determinação do tipo de papillomavirus humano (hpv) em ... ?· mama submetidas a cirurgia com...

Download Determinação do tipo de Papillomavirus humano (HPV) em ... ?· mama submetidas a cirurgia com avaliação…

Post on 29-Dec-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

1

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

FACULDADE DE CINCIAS MDICAS

Carla Cristina Carvalho Celestrino Arca

PERFIL DE PACIENTES SUBMETIDAS A LINFONODECTOMIA AXILAR POR PRESENA DE LINFONODO SENTINELA POSITIVO EM TRATAMENTO DE CARCINOMA DE MAMA SRIE DE CASOS E ASSOCIAO COM FATORES DE RISCO

TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO

RESIDNCIA MDICA EM TOCOGINECOLOGIA

2017

2

Pesquisador principal:

Carla Cristina Carvalho Celestrino Arca; RG 43444509-5; CPF 365339578-05

Mdica Residente de Tocoginecologia, FCM - Unicamp

Telefone: 19 99745-3618

Endereo eletrnico: carlacelestrino@gmail.com

http://lattes.cnpq.br/2285147226953734

Orientador:

Cassio Cardoso Filho, RG 24420636-3, CPF 275675608-36

Professor Doutor I DTG/FCM/UNICAMP

Telefone: 19 3521-9305

Endereo eletrnico: ccf@unicamp.br

http://lattes.cnpq.br/7317745836035500

3

RESUMO

Introduo: At a dcada de 1990, as pacientes submetidas cirurgia para

cncer de mama precisavam fazer o esvaziamento axilar completo. A partir de

2000, as mulheres com axilas clinicamente negativas puderam ser submetidas

bipsia de linfonodo sentinela, ou seja, resseco de um ou dois linfonodos para

os quais mais provvel a metstase linftica, caso ela ocorra. O procedimento

relacionado a menor dano s estruturas nervosas, menor ndice de infeco,

menor dor ps-operatria e menores taxas de linfedema. Objetivos: descrever as

caractersticas clnicas e antomo-patolgicas de pacientes com cncer de mama

submetidas bipsia de linfonodo sentinela e que, posteriormente, necessitaram

de axilectomia. Sujeitos e mtodos: Pacientes com cncer de mama que foram

admitidas para axilectomia aps bipsia de linfonodo sentinela entre 1998 e 2016

(N= 100). Resultados: a mdia de idade foi de 52 anos, 83% das pacientes eram

brancas, 46 mulheres encontravam-se na pr-menopausa, 69% apresentavam

IMC > 30, 76% das pacientes apresentavam-se no estdio II, 86% dos tumores

eram luminais, dois linfonodos sentinelas em mdia foram dissecados. Na

linfonodectomia axilar subsequente, com mdia de 15 linfonodos dissecados, 61%

dos casos eram negativos, e dos casos positivos, a mdia foi de trs linfonodos

acometidos; destes, 90% das pacientes apresentavam de 0 a 2 linfonodos

acometidos. Concluso: A segurana de que em aproximadamente 90% dos

casos o acometimento linfonodal mnimo e no necessitaria de uma abordagem

linfonodal mais extensa garante menos sequelas ps-operatrias como linfedemas

e limitaes funcionais, permitindo melhor qualidade de vida s pacientes.

4

Sumrio

1 - INTRODUO ...................................................................................................................... 5

2 - JUSTIFICATIVA ..................................................................................................................... 6

3 OBJETIVOS .......................................................................................................................... 7

4 - SUJEITOS E MTODOS .......................................................................................................... 7

5 - RESULTADOS ....................................................................................................................... 8

6 - DISCUSSO ........................................................................................................................ 10

7 - CONCLUSO ...................................................................................................................... 11

8 - REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS ........................................................................................... 12

9 - ANEXOS ............................................................................................................................. 14

5

1 - INTRODUO

Dentre todas as neoplasias que acometem as mulheres, o cncer de mama a mais

frequente, com cerca de 1,67 milhes de casos novos esperados para o ano de 2012 em todo

o mundo, o que representa 25% de todos os tipos de cncer diagnosticados em mulheres

(WHO, 2012). No Brasil, o Instituto do Cncer estima que o nmero de casos novos de

cncer de mama em 2017 ser 57.960 (INCA, 2016).

Com o uso crescente de mtodos de rastreamento, o cncer de mama tende a ser

diagnosticado em suas fases iniciais, sendo a cirurgia conservadora da mama e a bipsia de

linfonodo sentinela axilar (KRAG et. al., 1993) opes menos agressivas e cada vez mais

indicadas para o controle locorregional da doena, com menor morbidade e melhor

qualidade de vida em relao s mastectomias radicais com esvaziamento linfonodal axilar

(PONZONE et al., 2016; ESPOSITO et al., 2016).

