conteudos pav

Download conteudos PAV

Post on 03-Jul-2015

4.259 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Acelerao da Aprendizagem Projeto Acelerar para Vencer - PAV

GUIA DE ORIENTAO CURRICULAR

Contedos BsicosVERSO PRELIMINAR

ENSINO FUNDAMENTAL 6 ao 9 ANO

Secretaria de Estado de Educao de Minas Gerais Subsecretaria de Desenvolvimento da Educao Bsica Superintendncia de Educao Infantil e Fundamental Diretoria de Ensino Fundamental SEE/2009

Secretria de Estado de Educao Vanessa Guimares Pinto Subsecretria de Desenvolvimento da Educao Bsica Raquel Elizabete de Souza Santos Superintendente de Educao Infantil e Fundamental Maria das Graas Pedrosa Bittencourt Diretora de Ensino Fundamental Maria Helena Brasileiro Equipe Central Programa de Interveno Pedaggica

SUMRIO

1- Apresentao

2- Abordagem Curricular por rea de conhecimento no Projeto ................................................05

3- As reas de conhecimento e os contedos curriculares bsicos do projeto: 3.1 Linguagens e Cdigos: Lngua Portuguesa, Lngua Inglesa, Arte e Educao Fsica;............................................................................................................................................07 3.2 Cincias da Natureza e Matemtica: Matemtica e Cincias;..................................23 3.3 Cincias Humanas: Geografia, Histria e Ensino Religioso;.......................................35

4- Concluso..................................................................................................................................51

5- Bibliografia.................................................................................................................................52

6- Anexos

PROJETO ACELERAO DA APRENDIZAGEM ACELERAR PARA VENCER PAV GUIA DE ORIENTAO CURRICULAR 1 ApresentaoDando continuidade s aes do Projeto de Acelerao da Aprendizagem Acelerar para Vencer - PAV 2009, agora ampliado para toda a rede estadual o material aqui apresentado tem como objetivo oferecer aos professores que atuam neste projeto um Guia de Orientao Curricular, para auxili-los na sua tarefa cotidiana na sala de aula. Este Guia explicita os contedos bsicos que os alunos devem aprender no perodo de escolaridade do projeto e configura-se como uma proposta flexvel a ser enriquecida com o indispensvel saber do professor. Este Guia de Orientao Curricular est dividido por rea de conhecimento e ano de escolaridade e sintetiza as habilidades e competncias indispensveis de serem construdos pelos alunos para concluso do Ensino Fundamental e continuidade de seus estudos, considerando os anos de distoro idade/ano de escolaridade e a necessidade de acelerar a aprendizagem para recuperar o tempo perdido. O tratamento por reas e por contedos define o corpo dos conhecimentos e o objeto da aprendizagem, favorecendo aos alunos a construo de representaes sobre o que estudam e permitindo que os professores possam se situar dentro de um conjunto definido de contedos que pretendam que os alunos aprendam. Em sua operacionalizao devem-se propiciar oportunidades de integrao entre as disciplinas relacionando o conhecimento de modo significativo e contextualizado, tendose em vista a adequao s peculiaridades e considerando-se tanto as caractersticas sociais, culturais e econmicas, como tambm a formao de valores e atitudes. Essa iniciativa busca superar algumas dificuldades detectadas nas avaliaes e retrata o interesse desta Secretaria em desenvolver uma educao que busque sanar as lacunas da aprendizagem e melhorar o desempenho dos alunos que apresentam distoro idade/ano de escolaridade. Portanto, este no um documento fechado j que dever ser complementado e enriquecido com a experincia dos educadores.

2- A abordagem Curricular por rea de conhecimentoNa operacionalizao da Proposta curricular, as unidades de ensino do PAV, anos finais do ensino fundamental, devem considerar o que sinalizam os Parmetros Curriculares Nacionais, os Contedos Bsicos Comuns- CBC e o material didtico pedaggico especfico do Projeto. As reas propostas so as definidas pela legislao vigente. Cada rea, com seus conceitos, procedimentos, aplicaes e solues de problemas concretos, viabiliza as prprias concepes epistemolgicas e socioculturais. A flexibilidade da Lei n 9394/96-LDBEN face organizao curricular , pois, tanto momento de igualdade de oportunidades, de condies, de formao comum, quanto de pluralidade de concepes, de diversidade de situaes e de diferenas especficas. A organizao por reas, especificamente no PAV, implica em fortalecimento do plano pedaggico e exige a atuao compartilhada da coordenao pedaggica e dos professores, aumentando a comunicao e o sentido de responsabilidade pelo trabalho pedaggico coletivo.A reduo do nmero de professores em atuao nas turmas do Projeto facilita a aprendizagem e a relao afetiva Professor/Aluno. Portanto, estabelecer as snteses necessrias, a partir dos diferentes contedos, mediados pelo mesmo professor, alm de possibilitar ao aluno uma aplicabilidade mais profunda e mais ampla das aprendizagens desenvolvidas, firma-se um contato maior entre professor e aluno, fomentando o fortalecimento da relao afetiva, to importante num projeto dessa natureza.

