comando direcional múltiplo v10 - valuecomercial.com.br · *** circuito onde a válvula direcional...

of 16 /16
Comando Direcional Múltiplo V10 Catálogo HY-2010-2 BR Operação Manual e Remota

Author: phungcong

Post on 27-Jan-2019

215 views

Category:

Documents


0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

CYA

N

MAG

ENTA

YE

LLO

W

BLAC

K

Comando Direcional Mltiplo V10Catlogo HY-2010-2 BROperao Manual e Remota

Parker Hannifin Filiais

Distribuidor autorizado

Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.Diviso HidrulicaAv. Frederico Ritter 1100Distrito Industrial94930-000 Cachoeirinha, RSTel.: 51 3470-9144Fax: 51 3470-9281www.parker.com

Belo Horizonte - MGRua Pernambuco 353Conjunto 306/307Funcionrios30130-150 Belo Horizonte, MGTel.: 31 3261-2566Fax: 31 [email protected]

Campinas - SPRua Tiradentes 289Salas 21 e 22Guanabara13023-190 Campinas, SPTel.: 19 3235-3400Fax: 19 [email protected]

Jacare - SPAv. Lucas Nogueira Garcez 2181Esperana12325-900 Jacare, SPTel.: 12 3954-5100Fax: 12 [email protected]

Joinville - SCRua Alexandre Doehler 129Sala 701Centro89201-260 Joinville, SCTel.: 47 3028-9444Fax: 47 [email protected]

Porto Alegre - RSAv. Frederico Ritter 1100Distrito Industrial94930-000 Cachoeirinha, RSTel.: 51 3470-9144Fax: 51 [email protected]

Parker Hannifin Filiais

Cat. HY-2010-2 BR 1000 11/07

Recife - PERua Santa Edwirges 135Bairro do Prado50830-220 Recife, PETel.: 81 2125-8000Fax: 81 [email protected]

Rio de Janeiro - RJAv. das Amricas 500 - bloco 20Sala 233 - DowntownBarra da Tijuca22640-100 Rio de Janeiro, RJTel.: 21 2491-6868Fax: 21 [email protected]

So Paulo - SPRodovia Anhangera km 25,3Perus05276-977 So Paulo, SPTel.: 11 3915-8625Fax: 11 [email protected]

CYA

N

MA

GEN

TA

YEL

LOW

B

LAC

K

www.parker.com

Parker HannifinA Parker HannifinA Parker a lder global na fabricao de componentes destinados aos mercados de movimento e controle do movimento, dedicada a oferecer excelncia no servio ao cliente, de modo que os resultados sejam alcanados com o trabalho em conjunto.

Reconhecida em todo o mundo por seu alto padro de qualidade, a Parker disponibiliza suas tecnologias para facilitar o trabalho de quem est nos setores agrcola, mbil, industrial e aeroespacial, sendo o nico fabricante a oferecer aos seus clientes uma ampla gama de solues pneumticas, hidrulicas e eletromecnicas.

No MundoAtuando em 43 pases, a Parker conta com mais de 57.000 colaboradores diretos e possui a maior rede de distribuio autorizada nesse campo de negcio, com mais de 8.400 distribuidores, atendendo mais de 417.000 clientes em todo o mundo.

Tecnologias de Movimento e Controle

Fluid & Gas HandlingConectores rgidos e flexveis para direcionar o fluxo de fluidos crticos, atendendo aos mercados agrcola, industrial, naval, transportes, minerao, construo civil, florestal, siderurgia, refrigerao, combustveis, leo e gs.

AerospaceLder em desenvolvimento, projeto, montagem de sistemas e componentes de apoio para a maioria das aeronaves em uso atualmente, atuando no setor aeronutico, militar, aviao geral e executiva, sistemas de armas terrestres, msseis e veculos lanadores.

HydraulicsLder mundial em melhoria de desempenho de maquinrios, com uma linha completa de componentes e sistemas hidrulicos para mquinas e equipamentos dos setores industrial, aeroespacial, agrcola, construo civil, minerao, transporte e energia.

Climate ControlComponentes e sistemas para controle de fluidos para refrigerao que proporcionam conforto e praticidade aos mercados agrcola, de refrigerao, alimentos, bebidas e laticnios, resfriamento de preciso, sade, processamento, supermercados e transportes.

PneumaticsLder no fornecimento de sistemas e componentes pneumticos, de alta tecnologia, que aumentam a preciso e produtividade dos clientes nos setores agrcola, industrial, construo, minerao, leo e gs, transporte, energia, siderurgia, papel e celulose.

ElectromechanicalLder no fornecimento de sistemas e componentes eletromecnicos, de alta tecnologia, que aumentam a preciso e produtividade dos clientes nos setores dasade, automobilstico, automao industrial, mquinas em geral, eletrnica, txteis, fios e cabos.

Process ControlLder global em projeto, manufatura e distribuio de componentes vitais aos setores qumico/refinarias, petroqumico, usinas de lcool e biodiesel, alimentos, sade, energia, leo e gs.

Filtration Sistemas e produtos de filtrao e separao que provm maior valor agregado, qualidade e suporte tcnico aos clientes dos mercados industrial, martimo, de transporte, alimentos e bebidas, farmacutico, leo e gs, petroqumica e gerao de energia.

Sealing & ShieldingVedaes industriais e comerciais que melhoram o desempenho de equipamentos nos mercados aeroespacial, agrcola, militar, automotivo, qumico, produtos de consumo, leo e gs, fluid power, industrial, tecnologia da informao, sade e telecomunicaes.

