dietrich bonhoeffer e a dietrich bonhoeffer y la teología ...· extraídos da teologia de dietrich

Download Dietrich Bonhoeffer e a Dietrich Bonhoeffer y la teología ...· extraídos da teologia de Dietrich

Post on 19-Nov-2018

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • theol. xave. vol. 66 no. 182 jul.-dic. 2016 289-312 bogot, colombia issn 0120-3649 289

    * Artigo, de reviso. Sntese de pesquisa de ps-doutorado em Teologia realizada nos anos 2014-2015 na FAJE com apoio do PNPD-CAPES, do Ministrio da Educao do Brasil, sob orientao do professor Dr. Pe. Geraldo Luis De Mori, S.J. ** Doutor em Cincias da Religio (2000) pela Universidade Metodista de So Paulo e ps-doutor em Teologia pela Faculdade Jesuta de Filosofia e Teologia, FAJE, em Belo Horizonte (MG), Brasil, onde atua como professor associado. orcid.org/0000-0003-0472-7250. Correio eletrnico: crcaldas2009@hotmail.com

    doi: 10.11144/javeriana.tx66-182.dbtpb

    Dietrich Bonhoeffer e a teologia pblica no Brasil*

    Carlos Caldas**

    reCibido: 05-07-16. aprobado: 17-08-16

    Resumo: A teologia pblica uma das mais recentes fronteiras da investigao acadmica no saber teolgico nos ltimos anos, no Sul global e no mundo do Atlntico Norte. Um dos maiores desafios produo de uma teologia pblica quanto ao seu referencial terico. Este artigo apresenta elementos extrados da teologia de Dietrich Bonhoeffer (1906-1945), especialmente seu conceito da Igreja que est a para os outros como referencial terico para a teologia pblica no Brasil.

    Palavras-chave: Teologia pblica, estudos bonhoefferianos, Dietrich Bonhoeffer, cristologia, eclesiologia, tica.

    para citar este artculo:Caldas, Carlos. Dietrich Bonhoeffer e a teologia pblica no Brasil. Theologica Xa veriana 182 (2016): 289-312. http://dx.doi.org/10.11144/javeriana.tx66-182.dbtpb

    Dietrich Bonhoeffer y la teologa pblica en BrasilResumen: La teologa pblica es una de las ms recientes fronteras de investigacin acadmica en el saber teolgico en los ltimos aos, en el Sur global y en el mundo del Atlntico Norte. Uno de los desafos ms grandes es la construccin de una teologa pblica que tenga que ver con su referente terico. El presente artculo ofrece elementos extrados de la teologa de Dietrich Bonhoeffer (1906-1945), especialmente su concepto de la Iglesia que est ah para los otros como un referente terico para la teologa pblica en Brasil.Palabras clave: Teologa pblica, estu-dios bonhoefferianos, Dietrich Bonhoeffer, cristologa, eclesiologa, tica.

    Dietrich Bonhoef fer and Public Theology in BrazilAbstract: Public Theology is one of the most recent frontiers of academic research in the theological field in the last few years, in the Global South and in the North Atlantic world. One of the main challenges to the development of such Theology has to do with its theoretical framework. This article presents elements taken from the Theology of Dietrich Bonhoeffer (1906-1945), especially his concept of the Church that is there for others as a theoretical framework for a public Theology in Brazil. Key Words: Public Theology, Bon-hoefferian Studies, Dietrich Bonhoeffer, Christo lo gy, Ecclesiology, Ethics.

  • dietrich bonhoeffer e a teologia pblica no brasil carlos caldas290

    Introduo Em busca de uma definio de teologia pblica

    Teologia pblica um conceito que nos ltimos poucos anos tem sido muito usado no Bra sil. De fato, pode-se dizer que uma oxigenao na maneira de produzir teologia. Apre sentar-se- breve histria do conceito, que, diga-se de passagem, plurvoco. No houve nem h pelo menos por enquanto consenso quanto ao que exatamente se tem em mente quando se diz teologia pblica.

    Por esse motivo o telogo Harold Breitenberg Junior publicou artigo com t tulo que revela ironia fina, bom humor, e o reconhecimento de uma ausncia de de finio nica do termo no atual status questionis da teologia pblica em termos globais: To Tell the Truth: Will the Real Public Theology Please Stand Up?1 (Para dizer a verdade: a verdadeira teologia pblica pode se colocar de p por favor?). O as pecto quase jocoso presente no ttulo da reflexo de Breitenberg indicativo de que teo logia pblica conceito ainda aberto, em construo. Isto em si no se constitui em nenhum demrito.

    Apenas pessoas identificadas com uma mentalidade fundamentalista, ra cio-nalistas ao extremo, apegadas a certezas e verdades absolutas, que adotam com falsa tran quilidade uma velha opinio formada sobre tudo, que no abrem possibilidade para a dvida de qualquer natureza, vero algo negativo neste aspecto (por enquanto) ina cabado da reflexo em torno da teologia pblica, no Brasil e no mundo. A teologia p blica reflexo no caminho2, produzida por criaturas humanas que so (por en-quanto) incompletas e inacabadas.

