construindo #12

Download Construindo #12

Post on 29-Mar-2016

260 views

Category:

Documents

17 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Sul Competitivo.

TRANSCRIPT

  • CONSTRUINDO SANTA CATARINA 1

    Sharon Stone promove a FG Empreendimentos

    SANTA CATARINAA n o I V | N 1 2 | R $ 9 , 9 0 | E d i t o r a D e s t a q u e s C a t a r i n e n s e sCONSTRUINDORevista

    |

    Sul Competitivo:177 projetos para

    transformar a regio

    Inovao vista com a Norma 15575

    Turismo em So Francisco do Sul, onde o Brasil comeou

  • CONSTRUINDO SANTA CATARINA2

  • CONSTRUINDO SANTA CATARINA 3

  • CONSTRUINDO SANTA CATARINA4

  • CONSTRUINDO SANTA CATARINA 5

  • CONSTRUINDO SANTA CATARINA6

    Relao dos Presidentes dos Sinduscons do Estado de Santa Catarina

    Balnerio Cambori: Carlos Haacke; Blumenau: Amauri Alberto Buzzi; Brusque: Ademir Pereira; Chapec: Lenoir Broch; Crici-ma: Jair Paulo Savi; Grande Florianpolis: Helio Bairros; Itaja: Jos Carlos Santos Leal; Itapema: Joo Formento; Jaragu do Sul: Paulo Obenaus; Joinville: Marco Antonio Corsini; Lages: Albraino da Silva Brazil; Rio do Sul: Arno Nardelli; So Miguel do Oeste: Ivo Bortolossi; Tubaro: Jos Sylvio Ghisi.

    Ficha Tcnica:

    Diretor geral: Jos Chaves Conselho editorial: Jos Chaves, Sheila R. Oliveira e Hlio Csar Bairros Editor e jornalista responsvel: Dorva Rezende (DRT-RS 6220) Textos e pesquisas: Alexsandro Vanin, Beatrice Gonalves, Mateus Boing e assessorias Editor de Arte: Rodrigo Kurtz - eu@rodrigokurtz.com Produo: Elsa A. R. Matos - producao@editora-destaques.com.br Comercializao: Rosngela Rosrio - publicidade2@editoradestaques.com.br - (48) 9935-4421

    07 Palavra do PresidenteEstmulo construo com sustentabilidade08 A fora da indstria da Construo CivilO maior edifcio da Amrica do Sul16 Mercado ImobilirioSegundo semestre indica um 2013 favorvel

    22 Seja um InvestidorO que fazer em tempos de acomodao e equilbrio26 Inovao e Tecnologia Empresas se capacitam para atender Norma 1557528 Inovao e TecnologiaMisso da Fiesc no Oriente Mdio32 Cidades / PlanejamentoConstruo no centro do debate eleitoral

    37 Sul CompetitivoEstudo da Fiesc aponta as obras urgentes48 SindusconA fora do associativismo58 EventosSinduscon Oeste elege nova diretoria64 Qualidade de vidaAlimentao reforada melhora sade do trabalhador66 Atraes TursticasSo Francisco do Sul, onde o Brasil tambm comeou77 CREACatlogo Empresarial 201382 EventosCasaPronta teve 55 mil visitantes

    2008 Go Squared Ltd.

    Arrow IconsArrow Icons

    Sumrio

    Editora Destaques Catarinenses Ltda.

    Rua Manoel Loureiro, 470 | So Jos | SC | CEP 88117-330 | Fone: (48) 3246-5972 e 3258-8859

    www.construindosc.com.brwww.twitter.com/construindosc

    www.facebook.com/editoradestaques

    Estmulo construo com sustentabilidade

    FABRICON 2013

    3 feira Brasileira de Fabricantes da

    Construo Civil

    12 a 16/06/2013

    Parque Vila Germnica - Blumenau/ SC

    INTERCON 2013

    Feira e Congresso da Construo Civil

    Complexo Expoville - Joinville /SC

    02 q 05/10/2013

  • CONSTRUINDO SANTA CATARINA 7

    O crescimento do setor da constru-o civil em Brusque est direta-mente ligado a imigrao de pes-soas vindas de vrias partes do pas para a nossa cidade, em busca de trabalho nas empresas. Para atender a demanda de moradias, foi necessrio investir em no-vas construes, principalmente as ver-ticais.

    Hoje, em Brusque, esto sendo cons-trudas perto de 140 edificaes, entre prdios comerciais e residenciais. Se-gundo o Instituto Brusquense de Pla-nejamento e Mobilidade, o Ibplam, em todo o ano de 2011, foram expedidos 802 alvars, que a licena para construir (residncias, comrcios e indstrias) na cidade e, at o final deste ms, este n-mero pode chegar a 700. J os pedidos de habite-se, que a vistoria na obra para autorizar a ocupao ou no, fecharam em 528 no ano passado e, at novembro,o devem somar 500 autorizaes.

    O Sindicato da Indstria da Construo e do Mobilirio de Brusque, Guabiruba, Botuver e Nova Trento (Sinduscon), des-de que foi criado, h 21 anos, vem pas-sando por administraes cada vez mais preocupadas com a qualidade de vida dos moradores e incentivando o crescimento do setor atravs de obras sustentveis.

    Mas bom saber que uma empresa sustentvel no est relacionada apenas a projetos de economia de gua e energia, mas tambm queles que exigem estudos desde a criao do projeto, passando pela reciclagem e disposio de seus resduos e pela reduo de custos de operao e manuteno da edificao.

