brazilian news 537

Download Brazilian News 537

Post on 08-Mar-2016

221 views

Category:

Documents

7 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Tribunal noruegues aplica pena maxima para homem que matou 77, Ex-primeiro-ministro, Tony Blair prestará serviços de consultoria em São Paulo, Código Florestal é aprovado em comissão mista do Congresso, Cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos mostra a força de vontade de milhares de atletas por todo o mundo. Competição vai até 9 de setembro. Brasil conta 182 atletas e busca a sétima colocação no quadro de medalhas.

TRANSCRIPT

  • LCC Global Link Express Funds Bayba UnoSmall World Money Transfer Universal Swiss Transfers

    Money TransferBureau de Change

    Cheque Cashing

    w w w . b r a z i l i a n n e w s . u k . c o m

    Cdigo Florestal aprovado em comisso mista do Congresso

    1007

    Meio AMbiente Tribunal noruegues aplica pena maxima para homem que matou 77

    MundoEx-primeiro-ministroTony Blair prestar servios de consultoria em So Paulo

    brAsil

    03

    Londres, 30 de agosto a 05 de setembro de 2012 Ano 11 / Nmero 537

    Cerimnia de abertura dos Jogos Paralmpicos mostra a fora de vontade de milhares de atletas por todo o mundo. Competio vai at 9 de setembro. Brasil conta 182 atletas e busca a stima colocao no quadro de medalhas

    Continua nas pginas 14 e 15

    Mensalo em votao

    Continua na pgina 5

    inspirao para a vida

    O julgamento do processo do mensalo foi retomado na segunda-feira no Supremo Tribunal Federal (STF), com votos divergentes sobre a responsabilidade de cinco dos 37 acusados

    Nel

    son

    Jr./S

    CO

    /STF

    /Div

    ulga

    o

  • 30 de agosto a 05 de setembro de 2012

    leitorwww.braziliannews.uk.com2Fotos da semana

    Multido acompanha a troca da guarda londrina no Palcio de Buckingham. Atividade acontece todos os dias durante o vero, s 11h30

    Presidente - Fundador:Horcio Sterling

    sterling@braziliannews.uk.comdiretora Administrativa e

    FinanceiraAna Maria Siabatto

    adminmanager@expressnews.uk.comeditor e redator:Mrcio Ceccarelli

    editor@braziliannews.uk.comdireo de Arte e diagramao:

    Jorge Mario Velascographicdesigner@expressnews.uk.com

    departamento Comercial:Humberto Villamizar

    marketing@expressnews.uk.comColaboradores:

    Carolina Beal (Geral)Antonio Jorge Rettenmaier (Cronica)

    Ariel Haus (Sade)Carlos Eduardo Oliveira (Especial)

    Daniel Nocera (Quadrinhos)Daniel Martins (Fast Track)

    Everoy Johnson (Reino Unido)Fabiana Pio (Moda)

    Fabiano Avila (Carbono Brasil)Fernando Rebouas (Quadrinhos)

    Filipe Maciel (cultura, capa)Jussara Piacentini (Horscopo)

    London Help4you (Comunidade)Letcia Navarro (Argentina)

    Marcus Fumagalli (Piadas, Leitor)Rodolfo Torres (Politica)

    Simone Pereira (ABRAS/ Reino Unido)Tamara Oliveira (Cultura)

    Ana Letcia da Rosa Larissa Schlei

    Juliana Guedes ChavesRafael Tinelli

    Heitor Scalambrini Costadistribuio:

    BR Jet Deliverybrjetlondon@yahoo.com

    Classificados:sales@braziliannews.uk.comO contedo dos anncios e

    classificados no expressa a opinio do veculo e so de responsabilidade dos

    anunciantes.Brazilian News

    Unit 28 Skylines VillageLondon, E14 9TS

    Telephone: +44 (0) 20 7474 8233Fax: +44 (0) 207 987 9840

    www.braziliannews.uk.com

  • 30 de agosto a 05 de setembro de 2012

    mundo www.braziliannews.uk.com 3

    Otribunal de Oslo con-denou na semana passada o ultradi-reitista Anders Behring Breivik a 21 anos de priso prorrogveis, a pena mxima e que pode equivaler a uma priso perptua, ao consi-der-lo penalmente responsvel pelos atentados de h um ano na Noruega, nos quais morreram 77 pessoas.

    O veredicto fixa uma pena de custdia - figura legal que permite ao tribunal prolongar a cada cinco anos a permanncia em priso do ru, uma vez cumprida a condena-o inicial - por causa da crueldade dos atentados e da necessidade de proteger a sociedade perante a ameaa que Breivik constitui, expli-caram os juzes.

    Na leitura da deciso, que du-rou seis horas, o tribunal justificou a sentena afirmando que Breivik um fantico extremista e no um doente mental, da que penal-mente responsvel e deve ir para a priso e no para um manicmio, como solicitava a Promotoria ba-seando-se no primeiro exame feito nele.

    O tribunal foi crtico a esse re-latrio, que conclua que Breivik se encontrava em estado psictico ao cometer os atentados e que sofre de esquizofrenia paranoide, um diagnstico no compartilhado pelos outros especialistas que o observaram durante meses, nem o pessoal da priso, nem os policiais que o interrogaram.

    Seu principal erro no consi-derar as ideias de Breivik no con-texto poltico de extrema-direita no qual se inscrevem, sob cuja ptica ganham sentido o que considera-vam delrios de grandeza e outros supostos sintomas de esquizofre-nia. Que Breivik tenha sido capaz de moderar suas opinies nos sucessivos interrogatrios e no segundo relatrio demonstra que no sofre de psicose, j que nesse caso ocorreria o contrrio, assina-lou a juza principal, Wenche Eliza-beth Arntzen.