Catlogo 1002-8 BR

Termo de garantia

A Parker Hannifin Ind. e Com. Ltda, Diviso Hidrulica, doravante denominada simplesmente Parker, garante os seus produtos pelo prazo de 12 (doze) meses, includo o da garantia legal (primeiros 90 dias), contados a partir da data de seu faturamento, desde que instalados e utilizados corretamente, de acordo com as especificaes contidas em catlogos ou manuais ou, ainda, nos desenhos aprovados pelo cliente quando tratar-se de produto desenvolvido em carter especial para uma determinada aplicao.

Abrangncia desta garantia

A presente garantia contratual abrange apenas e to somente o conserto ou substituio dos produtos defeituosos fornecidos pela Parker. A Parker no garante seus produtos contra erros de projeto ou especificaes executadas por terceiros.

A presente garantia no cobre nenhum custo relativo desmontagem ou substituio de produtos que estejam soldados ou afixados de alguma forma em veculos, mquinas, equipamentos e sistemas.Esta garantia no cobre danos causados por agentes externos de qualquer natureza, incluindo acidentes, falhas com energia eltrica, uso em desacordo com as especificaes e instrues, uso indevido, negligncia, modificaes, reparos e erros de instalao ou testes.

Limitao desta garantia

A responsabilidade da Parker em relao a esta garantia, ou sob qualquer outra garantia expressa ou implcita, est limitada ao conserto ou substituio dos produtos, conforme acima mencionado.

ADVERTNCIA

SELEO IMPRPRIA, FALHA OU USO IMPRPRIO DOS PRODUTOS

DESCRITOS NESTE CATLOGO PODEM CAUSAR MORTE,

DANOS PESSOAIS E/OU DANOS MATERIAIS.

As informaes contidas neste catlogo da Parker Hannifin Ind. e Com. Ltda. e seus distribuidores autorizados, fornecem opes de produtos para aplicaes por usurios que tenham habilidade tcnica. importante que voc analise os aspectos de sua aplicao, incluindo consequncias de qualquer falha e revise as informaes que dizem respeito ao produto contidos neste catlogo.

Devido variedade de condies de operaes e aplicaes para estes produtos, o usurio, atravs de sua prpria anlise e teste, o nico responsvel para fazer a seleo final dos produtos e tambm para assegurar que o desempenho, a segurana da aplicao e os cuidados especiais requeridos sejam atingidos.

Os produtos aqui descritos com suas caractersticas, especificaes e desempenhos so objetos de mudana pela Parker Hannifin Ind. e Com. Ltda., a qualquer hora, sem prvia notificao.

GarantiaCertificao

No BrasilA Parker projeta, fabrica e comercializa produtos para o controle do movimento, fluxo e presso.

Presente nos segmentos industrial, mbil e aeroespacial, a Parker atua com as linhas de automao pneumtica e eletromecnica; refrigerao industrial, comercial e automotiva; tubos, mangueiras e conexes; instrumentao; hidrulica; filtrao e vedaes.

No segmento aeroespacial, a Parker supre seus clientes com a mais completa linha de componentes e sistemas hidrulicos e pneumticos.

Alm disso, a Parker conta com 1.550 colaboradores diretos e mais de 300 distribuidores autorizados, oferecendo completa integrao das linhas de produtos, material de apoio e treinamento, qualidade e rapidez no atendimento e assistncia tcnica em todo o pas.

ABS

Qua

lity Evaluations, Inc.

Management System C

er

tific

atio

n

ISO 9001Certificate Number: 31252

Catlogo HY-2010-2 BR

Informaes tcnicasComando direcional mltiploSrie V10

1 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.Cachoeirinha, RS - Brasil

Comando direcional mltiplo srie V10

Caractersticas tcnicas

Presso de operao Operao contnua: 242 bar (3500 psi)(mxima) Tomadas de trabalho: 345 bar (5000 psi) Linha de descarga (linha de tanque): 34,5 bar (500 psi)

Temperatura de -40C (-40F) +93C (+200F)de operao

Recomendaes Utilize leo mineral de alta qualidade,sobre o leo com viscosidade de 10cSt (60 SSU) a 216 cSt (1000 SSU) temperatura de operao

Vedao tipo Borracha nitrlica (buna-N) anel o Opcional em viton

Tamanho nominal Corpo de admisso: SAE 8 e 10de tomadas Corpo de sada: SAE 8 e 10 Tomada de passagem de presso: SAE 10 Corpo de trabalho: SAE 8

**

Vazo nominal 68 lpm (18 gpm)*

Nmero de seces 1 a 10de trabalho

A mxima vazo que passa atravs do comando determinada pela mxima perda de carga admissvel aceitvel na aplicao. Vide gabarito de codificao para outras opes. O nvel de contaminao recomendado para o leo depende do circuito onde a vlvula direcional estar aplicada.

**

***

*

As vlvulas de controle direcional Parker Srie V10, de corpos modulares, possibilitam montagens com circuito prioritrio (tandem) ou circuito paralelo tanto para sistemas de centro aberto como para sistemas de centro fechado.Aliam economia e excelente desempenho em reduzidas dimenses.

