arcadismo (ou neoclassicismo) profª. mara magaña

Download ARCADISMO (ou NEOCLASSICISMO) Profª. Mara Magaña

Post on 17-Apr-2015

118 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • ARCADISMO (ou NEOCLASSICISMO) Prof. Mara Magaa
  • Slide 2
  • Caractersticas. Arte ligada ao Iluminismo. Oposio ao absolutismo desptico e ao poder (barroco) da Igreja.
  • Slide 3
  • Slide 4
  • Afirmao orgulhosa da racionalidade. Razo = Verdade = Simplicidade e clareza. Razo = Verdade = Simplicidade e clareza.
  • Slide 5
  • Culto da simplicidade. Como se atinge a mesma? Como se atinge a mesma? Atravs da imitao (no no sentido de cpia, mas no de seguir modelos j estabelecidos). Atravs da imitao (no no sentido de cpia, mas no de seguir modelos j estabelecidos).
  • Slide 6
  • Imitao dos clssicos. Imitao dos clssicos. Em especial, Virglio e Tecrito, clssicos pastoris. Em especial, Virglio e Tecrito, clssicos pastoris.
  • Slide 7
  • Imitao da natureza campestre, isto , da ordem e do equilbrio que essa natureza apresenta, o que d a mesma um carter de paraso perdido. Dois elementos decorrem da aproximao do rcade da natureza campestre :
  • Slide 8
  • Slide 9
  • * Bucolismo: adequao do homem harmonia e serenidade da natureza. * Bucolismo: adequao do homem harmonia e serenidade da natureza. * Pastoralismo: celebrao da vida pastoril, vista como um eterno idlio entre pastores e pastoras. * Pastoralismo: celebrao da vida pastoril, vista como um eterno idlio entre pastores e pastoras.
  • Slide 10
  • Ausncia de subjetividade. O autor no expressa o seu prprio eu, adotando uma forma pastoril (Cludio Manuel da Costa Glauceste Satrnio, Toms Antnio Gonzaga Dirceu, Baslio da Gama Termindo Siplio,...) Ausncia de subjetividade. O autor no expressa o seu prprio eu, adotando uma forma pastoril (Cludio Manuel da Costa Glauceste Satrnio, Toms Antnio Gonzaga Dirceu, Baslio da Gama Termindo Siplio,...)
  • Slide 11
  • Amor galante. Amor galante. O amor entendido como um conjunto de frmulas convencionais.
  • Slide 12
  • Arcadismo no Brasil * Decorrncia da atividade mineradora e da urbanizao que dela resultou. * Criao de Academias e Arcdias onde os letrados procuravam fugir da indiferena do meio. * Instituio em carter regular de um sistema literrio: autores - obras escritas dentro de uma tendncia comum - pblico leitor permanente. * Relao com a Inconfidncia Mineira. Toms Antnio Gonzaga foi degredado e Cludio Manuel da Costa se suicidou na priso.
  • Slide 13
  • Marlia de Dirceu Toms A.Gonzaga Eu tenho um corao maior que o mundo. Versos como este, agrupados sob o ttulo Marlia de Dirceu, tornaram Toms Antnio Gonzaga um dos maiores poetas do Arcadismo brasileiro.Com tendncias ao bucolismo, os fingimentos pastoris e as aluses mitolgicas, a poesia de Gonzaga tpica do Arcadismo. Nela h, contudo, uma nota pessoal marcada pelo sensualismo e o realismo dos motivos locais, que a situa acima do esgotamento da escola. A primeira parte das liras de Marlia de Dirceu foi publicada em Lisboa em 1792; uma segunda edio, com acrscimos, saiu em 1799, enquanto a terceira parte s apareceu postumamente.O erotismo e o sentimento elegaco que percorrem alguns dos versos dedicados amada levaram os psteros a identificar em Gonzaga um pr-romntico.Gonzaga foi um dos nossos maiores poetas. Marlia de Dirceu Toms A.Gonzaga Eu tenho um corao maior que o mundo. Versos como este, agrupados sob o ttulo Marlia de Dirceu, tornaram Toms Antnio Gonzaga um dos maiores poetas do Arcadismo brasileiro.Com tendncias ao bucolismo, os fingimentos pastoris e as aluses mitolgicas, a poesia de Gonzaga tpica do Arcadismo. Nela h, contudo, uma nota pessoal marcada pelo sensualismo e o realismo dos motivos locais, que a situa acima do esgotamento da escola. A primeira parte das liras de Marlia de Dirceu foi publicada em Lisboa em 1792; uma segunda edio, com acrscimos, saiu em 1799, enquanto a terceira parte s apareceu postumamente.O erotismo e o sentimento elegaco que percorrem alguns dos versos dedicados amada levaram os psteros a identificar em Gonzaga um pr-romntico.Gonzaga foi um dos nossos maiores poetas.
  • Slide 14
  • Slide 15
  • Poesia pica O esforo neoclssico do sculo XVIII leva alguns autores a sonhar com a possibilidade de um retorno ao sentido pico do mundo antigo. No entanto, numa era onde as concepes burguesas, o racionalismo e a Ilustrao triunfam, o herosmo guerreiro ou aventureiro parecem irremediavelmente fora de moda. A epopeia ressurge, verdade, mas quase como farsa. O esforo neoclssico do sculo XVIII leva alguns autores a sonhar com a possibilidade de um retorno ao sentido pico do mundo antigo. No entanto, numa era onde as concepes burguesas, o racionalismo e a Ilustrao triunfam, o herosmo guerreiro ou aventureiro parecem irremediavelmente fora de moda. A epopeia ressurge, verdade, mas quase como farsa.
  • Slide 16
  • Compare-se, por exemplo, a grandeza do assunto de Os Lusadas - os notveis descobrimentos de Vasco da Gama - com o mesquinho tema de O Uraguai - a tomada das Misses jesuticas do Rio Grande do Sul pela expedio punitiva de Gomes Freire de Andrade, em 1756 - para se ter uma ideia das diferenas que separam as duas obras. Compare-se, por exemplo, a grandeza do assunto de Os Lusadas - os notveis descobrimentos de Vasco da Gama - com o mesquinho tema de O Uraguai - a tomada das Misses jesuticas do Rio Grande do Sul pela expedio punitiva de Gomes Freire de Andrade, em 1756 - para se ter uma ideia das diferenas que separam as duas obras.
  • Slide 17
  • POESIA PICA: representada por Baslio da Gama e Santa Rita Duro, por meio de, respectivamente, URAGUAI e CARAMURU. Marca a introduo do Indianismo como tema literrio, ganhando o ndio papel de guerreiro em ao, tomado como personagem; POESIA PICA: representada por Baslio da Gama e Santa Rita Duro, por meio de, respectivamente, URAGUAI e CARAMURU. Marca a introduo do Indianismo como tema literrio, ganhando o ndio papel de guerreiro em ao, tomado como personagem;
  • Slide 18
  • Poesia Lrica POESIA LRICA: oscilando dos resduos Barrocos s antecipaes do Romantismo. Cludio Manuel da Costa, Silva Alvarenga, Alvarenga Peixoto e Caldas Barbosa, em propores variveis dentro de suas obras, reproduzem aqui as formas e temas do Neoclassicismo europeu; POESIA LRICA: oscilando dos resduos Barrocos s antecipaes do Romantismo. Cludio Manuel da Costa, Silva Alvarenga, Alvarenga Peixoto e Caldas Barbosa, em propores variveis dentro de suas obras, reproduzem aqui as formas e temas do Neoclassicismo europeu;
  • Slide 19
  • Poesia Satrica POESIA SATRICA: refletindo a insatisfao com os desmandos dos prepostos da Coroa Portuguesa no Brasil, AS CARTAS CHILENAS, de Toms Antnio Gonzaga, atestam o inconformismo dos habitantes da colnia em relao administrao portuguesa e aos seus agentes; POESIA SATRICA: refletindo a insatisfao com os desmandos dos prepostos da Coroa Portuguesa no Brasil, AS CARTAS CHILENAS, de Toms Antnio Gonzaga, atestam o inconformismo dos habitantes da colnia em relao administrao portuguesa e aos seus agentes;