    O tribunal no acredita na exis-tncia da rede Cavaleiros Templ-rios da qual Breivik diz fazer parte, mas isso no mostra um problema de tipo psictico, mas pode dever--se a uma busca de legitimidade, a tentar provocar medo ou recru-tar seguidores. Sua tendncia fantasia e excentricidade apontam para traos narcisistas e dissociais, segundo a senten-a, embora isso seja irrelevante na hora de decidir sua responsabilida-de penal.

    A deciso firme, j que ne-nhuma das duas partes apelar do veredicto. Breivik, que foi interrom-pido por Arntzen quando pretendia pronunciar um discurso, acabou afirmando que no recorrer, aps declarar que no podia nem aceitar nem rejeitar a sentena porque no reconhece a autoridade de um tri-bunal nomeado por quem apoia o multiculturalismo ao qual ele se ope.

    Oprimeiro homem a pisar na Lua, o americano Neil Armstrong, morreu no sba-do aos 82 anos em Ohio (EUA), alguns dias aps se recuperar de uma cirurgia no corao, segun-do informou sua famlia em comu-nicado.

    Armstrong, que em julho de 1969 fez histria na misso da Apollo 11 com os astronautas Buzz Aldrin e Michael Collins, se submeteu no incio do ms a uma operao por problemas cardio-vasculares, cujas complicaes levaram a sua morte, de acordo com o comunicado. Sua famlia se mostrou arrasada ao infor-mar a morte do autor da famosa frase Este um pequeno passo para o homem, mas um grande passo para a humanidade, e que, alm disso, era um carinho-so marido e pai.

    Era um heri americano relu-tante, porque sempre achou que s estava fazendo seu trabalho, diz o comunicado citado pela cadeia CNN, em que a famlia ressalta sua paixo pela aviao e a explorao espacial. Antes de fazer histria ao pisar na Lua h 43 anos, Armstrong foi um engenheiro e piloto de provas da Fora Area americana, e depois passou ao Comit Consultivo Na-cional para a Aeronutica (Naca), a agncia anterior Nasa.

    A misso da Apollo 11 foi a ltima viagem de Armstrong ao espao, e sua nica atuao de relevncia pblica desde ento foi como vice-presidente da in-vestigao do desastre da nave Challenger, em 1982. Seu lti-mo pronunciamento pblico foi em novembro de 2011, quando recebeu a medalha de ouro do Congresso americano com seus companheiros da misso Lua, Aldrin e Collins.

    tribunal noruegus aplica pena maxima para breivik

    Ultradireitista matou 77 pessoas em 2011 na Noruega

    Primeiro homem a pisar na lua morre nos EUAFoi de Neil Armstrong a celebre frase: Este um pequeno passo para o homem, mas um grande passo para a humanidade

  • 30 de agosto a 05 de setembro de 2012

    mundowww.braziliannews.uk.com4Descoberta de bomba da Segunda Guerra fora retirada 2.500 pessoas em Munique

    Economia espanhola cai no segundo trimestre

    Os governos da Alema-nha e da Frana forma-ro nos prximos dias um grupo conjunto de trabalho para

    enfrentar a crise da zona do euro.O anncio da medida foi feito na

    segunda-feira aps a reunio entre os ministros das Finanas alemo,

    Wolfgang Schuble, e francs, Pier-re Moscovici.

    Ambos concordaram em estrei-tar a colaborao entre os dois pa-ses para combater a crise da zona do euro e os problemas de financia-mento dos pases do sul da Europa.

    Trabalharemos juntos para preparar bilateralmente as deci-ses que devem ser tomadas para enfrentar a crise da zona do euro, disse Schauble.

    O trabalho em equipe buscar solues para questes como su-perviso bancria, recapitalizao dos bancos espanhis, reforo da unio fiscal e monetria e a crise na Grcia.

    Os governos da Alemanha e Frana esto em contato direto com o da Espanha para tomar rapida-mente as decises necessrias para aplicar o j estipulado progra-ma de recapitalizao dos bancos espanhis.

    Sobre a crise grega, Schauble disse que a questo ser trabalhada com base nas conversas mantidas na semana passada pelo primeiro--ministro grego, Antonis Samaras, com a chanceler alem, Angela Merkel, e o presidente francs, Fran-ois Hollande.

    O ministro alemo ressaltou alm disso a necessidade de es-timular o crescimento, j que nos encontramos de maneira geral, na economia mundial, mas tambm na Europa, diante de uma fase de fraqueza do desenvolvimento eco-nmico.

    Moscovici destacou que a reu-nio bilateral um sinal que dese-jamos avanar juntos em direo s solues sustentveis.

    O ministro francs afirmou que o decisivo atualmente aprofun-dar a cooperao bilateral atravs do novo grupo de trabalho conjunto para preservar a integridade, a con-tinuidade e a estabilidade da zona do euro.

    Adescoberta de uma bomba da Segunda Guerra Mun-dial, com peso de 250 quilos, forou a retirada na madrugada desta tera-feira de 2.500 pes-soas na cidade alem de Munique at sua desati-vao.

    A bomba foi localiza-da durante uma constru-o no bairro de Schwa-bing, onde a Polcia e os bombeiros evacuaram todos os habitantes em um raio de 300 metros.

    A bomba poderia explodir a qualquer momento, disse um por-ta-voz dos bombeiros, antes de ex-plicar que o detonador se encontra ativo apesar de a guerra ter termina-do h mais de 70 anos.

    O porta-voz acrescentou que uma eventual detonao destruiria o edifcio junto ao local da descoberta e danificaria consideravelmente ou-

    tras construes prximas.Os equipes antibombas cobri-

    ram parte do explosivo com palha e areia par