Filtrao ISO 4406 classe 18/15 ou melhorrecomendada

***

Posio montagem Sem restries

Pesos aproximados Corpo de admisso: 2,3 kg (5 lb) Corpo de sada: 2,3 kg (5 lb) Corpo de trabalho: 2,8 kg (6,2 lb)

Baixa perda Baixa perda de carga pelo centro aberto e tomadas de trabalho

Vazamento Reduzido vazamento interno

Especificaes complementares

Vlvulas Vlvulas de alvio para vazo total

Especificaes

Opes de seces Com 3 vias, 4 vias e 4 vias com de trabalho flutuaoOpes de Manual e remotoacionamento

Vlvulas de tomadas Alvio, anticavitao e retenodisponveis pilotada

Opes de alavanca Alavanca e joystick mecnico,

Acionamento Extremidade do carretel blindadacom alavanca

Longa vida til Utiliza vedaes do carretel de baixo atrito

Caractersticas tcnicas .........................................................................1Especificaes .......................................................................................1Caractersticas de performance .............................................................2Tipos de circuito .....................................................................................3Corpo de admisso e corpo de admisso intermedirio .......................4Corpo de descarga .................................................................................5Corpo centra / trabalho ..........................................................................6

ndiceTipos de haste / carretis .......................................................................6Atuadores e posicionadores da haste / carretel.....................................7Vlvulas de alvio de tomada ..................................................................7Opes de alavanca ...............................................................................8Gabarito de codificao .........................................................................8Dimenses ............................................................................................11Ficha para montagem de comando .....................................................12

Instalao Reduzido espao de instalao

Catlogo HY-2010-2 BR

Informaes tcnicasComando direcional mltiploSrie V10

2 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.Cachoeirinha, RS - Brasil

Caractersticas de peformance

Perda de carga, circuito centro aberto

Perda de carga, da tomada de admisso tomada de trabalho

Perda de carga, da tomada de trabalho tomada de sada

20

25400

350

300

250

200

150

100

50

0

0

005

20 40

Vazo60

lpm

10 15 20 gpm

9

8

76

54

321

15

10

5

bar psiP

erd

a d

e C

arg

aN deCorposCentrais

Perda de Carga de P TDados Obtidos com leo Hidrulico Viscosidade de 32 cSt

20 40 60lpm

000

0

5

Vazo

10 15 20 gpm

N deCorposCentrais

98

76

5 43 21

7

9

11

13

5

3

1

bar

200

180

160

140

120

100

80

60

40

20

psi

Per

da

de

Car

ga

}Perda de Carga de P A ou BDados Obtidos com leo Hidrulico Viscosidade de 32 cSt

20

25400

350

300

250

200

150

100

50

00 0

0

5

20 40Vazo

60lpm

10 15 20 gpm

9876543

21

15

10

5

bar psi

Per

da

de

Car

ga

Posicionamentodo Corpo Centralem Relao aoCorpo de Sada

Perda de Carga de A ou B TDados Obtidos com leo Hidrulico Viscosidade de 32 cSt

Catlogo HY-2010-2 BR

Informaes tcnicasComando direcional mltiploSrie V10

3 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.Cachoeirinha, RS - Brasil

Entrada

3 Corpos Centrais

Tanque

Corpo deAdmisso

Corpo deDescarga

BypassPresso

Sada

Tipos de circuito

Entrada

PressoBypass

Tanque

Corpo deAdmisso

3 Corpos Centrais Corpo deDescarga

Sada

Circuito prioritrio A Vlvula Direcional de Operao Manual Srie V10, dispe de circuito prioritrio, tendo bypass aberto na posio centrada. Esta configurao possibilita priorizar determinado corpo de trabalho em relao aos posteriores.

Acionando determinado corpo central o fluxo de leo cortado para os corpos de trabalho posteriores (em relao ao corpo de entrada) impossibilitando o acionamento de seus atuadores.

Conceito de corpo modularO Comando direcional mltiplo Srie V10 pode ser composto de at dez corpos centrais, mais um corpo de admisso e um de descarga. Todos interligados por quatro tirantes de fixao. Estes corpos centrais so disponveis em diversas configuraes quanto ao circuito de distribuio.

Os corpos centrais podem ser removidos ou trocados, pois permitem uma grande flexibilidade de montagem e manuteno graas ao seu conceito de Vlvula Modular. Este conceito modular dos Comandos V10 ajuda e expande as aplicaes nos mercados Mobile e Industrial.

Circuito paraleloA Vlvula Direcional de Operao Manual Srie V10, dispe de circuito paralelo, tendo bypass aberto na posio centrada. A configurao do bypass fornece um fluxo de leo livre, do corpo de admisso para o corpo de descarga, quando os corpos centrais no so utilizados.

Catlogo HY-2010-2 BR

Informaes tcnicasComando direcional mltiploSrie V10

4 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.Cachoeirinha, RS - Brasil

Corpo de admisso conjunto

Vlvula de alvio principalA funo primria da vlvula de alvio principal prevenir presses excessivas, alm de minimizar o efeito dos picos de presses. Disponveis dois tipos de vlvula de alvio, tipo cartucho: com regulagem externa ou com ajuste interno atravs de calos.

Diversos tipos de molas, conforme Gabarito de Codificao, possibilitam uma ampla gama de regulagens das vlvulas de alvio numa faixa de 35 a 241 bar (de 500 a 3500 psi).Quando a vlvula de alivio principal no for necessria, um tampo deve ser instalado no lugar da mesma.

