apresentaÇÃo o processo seletivo unificado para ingresso nos

of 61 /61
EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM ÁREA PROFISSIONAL DA SAÚDE - EDITAL Nº 002/2015 Edital contendo as alterações introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016 1 APRESENTAÇÃO O Processo Seletivo Unificado para ingresso nos Programas de Residência Multiprofissional e em Área Profissional da Saúde do Estado da Bahia - SUS/2016 é realizado sob a responsabilidade da Comissão Estadual de Residência Multiprofissional em Saúde e em Área Profissional de Saúde (CEREMAPS) em parceria com as Comissões de Residência Multiprofissional (COREMU’s), com os Coordenadores dos Programas de Residência Multiprofissional e em Área Profissional de Saúde e tem a consultoria técnica da Fundação CEFETBAHIA. A Residência Multiprofissional em Saúde e em Área Profissional de Saúde instituída pela Lei nº 11.129/2005, constitui-se em ensino de pós-graduação lato sensu, caracterizado por ensino em serviço e destinado às profissões que se integram a área de saúde, excetuada a médica. A proposta da Residência em Saúde, por área profissional e multiprofissional, apresenta uma perspectiva teórico-pedagógica convergente com os princípios e diretrizes do SUS, promovendo não só o contato entre o mundo do trabalho e o mundo da formação, mas possibilitando um processo de educação permanente em saúde que afirme o trabalhador no seu universo de trabalho e na sociedade onde vive. A prática pedagógica proposta pelos Programas de Residência baseia-se num processo de formação que busca a integração do ensino-gestão-cuidado-controle social, na perspectiva do fortalecimento desse quadrilátero. A Residência Multiprofissional e em Área Profissional de Saúde é regulamentada por portarias interministeriais (Ministério da Saúde e Ministério da Educação) e resoluções da Comissão Nacional de Residência Multiprofissional em Saúde (CNRMS); além das normas dos Cursos de Pós Graduação e das sete (07) COREMU’s das respectivas instituições de ensino às quais os programas encontram-se vinculados. Os Programas de Residência Multiprofissional e em Área Profissional de Saúde do Estado da Bahia oferecerão, em 2016, um total de cento e cinquenta e cinco (155) vagas, distribuídas em doze (12) programas, contemplando as nove (09) profissões de saúde, entre elas: Enfermagem, Odontologia, Serviço Social, Nutrição, Fisioterapia, Psicologia, Farmácia, Fonoaudiologia e bacharel em Saúde Coletiva. Os eixos temáticos contemplarão atividades teóricas e práticas que serão desenvolvidas de acordo com o Projeto Pedagógico de cada Programa. Os programas serão desenvolvidos no período de dois anos (24 meses). Ressalte-se que todos os programas serão desenvolvidos em regime de dedicação exclusiva, com carga horária semanal de 60 (sessenta) horas, devendo o candidato ter disponibilidade para participar de atividades todos os dias da semana, inclusive aos sábados, domingos e feriados. PROCESSO SELETIVO UNIFICADO A Coordenação da Comissão Estadual de Residência Multiprofissional e em Área Profissional de Saúde (CEREMAPS), vinculada à Secretaria da Saúde do Estado da Bahia - SESAB, no uso de suas atribuições legais, e com vistas ao ingresso nos programas de Residência Multiprofissional e em Área Profissional de Saúde nas áreas de Residência Integrada Multiprofissional em Saúde, Residência Multiprofissional em Saúde, Residência em Nutrição Clínica, Residência Multiprofissional em Saúde da Família, Residência em Nutrição Clínica com ênfase em Pediatria e Terapia Intensiva, Residência em Fisioterapia Hospitalar Neonatal e Pediátrica, Residência em Saúde Coletiva com área de concentração em Doenças Cardiovasculares, Residência Multiprofissional em Atenção à Saúde da Pessoa Idosa, Residência Multiprofissional em Saúde da Criança e do Adolescente, Residência Multiprofissional em Urgências, Residência Multiprofissional em Clínica da Pessoa e da Família, Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva com área de concentração em Planejamento e Gestão em Saúde, torna público a Abertura das inscrições para preenchimento de 155 vagas, consoante às normas contidas neste Edital.