    Ao comentar sobre a falta de consenso a respeito do tema da teologia pblica, Ru dolf Von Sinner, telogo suo-germano radicado no Brasil, cita Dirk Smit, telogo re formado sul-africano3, que aponta para seis narrativas de origem da expresso:

    1 Breitenberg, To Tell the Truth: Will the Real Public Theology Please Stand Up?2 A expresso Reflexes no caminho dava ttulo a cadernos com as principais falas e comunicaes apresentadas nos simpsios do Centro Evanglico Brasileiro de Estudos Pastorais,CEBEP, brao nacional do Centro Evanglico Latino-Americano de Estudos Pastorais,CELEP, muito ativo entre crculos de pas-tores e telogos protestantes brasileiros comprometidos com uma teologia evanglica, mas esclarecida, aberta, progressista e no fundamentalista no fim dos anos de 1970 e em toda a dcada de 1980 no Brasil. O uso da palavra caminho resgata expresso de origem bblica, isto , a designao que os primeiros se guidores de Jesus receberam, conforme o relato do livro de Atos (9.2; 19.9, 23; 22.4; 24.14, 22), e faz lem brar que ainda no chegamos l, ainda no chegamos ao nosso destino...3 Dirk Smit (n. 1951) telogo sistemtico de tradio reformada, professor na Faculdade de Teologia da Universidade de Stellenbosch na frica do Sul. Escritor prolfico, a maioria de suas obras foi produzida em afrikaans, sua lngua natal. Mas em ingls destaca-se como de interesse para o presente artigo Essays in Public Theology (2007).

  • theol. xave. vol. 66 no. 182 jul.-dic. 2016 289-312 bogot, colombia issn 0120-3649 291

    1. Um artigo, que se tornou clssico, de Martin Marty a respeito de Reinhold Niebuhr publicado em 1974 no qual Marty afirma que Niebuhr teria ofe re-cido um paradigma para uma teologia pblica4. Refletindo o contexto esta-du nidense, Marty entende teologia pblica como discurso teologicamente informado de natureza tica, disponvel e aberto para todos.

    2. Nesta mesma poca David Tracy, telogo catlico de Chicago publica um texto sobre a teologia como sendo discurso pblico5.

    3. A ffentliche Theologie (teologia pblica) no contexto alemo, defendida entre outros por Wolfgang Huber, bispo luterano alemo, em um contexto no qual as igrejas territoriais alems so de direito pblico

    4. As teologias que tratam de lutas pblicas, como a teologia da libertao latino-ame ricana, teologia negra, teologia feminista, teologia kairos (na frica do Sul) na verdade, tratam-se de teologias polticas, englobadas sob a rubrica de teologia pblica, que neste caso funciona como um termo guarda-chuva.

    5. A teologia do movimento ecumnico que, conquanto no denominar-se p-blica, trata de questes pblicas, como globalizao e justia.

    6. A teologia que trata do retorno de questes religiosas esfera pblica, tema tra tado por estudiosos como o socilogo da religio espanhol Jos Casanova e pelo historiador e socilogo britnico Philip Jenkins. Smit conclui: no h uma disciplina nova e normativa de teologia pblica, h apenas momentos his tricos de teologia pblica, instrutivos e inspiradores precisamente em sua singularidade6.

    O que se conclui das seis narrativas citadas por Smit que, a despeito de evi-den tes diferenas contextuais dos Estados Unidos frica do Sul ps-apartheid passando pela Alemanha e pela teologia da libertao latino-americana, e a despeito de diferenas epistemolgicas no aparato terico-metodolgico utilizado no proce sso de construo de cada uma destas distintas elaboraes teolgicas, sempre h o olhar para a teologia como voltada para o cho onde pisamos, para as lutas concretas da vida, no raro para situaes de limite, e no apenas para questes tericas ou conceituais.

    Sendo a teologia pblica contextual, h de variar de contexto para contexto, porque os contextos mudam. O que no muda a disposio de olhar para a vida pelo pris ma da teologia crist. Definir dar fim de maneira unvoca teologia pblica

    4 Marty, Public Theology and the American Experience, 332-359.5 Tracy, Theology as Public Discourse, 280-284; Idem, A imaginao analgica. A teologia crist e a cul tura do pluralismo. 6 Von Sinner, Teologia Pblica no Brasil: um primeiro balano, 21-24.

  • dietrich bonhoeffer e a teologia pblica no brasil carlos caldas292

    tarefa virtualmente impossvel, pelo dado fenomenolgico que os contextos vivenciais mudam. As seis narrativas citadas por Smit apontam para uma convergncia entre teo logia e tica, entre f e vida, entre reflexo e prxis. J se encontra consagrada pelo uso uma diviso clara e ntida entre teologia e tica como campos distintos do saber teo lgico. A teologia pblica procura superar este distanciamento.

    Neste sentido, possvel afirmar que a teologia pblica se faz em um crculo her menutico diferente do utilizado na construo de outras correntes de tradio teolgica. Todavia, h que se observar que esta busca por convergncia entre teologia e tica no patrimnio exclusivo da teologia pblica. A teologia da libertao latino-ame ricana, por volta do mesmo perodo em que Marty e Tracy utilizaram a expresso teo logia pblica pela primeira vez nos Estados Unidos, no utilizava a expresso, mas efetivamente propunha uma unio entre teologia e tica.

    Em sntese: teologia pblica teologia em construo. No seria arriscado nem exagerado afirmar que ainda est longe de um consenso entre seus proponentes quanto a como exatamente defini-la, e de igual maneira, quanto ao referencial terico que lhe sirva como balizamento hermenutic