b12 exerc­cios

Download B12   exerc­cios

Post on 11-Jul-2015

3.899 views

Category:

Education

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Nuno Correia 10/11

  • Que sucede clorofila a do centro de reaco do

    fotossistema II aps receber energia dos fotes?

    Nuno Correia 10/11

  • Indique o dador de electres que permite clorofila a do fotossistema II recuperar os electres perdidos.

    Nuno Correia 10/11

  • Os electres que se libertam do fotossistema II passam para nveis energticos mais elevados e ao transitarem atravs da cadeia transportadora vo ocorrendo transferncias de energia. Como vai ser utilizada essa energia?

    Nuno Correia 10/11

  • Qual o aceptor final de electres provenientes

    do fotossistema l?

    Nuno Correia 10/11

  • Como recupera a clorofila a do fotossistema l os electres que perdeu?

    Nuno Correia 10/11

  • Porque se designa por fluxo acclico o fluxo de electres representado?

    Nuno Correia 10/11

  • O diagrama da figura relativo ao processo

    fotossinttico

    Nuno Correia 10/11

    Que representa cada uma das letras A e B?

  • O diagrama da figura relativo ao processo

    fotossinttico

    Nuno Correia 10/11

    Identifique as molculas referenciadas pelas letras a, b, c, d, e, f.

  • O diagrama da figura relativo ao processo

    fotossinttico

    Nuno Correia 10/11

    Como se designa a fase do processo fotossinttico representada em I?

  • O diagrama da figura relativo ao processo

    fotossinttico

    Nuno Correia 10/11

    Diga o nome da estrutura do cloroplasto ao nvel da qual ocorre a fase

    representada por II.

  • O diagrama da figura relativo ao processo

    fotossinttico

    Nuno Correia 10/11

    Das substncias seguintes, seleccione a(s) que permite(m) a

    sobrevivncia de uma planta mantida na obscuridade:

    NADPH NADP+ e C02 PGAL (aldedo fosfoglicrico) PGA (cido fosfoglicrico) NADPH e C02

  • Numa experincia relativa fotossntese, utilizaram-se algas verdes unicelulares que foram colocadas em diferentes condies de

    iluminao. Foi possvel determinar as variaes da concentrao de duas molculas, PGA e RuDP. Os resultados esto registados no

    grfico da figura.

    Nuno Correia 10/11

  • Nuno Correia 10/11

    A estabilidade dos dois compostos considerados no intervalo de tempo To T1 deve-se a que, na presena da luz:

    estas molculas no se sintetizam nem se gastam. no se realizam as reaces da fase no dependente da luz. a ribulose combina-se com C02 formando mais ribulose. a ribulose combina-se com C02 originando PGA, ao mesmo ritmo que este, aps reduo, regenera a ribulose.

    o PGA e a ribulose, medida que se formam, transformam-se em compostos orgnicos que abandonam o cloroplasto.

  • Nuno Correia 10/11

    Explique porque aumenta a concentrao de PGA e diminui a de ribulose,

    a partir do momento T1 no perodo de tempo considerado.

  • Nuno Correia 10/11

    Admita que as clulas desta alga eram mantidas sempre em boas

    condies de iluminao, mas na ausncia de CO2. Em relao

    concentrao de PGA e de ribulose difosfato os resultados esperados

    so:

    aumento para ambos os compostos. aumento de ribulose e diminuio de PGA. aumento da concentrao de PGA e diminuio da concentrao de ribulose.

    as concentraes mantm-se constantes.

  • Nuno Correia 10/11

  • Nuno Correia 10/11