do arquivo da casa de boamense ao arquivo arquiv ... do arquivo da casa de boamense ao arquivo...

Download DO ARQUIVO DA CASA DE BOAMENSE AO ARQUIVO arquiv ... DO ARQUIVO DA CASA DE BOAMENSE AO ARQUIVO PESSOAL

If you can't read please download the document

Post on 23-Jul-2020

1 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • DO ARQUIVO DA CASA DE BOAMENSE AO ARQUIVO PESSOAL DE ALBERTO SAMPAIO

    UM OLHAR SISTÉMICO SOBRE A DOCUMENTAÇÃO

    Emília Nóvoa Faria | Arquivo Municipal Alberto Sampaio - Município de V.N. Famalicão Luísa Alvim | CIDEHUS-Universidade de Évora | Arquivo Municipal Alberto Sampaio - Município de V.N. Famalicão

    Ciclo de Conferências e Debate Arquivos de Famílias | 29 outubro 2016 Fac. Letras U. de Coimbra

  • CASA DE BOAMENSE

  • ARQUIVO PRIVADO DA CASA DE BOAMENSE

    Fundo Casa de CAPELA

    Família Dias da Costa Santo Tirso

    Fundo Casa de BOAMENSE

    Família Sampaio Vila Nova de Famalicão

    Fundo Casa Do mosteiro

    Família Baptista Carvalho Vila Nova de Famalicão

  • ARQUIVO PRIVADO DA CASA DE BOAMENSE

    Fundo

    Família Barroso Pereira Porto

    Fundo

    Família Abreu Cardoso Teixeira Guimarães

  • ARQUIVO PRIVADO DA CASA DE BOAMENSE SÉCULO XIX – INÍCIO SÉCULO XX

    ARQUIVO PRIVADO DA CASA DE BOAMENSE

    SÉCULO XXI

  • CASA DE Boamense

  • CASA DO MOSTEIRO

    De landim

  • CASA DE CAPELA

  • FAMÍLIA BARROSO PEREIRA

  • FAMÍLIA Abreu cardoso teixeira

  • ALBERTO SAMPAIO

    1841 – 1908

  • GUIMARÃES

    Vestido de baptizado de Alberto Sampaio Fotografia de José Luís Braga

    Vista de Guimarães no século XIX.

  • COIMBRA

    Pátio da Universidade de Coimbra c. 1869 Fotografia de J. Laurent. Archivo Ruiz Vernacci, Madrid

    Manifesto dos Estudantes da Universidade de Coimbra. 1862-1863 Arquivo Municipal Alberto Sampaio

  • FAMALICÃO

    Alberto Sampaio, o primeiro à esquerda, e José Sampaio, do outro lado da latada, retratados nas suas propriedades da Quinta de Boamense Arquivo Particular Casa de Boamense

  • PORTO

    Biblioteca Pública Municipal do Porto nos finais do século XIX.

    Manuscrito As Póvoas Marítimas do Norte de Portugal. Arquivo Municipal Alberto Sampaio

  • Raramente o espírito, o carácter e o

    coração se terão simultaneamente elevado

    e equilibrado num indivíduo, como se

    elevaram e equilibraram na personalidade

    de Alberto Sampaio.

    Luís de Magalhães

    Prefácio Estudos Históricos e Económicos, 1923.

  • Arquivo pessoal de Alberto Sampaio

    • 878 unidades documentais

    • compreendidas entre os anos de 1852 a 1941

    • 12 caixas

    • várias tipologias documentais

    • Disponível online em http://albertosampaio.no-ip.org/

    http://albertosampaio.no-ip.org/

  • Bibliografia (selecionada)

    Cardoso, V. F. (2013). O Arquivo da Casa das Mouras: estudo orgânico e sua representação através do Modelo Sistémico. Porto: Universidade do Porto. Dissertação de Mestrado.

    Direcção-Geral de Arquivos (2011). Orientações para a descrição arquivística. 3.ª v. Lisboa: DGARQ. Disponível em: http://act.fct.pt/wp-content/uploads/2014/05/ODA-3%C2%AA-vers%C3%A3o.pdf

    Faria, E. N. (2011). Fundo documental de Alberto Sampaio. Trabalho não publicado. Em consulta no AMAS.

    Faria, E. N.; Martins, A. org., intro., notas (2008). Cartas a Alberto Sampaio. Porto: Campo das Letras.

    Faria, E. N.; Martins, A. org., intro., notas (2009). Cartas de Alberto Sampaio. Ribeirão: Húmus.

    Faria, E. N.; Martins, A. (2012). Fotobiografia de Alberto Sampaio: A paixão das origens. Guimarães: Capital Europeia da Cultura.

    Faria, E. N. (2013). Origens Familiares de Alberto Sampaio em Guimarães. Boletim de Trabalhos Históricos 2012-2013. Arquivo Municipal Alfredo Pimenta. Série III, vol. II, p. 183-195

    Martins, A.; Faria, E. N. (2016). Alberto Sampaio em Coimbra. Da tertúlia académica à Sociedade do Raio. Letras com Vida – Literatura, Cultura e Arte. Revista do Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa , n.º 7, p. 242-279.

    http://act.fct.pt/wp-content/uploads/2014/05/ODA-3%C2%AA-vers%C3%A3o.pdf

  • Lima, L. (2015). Estratégias de classificação dos arquivos familiares e pessoais contemporâneos: o exemplo do arquivo da família Benito Maçãs. Lisboa: Universidade de Lisboa. Dissertação de mestrado.

    Ribeiro, F. (2005). Organizar e representar informação: apenas um meio para viabilizar o acesso. Revista da Faculdade de Letras. Ciências e Técnicas do Património. I Série,4, p.83-100. Disponível em: http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/4937.pdf

    Rodrigues, A. (2007). Entre o público e o privado: a génese do Arquivo do Conde da Barca (1754-1817). Braga: Universidade do Minho. Dissertação de Mestrado.

    Rosa, M. L. (2009). Problemáticas históricas e arquivísticas actuais para o estudo dos arquivos de família portugueses (Épocas Medieval e Moderna). Revista de História da Sociedade e da Cultura. 9, p. 9-42.

    Silva, A. M. (2004). Arquivos familiares e pessoais: bases científicas para aplicação do modelo sistémico e interactivo. Revista da Faculdade de Letras Ciências e Técnicas do património. I Série, vol. III, p.55-84.

    Silva, A. M.; Ribeiro, F.; Ramos, J.; Real, M. (1999). Arquivística: teoria e prática da informação. Vol. 1. Porto: Edições Afrontamento.

    Silva, A. M.; Ribeiro, F. (2002). Das "Ciências" Documentais à Ciência da Informação: ensaio epistemológico para um novo modelo curricular. Porto: Edições Afontamento.

    Ventura, M. I. (2011). O Arquivo Paço de Calheiros: uma abordagem sistémica. Porto: Universidade do Porto. Dissertação de Mestrado.

    http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/4937.pdf

  • Muito obrigada pela atenção.

    Emília Nóvoa Faria emilianovoa@vilanovadefamalicao.org

    Luísa Alvim luisaalvim@vilanovadefamalicao.org

    mailto:emilianovoa@vilanovadefamalicao.org mailto:luisaalvim@vilanovadefamalicao.org

Recommended

View more >