At recentemente havia a definio de que o encontro do linfonodo sentinela

positivo na congelao indicaria a resseco axilar completa, com risco de linfedema,

parestesias, limitaes funcionais do membro superior ipsilateral decorrentes desta

abordagem (VERONESI et al, 1997). No entanto, aps novos estudos, a veracidade desse

fato, sobretudo em pacientes selecionadas (tumores T1-T2, axilas clinicamente negativas)

tem sido questionada, levando discusso de quais pacientes se beneficiariam do

esvaziamento axilar aps o encontro de metstase em linfonodo sentinela, e em quais esta

nova abordagem poderia ser evitada (GIULIANO et al., 2010).

Em pacientes com axila clinicamente negativa, a possibilidade de se avaliar o status

axilar a partir da resseco do linfonodo sentinela e sua congelao tornou a cirurgia mais

rpida e mais segura, sendo que cada vez menos mulheres so submetidas ao esvaziamento

axilar medida que se evoluem os estudos a respeito da segurana oncolgica em termos

da sobrevida livre de doena e sobrevida global (GIULIANO et al., 2016), alm da

recorrncia axilar (ERB et al., 2010). Hoje sabemos que pacientes selecionadas com doena

micrometasttica (GALIMBERTI et al., 2013) e comprometimento tumoral de pequeno

nmero de linfonodos sentinela ou parassentinelas (NAIDOO & PINDER, 2016) podem ser

poupadas do esvaziamento axilar sem prejuzo estatisticamente significante para sua

6

sobrevida e taxa de recorrncia, inclusive com potenciais aplicaes desta conduta

conservadora em axilas que negativam aps quimioterapia neoadjuvante (GALIMBERTI et

al., 2017).

Identificar os subgrupos de pacientes que se beneficiariam de condutas mais

conservadoras em relao abordagem linfonodal axilar com base em caractersticas

epidemiolgicas das pacientes e em caractersticas clnicas tumorais permanecem um alvo a

ser investigado. Por exemplo, so citados como fatores de risco para a positividade do

linfonodo sentinela: tamanho do tumor, grau histolgico, multifocalidade, status dos

receptores hormonais e invaso linfovascular (QIU et al., 2012).

Dessa forma, este estudo visa descrever, em nossa populao de pacientes com

cncer de mama em que se fazia rotineiramente a linfonodectomia axilar completa aps a

bipsia de linfonodo sentinela, quais os potenciais fatores associados com o acometimento

linfonodal subsequente, e quais pacientes poderiam ter tido uma conduta mais conservadora

na abordagem cirrgica.

2 - JUSTIFICATIVA

A cada ano, o cncer de mama causa de bito de aproximadamente 500 mil

mulheres em todo o mundo. Sua deteco precoce aumenta as chances de diagnstico em

estgios iniciais, com possibilidade de cirurgias menos mutiladoras. A tcnica da bipsia do

linfonodo sentinela aplicada avaliao do status axilar em pacientes com cncer de mama

permite evitar as morbidades decorrentes de uma linfonodectomia completa.

Outrossim, o estudo apresentado contribuir na descrio dos fatores clnicos e

antomo-patolgicos encontrados nesta populao de pacientes com indicao de toilete

axilar completa.

7

3 OBJETIVOS

3.1 - OBJETIVO GERAL

Descrever as caractersticas clnicas e antomo-patolgicas encontradas em

pacientes tratadas cirurgicamente por cncer de mama submetidas a

disseco linfonodal completa axilar aps linfonodo sentinela positivo

3.2 - OBJETIVOS ESPECFICOS

Avaliar as caractersticas clnicas das pacientes tratadas cirurgicamente por

cncer de mama submetidas a axilectomia aps linfonodo sentinela positivo

Correlacionar as avaliaes histopatolgicas dos espcimes cirrgicos aps

disseco axilar completa aps bipsia de linfonodo sentinela, visando

identificar perfis tumorais em que a linfonodectomia axilar fosse evitvel

4 - SUJEITOS E MTODOS

Trata-se de uma srie de 100 mulheres consecutivamente atendidas com cncer de

mama submetidas a cirurgia com avaliao linfonodal atravs da tcnica da bipsia de

linfonodo sentinela com resultado intraoperatrio negativo, mas positivo na avaliao em

hematoxilina-eosina ou imunohistoqumica, submetidas posteriormente a esvaziamento

linfonodal axilar completo, de janeiro de 1998 a junho de 2016.

As mulheres includas no estudo foram identificadas a partir da busca pelo termo

Axilectomia no sistema informatizado do Centro Cirrgico do Hospital da Mulher Prof.

Dr. Jos Aristodemo Pinotti Centro de Ateno Integral Sade da Mulher (CAI

Recommended

View more >