deus enviou um profeta! vocÊ o acolheu? este livro às minhas famílias que com muito carinho ......

Download DEUS ENVIOU UM PROFETA! VOCÊ O ACOLHEU? este livro às minhas famílias que com muito carinho ... Biografia

Post on 10-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Gilberto ngelo Begiato

    DEUS ENVIOU UM PROFETA!

    VOC O ACOLHEU?

    Comunidade Bom Pastor

  • 2

    Comunidade Acolhimento Bom Pastor Estrada Municipal do Varjo, 1641. Bairro novo Horizonte. CEP; 13.212-590 Jundia SP Fone / Fax: (11) 4582-4163 E-mail: gilberto@comunidadebompastor.com.br Jundia, Brasil, 2005

    mailto:gilberto@comunidadebompastor.com.br

  • 3

    H um conto que diz que em uma determinada cidade havia um grande sbio que ao entardecer ia at a praa da cidade e aconselhava todos os que se aproximavam dele com palavras de sabedoria.

    O povo da cidade o amava com exceo de um jovem que tinha profunda inveja do sbio e que possua um esprito muito ruim, ento este jovem pensou consigo:

    Vou desmascarar este sbio fazendo-o passar vergonha diante de toda a cidade, vou fazer o seguinte: irei com uma pomba atrs de mim escondida s costas e com a mo estarei segurando seu pescoo e perguntarei ao sbio o que tenho em minhas mos, ele com certeza descobrir, pois sua sabedoria e seu dom so indiscutveis, ento perguntarei novamente a ele, se a pomba est viva ou no; se ele responder que est morta eu a soltarei, se disser que est viva destroncarei seu pescoo e direi que errou.

    Chegou o entardecer e aquele jovem se aproximou da praa e olhando em direo do sbio gritou:

    Sbio o que tenho em minhas mos? O sbio respondeu ao jovem: Voc tem uma pomba O jovem, com as mos no pescoo da pomba, perguntou

    ansioso e com grande empolgao, era a hora de fazer com que o sbio passasse vergonha diante de todos.

    Mas me diga sbio, ela est viva ou morta? O sbio olhou para o jovem e com serenidade respondeu: Depende de voc Meu querido leitor e leitora a deciso entre acolher o profeta

    ou no, depende de voc!

  • 4

    DEDICAO

    Dedico este livro s minhas famlias que com muito carinho me acolheram no amor fraterno e no amor de Deus:

    Meus pais: Dona Regina e Sr Miltom (em memria). Aos meus dez irmos e irms de sangue, aos quais admiro

    muito. minha esposa Regina e minhas filhas Mariana e Juliana. Comunidade Bom Pastor. Aos fundadores da Comunidade Bom Pastor, que abdicaram

    de seus sonhos pessoais para viver o sonho de Deus: Branca, Mauro, Isabel, Carlos, Celso, Rita e Regina.

  • 5

    SUMRIO

    Prefcio..................................................................... 06 Introduo................................................................. 09 O profeta................................................................... 12 O profeta da casa..................................................... 22 Profetas desconhecidos.......................................... 40 Profeta acolhedor..................................................... 50 Existe um profeta em sua comunidade.................... 61 Voc o reconheceria hoje?....................................... 73 O Local de Deus....................................................... 81 Profetas mrtires...................................................... 100 O excesso de acohimento........................................ 123 Eu desejo acolher..................................................... 131 Bibliografia................................................................ 136 Biografia.................................................................... 137

  • 6

    PREFCIO

    ... qualquer arma forjada contra ti, ver-se- destinada ao

    insucesso,

    na justia ganhars causa de qualquer lngua que quiser

    acusar-te.

    Tal o apangio dos Servos do Senhor,

    tal o triunfo que lhes reservo, diz o Senhor.

    Esta citao bblica encontra-se no livro do profeta Isaas

    (Is. 54, 17).

    Profeta verdadeiro aquele que fala segundo a vontade de

    Deus; no novidade lermos algo sobre profetas ou principalmente

    sobre os falsos profetas, sobre aqueles que profetizam em nome

    prprio e segundo idias e objetivos pessoais.

    Fazemos discursos sobre aqueles, que segundo nossa

    opinio e em alguns casos reais, enganam e manipulam as

    pessoas com suas falsas profecias. Buscamos nos preparar para

    reconhecermos um falso profeta, todavia no nos preparamos para

    receber um verdadeiro profeta.

    Nem sempre nossa vontade vontade de Deus, ao ouvirmos

    o que no nos agrada imediatamente sofremos a tendncia de

    ignorarmos ou procurarmos quem possa dizer aquilo que realmente

    desejamos ouvir.

  • 7

    Historicamente um profeta raramente bem recebido, assim

    como se observarmos todos aqueles, que se fazem profetas (por

    convenincia) so constantemente adorados.

    Este livro nos apresenta um profundo questionamento e

    intensas reflexes sobre o acolhimento ao profeta enviado por

    Deus.

