boletim meta atuarial eletronico - fpps.com.br .todo esse desempenho positivo dos investimentos da

BOLETIM META ATUARIAL ELETRONICO - fpps.com.br .Todo esse desempenho positivo dos investimentos da
BOLETIM META ATUARIAL ELETRONICO - fpps.com.br .Todo esse desempenho positivo dos investimentos da
Download BOLETIM META ATUARIAL ELETRONICO - fpps.com.br .Todo esse desempenho positivo dos investimentos da

Post on 29-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • SuplementAoInformativo

    FRUM DOS PARTICIPANTES DOS PLANOS DE SUPLEMENTAO DE APOSENTADORIA DE EMPRESAS DE ENERGIA ELTRICA DO ESTADO DE SO PAULO

    Especial RESULTADOS FUNCESP 2017 MARO/2018 PUBLICAO DO

    Mesmo durante o perodo da maior crise econmica dos ltimos tempos, o patrimnio previdencirio da FUNCESP teve o seu valor corrigido acima da Meta Atuarial*, considerando o ACUMULADO no perodo de 2008 (quando o mundo entrou em colapso

    financeiro) at 2017. A Meta Atuarial acumulada nesse perodo foi de 211,52% contra uma rentabilidade acumulada de 244,53%, 33,01% ou seja, os investimentos renderam acima da Meta Atuarial no perodo 2018 a 2017.

    Se olharmos o acumulado para um perodo de 15 anos, essa diferena positiva fica ainda maior. A Meta Atuarial* acumulada no perodo de 2003

    Fonte: Relatrios Consolidados de Desempenho dos Investimentos FUNCESP*

    Rentabilidade dos Investimentos 2008 a 2017

    at 2017 foi de contra uma rentabilidade 477,51%acumulada de ou seja, os investimentos 783,17%,renderam acima da Meta Atuarial.305,66%

    Resultado Consolidado 2017

    Fonte: Relatrios Consolidados de Desempenho dos Investimentos FUNCESP

    Rentabilidade dos Investimentos 2003 a 2017

    *

    REFRESCANDO A MEMRIATodo esse desempenho se deve graas ao e positivo dos investimentos da FUNCESP, trabalho

    perseverana das entidades que de fato tem compromisso com os Suplementados e conquistaram

    mudanas importantes nos regulamentos dos Planos antes das Privatizaes. Leia mais na Pagina 2

    FUNCESP supera Meta Atuarial* e recupera 2015 e 2016

    Todos ns j ouvimos falar por varias vezes sobre META ATUARIAL*.

    Sabemos que a grande maioria j entendeu o que isso, mas no custa aqui falarmos mais um pouco sobre esse tema.

    Meta Atuarial, o que isso?Um trabalhador com 60 anos de idade,

    no dia da sua aposentadoria, informado que durante todo o seu tempo de trabalho acumulou R$ 286.000,00 que servir para pagar uma aposentadoria vitalcia.

    Considerando que este trabalhador tem uma expectativa de viver at os 82 anos, podemos concluir que

    82 anos - 60 anos = 22 anos.Ou seja, esse trabalhador tem uma expectativa de viver mais

    22 anos, aps a sua aposentadoria.Vai receber ento13 beneficio por ano (12 meses+13). Multiplicado por 22 anos ele tem uma expectativa de receber

    286 benefcios e assim fica fcil calcular o benefcio vitalcio:R$ 286.000,00 dividido por 286 = R$ 1.000,00O beneficio vitalcio desse trabalhador ento ser de

    R$1.000,00, certo? No. ERRADO.

    TEIXEIRAVice-presidente FPPS

    Membro Comit Gestor

    O Beneficio desse trabalhador ser maior que os R$1.000,00, porque o aturio que calcula o benefcio leva em conta que os R$ 286.000,00 sero investidos no mercado financeiro durante os 22 anos.

    A correo da inflao no ser levada em conta, pois, ao longo dos 22 anos o benefcio ter os reajustes anuais.

    A Meta AtuarialSupondo que o calculo atuarial tem nas suas premissas a

    hiptese de juros de 5%aa e a inflao de 5%aa, a Meta Atuarial ser de 10%aa.

    Os aposentados e pensionistas tero reajuste de 5% neste ano do nosso exemplo, e os outros 5% o juro que ser incorporado no patrimnio para garantir os benefcios vitalcios.

    Ainda no nosso ano de exemplo, se os investimentos rendessem apenas 9%aa, teramos um dficit tcnico de 1%.

    Supondo que no ano seguinte a Meta Atuarial fosse tambm de 10%aa, e os investimentos rendessem 12%aa, teramos um superavit acumulado no perodo de 1%.

