cartilharesiduos baixa

Download CartilhaResiduos Baixa

Post on 26-Dec-2015

4 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Guia para Elaborao de

    Projeto de Gerenciamento de

    Resduos da Construo CivilRosimeire Suzuki Lima Ruy Reynaldo Rosa Lima

    Srie de Publicaes Temticas do CREA-PR1

  • Guia para Elaborao de Projeto de Gerenciamento de Resduos da Construo Civil

    Rosimeire Suzuki Lima Ruy Reynaldo Rosa Lima

  • Ficha Tcnica

    Ilustrao: Roger Cartoon

    Diagramao: Cesar Stati

    Uma publicao do CREA-PR

    comunicacao@crea-pr.org.br

    O contedo de responsabilidade dos autores.

    Apresentao

    No Brasil onde 90% dos resduos gerados pelas obras so passveis de reciclagem e levando ainda em conta a sua contnua gerao, a reciclagem dos Resduos da Construo Civil (RCC) de fundamental importncia ambiental e finan-ceira no sentido de que os referidos resduos retornem para a obra em substituio a novas matrias-primas que seriam extradas do meio ambiente. Trata-se de uma atividade que deve ser prioritariamente realizada no prprio canteiro, mas que pode tambm se executar fora do mesmo.

    O ideal seria se a reutilizao e reciclagem dos resduos na obra fossem prtica constante e incorporada ao dia-a-dia das construtoras como parte integrante do planejamento e execuo das obras. Porm, no Brasil essa prtica ainda vista como uma sobrecarga de trabalho e at mesmo como empecilho para o bom andamento dos servios e seus prazos.

    Por outro lado, a utilizao de agregados produzidos a partir de reciclagem ainda considerada como fator negativo qualidade tcnica dos servios o que evidencia a baixa mobilidade da indstria da construo civil principalmente no que se refere pesquisa e aceitao de novas tecnologias que aparentemente no se traduzem em grandes vantagens financeiras embora o seja do ponto de vista ambiental.

    Apesar dos primeiros registros de experincias de reciclagem de RCC no Brasil datarem de 1997, at hoje so incipientes os trabalhos nesse sentido no setor da construo civil, fundamentalmente no que se refere possibilidade de reciclagem realizada dentro do canteiro de obra, donde se conclui que a questo ambiental, por si s, no exemplo motivador para a incorporao dessas experincias no cotidiano das construes.

    A verdade que esse assunto parece estar despertando maiores interesses na academia que na prtica das obras, o que no deveria ser dessa forma uma vez que o gerenciamento de RCC dentro do canteiro de obras na verdade apresenta inmeras vantagens para as empresas como a reduo do volume de resduos a descartar, a reduo do consumo de ma-teriais extradas diretamente da natureza como a areia e a brita , reduo dos acidentes de trabalho, com obras mais limpas e organizadas, reduo do nmero de caambas retiradas da obra, melhoria na produtividade, no responsabilidade por passivos ambientais, atendimento aos requisitos ambientais em programas como PBQP-H, Quali-Hab e ISO 14.000 e diferencial positivo na imagem da empresa junto ao pblico consumidor.

    A presente publicao tem como objetivo subsidiar o profissional na elaborao dos projetos de gerenciamento dos resduos da construo civil, estabelecendo os procedimentos necessrios para o manejo e destinao ambientalmente adequados em conformidade com a Resoluo 307/2002 do Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA.

    Os autores

    OS AUTORES

    ROSIMEIRE SUZUKI LIMA

    Arquiteta e Urbanista formada pela Universidade Estadual de Londrina (UEL); Especialista em Direito e Gesto Ambiental pela CESUSC Mestre em Engenharia de Edificaes e Saneamento pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) Doutoranda em Sade Pblica (FSP/USP)e-mail: rosi_lima9@yahoo.com.br Atua como arquiteta no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina IPPUL da Prefeitura Municipal de Londrina.Autora dos livros: Resduos Slidos Domiciliares Um programa de coleta seletiva com incluso social Ministrio das

    Cidades (2007) Gesto de Resduos Slidos Editora Pierson Prentice Hall (2009)

    RUY REYNALDO ROSA LIMA

    Engenheiro Civil pela Faculdade de Engenharia da Fundao Educacional de Barretos/USP SP (1976).Professor do Centro de Tecnologia e Urbanismo CTU/UEL (1983-1997)Professor do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIFIL (1985-1991)Secretrio Municipal de Obras de Londrina/PR (1993-1994)Diretor Tcnico da Cia. de Habitao de Londrina COHAB/LD (1994-1996)Atua na elaborao de: Estudo de Impacto de Vizinhana E.I.V. Relatrio de Impacto Ambiental e Urbano RIAU Projeto de Gerenciamento de Resduos da Construo Civil e-mail: ruy_reynaldo@hotmail.com