Author: hoangmien

Post on 07-Jan-2017

216 views

Category:

Documents


1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    1

    APRESENTAO O Processo Seletivo Unificado para ingresso nos Programas de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional da Sade do Estado da Bahia - SUS/2016 realizado sob a responsabilidade da Comisso Estadual de Residncia Multiprofissional em Sade e em rea Profissional de Sade (CEREMAPS) em parceria com as Comisses de Residncia Multiprofissional (COREMUs), com os Coordenadores dos Programas de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade e tem a consultoria tcnica da Fundao CEFETBAHIA. A Residncia Multiprofissional em Sade e em rea Profissional de Sade instituda pela Lei n 11.129/2005, constitui-se em ensino de ps-graduao lato sensu, caracterizado por ensino em servio e destinado s profisses que se integram a rea de sade, excetuada a mdica. A proposta da Residncia em Sade, por rea profissional e multiprofissional, apresenta uma perspectiva terico-pedaggica convergente com os princpios e diretrizes do SUS, promovendo no s o contato entre o mundo do trabalho e o mundo da formao, mas possibilitando um processo de educao permanente em sade que afirme o trabalhador no seu universo de trabalho e na sociedade onde vive. A prtica pedaggica proposta pelos Programas de Residncia baseia-se num processo de formao que busca a integrao do ensino-gesto-cuidado-controle social, na perspectiva do fortalecimento desse quadriltero. A Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade regulamentada por portarias interministeriais (Ministrio da Sade e Ministrio da Educao) e resolues da Comisso Nacional de Residncia Multiprofissional em Sade (CNRMS); alm das normas dos Cursos de Ps Graduao e das sete (07) COREMUs das respectivas instituies de ensino s quais os programas encontram-se vinculados. Os Programas de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade do Estado da Bahia oferecero, em 2016, um total de cento e cinquenta e cinco (155) vagas, distribudas em doze (12) programas, contemplando as nove (09) profisses de sade, entre elas: Enfermagem, Odontologia, Servio Social, Nutrio, Fisioterapia, Psicologia, Farmcia, Fonoaudiologia e bacharel em Sade Coletiva. Os eixos temticos contemplaro atividades tericas e prticas que sero desenvolvidas de acordo com o Projeto Pedaggico de cada Programa. Os programas sero desenvolvidos no perodo de dois anos (24 meses). Ressalte-se que todos os programas sero desenvolvidos em regime de dedicao exclusiva, com carga horria semanal de 60 (sessenta) horas, devendo o candidato ter disponibilidade para participar de atividades todos os dias da semana, inclusive aos sbados, domingos e feriados. PROCESSO SELETIVO UNIFICADO A Coordenao da Comisso Estadual de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (CEREMAPS), vinculada Secretaria da Sade do Estado da Bahia - SESAB, no uso de suas atribuies legais, e com vistas ao ingresso nos programas de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade nas reas de Residncia Integrada Multiprofissional em Sade, Residncia Multiprofissional em Sade, Residncia em Nutrio Clnica, Residncia Multiprofissional em Sade da Famlia, Residncia em Nutrio Clnica com nfase em Pediatria e Terapia Intensiva, Residncia em Fisioterapia Hospitalar Neonatal e Peditrica, Residncia em Sade Coletiva com rea de concentrao em Doenas Cardiovasculares, Residncia Multiprofissional em Ateno Sade da Pessoa Idosa, Residncia Multiprofissional em Sade da Criana e do Adolescente, Residncia Multiprofissional em Urgncias, Residncia Multiprofissional em Clnica da Pessoa e da Famlia, Residncia Multiprofissional em Sade Coletiva com rea de concentrao em Planejamento e Gesto em Sade, torna pblico a Abertura das inscries para preenchimento de 155 vagas, consoante s normas contidas neste Edital.