    Por isso, ns representantes dos participantes precisamos estar sempre atentos, lembrando que a Meta Atuarial apenas um dos motivos que geram dficit tcnicos nos planos de Previdncia Complementar.

  • Prestando Contas - 2017PORQUE SOMOS DIFERENTES

    TOTAL DAS

    RECEITAS143.372,65R$

    TOTAL DAS

    DESPESAS99.367,15R$

    RESULTADO POSITIVO 2017 = R$ 44.005,50

    O FPPS - Frum dos Participantes dos Planos de Suplementao de Aposentadoria de Empresas de Energia Eltrica do Estado de So Paulo, completar 10 anos em novembro de 2018.

    O FPPS tem como primordial objetivo congre-gar numa entidade aposentados e ativos que, em c o n j u n t o c o m s u a s a n t i g a s e m p r e g a -doras/patrocinadoras e/ou atuais energticas de So

    Paulo, arcam com os custos dos seus planos de Suplementao de Aposentadorias e Penses, inclusi-ve aps a concesso do benefcio.

    Agradecemos todos os que confiaram e confiam no nosso trabalho, e por respeito a essa confiana estamos apresentando o nosso resumo do demonstra-tivo de Receitas e Despesas de 2017.

    Compromisso, seriedade e transparncia!

    Todo o desempenho positivo dos Investimentos da FUNCESP se deve graas ao empenho e perseve-rana das entidades que de fato tem compromis-so com os Suplementados e conquistaram mudan-as importantes nos regulamentos dos Planos antes das Privatizaes.

    Com isso a partir de 1998 a FUNCESP passou a ter uma gesto profissionalizada, com a participao paritria dos trabalhadores ativos e aposentados nos rgos de governana e sem a ingerncia do Estado.

    Devemos lembrar ainda que no caso do BSPS

    REFRESCANDO A MEMRIAtodo dficit atuarial de responsabilidade das patroci-nadoras, e com o resultado dos investimentos nos ltimos 15 anos, podemos deduzir que as patrocina-doras esto extremamente confortveis.

    Chegou a hora dos Sindicatos cobrarem mais benefcios das Empresas para ns os Aposentados, pois, as empresas patrocinadoras ganharam muito, tendo em vista que todo o dficit apurado no salda-mento do planos (BSPS*) em 1997, foi abatido do valor de venda quando das Privatizaes.

    * Beneficio Suplementar Proporcional SALDADO.

    Sistema Confea/Crea e Mtua rene 800 participantesno VII Encontro de Lderes

    Brasilia de 21 a 23 de fevereiro de 2018

    A renovao de grande parte das lideranas do Sistema Confea/Crea e Mtua para o perodo 2018/2020 marca o VII Encontro de Lderes Representantes, realizado na capital federal, 21 a 23 de fevereiro de 2018, no Centro Internacional de Convenes do Brasil (CICB). O encontro, que marcou tambm o incio das atividades do ano dos diversos fruns do Sistema, foi aberto por Joel Krger, presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia. Durante a abertura do VII Encontro de Lderes, Joel Krger - que tomou posse oficial - destacou a aproximao que pretende fazer com o Ministrio do Planejamento. "A valorizao das profisses, dos profissionais e das empresas, a discusso da empregabilidade e das normas de trabalho passam pelo Ministrio do Planejamento. So temas que preocupam e devem ser tratados por meio do dilogo", afirmou o presidente do Confea, que anunciou a elaborao de um

    Rubens dos Santos

    plano de trabalho a ser construdo com os diversos fruns que compem o Sistema Confea/Crea. "Vamos aproximar nossa gesto desses colegiados. Vamos receber e levar demandas", garantiu. Rubens dos Santos, Presidente do CONTAE - Conselho Nacional das Associaes dos Tcnicos Industriais, Vice-Presidente da ATEESP e Conselheiro do FPPS, participou deste encontro de lideres. Parabns a todos.

    Filie-se ao FPPS Rua Silveira Martins, 70 - Sala 602 - CentroTel.: (11) 31010704 - CEP 01019-000 - So Paulo-SPDIRETORIA: Presidente: Sr. Luiz Antnio Moscon, Vice-Presidente da Capital e Grande So Paulo e Diretor de Previdncia e Benefcios: Sr. Joel Ferreira de Avelino

    Vice-Presidente do Interior e Litoral: Sr. Sergio Pasqual Teixeira e Diretor Financeiro: Sr. Valter Casarri.

    - www.fpps.com.br

    Pgina 1Pgina 2