contos da mata dos medos

of 7/7
INVESTIGAMOS… “ CONTOS DA MATA DOS MEDOS” TURMA 3.4 ALAGOAS

Post on 12-Mar-2016

228 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

pesquisa a partir da obra

TRANSCRIPT

  • INVESTIGAMOS

    CONTOS DA MATA DOS MEDOS

    TURMA 3.4 ALAGOAS

  • Mata dos Medos conhecida como Pinhal do Rei e est situada na arriba fssil da Costa da Caparica concelho de Almada. Foi mandada plantar pelo rei D. Joo V para proteger o avano das areias sobre os terrenos de cultura. Em 1971 foi protegida como Reserva Botnica e em 1984 foi inserida na paisagem. Tem cerca de 338hectares, sendo constituda, na sua maior parte, por pinheiros mansos, alguns pinheiros bravos e zimbro. Est a ser ameaada pela construo de uma via rpida.

  • Chapim uma ave de pequenas dimenses, comum na Europa. Em Portugal existem cinco espcies de Chapim, sendo os mais comuns os Chapim azul e o Chapim Real.

    Alimentam-se de insectos e sementes, vivem em buracos de rvores pondo 5 a 12 ovos uma vez por ano.

    Lagarta processionria - uma lagarta colorida mas muito perigosa, que infesta os pinheiros, provoca alergias e urticrias nos humanos e pode ser mortal para alguns animais.

    Alimenta-se de flores e de folhas de rvores.

    Movem-se em procisses (da o seu nome), cada uma com a cabea colada extremidade da outra.

  • Toupeira - A toupeira um mamfero com um corpo cilndrico e alongado. A pelagem densa e aveludada de cor negra ou cinzenta escura.

    Vive debaixo da terra e por isso os seus olhos encontram-se cobertos por pele e os ouvidos tapados por plos. Tem as patas dianteiras espalmadas com 5 garras largas e fortes que ajudam a escavar os tneis subterrneos. Comprimento de 15 cm. Peso de 75- 13 g. Pelo aveludado!

    Camarinha um pequeno arbusto sempre verde, com altura inferior a 1metro. Tem folhas estreitas, verdes escuras e flores entre maro e maio, com flores masculinas e femininas que surgem na extremidade dos ramos. Produz, em Julho, um pequeno odor semelhante ao do mel.

  • Medronho o fruto da rvore chamada medronheiro. um dos frutos mais usados na produo de licores e aguardentes.

    Em Portugal, pode ser encontrado por todo o pas.

    Coelho selvagem - Animal saltitante, muito procurado por caadores, h coelhos selvagens e domsticos. um pequeno herbvoro que mede entre 35 e 50 cm e pesa entre 1,2 e 25 kg.

  • Ourio-cacheiro - O ourio-cacheiro maior insectvoro da nossa fauna, com um comprimento do corpo entre 18 e 20 cm cerca de 1 kg de peso mximo, sendo o valor mais habitual os 700g. facilmente identificado por ter o dorso coberto de espinhos longos e aguados, de cor acastanhada e com bandas escuras nas extremidades. A cauda muito pequena e as orelhas so igualmente pequenas. A cabea e a superfcie ventral so igualmente pequenas e a cabea encontra-se bem destacada do corpo. A cabea e a superfcie ventral so densamente cobertas de plos. Tem um sentido de viso pouco desenvolvido, ao contrrio da audio e o olfacto. Quanto sente perigo enrosca-se expondo os espinhos como armas de defesa. Hiberna entre novembro e maro. Alimenta-se sobretudo de invertebrados que encontra no solo - minhocas escaravelhos, lagartas, aranhas e lesmas embora tambm, por vezes, consuma ovos e pequenos vertebrados sapos, lagartas, crias de roedores e de aves. Tambm come peixe, at porque um excelente nadador. Consome cerca de 70 g de alimentos por noite.

  • Aroeira ou arrueira - rvore da famlia das anacardiceas. Tem galhos pendentes e produz flores brancas ou amarelas esverdeadas e os seus frutos tm um cheiro forte a pimenta. A Aroeira uma rvore quase mtica, a sua madeira muito dura. Ela dura mais de 100 anos. Esta planta est em extino, raramente se encontram aroeiras.