Vlvula com ajuste interno: Este modelo de vlvula de alvio, com diferencial de rea, internamente ajustado com a utilizao de calos, dentro da faixa de presso permissvel da mola utilizada. Disponveis diversas opes de mola e calo.

Vlvula com regulagem externa: Este modelo de vlvula de alvio, com diferencial de rea, possibilita ajuste externo, atravs de parafuso, dentro de sua faixa de presso. Disponveis diversas opes de molas.

Tampo para cavidade da vlvula de alvio

Vlvula com ajuste interno

Vlvula com regulagem externa

TP

P T

P T

PT

T

Corpo de Admisso

Localizao da vlvula de alvioprincipal

Corpo de admissoDisponibiliza tomadas lateral e de topo tanto para a linha de entrada (presso) como para a linha de sada (retorno/tanque). A cavidade para montagem de vlvula de alvio padro nesta seo de entrada.Disponvel tomada para montagem de medidor de presso com rosca de 1/4 NPT.

Corpo de admisso intermedirio

Corpo de admisso/descarga - cdigo SO Corpo de Admisso/Descarga Intermedirio, separa o fluxo do leo entre os corpos centrais anteriores e posteriores, permitindo a formao de dois circuitos com vazo e presso diferentes dentro de um mesmo comando.

Os corpos centrais anteriores so supridos pela bomba primria e os posteriores pela bomba secundria. A linha de tanque dos corpos centrais anteriores e posteriores comum e dirige o leo de retorno das mesmas para o corpo de descarga. A sada da bomba primria pode ser utilizada para pressurizar outros circuitos.

Corpo de admisso para somar vazes (combinao de vazo) - cdigo CO Corpo de Admisso para somar vazes permite a manuteno de dois nveis de vazo dentro de um mesmo comando. Os corpos centrais anteriores ao corpo so supridos pela bomba primria e os posteriores pela bomba primria mais a secundria (soma de vazes).

A soma de vazes somente possvel quando os corpos centrais anteriores no esto sendo utilizados. A linha de tanque dos corpos centrais anteriores e posteriores comum e dirige o leo de retorno dos mesmos para o corpo de descarga. A vazo total no deve exceder a vazo nominal do comando (68 l/min).

Catlogo HY-2010-2 BR

Informaes tcnicasComando direcional mltiploSrie V10

5 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.Cachoeirinha, RS - Brasil

Corpo de descargaCorpo de descargaO corpo de descarga possibilita as seguintes opes: - Tomadas de descarga na lateral ou no topo;- Passagem de presso (HPCO), na lateral ou no topo;- Com centro fechado.

A converso entre as vrias opes pode ser feita com a utilizao de tampes para as tomadas de descarga, tampo para centro fechado ou niple de passagem de presso, conforme figura abaixo. A configurao normal a de centro aberto com descarga para tanque.

Sistema com centro fechadoSubstitur o tampo curto pelo tampo para centro fechado.Este sistema utilizado em circuitos que utilizem bomba de deslocamento varivel e requerem vlvula direcional com centrofechado.

Tomada para passagem de pressoSubstitundo o tampo curto pelo adequado niple de passagem de presso o leo hidrulico, sob presso, ser direcionado para um segundo comando direcional. Existem duas opes:- Passagem de presso no topo: Substituir o tampo curto pelo niple de passagem de presso.- Passagem de presso na lateral: Substituir o tampo curto pelo tampo para centro fechado e utilizar a tomada de passagem de presso lateral diretamente no corpo de descarga.

Neste tipo de circuito pressurizado, o comando mais prximo da entrada sempre ter prioridade. O fluido somente estar disponvel para o segundo comando se todos os carretis do primeiro comando estiverem em neutro.

Cada comando pode ter a sua prpria regulagem da vlvula de alvio. Porm, a maior presso de ajuste deve ser sempre no comando mais prximo entrada.

Tampo (SAE)

Tampo para centro fechado

PB

Tomada de sada, topo Tomada de converso

Tomada de sada lateral

Tomada de passagem presso, opcional

Hydraulics

Plaqueta de Identificao da Vlvula

Niple para tomada de presso

Catlogo HY-2010-2 BR

Informaes tcnicasComando direcional mltiploSrie V10

6 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.Cachoeirinha, RS - Brasil

Corpo central / trabalho

Corpo central padroPode ser fornecido com ou sem vlvula de alvio.

Os carretis das sees de trabalho podem ser acionamento manual, mecnico e remoto.

Disponveis dois tipos de circuitos: Paralelo (centro aberto ou fechado) Tandem (circuito prioritrio)

Tomada "B"

Cavidade, Vlvula da Tomada "B"

Posicionador do Carretel

Cavidade, Vlvula da Tomada "A"

Tomada "A"

Carretel Principal

Corpo de Trabalho, Acionamento Manual

Corpo de trabalho para reteno pilotadaO corpo de trabalho para reteno pilotada utilizado quando necessrio manter a posio do atuador com o carretel em neutro. As vlvulas de reteno podem ser montadas em uma ou em ambas as tomadas.

O corpo de trabalho para reteno pilotada diferente do corpo de trabalho normal, no permitindo a montagem de outros acessrios como vlvulas de alvio ou anticavitao.

Tipos de hastes / carretis

PT

B

PT

AB

PT

AB

PT

AB

Flutuao (Float) 4 vias, 4 posies, cdigo FEste carretel similar ao 4 vias cilindro, com a adio da 4 posio de flutuao.

centralizado por ao de molas das posies A e B para a posio neutro. A 4 posio a de flutuao, com travamento mecnico de posio, a qual permite a flutuao de cilindro ou giro livre de motor hidrulico.

