aulÃo de cabedelo - i

Click here to load reader

Post on 12-Jan-2016

25 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

AULÃO DE CABEDELO - I. Romão Júnior. COMO ENCOTRAR ADVÉRBIOS, LOCUÇÃO ADVERBIAL E ADJUNTOS ADVERBIAIS. verbo + onde? aonde? donde? ( A.A. de LUGAR) verbo + quando? (A. A. de TEMPO) verbo + como? (A. A. de MODO) verbo + com que coisa? (A. A. de INSTRUMENTO) - PowerPoint PPT Presentation

TRANSCRIPT

CONCORDNCIA VERBAL

AULO DE CABEDELO - I Romo JniorCOMO ENCOTRAR ADVRBIOS, LOCUO ADVERBIAL E ADJUNTOS ADVERBIAISverbo + onde? aonde? donde? (A.A. de LUGAR)

verbo + quando? (A. A. de TEMPO)

verbo + como? (A. A. de MODO)

verbo + com que coisa? (A. A. de INSTRUMENTO)

verbo + com quem? (A.A de COMPANHIA)

Rever prefixo re (re + ver)

Ilegal prefixo i (i + legal)

Noitada sufixo ada (noit + ada)

Caloroso sufixo oso (calor + oso)

DERIVAO PEFIXAL E SUFIXALTroca-se a palavra feminina por uma masculina.

Refere-se a garota.TrocaRefere-se ao garoto.

Na segunda deu ao, deve-se colocar o acento indicativo de crase na primeira. CRASE: REGRA GERALa.Verbo transitivo direto = dar preferncia. OD Prefiro as cores escuras.

b.Verbo transitivo direto e indireto=querer uma coisa outra. Prefere ser escravo a combater.

E no,

Prefere ser escravo do que combater.

REGNCIA VERBAL: PREFERIRa. Verbo intransitivo= residir

O empresrio assiste em lugar nobre da cidade.

b. Verbo transitivo indireto = presenciar. Assistimos a uma pea interessante. OIREGNCIA VERBAL: ASSISTIR

c. Verbo transitivo indireto= caber, pertencer.

Assiste aos adultos o direito de ir e vir. OI

d. Verbo transitivo direto= socorrer, ajudar, prestar assistncia.

Os bombeiros assistiam os queimados, que eram retirados do prdio. ODREGNCIA VERBAL: ASSISTIR

por que, por qu, porque e porqu

Por que= por qual motivo, por qual razo ou pelo qual.

Por qu= final de frases.

Porque= pois, uma vez que.

Porqu = motivo. Vem precedido de artigo.

Modo Indicativo: O verbo expressa certeza diante de um fato.Modo subjuntivo: O verbo expressa dvida ou suposio do falante.Modo Imperativo: O verbo expressa uma ordem ou um pedido do falante.

MODOS VERBAISPRONOMES PESSOAISPessoaNmeroRetosOblquostonostnicos1 singulareumemim, comigo2 singulartuteti, contigo3 singularele, elase,lhe, o, asi consigo1 pluralnsnosconosco2 pluralvsvosconvosco3 pluraleles, elasse, lhes, os, assi, consigoPRONOMES DE TRATAMENTOVossa Senhoria (V. Sa) para oficiais, funcionrios graduados, e principalmente na linguagem comercial

Vossa excelncia (V. Exa.) para altas autoridades.

Vossa Alteza (V. A.) para prncipes e princesas

VOZ PASSIVA, SUJEITO INDETERMINADO E SUJEITO OCULTOVende-se apartamento no Bessa.

Fala-se muito em poltica.

Trabalharei muito.

CONCORDNCIA VERBALSujeito formado por partcula partitiva ou coletivo: Um bando de passarinhos pousou. (substantivo coletivo)

Um bando de passarinhos pousaram. (determinante) A maior parte de nossos produtos chegou. (partcula partitiva)

CONCORDNCIA VERBALAs expresses: um dos que, nem...nem, nem um nem outro, um e outro, o verbo fica no singular (como regra geral) ou no plural.

Jos um dos que mais fala.

Jos um dos que mais falam.FIGURAS DE LINGUAGEMEufemismo

O hbil poltico tomou emprestado dinheiro pblico e esqueceu de devolver.

FIGURAS DE LINGUAGEMb) Gradao

Tudo cura o tempo, tudo faz esquecer, tudo digere, tudo acaba. (Pe Antnio Vieira)

FIGURAS DE LINGUAGEMc) Comparao (OU Smile)

As solteironas, os longos vestidos negros fechados no pescoo, negros xales nos ombros, pareciam aves noturnas paradas...

(Jorge Amado)

FIGURAS DE LINGUAGEMd) Anttese

Eu e voc assim de perto dPra eu me perder de vez nas tuas tintasMe d uma noite, um pouco da manhS pra eu sacar se os olhos mudam de cor

(Maria Gadu)

FIGURAS DE LINGUAGEMe) Prosopopeia (ou personificao)

Na noite alta, como sobre um muro,As estrelinhas cantam como grilos...

(Mario Quitana)

ORAES SUBORDINADAS ADVERBIAISConseqncia= to, tanto, tamanho tal + QUE

J morreu tanta gente na cidadezinha que poderiam ter construdo o cemitrio.

b) CondioSe algum se descuidar, Odorico acaba prefeito de Dumont.

ORAES SUBORDINADAS ADVERBIAISc) Causa= orao principal + por que causa?Morreu a floresta porque no choveu.

d) Finalidade= orao principal + para que finalidade?

As pessoas idosas mudam de cidade para que possam ser sepultadas em paz.

ORAES SUBORDINADAS ADVERBIAISe) Concesso = indicam uma contradio ou um fato inesperado.

Ainda que os vereadores insistam, o prefeito no quer ouvir falar em cemitrio.

PREDICAO OU TRANSITIVIDADE VERBALa) Verbo de ligao= ESTADO.

b) Verbo transitivo direto= verbo + o qu (m)?

c) Verbo transitivo indireto= verbo + a qu(m)? DE Que(m)? EM QUE(M)?

d) Verbo intransitivo= nenhuma das perguntas dar certo.PREDICAO OU TRANSITIVIDADE VERBALExemplos: VTD O rapaz perdeu os sentidos. OD

VTIAparcio duvidava de seus prprios companheiros. OI

PREDICAO OU TRANSITIVIDADE VERBALO mar estava agitado. VL

A garota partiu ontem noite. VIOBRIGADOROMO JNIOR

romaojunior.worpress.com