    PRO-CREAQualificao Profissional

    Uma publicao Apoio

  • SUMRIO

    1. INTRODUO ............................................................................................................................. 9

    2. DESPERDCIO ........................................................................................................................... 11

    3. A RESOLUO 307/2002 DO CONAMA ......................................................................................13

    4. PROGRAMA MUNICIPAL DE GERENCIAMENTO DE RESDUOS DA CONSTRUO CIVIL PMG/RCC .........19

    5. PROJETO DE GERENCIAMENTO DE RESDUOS DA CONSTRUO CIVIL PG/RCC ........................21 5.1 Fase de Planejamento ......................................................................................................22 5.2 Caracterizao ...............................................................................................................22 5.3 Triagem ou Sgregao ......................................................................................................24 5.4 Acondicionamento ..........................................................................................................25 5.4.1 Acondicionamento inicial .....................................................................................25 5.4.2 Acondicionamento final .......................................................................................27 5.5 Transporte Interno dos RCC ..............................................................................................28 5.6 Reutilizao e Reciclagem na Obra ....................................................................................28 5.6.1 Reciclagem dentro da prpria Obra ........................................................................35 5.6.2 Reciclagem fora do canteiro de obras .....................................................................35 5.7 Remoo dos Resduos do Canteiro de Obras Transporte Externo ........................................39 5.8 Destinao dos Resduos ..................................................................................................39

    6. SUGESTO DE ROTEIRO BSICO PARA ELABORAO DO PROJETO DE GERENCIAMENTO DE RESDUOS DA CONSTRUO CIVIL ..........................................................................................................41

    6.1 Informaes Gerais ..........................................................................................................42 6.2 Etapas do Projeto de Gerenciamento de Resduos da Construo Civil. ...................................42 6.3 Comunicao e Educao Scioambiental .........................................................................44 6.4 Cronograma de implantao do Projeto de Gerenciamento de RCC ........................................44

    7. NORMAS TCNICAS REFERENTES AOS RESDUOS DA CONSTRUO CIVIL ..................................45

    REFERNCIAS................................................................................................................................47

    ANEXO ..........................................................................................................................................49

  • 8 9

    Guia para Elaborao de Projeto de Gerenciamento de Resduos da Construo CivilSrie de Publicaes Temticas do CREA-PR

    1 INTRODUOA gerao dos Resduos da Construo Civil RCC se deve, em grande parte, s perdas de materiais de

    construo nas obras atravs do desperdcio durante o seu processo de execuo, assim como pelos restos de materiais que so perdidos por danos no recebimento, transporte e armazenamento.

    Dentre os inmeros fatores que contribuem para a gerao dos RCC esto os problemas relacionados ao pro-jeto, seja pela falta de definies e/ou detalhamentos satisfatrios, falta de preciso nos memoriais descritivos, baixa qualidade dos materiais adotados, baixa qualificao da mo-de-obra, o manejo, transporte ou arma-zenamento inadequado dos materiais, a falta ou ineficincia dos mecanismos de controle durante a execuo da obra, ao tipo de tcnica escolhida para a construo ou demolio, aos tipos de materiais que existem na regio da obra e finalmente falta de processos de reutilizao e reciclagem no canteiro.

    Alm das construes, as reformas, ampliaes e demolies so outras atividades altamente geradoras de RCC.

    Na figura seguinte, podemos verificar os valores percentuais da origem dos RCC e percebe-se que os valores referentes s reformas representam mais que a metade do total dos RCC gerados.

  • 10 11

    Guia para Elaborao de Projeto de Gerenciamento de Resduos da Construo CivilSrie de Publicaes Temticas do CREA-PR

    Origem dos resduosFonte: I&T Informaes e tcnica

    A autoconstruo e as pequenas reformas feitas com a contratao de pequenos empreiteiros so responsveis por parte dos RCC e, embora gerem pequenos volumes, na maior parte dos casos so transportados de forma inadequada e descartados em locais imprprios, trazendo desconforto populao do entorno, uma vez que junto com os RCC tambm so descartados pneus, mveis, resduos domsticos, animais mortos etc.

    Transportador de pequenos volumes

    2 DESPERDCIONa construo civil, em cada uma das etapas de uma obra acontecem perdas e desperdcios de materiais,

    gerando RCC tanto na sua concepo quanto na execuo e posterior utilizao. Na fase de concepo cor