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    2

    1. DISPOSIES PRELIMINARES

    1.1 O Processo Seletivo Unificado ser executado pela Fundao CEFETBAHIA, empresa contratada conforme processo administrativo n 0300150336477, e realizado em parceria com a Secretaria da Sade do Estado da Bahia e a Comisso Estadual de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (CEREMAPS). 1.2 O Processo Seletivo Unificado destina-se seleo de candidatos para matrcula nos Programas de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional da Sade, discriminados no Captulo II deste Edital. 1.3. O prazo de validade do Processo Seletivo Unificado ser de 30 (trinta) dias, contado da data da Homologao do seu Resultado Final. 1.4 O Processo Seletivo Unificado ser constitudo das seguintes etapas: 1 Etapa: Prova Objetiva de carter classificatrio e eliminatrio, para todos os Programas de Residncias Multiprofissionais e em rea Profissional de Sade; 2 Etapa: Prova de Ttulos mediante Anlise do Currculo Lattes de carter classificatrio e eliminatrio, para todos os Programas de Residncias Multiprofissionais e em rea Profissional de Sade. 1.5 O Contedo Programtico consta no Anexo I deste Edital. 1.6 O cronograma provisrio do Processo Seletivo Unificado consta no Anexo III deste Edital. 1.7 A pontuao das etapas est distribuda conforme o Quadro 1 a seguir:

    Quadro 1 - Distribuio dos pontos

    Programas

    Pontuao

    Etapas Total

    1 2

    Residncia Integrada Multiprofissional em Sade 40 10 50

    Residncia Multiprofissional em Sade 40 10 50

    Residncia em Nutrio Clnica 40 10 50

    Residncia Multiprofissional em Sade da Famlia 40 10 50

    Residncia em Nutrio Clnica com nfase em Pediatria e Terapia Intensiva 40 10 50

    Residncia em Fisioterapia Hospitalar Neonatal e Peditrica 40 10 50

    Residncia Multiprofissional em Sade Coletiva com rea de concentrao em Doenas Cardiovasculares

    40 10 50

    Residncia Multiprofissional em Ateno Sade da Pessoa Idosa 40 10 50

    Residncia Multiprofissional em Sade da Criana e do Adolescente 40 10 50

    Residncia Multiprofissional em Urgncias 40 10 50

    Residncia Multiprofissional em Clnica da Pessoa e da Famlia 40 10 50

    Residncia Multiprofissional em Sade Coletiva com rea de concentrao em Planejamento e Gesto em Sade

    40 10 50

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    3

    2. OS PROGRAMAS, UNIDADES DE ENSINO, VAGAS, PR-REQUISITOS/ESCOLARIDADE, BOLSA, VALOR DA INSCRIO E LOCAL DE APLICAO DAS PROVAS. 2.1 Os programas, unidades de ensino, vagas, pr-requisitos/escolaridade, bolsa e valor da taxa de inscrio so os estabelecidos no quadro 2:

    Quadro 2 - Caracterizao dos Programas

    Programa:

    RESIDNCIA INTEGRADA

    MULTIPROFISSIONAL EM SADE

    Carga horria:

    60h semanais Bolsa: R$ 2.976,26

    Valor da taxa de

    Inscrio:

    R$ 145,00

    Pr-requisitos exigidos: Graduao plena na formao pretendida, com diploma, devidamente registrado, fornecido por instituio de ensino superior reconhecida pelo Ministrio da Educao (MEC) e registro no respectivo Conselho de Classe.

    COREMU UNIDADES DE ENSINO FORMAO CODIGO AREA CONCENTRAO VAGAS

    Universidade

    Federal da Bahia

    (UFBA)

    Complexo Hospitalar Universitrio

    Professor Edgar Santos HUPES

    Enfermagem

    001 SADE DO ADULTO 01

    002 SADE DA CRIANCA 01

    003 SADE MENTAL 01

    Farmcia

    004 SADE DO ADULTO 01

    005 SADE DA CRIANCA 01

    006 SADE MENTAL 01

    Fisioterapia 007 SADE DO ADULTO 01

    008 SADE DA CRIANCA 01

    Fonoaudiologia

    009 SADE DO ADULTO 01

    010 SADE DA CRIANCA 01

    011 SADE MENTAL 01

    Nutrio

    012 SADE DO ADULTO 01

    013 SADE DA CRIANCA 01

    014 SADE MENTAL 01

    Odontologia

    015 SADE DO ADULTO 01

    016 SADE DA CRIANCA 01

    017 SADE MENTAL 01

    Servio Social

    018 SADE DO ADULTO 01

    019 SADE DA CRIANCA 01

    020 SADE MENTAL 01

    Psicologia

    021 SADE DO ADULTO 01

    023 SADE MENTAL 01

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    4

    Programa:

    Residncia Multiprofissional em Sade

    Carga horria:

    60h semanais Bolsa: R$ 2.976,26

    Valor da taxa de

    Inscrio:

    R$ 145,00

    Pr-requisitos exigidos: Graduao plena na formao pretendida, com diploma, devidamente registrado, fornecido por instituio

    de ensino superior reconhecida pelo Ministrio da Educao (MEC) e registro no respectivo Conselho de Classe.

