cbbd v ciranda literária - ppt final

Download CBBD v ciranda literária - ppt final

Post on 18-Aug-2015

74 views

Category:

Education

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  1. 1. Objetivo A quinta edio da Ciranda Literria teve como objetivo promover aes de carter artstico cultural em interseo com gneros literrios e com os processos de formao do leitor, realizado pela biblioteca do Colgio de Aplicao da UFRJ em parceria com os professores do 6 ao 9 de lngua portuguesa.
  2. 2. Justificativa A realizao de eventos promovidos pela biblioteca de fundamental importncia para dinamizar o acesso ao livro e a outras produes culturais (relacionadas com o livro), assim como facilitar sua circulao no ambiente escolar. Propostas que estimulem a democratizao do acervo cultural da humanidade devem ser desenvolvidas, promovendo a leitura (no sentido mais amplo) como fonte de prazer, conhecimento e promoo de cidadania.
  3. 3. Leituras Misteriosas 6 ano Projeo de slides sobre literatura de mistrio e suspense, com utilizao de recursos audiovisuais para tornar o ambiente sombrio para a exposio do contedo.
  4. 4. Teatro em Cordel 7 ano O cordelista Edmilson Santini e msicos apresentaram a literatura em cordel utilizando fantoches e outros objetos cnicos. No final da apresentao o cordelista convidou os alunos para apresentarem algum poema, msica ou cordel.
  5. 5. Romance Regionalista 8 ano O autor, Delcio Teobaldo, do livro Pivetim conversou com os alunos do Cap/UFRJ e do Colgio Estadual Andr Maurois sobre enredo e os personagens do referido livro que foi lido anteriormente pelos alunos.
  6. 6. Poema como voz social 9 ano Apresentao de poemas que tratam sobre temas sociais relacionando a arte, literatura e histria. A projeo de vdeo clip possibilitou dinamizar o contedo contribuindo na assimilao dos temas musicais, tais como Rosa de Hiroshima, Construo e O bbado e a equilibrista, com os fatos histricos.
  7. 7. A participao dos bolsistas e licenciandos tornou-se tambm um diferencial para o trabalho, congregando aplicaes tcnicas e acadmicas acerca da proposta. (...) Recorrendo aos objetivos especficos da disciplina de Lngua Portuguesa, destaco novamente a possibilidade de que, com essa atividade , os alunos sejam capazes de: a) interpretar textos considerando as pores microtextuais (neste caso, as partes dos poemas) e; b) de notar os recursos intralingusticos que justificam o texto como ato comunicativo. Ainda nesse sentido mais particular, o trabalho da Ciranda Literria pode promover a interdisciplinaridade, visto que, neste ano, alguns alunos estabeleceram links com fatos sociohistricos importantes, a partir da leitura que fizeram Felippe Tota, professor de Lngua Portuguesa Depoimentos
  8. 8. Depoimentos A experincia foi excelente, muito gratificante. Alm de se envolverem no projeto, os alunos receberam muito bem tanto o autor quanto os colegas da outra escola, num movimento claro de integrao entre as redes estadual e federal. Inclusive, uma das alunas do colgio estadual surda e, com a ajuda de outra colega, conseguiu participar da palestra. Patricia Soares, professora de Lngua Portuguesa
  9. 9. Depoimentos Logo de cara gostaria de registrar o quanto os alunos ficaram envolvidos com a apresentao. O recurso miditico utilizado por vocs ficou de primeirssima qualidade e atingiu o objetivo: chamou a ateno dos alunos, instigando-os a procurarem pelos livros. Esse primeiro contato foi fundamental, pois somado ao estmulo de 1,0 ponto extra na nota de trabalhos caso me entregassem um comentrio crtico do livro lido, foi grande o nmero de alunos que foram biblioteca procurar pelos livros. Tive um total de 15 comentrios crticos dos livros da ciranda, um quarto do total de nossos alunos no stimo ano. Por fim, gostaria de registrar o comentrio de um pai que na escola aberta veio me parabenizar pela iniciativa: uma aluna nossa, que no tinha o perfil de leitora, em um nico dia devorou O caso dos dez negrinhos. Aproveitando o estmulo, o pai, por conta prpria, comprou outros da coleo para ela, que continuou as leituras. Tive o prazer em dizer que esse era um projeto coordenado pela biblioteca, no qual fui apenas um parceiro. Andr Uzeda, professor de Lngua Portuguesa
  10. 10. Consideraes Finais Desenvolver aes com adolescentes demandam: Atividades de leitura relacionadas s linguagens artsticas e culturais (teatro, msica, filme, desenho, pintura etc); Temas relacionados ao cotidiano dos alunos; Tornar a biblioteca um espao de acolhimento; Estabelecer a integrao da biblioteca com a sala de aula, de modo a estreitar os contedos pedaggicos ministrados com o acervo disponvel; Compartilhar entusiasmo sobre o gnero literrio trabalhado atravs de um dilogo permanente entre a equipe da biblioteca e o corpo discente.
  11. 11. REFERNCIAS GOMES, Luciano Ferreira; BORTOLIN, Sueli. Biblioteca escolar e mediao da leitura. Semina: Cincias Sociais e Humanas, Londrina, v. 32, n. 2, p. 157-170, jul./dez. 2011. Disponvel em: . Acesso em: 10 jul. 2014. PETIT, Michle. A arte de ler ou como resistir adversidade. So Paulo: Ed. 34, 2009. PINA, Sandra. A literatura juvenil: ponte para os clssicos. In: BRASIL. Ministrio da Cultura. Cursos da casa da leitura: prticas leitoras. Rio de Janeiro: Fundao Biblioteca Nacional, 2009. v.3.
  12. 12. Ana Lcia Ferreira Gonalves Leni Rodriguez Perez Fulco Tatyanne Christina Gonalves Ferreira Valdez BIBLIOTECA CAp UFRJ Rua JJ Seabra, s/n, Lagoa Rio de Janeiro Tel: (21) 2294-6597 (ramal 30) / 2511-5338 bibliotecacap@yahoo.com.br https://www.facebook.com/biblioteca.capufrj Brisa Alves Gisele Arajo Johnny Mendona Juliana Rubim Michele Maximiana Tamiris Peniche EQUIPE BIBLIOTECRIAS: BOLSISTAS: