para aS olimpadaS de 2016, No rio

    No Natal vai ter muito tablet barato e em todas as opes para o consumidor. Acho que ns vamos ter um belo momento na indstria da computao no pas, aloizio mercadaNte, miNiStro da ciNcia e tecNoloGia, Na quiNta-feira (28), Sobre a produo de tabletS No braSil que Ser comercializado com preo 20% meNor a partir de Setembro

    Shopping Iguatemi Alphaville.

    At o dia 26 de agosto, a Prefeitura de Barueri recebe as inscries para o 6 Festival de Msica Estudantil de Barueri. Premiao em dinheiro. Informaes 4199-1600.

    No dia 7 de agosto, s 9h, uma solenidade marca o lanamento da Feira Atacadista de Legumes, Verduras e Flores Mulheres do Campo de Caucaia. Rua Ralf Bolli, Granja Carolina, Cotia.

    No domingo (30), a partir das 10h, acontece a 5 edio do Agita Barueri com programao esportiva, cultural e muito mais. Grtis. Avenida Exrcito Brasileiro, Jardim Aldir.

    editorialNovamente Barueri sai

    na frente ao se preparar para instalar uma usina de reaproveitamento energtico de resduos slidos para produo de energia eltrica a partir do processamento do lixo orgnico. Realizada por meio de parceria pblico privada, a iniciativa vai fazer com que a cidade deixe de gastar cerca de R$ 20 mil por ms, s com o tratamento do lixo orgnico que depositado em aterro particular em Santana de Parnaba (leia mais em matria na pgina 6).

    Que o Meio Ambiente uma