    COREMU UNIDADES DE ENSINO FORMAO CODIGO NCLEO VAGAS

    Universidade do

    Estado da Bahia

    (UNEB)

    Unidades da Rede de Sade do

    Estado da Bahia/Secretaria

    Municipal de Sade de

    Salvador/Hospital Santa

    Isabel//Hospital Ana Nry/Hospital

    Aristides Maltez UNEB

    Enfermagem

    030 SADE DA FAMLIA 03

    031 ONCOLOGIA 02

    032 UTI 04

    Farmcia 033 ONCOLOGIA 02

    034 SADE DA FAMLIA 02

    Fonoaudiologia

    035 ONCOLOGIA 01

    036 NUTRIO CLNICA 02

    037 UTI 02

    Nutrio 038 NUTRIO CLNICA 06

    Odontologia 039 SADE DA FAMLIA 02

    Psicologia

    040 ONCOLOGIA 02

    041 SADE DA FAMLIA 01

    042 NUTRIO CLNICA 01

    Servio Social 043 ONCOLOGIA 01

    Fisioterapia

    044 ONCOLOGIA 01

    045 SADE DA FAMLIA 01

    046 UTI 02

    Programa:

    RESIDNCIA EM NUTRIO CLNICA

    Carga horria:

    60 h semanais Bolsa: R$ 2.976,26

    Valor da taxa de

    Inscrio:

    R$ 145,00

    Pr-requisitos exigidos: Graduao plena na formao pretendida, com diploma, devidamente registrado, fornecido por instituio

    de ensino superior reconhecida pelo Ministrio da Educao MEC e registro no Conselho de Classe respectivo.

    COREMU UNIDADES DE ENSINO FORMAO CODIGO N VAGAS

    Universidade Federal da

    Bahia (UFBA)

    Hospital Geral Roberto Santos/Hospital Geral do

    Estado/HUPES/Hospital Ana Nry/Hospital

    Aristides Maltez/Escola de Nutrio da UFBA

    Nutrio 050 15

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    5

    Programa:

    RESIDNCIA EM FISIOTERAPIA HOSPITALAR

    NEONATAL E PEDITRICA

    Carga horria:

    60 h semanais Bolsa: R$ 2.976,26

    Valor da taxa de

    Inscrio:

    R$ 145,00

    Pr-requisitos exigidos: Graduao plena na formao pretendida, com diploma, devidamente registrado, fornecido por instituio

    de ensino superior reconhecida pelo Ministrio da Educao MEC e registro no Conselho de Classe respectivo.

    COREMU UNIDADES DE ENSINO FORMAO CODIGO N VAGAS

    Faculdade Adventista da

    Bahia/FADBA Hospital Estadual da Criana/FADBA Fisioterapia 051 04

    Programa:

    RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SADE DA

    FAMLIA

    Carga horria:

    60 h semanais Bolsa: R$ 2.976,26

    Valor da taxa de

    Inscrio:

    R$ 145,00

    Pr-requisitos exigidos: Graduao plena na formao pretendida, com diploma, devidamente registrado, fornecido por instituio

    de ensino superior reconhecida pelo Ministrio da Educao MEC e registro no Conselho de Classe respectivo.

    COREMU UNIDADES DE ENSINO FORMAO CODIGO N VAGAS

    Universidade Federal do

    Vale do So Francisco

    (UNIVASF)

    Unidades de sade da Rede Interestadual de Ateno Sade do Vale do Mdio So Francisco (Municpios da Macrorregio Norte da Bahia e Microrregio de Petrolina-PE) /Universidade Federal do Vale do So Francisco.

    Enfermagem 055 02

    Odontologia 056 02

    Psicologia 057 02

    Farmcia 058 02

    Programa:

    RESIDNCIA EM NUTRIO CLNICA COM NFASE

    EM PEDIATRIA E TERAPIA INTENSIVA

    Carga horria:

    60 h semanais Bolsa: R$ 2.976,26

    Valor da taxa de

    Inscrio:

    R$ 145,00

    Pr-requisitos exigidos: Graduao plena na formao pretendida, com diploma, devidamente registrado, fornecido por instituio

    de ensino superior reconhecida pelo Ministrio da Educao MEC e registro no Conselho de Classe respectivo.

    COREMU UNIDADES DE ENSINO FORMAO CODIG

    O

    AREA

    CONCENTRAO

    N

    VAGA

    S

    Universidade Federal do

    Recncavo da Bahia (UFRB)

    Hospital Estadual da Criana-LBCMI (Liga Baiana

    Contra Mortalidade Infantil)/Hospital Geral

    Clriston Andrade/Hospital da Cidade/

    Universidade Federal do Recncavo da Bahia

    (UFRB)

    Nutrio

    060

    TERAPIA

    INTENSIVA

    PEDITRICA

    02

    061

    TERAPIA

    INTENSIVA

    ADULTO/IDOSO

    05

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    6

    Programa:

    RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SADE

    COLETIVA COM REA DE CONCENTRAO EM

    DOENAS CARDIOVASCULARES

    Carga horria:

    60 h semanais Bolsa: R$ 2.976,26

    Valor da taxa de

    Inscrio:

    R$ 145,00

    Pr-requisitos exigidos: Graduao plena na formao pretendida, com diploma, devidamente registrado, fornecido por instituio

    de ensino superior reconhecida pelo Ministrio da Educao MEC e registro no Conselho de Classe respectivo.

    COREMU UNIDADES DE ENSINO FORMAO CODIGO N VAGAS

    Universidade Federal da

    Bahia (UFBA)

    Hospital Ana Nery/Instituto de Sade

    Coletiva/UFBA

    Enfermagem 065 03

    Fisioterapia 066 03

    Farmcia 067 02

    Nutrio 068 02

    Odontologia 069 02

    Psicologia 070 02

    Programa:

    RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL EM ATENO

    SADE DA PESSOA IDOSA

    Carga horria:

    60 h semanais Bolsa: R$ 2.976,26

    Valor da taxa de

    Inscrio:

    R$ 145,00

    Pr-requisitos exigidos: Graduao plena na formao pretendida, com diploma, devidamente registrado, fornecido por instituio

    de ensino superior reconhecida pelo Ministrio da Educao MEC e registro no Conselho de Classe respectivo.

    COREMU UNIDADES DE ENSINO FORMAO CODIGO N VAGAS

    Escola Bahiana de Medicina

    e Sade Pblica/EBMSP

    Hospital Santo Antnio das Obras Sociais Irm

    Dulce/OSID/EBMSP

    Enfermagem 075 02

    Psicologia 076 02

    Fisioterapia 077 02

    Programa:

    RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SADE DA CRIANA E DO ADOLESCENTE

    Carga horria:

    60 h semanais Bolsa: R$ 2.976,26

    Valor da taxa de

    Inscrio:

    R$ 145,00

    Pr-requisitos exigidos: Graduao plena na formao pretendida, com diploma, devidamente registrado, fornecido por instituio

    de ensino superior reconhecida pelo Ministrio da Educao MEC e registro no Conselho de Classe respectivo.

    COREMU UNIDADES DE ENSINO FORMAO CODIGO N VAGAS

    Universidade

    Salvador/UNIFACS Hospital Martago Gesteira/Rede Municipal de Ateno Primria

    Enfermagem 080 02

    Farmcia 081 02

    Psicologia 082 01

    Servio Social 083 01

    Fisioterapia 084 01

    Nutrio 085 01

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    7

    Programa:

    RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL EM URGNCIAS

    Carga horria:

    60 h semanais Bolsa: R$ 2.976,26

    Valor da taxa de Inscrio:

    R$ 145,00

    Pr-requisitos exigidos: Graduao plena na formao pretendida, com diploma, devidamente registrado, fornecido por instituio

    de ensino superior reconhecida pelo Ministrio da Educao MEC e registro no Conselho de Classe respectivo.

    COREMU UNIDADES DE ENSINO FORMAO CODIGO N VAGAS

    Universidade Federal da

    Bahia (UFBA)

    Universidade Federal da Bahia/Campus Ansio Teixeira, Hospital Geral de Vitria da Conquista e rede de ateno bsica do municpio de Vitria da Conquista.

    Enfermagem 090 04

    Farmcia Clnica 091 02

    Farmcia em

    Anlise Clnica 092 02

    Nutrio 093 02

    Psicologia 094 02

    Programa:

    RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL EM CLNICA DA

    PESSOA E DA FAMLIA

    Carga horria:

    60 h semanais Bolsa: R$ 2.976,26

    Valor da taxa de

    Inscrio:

    R$ 145,00

    Pr-requisitos exigidos: Graduao plena na formao pretendida, com diploma, devidamente registrado, fornecido por instituio

    de ensino superior reconhecida pelo Ministrio da Educao MEC e registro no Conselho de Classe respectivo.

    COREMU UNIDADES DE ENSINO FORMAO CODIGO N VAGAS

    Escola Bahiana de Medicina

    e Sade Pblica/EBMSP

    Unidade Docente Assistencial na Ateno Bsica - Complexo Comunitrio Vida Plena/Sociedade Hlon, Unidade Docente Assistencial na Ateno Secundria ADAB/EBMSP, Unidade de Sade Mental, Unidade Hospitalar conveniada com a EBMSP

    Enfermagem 100 02

    Psicologia 101 02

    Fisioterapia 102 02

    Programa:

    RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SADE

    COLETIVA COM REA DE CONCENTRAO EM

    PLANEJAMENTO E GESTO EM SADE

    Carga horria:

    60 h semanais Bolsa: R$ 2.976,26

    Valor da taxa de

    Inscrio:

    R$ 145,00

    Pr-requisitos exigidos: Graduao plena na formao pretendida, com diploma, devidamente registrado, fornecido por instituio

    de ensino superior reconhecida pelo Ministrio da Educao MEC e registro no Conselho de Classe respectivo.

    COREMU UNIDADES DE ENSINO FORMAO CODIGO N VAGAS

    Universidade Federal da

    Bahia (UFBA)

    Hospital Ana Nery/Instituto de Sade

    Coletiva/UFBA

    Enfermagem 105 03

    Odontologia 106 03

    Bacharel em Sade Coletiva

    107 12

    2.2 Ser concedida Bolsa de Estudo no valor mensal de R$ 2.976,26 (dois mil novecentos e setenta e seis reais e vinte e seis centavos), durante o perodo da vigncia do Programa respectivo, aos residentes matriculados. 2.2.1 A Bolsa est sujeita aos descontos e retenes tributrias e previdencirias nos termos da lei. 2.3 Os convocados que forem servidores pblicos (federais, estaduais ou municipais) devero, no ato da assinatura do contrato, apresentar ato formal de liberao da autoridade competente, na forma da legislao especfica, condio indispensvel para recebimento da Bolsa de Estudo. A qualquer momento, ao ser constatado qualquer inconsistncia de informao, o Residente ser desligado do Programa.

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    8

    2.4 As vagas sero distribudas de acordo com o Quadro 2 constante no item 2.1 deste Captulo e sero preenchidas segundo a ordem de classificao geral dos candidatos APROVADOS por Programa, COREMU, Formao e rea de Concentrao, quando houver. 2.5 A carga horria dos Programas de Residncia ser de 60 horas semanais. 2.6 A durao do Programa de Residncia ser de dois anos (24 meses). 2.7 A descrio completa de todos os Programas de cada COREMU est contida no Anexo II. 2.8 As provas sero realizadas exclusivamente no municpio de Salvador-BA. 3. DAS INSCRIES 3.1 A inscrio do candidato implicar o conhecimento e a tcita aceitao das normas e condies estabelecidas neste Edital, em relao s quais no poder alegar desconhecimento. 3.2 As inscries ficaro abertas, exclusivamente via Internet, no perodo das 10h do dia 07/11/2015 s 23h59min do dia 17/12/2015 (horrio local). 3.3 Para inscrever-se o candidato dever acessar o site da Fundao CEFETBAHIA (www.fundacaocefetbahia.org.br/sesab/eesp/2016/residencia/selecao.asp) durante o perodo das inscries e efetuar sua inscrio conforme os procedimentos estabelecidos a seguir: 3.3.1 Acessar o site www.fundacaocefetbahia.org.br/sesab/eesp/2016/residencia/selecao.asp, ler o edital e seguir as orientaes contidas na tela; a) digitar corretamente os dados cadastrais e a opo do Programa de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional da Sade por Cdigo da opo desejada (COREMU, Formao e rea de Concentrao, quando