INTEGRAO ENTRE AS DISCIPLINASA integrao entre as disciplinas e as reas deve ser efetivada com o desenvolvimento de atividades mais globalizadas, envolvendo vrias habilidades comuns e conectando conceitos e contextos, que devero estar presentes no planejamento do professor. Na definio das reas do currculo do Projeto, a partir da Matriz Curricular proposta pela Secretaria de Estado da Educao, ressalta-se a importncia de se considerar a relao indissocivel entre conhecimentos, linguagem e afetos para que a integrao se efetive. - Linguagens e Cdigos- levando em considerao que o conhecimento traduzido por sistemas significativos de expresso, a rea de Linguagem pode trabalhar com o aprofundamento dos conhecimentos de Lngua Portuguesa, de Arte, Lngua Inglesa e de Educao Fsica. - Cincias da Natureza e Matemtica- refere-se s noes e conceitos essenciais sobre fenmenos, processos, sistemas e operaes, que contribuem para a constituio de saberes, conhecimentos, valores e prticas sociais, indispensveis ao exerccio de uma vida de cidadania plena. Os Conceitos Matemticos e os Experimentais de Cincias, articulados com Artes e Educao Fsica, despertam o interesse para a pesquisa e o aprendizado, possibilitando ao professor e ao aluno o estabelecimento de um processo dialgico e uma melhor compreenso a respeito da construo do conhecimento cientfico. - Cincias Humanas- Dizem respeito a valores fundamentais ao interesse social, direitos e deveres dos cidados, envolvendo respeito ao bem comum e ordem democrtica, como fundamentos da sociedade. Podem- se integrar nesta rea os estudos de Geografia, Histria e os que objetivam a formao de atitudes, cidadania, tica nas relaes humanas como Ensino Religioso.

Organizar o estudo por rea de conhecimento, numa proposta interdisciplinar, com carter transversal, significa reunir contedos que compartilham os mesmos objetivos, bem como facilitar a comunicao e o desenvolvimento de uma prtica integradora e crtica. Esta prtica abre horizonte de compreenso ao aluno que necessita acelerar seus estudos, possibilitando seu trnsito pelos contedos cientficos de forma ativa.

3- As reas de conhecimento e os contedos curriculares bsicos do projeto:3.1 Linguagens e Cdigos: Lngua Portuguesa, Lngua Inglesa, Arte e Educao Fsica

3.1.1 Objetivos Gerais do Ensino da Lngua Portuguesa Reconhecer que h uma valorizao social da modalidade culta da lngua, isto , aquela empregada nas situaes formais de comunicao. Desenvolver habilidade de leitura e produo de textos em funo das necessidades da vida social. Desenvolver capacidade de estabelecer relaes entre os diversos textos: aspectos histricos, sociais, polticos, econmicos e culturais (ticos, estticos, afetivos). Servir-se, com propriedade, das convenes ortogrficas da lngua portuguesa.

3.1.2 Objetivos Gerais do Ensino de Arte Expressar e saber comunicar-se em arte mantendo uma atitude de busca pessoal e/ou coletiva, articulando a percepo, a imaginao, a emoo, a sensibilidade e a reflexo ao realizar a fruir produes artsticas; Interagir com materiais, instrumentos e procedimentos variados em arte (Arte visuais, Dana, Msica, Teatro), experimentando-os e conhecendoos de modo a utiliz-los nos trabalhos pessoais; Edificar uma relao de autoconfiana coma produo artstica pessoal e conhecimento esttico, respeitando a prpria produo e a dos colegas, no percurso de criao que abriga uma multiplicidade de procedimentos e solues; Compreender e saber identificar a arte como fato histrico contextualizado nas diversas culturas, conhecendo, respeitando e podendo observar as produes presentes no entorno, assim como as demais do patrimnio cultural e do universo natural, identificando a existncia de diferenas nos patres artsticos e estticos; Observar as relaes entre o homem e a realidade com interesse e curiosidade, exercitando a discusso, indagando, argumentando e apreciando arte de modo sensvel; Compreender e saber identificar aspectos da funo e dos resultados do trabalho do artista, reconhecendo, em sua prpria experincia de aprendiz, aspectos do processo percorrido pelo artista; Buscar e saber organizar informaes sobre a arte em contato com artistas, documentos, acervos nos espaos da escola e fora dela (livro, revistas, jornais, ilustraes, diapositivos, vdeos, discos, cartazes) e

acervos pblicos (museus, galerias, centros de cultura, bibliotecas, fonotecas, videotecas, cinematecas), reconhecendo e compreendendo a variedade dos produtos artsticos e concepes estticas presentes na histria das diferentes culturas e etnias.

3.1.3 Objetivos Gerais do Ensino de Educao Fsica Participar de atividades corporais, estabelecendo relaes equilibradas e construtivas com os outros, reconhecendo e respeitando caractersticas fsicas e de desempenho de si prprio e dos out