    Esta obra merece um olhar atento, pois nos estimula a

    amarmos a Palavra de Deus dita da boca de um profeta, alm de

    mostrar que Deus no envia um profeta segundo os paradigmas e

    padres da sociedade. Ele envia aqueles que muitas vezes so

    vistos como os menores e os mais simples.

    Que cada linha possa lev-lo (a) caro (a) leitor (a) h um

    mergulho nos ensinamentos inspirados por Deus atravs de todos

    os profetas que passaram pela histria da humanidade. Entre

    aqueles que falaram mesmo quando todos tentavam cal-los, entre

    aqueles que mesmo sendo fracos e pequenos mantiveram viva a

    Palavra de Deus.

    Acredito que este livro a voz de Deus atravs de um

    profeta escolhido por Ele.

    com muito amor que prefacio esta obra, que tocou

    intensamente meu corao, primeiro por conhecer a ndole e

    respeitar profundamente o autor, em segundo por acreditar que

    cada captulo far com que todos os que corajosamente desejarem

  • 8

    compreender que Deus constantemente nos fala, podero

    conhecer pouco a pouco uma das maneiras que Ele tem de a ns

    falar.

    Slvia Regina Siqueira

  • 9

    INTRODUO

    No sei se o caro leitor est tendo um primeiro contato com

    este livro por curiosidade ou se neste momento j teve algum que

    o indicou a voc.

    De qualquer forma louvo a sua coragem j que o ttulo do

    livro vem com um questionamento forte e provocativo.

    Quero poder atravs deste livro, ir ao encontro de suas

    expectativas atendendo de alguma forma os anseios que o levaram

    a leitura deste.

    Porm como o prprio ttulo lembra, estamos falando do

    profeta e como msero profeta, funo que recebi no meu batismo,

    falar o que Deus me pede e no o que agrada ao leitor.

    Mas tenho a certeza que se estiver de acordo com Deus s

    palavras deste livro nos levaro a uma converso, pois a falta de

    acolhimento aos nossos profetas s vezes ultrapassa o bom senso.

    No sou um escritor conhecido e provavelmente no serei

    aps este livro j que minhas pretenses no momento so escrever

    algo que sinto Deus me ordenando.

    No sei se estas pobres linhas chegaro s mos de

    algum, pois o custo para lanar um livro chega a ser alto demais.

    Mas o fato de voc estar lendo estas linhas, acredito ter

    alcanado o que parecia inalcanvel.

  • 10

    Por mais alto que parea esta misso ou desafio, tenho a

    certeza de que Deus sempre maior.

    Todo profeta denunciador e anunciador e

    conseqentemente acaba sendo polmico e mal entendido. No

    tenho medo das conseqncias deste, como j disse espero estar

    cumprindo com a vontade de Deus.

    Meu caro leitor que Deus possa estar falando com voc

    sendo profeta ou no e que possa estar lhe abenoando com todas

    as bnos do cu.

    Todos sem exceo j deixaram de receber um profeta em

    sua comunidade, pois o profeta verdadeiro acaba sendo justamente

    os que passam despercebidos ou mal entendidos.

    Caro leitor que estas poucas linhas possam levar voc a um

    amor maior s pessoas que encontram em sua comunidade a fim

    de que no acontea o que aconteceu aos profetas da bblia.

    Ento Jesus props-lhes esta parbola: Um homem

    plantou uma vinha, arrendou-a a vinhateiros e ausentou-se por

    muito tempo para uma terra estranha. No tempo da colheita enviou

    um servo aos vinhateiros para que lhe dessem do produto da vinha.

    Estes o feriram e o reenviaram de mos vazias. Tornou a enviar

    outro servo; eles feriram tambm a este, ultrajaram-no e

    despediram-no sem coisa alguma. Tornou a enviar um terceiro;

    feriram tambm este e expulsaram-no. Disse ento o senhor da

    vinha: Que farei? Mandarei meu filho amado; talvez o respeitaro.

  • 11

    Vendo-o, porm, os vinhateiros discorriam entre si e diziam: Este

    o herdeiro; matemo-lo, para que se torne nossa herana. E

    lanaram-no fora da vinha e mataram-no. Que lhes far, pois o

    dono da vinha? Vir e exterminar estes vinhateiros e dar a vinha

    a outros . Lc. 20,9-16

  • 12

    O PROFETA

    Em hebraico a denominao corrente do profeta era nabi. A

    origem do vocbulo incerta; com toda a probabilidade quer dizer

    o que chamado.

    Na setenta (LXX) nabi se traduz sempre por prophetes. A

    palavra vem do verbo phemi dizer, falar mais o prefixo pro.

    Este pro no temporal (predizer), mas substitutivo (falar em lugar

    de, em nome de).

    O profeta um porta-voz, um arauto, algum que fala em

    nome de Deus; algum chamado por Deus para ser seu porta-

    voz.

    O rei herdava o trono, o sacerdote originrio da tribo de

    Levi, mas os profetas eram chamados e escolhidos diretame