    Todos esses cuidados pretendem re-verter os nmeros alarmantes que envol-vem a construo civil no pas, setor que hoje consome 42% da energia disponibi-lizada, 21% da gua tratada e respon-svel por 25% da emisso de gases na atmosfera, alm de gerar de 60 a 70% do entulho no Brasil. E os gastos tambm refletem nas obras, representando entre 11% e 15% do custo total, em mdia.

    A necessidade de oferecer construes sustentveis aos clientes fez com que a indstria da construo mudasse os seus

    2008 Go Squared Ltd.

    Arrow Icons Arrow Icons

    Palavra do Presidente

    conceitos. De acordo com a ONG Green Building Council, responsvel pelo selo LEED (Leadership in Enerny and Environ-mental Designer), que significa Energia e Designer Ambiental, o setor das constru-es sustentveis cresceu 27% no pero-do de 2005 a 2008, e a previso de cresci-mento at 2013 de 53%. Ainda segundo a entidade, a cada R$ 1,00 investido na construo de edifcios sustentveis, em 20 anos, R$ 15,00 so retornados, sendo deste total, 74% economizados em sade e produtividade dos ocupantes, 14% na operao e manuteno e 11% no consu-mo energtico e hidrulico.

    Em Santa Catarina, a sustentabilida-de nas construes tem crescido a cada ano e em Brusque no diferente. O Sin-duscon tem estimulado a construo de obras limpas e seguras, prestando orientaes e atualizando o setor sobre as normas exigidas para a categoria. Um trabalho que deve continuar nos prximos anos, pois faz parte dos projetos da nova diretoria da entidade, a qual presidirei por mais trs anos, at 2015.

    Alm da conscientizao ambiental do setor, outra meta da minha administra-o continua sendo os servios prestados ao nosso associado, como cursos, conv-nios de sade, apoio jurdico, entre ou-tros. O bom relacionamento com o sindi-cato laboral vai continuar, pois a parceria tem gerado benefcios para ambos.

    O Sinduscon Brusque continuar cada vez mais atuante, promovendo aes importantes na cidade e na re-gio como o Dia Nacional da Constru-o Social e a nossa Fairtec Feira de Tecnologia da Construo Civil. Na primeira edio, em 2011, recebe-mos mais de 31 mil visitantes e j es-tamos preparando a segunda edio com muito mais novidades no setor da construo, mveis e no setor imobili-rio. As novidades foram apresentadas aos convidados no lanamento oficial da Fairtec 2013, que ter como temas principais a Inovao e a Sustentabili-dade. O evento aconteceu no dia 30 de novembro, no Centro Empresarial, So-cial e Cultural de Brusque.

    Ademir PereiraPresidente do Sindicato da Indstria da Construo e do Mobilirio de Brusque,

    Guabiruba, Botuver e Nova Trento

    Estmulo construo com sustentabilidade

    CONSTRUINDO SANTA CATARINA 7

  • CONSTRUINDO SANTA CATARINA8

    2008 Go Squared Ltd.

    Arrow IconsArrow Icons

    A fora da indstria da Construo Civil

    A frmula viso + estratgia + planejamento + ao fez com que o setor da construo civil ganhasse uma empresa top no mer-cado, entre as maiores e melhores do pas, cuja misso agora construir o maior prdio residencial da Amrica do Sul. O Infinity Coast, que em breve dever comear a ser construdo, ter 66 anda-res no mais reconhecido balnerio catarinense. Com 240 metros de altura, ser um misto entre residencial e empresarial e reforar as metas empreendedoras da construtora. As pretenses so grandes. O Grupo FG, holding com 10 empresas e que atua fortemente no se-tor imobilirio com a FG Empreendimentos, tem atualmente cerca de dois mil funcionrios e a meta de fechar 2012 com um volume de 500 mil metros quadrados de obras em andamento.

    O projeto do Infinity Coast apresenta um megaempreendimen-to focado na sustentabilidade, com vista definitiva para o mar. Os apartamentos tero valor de venda estimado de R$ 1,8 milho a R$ 7 milhes, e a obra ter arquitetura moderna inspirada nas constru-es de Dubai, com uso de iluminao natural e esquadrias diferen-ciadas. Segundo o departamento de engenharia da FG Empreendi-mentos, para este arranha-cu ser criado um modelo de esquadria exclusiva, chamado Infinity.

    Alm dos itens de sustentabilidade j usados pela construtora em outros empreendimentos como captao de gua da chuva para uso em espaos comuns, coleta seletiva de lixo, leo de cozinha e recolhimento de pilhas e baterias, o projeto do Infinity Coast conta com energia elica e solar. O isolamento acstico de todos os apar-tamentos ser de piso a piso com o uso de mantas para proteo acstica feita de pneus reciclados, assim como as telhas ecolgicas que funcionam como isolantes trmico e acstico e maior durabili-dade.

    Uma novidade o reaproveitamento de energia dispensada no uso do elevador. Devido altura do empreendimento, a energia de descida do equipamento ser armazenada e utilizada para ilumina-o das reas comuns, as quais tero em sua maioria lmpadas de LEDs. Os quatro elevadores sero de alta performance com veloci-dade de 3,5 metros por segundo. O projeto prev tambm tomada para carros eltricos e espao em cisternas.

    O edifcio Infinity Coast ter uma infraestrutura de resort, nun-ca vista em empreendimentos residenciais de Balnerio Cambori. Para rea de lazer, piscina interna com raia aquecida e geradores de aquecimento de baixo consumo com utilizao de energia solar. Na rea externa, haver uma piscina panormica com espelhos dgua para relaxamento e pontos de hidromassagem, e decks para des-canso produzidos de material reciclado. O quesito diverso se com-pleta com o campo de minigolfe, muro de esc