3 vias, cdigos D ou EAplicao: Controle de cilindro simples ao ou de motor unidirecional onde giro livre no requerido. A tomada de trabalho ativa bloqueada na posio neutra.

4 vias, centro aberto, cdigo JPara controle de cilindro dupla ao ou motor hidrulico reversvel. Ambas tomadas de trabalho so abertas para tanque na posio neutra.

Nota: Ao usar este carretel para acionamento de cilindro, analisar a necessidade de uso de vlvula de contrabalano (em linha) ou reteno pilotada, objetivando evitar a descida da carga, quando o carretel estiver em neutro.

4 vias, centro fechado, cdigo APara controle de cilindro dupla ao ou motor hidrulico reversvel, onde flutuao de cilindro ou giro livre de motor no for requerido. Ambas tomadas de trabalho so bloqueadas na posio neutra.

*

* Vide outras opes de hastes/carretis no Gabarito de Codificao.

Catlogo HY-2010-2 BR

Informaes tcnicasComando direcional mltiploSrie V10

7 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.Cachoeirinha, RS - Brasil

Atuadores e posicionadores da haste/carretel

Centrada por mola, cdigo CO retorno do carretel das posies A e B para a posio neutra feito pela ao das mola, to logo a alavanca for liberada.

Detente 3 posies, cdigo DO posicionador detente retm o carretel nas posies A e B. O carretel permanecer na posio em que foi colocado quando a alavanca for liberada. Retorno manual para posio central.Esta opo no recomendada para uso como mecanismo de trava do carretel contra foras externas excessivas ou vibrao.

Corpo de trabalho

Vlvulas de alvio de tomadaA principal funo da vlvula de alvio de tomada limitar uma parte do circuito para uma presso diferente do que a regulada na vlvula de alvio principal.

Vlvulas de alvio de prticos tambm fornecem proteo contra picos de presso quando o carretel est em neutro. A regulagem da presso de alvio de abertura ou de vazo total deve ser especificada quando solicitada.

Opes de vlvulas de alvio de tomada

Vlvula anticavitaoAs vlvulas anticavitao so disponveis para uso na tomada de trabalho para prevenir a ocorrncia de cavitao em mo-tores ou cilindros. Ela permite minimizar o vcuo existente na tomada de trabalho atravs do suprimento de leo existente na linha de descarga.

As vlvulas anticavitao no so ajustveis e abriro sem-pre que a presso na tomada de trabalho for menor do que a presso na linha de descarga.

Disponveis nas configuraes:- Vlvula de alvio pilotada com ajuste externo. Faixa de presso de regulagem de 35 a 350 bar (de 500 a 5000 psi). - Vlvula de alvio e anticavitao, pilotada com ajuste externo.

Nota: Um tampo deve ser instalado na cavidade da vlvula de alvio quando a mesma no for requisitada.

TanqueTomada deTrabalho

Vlvula de AlvioVlvula de Alvio e Anticavitao

TanqueTomada deTrabalho

TanqueTomada de Trabalho

Centrada por mola com detente em 1 posio, cdigos E ou FO posicionador detente retm o carretel na posio A ou B. O carretel permanecer na posio em que foi colocado quando a alavanca for liberada. Retorno para posio central por mola.

Centrada por mola com detente em 2 posies, cdigo GO posicionador detente retm o carretel na posies A e B. O carretel permanecer na posio em que foi colocado quando a alavanca for liberada. Retorno para posio central por mola.

Vlvula de reteno pilotadaAs vlvulas de reteno pilotada so disponveis para uso na tomada de trabalho para evitar a descida da carga, quando o carretel estiver em neutro.Nota: Requer corpo de trabalho especfico.

Controle hidrulico remoto, cdigo RDestina-se ao acionamento de corpos de trabalho de 2 e 3 vias. Um controlador hidrulico e uma linha piloto (de 300 a 500 psi), possibilitar infinita quantidade de posicionamento do carretel para adequado controle de vazo na tomada de trabalho.

Especificaes do atuador remoto hidrulico

Mxima presso 34,5 bar (500 psi)

Presso piloto para 4,2 bar (60 psi)incio de acionamento

Presso piloto para 15,2 bar (220 psi)curso total de carretel

Vazo da linha piloto de 7,5 a 15 lpm (de 2 a 4 gpm)

TanqueTomada de Trabalho

Catlogo HY-2010-2 BR

Informaes tcnicasComando direcional mltiploSrie V10

8 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.Cachoeirinha, RS - Brasil

Opes de alavancasA extremidade de carretel que possibilita a montagem de alavan-ca pode estar localizada no lado do prtico A ou B.

Caso no especificado em contrrio, as alavancas sero localizadas no lado da tomada A.

Os carretis do V10 podem ser revertidos, alterando o posicionamento da tomada A para a tomada B.

So disponveis as seguintes alavancas: Alavanca vertical Alavanca vertical estendida Alavanca horizontal Alavanca horizontal estendida

ngulo 17

ngulo 17

2.51(63,7)

7.04(178,8) 2.17

(55,1) 1.85(46,9)

8.00(203,2)

3.72(94,5)

Alavanca Conjunto, Vertical

Alavanca Conjunto, Horizontal

Espaador ou extenso da haste necessrio quando vlvula de tomada for especificada

Gabarito de codificao

Corpo de admisso

V10P - -

Posio dastomadas de admisso

S Lateral T Topo

Tamanho dastomadas de descarga

(omitir caso no utilizado)

1 SAE # 8 2 SAE # 10 6 M18x1,5 DIN 3852-1 7 M22x1,5 DIN 3852-1 8 M18x1,5 ISO 6149 9 M22x1,5 ISO 6149 J 3/8 BSP K 1/2 BSP

Opes devlvulas de alvio

A Sem vlvula D Com vlvula alvio diferencial

Extenso da hasteCdigo MEntalhe macho

Cdigo FEntalhe fmea

Posio dastomadas de descarga

(omitir caso no utilizado)

S Lateral T Topo

Nota:* Opes preferenciais

Tamanho dastomadas de admisso

*1 SAE # 8 *2 SAE # 10 6 M18x1,5 DIN 3852-1 7 M22x1,5 DIN 3852-1 8 M18x1,5 ISO 6149 9 M22x1,5 ISO 6149 J 3/8 BSP K 1/2 BSP

Faixa de regulagemda vlvula de alvio(omitir caso no utilizado)

1 500 a 1250 psi (35 a 86 bar) 2 1250 a 1750 psi (86 a 120 bar) 3 1750 a 2000 psi (120 a 138 bar) 4 2000 a 2600 psi (138 a 179 bar) 5 2600 a 3000 psi (179 a 207 bar) 6 3000 a 3500 psi (207 a 241 bar)

Catlogo HY-2010-2 BR

CodificaoComando direcional mltiploSrie V10

9 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.Cachoeirinha, RS - Brasil

Corpo de descarga

V10E -

Tamanho das tomadas de descarga

*1 SAE # 8 *2 SAE # 10 6 M18x1,5 DIN 3852-1 7 M22x1,5 DIN 3852-1 8 M18x1,5 ISO 6149 9 M22x1,5 ISO 6149 J 3/8 BSP K 1/2 BSP

Opes de descarga

O Centro aberto C Centro fechado N Com passagem de presso SAE # 8 P Com passagem de presso SAE # 10 F Com passagem de presso M18x1,5 DIN 3852-1 G Com passagem de presso M22x1,5 DIN 3852-1 Q Com passagem de presso M18x1,5 ISO 6149 R Com passagem de presso M22x1,5 ISO 6149 J Com passagem de presso 3/8 BSP K Com passagem de presso 1/2 BSP

Posio da tomada depassagem de presso

(omitir caso no utilizado)

S Lateral T Topo (com nple)

Corpo de admisso intermedirio

V10P -

Posio das tomadas de descarga

A Descarga pelo corpo de admisso S Lateral T Topo

Tipo de Corpo

S Corpo de admisso e descarga C Corpo para somar vazes

Tamanhodas tomadas

*1 SAE # 8 *2 SAE # 10 6 M18x1,5 DIN 3852-1 7 M22x1,5 DIN 3852-1 8 M18x1,5 ISO 6149 9 M22x1,5 ISO 6149 J 3/8 BSP K 1/2 BSP

Posiodas tomadas

T Topo

Opes devlvulas de alvio

A Sem vlvula B Com vlvula alvio pilotada

Nota:* Opes preferenciais

Nota:* Opes preferenciais

Catlogo HY-2010-2 BR

CodificaoComando direcional mltiploSrie V10

10 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.Cachoeirinha, RS - Brasil

Corpo central

V10W - -

Tamanhodas tomadas

*1 SAE # 8 *2 SAE # 10 6 M18x1,5 DIN 3852-1 7 M22x1,5 DIN 3852-1 8 M18x1,5 ISO 6149 9 M22x1,5 ISO 6149 J 3/8 BSP K 1/2 BSP

Circuito(omitir em caso

de circuito paralelo)

T Prioritrio (Tandem)

Extenso da haste

M Com entalhe macho F Com entalhe fmea H Com alavanca perpendicular V Com alavanca paralela R Acionamento hidrulico

Posio da alavanca

A Lado tomada A B Lado tomada B M Acionamento hidrulico

Ao da haste

C Centrada por mola D Detente 3 posies E Centrado por mola com detente para fora F Centrado por mola com detente para dentro G Centrado por mola com detente 2 posies

Tipo de corpo

S Sem acessrios R Para vlvula de alvio L Para reteno pilotada

TomadaA

TomadaB

Tipo de haste

A 4 vias centro fechado D 3 vias com descarga livre em B E 3 vias com descarga livre em A F 4 vias com flot J 4 vias centro aberto W 4 vias com restrio (Bleeder)

Opes de acessrios

Nota:* Opes preferenciais

Corpo R

A Sem vlvula de alvio B Vlvula de alvio pilotada C Vlvula de alvio pilotada e anticavitao H Vlvula anticavitao

Corpo L

P Sem vlvula de reteno E Vlvula de reteno pilotada

Catlogo HY-2010-2 BR

DimensesComando direcional mltiploSrie V10

11 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.Cachoeirinha, RS - Brasil

Dimenses

Vlvula de controle direcional, modelo V10, acionada mecanicamente

Passagemde PressoOpcional

28,2

5,6

54,9

109,8 (2X)

105,8

31,0

4 vias

6,5

38,9

38,9

104,

9 +

(38

,9 x

n

de C

orpo

s C

entr

ais)

