conceitos gerais da teoria piagetiana

of 12/12
CONCEITOS GERAIS DA TEORIA PIAGETIANA Profª Diana

Post on 26-Jun-2015

14.744 views

Category:

Education

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

...

TRANSCRIPT

  • 1. Conceitos gerais da teoria piagetiana
    Prof Diana

2. 3. RESUMO BIOGRFICO
Jean Piaget nasceu na sua em 1896.
Foi um menino prodgio. Aos 11 de idade publicou seu primeiro trabalho.
Estudou Biologia e Filosofia. Aos 22 anos tornou-se doutor .
Aps formar-se foi para Zurich, trabalhar como psiclogo experimental.
1919 iniciou seus estudos experimentais.
Em 1923 casou-se com ValentineChtenay, com quem teve trs filhas.
Fundou e dirigiu o Centro Internacional para Epistemologia Gentica.
Escreveu mais de 70 livros e centenas de trabalhos cientficos.
Morreu em Genebra em 1980.
4. APRESENTAO
Piaget no somente descreveu o processo de desenvolvimento, mas experimentalmente, comprovou suas teses cientificas.
As suas teorias buscam explicar como se desenvolve a inteligncianos seres humanos.
Epistemologia Gentica - epistemo = conhecimento; e logia = estudo.
Estuda o mecanismo do aumento do conhecimento.
5. ESQUEMAS
Padres de comportamento e de pensamento que organizam a interao com o meio (nos bebs, os primeiros esquemas baseiam-se em aes: respirar, sugar, chupar e agarrar).
Estes esquemas so utilizados para processar e identificar a entrada de estmulos e, graas a isto, o organismo est apto a diferenciar estmulos, como tambm est apto a generaliz-los.
6.ASSIMILAO
o processo cognitivo de colocar (classificar) novos eventos em esquemas existentes. a incorporao de elementos do meio externo (objeto, acontecimento, ...) a um esquema ou estrutura do sujeito.
Em outras palavras, o processo pelo qual o indivduo cognitivamente capta o ambiente e o organiza possibilitando, assim, a ampliao de seus esquemas.
Na assimilao o indivduo usa as estruturas que j possui.
7. ACOMODAO
a modificao de um esquema ou de uma estrutura em funo das particularidades do objeto a ser assimilado. A acomodao pode ser de duas formas, visto que se pode ter duas alternativas:
Criar um novo esquema no qual se possa encaixar o novo estmulo, oumodificar um j existente de modo que o estmulo possa ser includo nele.

  • Aps ter havido a acomodao, a criana tenta novamente encaixar o estmulo no esquema e a ocorre a assimilao.

EQUILIBRAO
o processo da passagem de uma situao de menor equilbrio para uma de maior equilbrio. Uma fonte de desequilbrio ocorre quando se espera que uma situao ocorra de determinada maneira, e esta no acontece.
8. EQUILIBRAO
Em suma,o desenvolvimento caracterizado por uma constante procura de equilbrio, a qual significa uma constante adaptao ao mundo exterior.V-se que, para Piaget, a aprendizagem no se resume a uma experincia imediata, mas que em conjunto com o processo de equilibrao apossa-seda dimenso do prprio desenvolvimento da estrutura cognitiva, que se ir difundir no crescimento biolgico e intelectual do indivduo.
Desta forma, o indivduo s avanar para um novo estdio de desenvolvimento, quandoascompetncias do anteriorj tiverem sido assimiladas e adquiridas.
9. HEREDITARIEDADE
O conjunto de caractersticas que uma pessoa recebe por hereditariedade d-se o nome de gentipo e ao conjunto de caractersticas que um indivduo apresente resultado da sua hereditariedade e de influncia do meio, denominamos fentipo.
Um indivduo , ao longo da sua vida, muito influenciado pelo meio. Assim, o meio constitudo por elementos que intervm no comportamento de cada indivduo.