complexo articular do joelho e o seu funcionamento

of 12 /12
Complexo Articular do Joelho e o seu Funcionamento nos Movimentos da Perna Escola Secundária Poeta Al Berto Curso Profissional Técnico de Apoio á Gestão Desportiva Disciplina: Estudo do Movimento Módulo 1 – Osteologia e Artrologia

Author: neuza-cardeira

Post on 09-Jun-2015

1.197 views

Category:

Science


23 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. Complexo Articular do Joelho e o seu Funcionamento nos Movimentos da Perna Escola Secundria Poeta Al Berto Curso Profissional Tcnico de Apoio Gesto Desportiva Disciplina: Estudo do Movimento Mdulo 1 Osteologia e Artrologia

2. NDICE 1- INTRODUO - 2- OS LIGAMENTOS DO JOELHO - 2.1- O LIGAMENTO CRUZADO - 2.2- LIGAMENTO POPLTEO - 2.3- LIGAMENTO COLATERAL - 2.4- O LIGAMENTO ROTULIANO - 3- O QUE SO MENISCOS? - 4- MOVIMENTO DO JOELHO - 5- CONCLUSO - 6- BIBLIOGRAFIA - 3. 1 INTRODUO Foi-nos proposto fazer um trabalho sobre o Complexo Articular do Joelho e o seu Funcionamento nos Movimentos da Perna no Mdulo 1 ARTEOLOGIA E OSTEOLOGIA na disciplina de Estudo do Movimento. Para isso analisamos os diferentes tipos de ligamentos do joelho, pois so estes devido s suas caractersticas que so responsveis pelos movimentos do joelho, tendo cada um deles tem uma funo especifica. 4. OS LIGAMENTOS DO JOELHO Devido a sua localizao central, o joelho a articulao do membro inferior mais sujeita a leses, tanto por traumas diretos quanto por foras indiretas, as chamadas tores. Os ligamentos do joelho so as estruturas responsveis pela sua firmeza (estabilidade), evitando movimentos exagerados. Os principais ligamentos so os dois colaterais (lateral ou do lado de fora e medial ou do lado de dentro) e os dois cruzados (anterior e posterior). 5. O LIGAMENTO CRUZADO Ligamento cruzado anterior (LCA) - o mais frequentemente lesado, pois ele responsvel por evitar movimentos de gaveta e rotao exagerada do joelho. Desta forma, a sua rotura ocorre principalmente em desportos como futebol, basquete e voleibol, que exigem muita rotao e onde muitas vezes o p pode ficar preso no cho e o corpo rodar sobre o joelho. As principais vtimas dessas leses so os chamados atletas de final de semana, que no tem uma musculatura adequada e no tem o hbito de fazer alongamentos, o que predispe a uma estrutura muscular mais fraca e sobrecarrega o ligamento, que pode assim se romper. 6. Ligamentos cruzados posteriores (LCP) So mais robusto, porm mais curto e menos oblquo em sua direo quando comparado ao LCA. Insere-se na fossa intercondilar posterior da tbia e na extremidade posterior do menisco lateral e dirige-se para frente e medialmente, para se fixar na parte anterior da face medial do cndilo medial do fmur. O LCP estirado durante a flexo da articulao joelho. Impede o movimento de deslizamento posterior da tbia ou o deslocamento anterior do fmur (Movimento de gaveta posterior). 7. LIGAMENTO POPLTEO 1 Ligamento poplteo oblquo: Estende-se a partir do tendo do semimembranceo, funde-se parcialmente com a cpsula e sobe lateralmente at a parte lateral da linha intercondilar e at o cndilo lateral do fmur. Ligamento poplteo arqueado: uma massa de fibras capsulares em forma de Y, tem um tronco inserido na cabea da fbula, seu ramo posterior arqueia-se medialmente sobre o tendo emergente do poplteo at a borda posterior da rea intercondilar da tbia; o ramo anterior, algumas vezes ausente, estende-se at o epicndilo lateral do fmur. 8. LIGAMENTO COLATERAL Ligamento Colateral Tibial - um feixe membranceo, largo e achatado que se prolonga para parte posterior da articulao. Insere-se no cndilo medial do fmur e no cndilo medial da tbia. intimamente aderente ao menisco medial. Impede o movimento de afastamento dos cndilos mediais do fmur e tbia (bocejo medial). Ligamento Colateral Fibular - um cordo fibroso, arredondado e forte, inserido no cndilo lateral do fmur e na cabea da fbula. No se insere no menisco lateral. Impede o movimento de afastamento dos cndilos laterais do fmur e tbia (bocejo lateral). 9. Ligamento Rotuliano O ligamento rotuliano , tambm chamado de tendo rotuliano, a continuao do tendo do quadrceps femoral abaixo da rtula . Um lado inserido no ligamento rotulino e o outro na tbia , da tuberosidade da tbia especificamente, portanto, tem a particularidade de ligar duas estruturas sseas. Um cordo fibroso cerca de 6 mm de espessura de 30 mm de largura e 43 mm de comprimento. O tendo rotuliano juntamente com o tendo quadrceps envolvidos no movimento do joelho e permitir a extenso da perna quando o msculo se contrai quadrceps. As principais doenas que o afetam a tendinite e rotura do tendo patelar pode ser total ou parcial. 10. O QUE SO MENISCOS? Os meniscos so cartilagens com o formato aproximado da letra c que se situam no meio do joelho, atuando como amortecedores de impacto. Cada joelho tem dois meniscos, um do lado medial (interno) e outro do lado lateral (externo). Sem a presena dos meniscos, os impactos suportados pelo joelho vo atingir diretamente a cartilagem que reveste os seus ossos, levando a um desgaste precoce (artrose), com consequente dor e limitao dos movimentos. Apesar dos meniscos suportarem bastante peso, eles so vulnerveis aos movimentos rotacionais, como as tores decorrentes da prtica de Desportes como o futebol, basquete e voleibol. 11. MOVIMENTO DO JOELHO Movimentos do Joelho Flexo 140 Extenso - 5 a 10 Rotao Interna 30 a 35 Rotao Externa 45 a 50 Msculos Flexo squiostibiais bceps femural, semitendinoso, semimembranoso, sartrio Extensores quadrceps femural Rotadores externos bceps, tensor da fscia lata Rotadores internos sartrio, semitendinoso, semimembranoso 12. Concluso Com a realizao deste trabalho podemos identificar os diferentes tipos de ligamentos do joelho como tambm as suas funes no movimento do joelho. Conclumos que cada ligamento permite uma rotao ou evita uma rotao excessiva, identificamos tambm os meniscos quem tm uma funo diferente, tm a funo de amortecer, suportar o peso.