125,

2 +

(38

,9 x

n

de C

orpo

s C

entr

ais)

21,6

Flutuao

4 vias comRet. Pilotada

Passagem dePresso Opcional

Sada Opcional

54,9

109,8 (2X)

4 Furos 8,6 (Fixao)

Vlvula de Alvio Principal

27,4

35,3

85,3

277,0

71,542,3

106,

7

109,

3

Sada Opcional34,0

54,9

Entrada Opcional5,6

Entrada

31,0

44,6

54,9

10,3

Sada

Curso = 6,3

27,4

30,3

35,0

Curso Flutuao = 11,4

Curso = 6,3

45,1

Sada Opcional

RetenoPilotada

Vlvula de Alviodas Tomadas

Furo 6,4+0,1

0

T PB

B

T

A

Catlogo HY-2010-2 BR

Montagem de comandoComando direcional mltiploSrie V10

12 Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.Cachoeirinha, RS - Brasil

Ficha para montagem de comando V10P

N:

Co

man

do

V10

Clie

nte:

A

plic

ao

F

icha

N

Cid

ade:

E

stad

oIn

form

ae

s G

erai

s do

Sis

tem

a:

GP

M:

Filt

ro d

e:

Par

a:

Dat

a:

Obs

.:

Nm

ero

do C

lient

e:

V10P-

XXX

V10W-

XXX

V10W-

XXX

V10W-

XXX

V10W-

XXX

V10W-

XXX

V10W-

XXX

V10W-

XXX

V10W-

XXX

V10W-

XXX

V10E-

XXX

Kit p/ Montagem:

Hyd

raul

ics

Des

carg

aTo

po

21

34

56

78

910

11

Late

ral

Adm

iss

oTo

poLa

tera

l

B A

B A

B A

B A

B A

B A

B A

B A

B A

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

psi

psi

gpm

@

Des

carg

a Top

o

Late

ral

Pass

agem

de P

ress

o Top

o

Late

ral

CYA

N

MA

GEN

TA

YEL

LOW

B

LAC

K

www.parker.com

Parker HannifinA Parker HannifinA Parker a lder global na fabricao de componentes destinados aos mercados de movimento e controle do movimento, dedicada a oferecer excelncia no servio ao cliente, de modo que os resultados sejam alcanados com o trabalho em conjunto.

Reconhecida em todo o mundo por seu alto padro de qualidade, a Parker disponibiliza suas tecnologias para facilitar o trabalho de quem est nos setores agrcola, mbil, industrial e aeroespacial, sendo o nico fabricante a oferecer aos seus clientes uma ampla gama de solues pneumticas, hidrulicas e eletromecnicas.

No MundoAtuando em 43 pases, a Parker conta com mais de 57.000 colaboradores diretos e possui a maior rede de distribuio autorizada nesse campo de negcio, com mais de 8.400 distribuidores, atendendo mais de 417.000 clientes em todo o mundo.

Tecnologias de Movimento e Controle

Fluid & Gas HandlingConectores rgidos e flexveis para direcionar o fluxo de fluidos crticos, atendendo aos mercados agrcola, industrial, naval, transportes, minerao, construo civil, florestal, siderurgia, refrigerao, combustveis, leo e gs.

AerospaceLder em desenvolvimento, projeto, montagem de sistemas e componentes de apoio para a maioria das aeronaves em uso atualmente, atuando no setor aeronutico, militar, aviao geral e executiva, sistemas de armas terrestres, msseis e veculos lanadores.

HydraulicsLder mundial em melhoria de desempenho de maquinrios, com uma linha completa de componentes e sistemas hidrulicos para mquinas e equipamentos dos setores industrial, aeroespacial, agrcola, construo civil, minerao, transporte e energia.

Climate ControlComponentes e sistemas para controle de fluidos para refrigerao que proporcionam conforto e praticidade aos mercados agrcola, de refrigerao, alimentos, bebidas e laticnios, resfriamento de preciso, sade, processamento, supermercados e transportes.

PneumaticsLder no fornecimento de sistemas e componentes pneumticos, de alta tecnologia, que aumentam a preciso e produtividade dos clientes nos setores agrcola, industrial, construo, minerao, leo e gs, transporte, energia, siderurgia, papel e celulose.

ElectromechanicalLder no fornecimento de sistemas e componentes eletromecnicos, de alta tecnologia, que aumentam a preciso e produtividade dos clientes nos setores dasade, automobilstico, automao industrial, mquinas em geral, eletrnica, txteis, fios e cabos.

Process ControlLder global em projeto, manufatura e distribuio de componentes vitais aos setores qumico/refinarias, petroqumico, usinas de lcool e biodiesel, alimentos, sade, energia, leo e gs.

Filtration Sistemas e produtos de filtrao e separao que provm maior valor agregado, qualidade e suporte tcnico aos clientes dos mercados industrial, martimo, de transporte, alimentos e bebidas, farmacutico, leo e gs, petroqumica e gerao de energia.

Sealing & ShieldingVedaes industriais e comerciais que melhoram o desempenho de equipamentos nos mercados aeroespacial, agrcola, militar, automotivo, qumico, produtos de consumo, leo e gs, fluid power, industrial, tecnologia da informao, sade e telecomunicaes.

Catlogo 1002-8 BR

Termo de garantia

A Parker Hannifin Ind. e Com. Ltda, Diviso Hidrulica, doravante denominada simplesmente Parker, garante os seus produtos pelo prazo de 12 (doze) meses, includo o da garantia legal (primeiros 90 dias), contados a partir da data de seu faturamento, desde que instalados e utilizados corretamente, de acordo com as especificaes contidas em catlogos ou manuais ou, ainda, nos desenhos aprovados pelo cliente quando tratar-se de produto desenvolvido em carter especial para uma determinada aplicao.

Abrangncia desta garantia

A presente garantia contratual abrange apenas e to somente o conserto ou substituio dos produtos defeituosos fornecidos pela Parker. A Parker no garante seus produtos contra erros de projeto ou especificaes executadas por terceiros.

A presente garantia no cobre nenhum custo relativo desmontagem ou substituio de produtos que estejam soldados ou afixados de alguma forma em veculos, mquinas, equipamentos e sistemas.Esta garantia no cobre danos causados por agentes externos de qualquer natureza, incluindo acidentes, falhas com energia eltrica, uso em desacordo com as especificaes e instrues, uso indevido, negligncia, modificaes, reparos e erros de instalao ou testes.

Limitao desta garantia

A responsabilidade da Parker em relao a esta garantia, ou sob qualquer outra garantia expressa ou implcita, est limitada ao conserto ou substituio dos produtos, conforme acima mencionado.

ADVERTNCIA

SELEO IMPRPRIA, FALHA OU USO IMPRPRIO DOS PRODUTOS

DESCRITOS NESTE CATLOGO PODEM CAUSAR MORTE,

DANOS PESSOAIS E/OU DANOS MATERIAIS.

As informaes contidas neste catlogo da Parker Hannifin Ind. e Com. Ltda. e seus distribuidores autorizados, fornecem opes de produtos para aplicaes por usurios que tenham habilidade tcnica. importante que voc analise os aspectos de sua aplicao, incluindo consequncias de qualquer falha e revise as informaes que dizem respeito ao produto contidos neste catlogo.

Devido variedade de condies de operaes e aplicaes para estes produtos, o usurio, atravs de sua prpria anlise e teste, o nico responsvel para fazer a seleo final dos produtos e tambm para assegurar que o desempenho, a segurana da aplicao e os cuidados especiais requeridos sejam atingidos.

Os produtos aqui descritos com suas caractersticas, especificaes e desempenhos so objetos de mudana pela Parker Hannifin Ind. e Com. Ltda., a qualquer hora, sem prvia notificao.

GarantiaCertificao

No BrasilA Parker projeta, fabrica e comercializa produtos para o controle do movimento, fluxo e presso.

Presente nos segmentos industrial, mbil e aeroespacial, a Parker atua com as linhas de automao pneumtica e eletromecnica; refrigerao industrial, comercial e automotiva; tubos, mangueiras e conexes; instrumentao; hidrulica; filtrao e vedaes.

No segmento aeroespacial, a Parker supre seus clientes com a mais completa linha de componentes e sistemas hidrulicos e pneumticos.

Alm disso, a Parker conta com 1.550 colaboradores diretos e mais de 300 distribuidores autorizados, oferecendo completa integrao das linhas de produtos, material de apoio e treinamento, qualidade e rapidez no atendimento e assistncia tcnica em todo o pas.

ABS

Qua

lity Evaluations, Inc.

Management System C

er

tific

atio

n

ISO 9001Certificate Number: 31252

CYA

N

MA

GEN

TA

YEL

LOW

B

LAC

K

Comando Direcional Mltiplo V10Catlogo HY-2010-2 BROperao Manual e Remota

Parker Hannifin Filiais

Distribuidor autorizado

Parker Hannifin Ind. Com. Ltda.Diviso HidrulicaAv. Frederico Ritter 1100Distrito Industrial94930-000 Cachoeirinha, RSTel.: 51 3470-9144Fax: 51 3470-9281www.parker.com

Belo Horizonte - MGRua Pernambuco 353Conjunto 306/307Funcionrios30130-150 Belo Horizonte, MGTel.: 31 3261-2566Fax: 31 [email protected]

Campinas - SPRua Tiradentes 289Salas 21 e 22Guanabara13023-190 Campinas, SPTel.: 19 3235-3400Fax: 19 [email protected]

Jacare - SPAv. Lucas Nogueira Garcez 2181Esperana12325-900 Jacare, SPTel.: 12 3954-5100Fax: 12 [email protected]

Joinville - SCRua Alexandre Doehler 129Sala 701Centro89201-260 Joinville, SCTel.: 47 3028-9444Fax: 47 [email protected]

Porto Alegre - RSAv. Frederico Ritter 1100Distrito Industrial94930-000 Cachoeirinha, RSTel.: 51 3470-9144Fax: 51 [email protected]

Parker Hannifin Filiais

Cat. HY-2010-2 BR 1000 11/07

Recife - PERua Santa Edwirges 135Bairro do Prado50830-220 Recife, PETel.: 81 2125-8000Fax: 81 [email protected]

Rio de Janeiro - RJAv. das Amricas 500 - bl. 20 - sl. 233 - DowntownBarra da Tijuca22640-100 Rio de Janeiro, RJTel.: 21 2491-6868Fax: 21 [email protected]

So Paulo - SPRodovia Anhangera km 25,3Perus05276-977 So Paulo, SPTel.: 11 3915-8625Fax: 11 [email protected]

HY-2010-2 Capa new copyHY-2010-2 BRverso capa catalogo 2verso capa catalogoHY-2010-2 Capa new