    houver), conforme Captulo 2, Item 2.1 deste Edital ;

    b) conferir os dados do Requerimento de Inscrio e solicitar a inscrio no processo seletivo; c) imprimir o boleto bancrio; d) efetuar o pagamento do valor referente inscrio at o dia 18/12/2015 em qualquer banco vinculado ao Sistema de Compensao Nacional;

    e) acessar o site a partir de 72h aps o pagamento do valor da inscrio para imprimir o comprovante de inscrio, contendo a informao referente sua opo do Programa de Residncia Multiprofissional e em rea

    Profissional de Sade, data e horrio da realizao da prova.

    3.3.2 O descumprimento das instrues para inscrio via Internet implicar a sua no efetivao.

    3.4 A Comisso Estadual de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (CEREMAPS) e a Fundao CEFETBAHIA no se responsabilizam por solicitaes de Inscrio via Internet no recebidas por motivo de ordem tcnica dos computadores, falha de comunicao, congestionamento de linhas de comunicao, falta de energia eltrica, bem como outros fatores que impossibilitem a transferncia de dados. 3.5 As informaes prestadas na Ficha de Inscrio sero de inteira responsabilidade do candidato, reservando-se Comisso o direito de excluir do Processo Seletivo Unificado aquele que no preencher esse documento eletrnico e oficial de forma completa, correta, sem erros de digitao e/ou fornecer dados inverdicos ou falsos. 3.6 Em nenhuma hiptese ser efetuada a devoluo da taxa de inscrio, ainda que superior, em duplicidade ou pela realizao de mais de uma inscrio. 3.7 O pagamento do valor da inscrio nas agncias bancrias vinculadas ao Sistema de Compensao Nacional

    poder ser efetuado em dinheiro, cheque do prprio candidato ou dbito em conta corrente de bancos

    conveniados.

    3.7.1 O pagamento efetuado por meio de cheque somente ser considerado quitado aps a respectiva compensao. 3.7.2 Em caso de devoluo do cheque, qualquer que seja o motivo, considerar-se- automaticamente sem efeito a inscrio. 3.7.3 No sero aceitas inscries pagas por depsito em caixa eletrnico, via postal, fac-smile (fax), transferncia

    ou depsito em conta corrente, DOC condicional e/ou extempornea ou por qualquer outra via no especificada

    neste Edital.

    3.8 O candidato dever efetuar uma nica inscrio no Processo Seletivo Unificado de que trata este Edital.

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    9

    3.8.1 O candidato que efetuar mais de uma inscrio ter somente a ltima inscrio validada, sendo as demais

    canceladas.

    3.8.1.1 O cancelamento das inscries ter como base os procedimentos descritos abaixo:

    a) as datas em que forem efetivados os pagamentos dos boletos bancrios;

    b) para boletos bancrios pagos na mesma data, ser considerado o ltimo nmero de inscrio em cada boleto

    bancrio.

    3.9 Aps a confirmao da inscrio, no sero aceitas alteraes na opo do Programa de Residncia

    Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (COREMU, Formao e rea de Concentrao, quando houver).

    3.10 dever de o candidato manter sob sua guarda o aviso eletrnico gerado ao trmino da sua inscrio e o comprovante de pagamento do boleto bancrio referente sua inscrio. 3.11 No sero aceitos pedidos de iseno total ou parcial do pagamento do valor da inscrio. 3.12 No sero efetivadas as inscries com pagamento efetuado por um valor menor ao estabelecido e as solicitaes de inscrio cujos pagamentos forem efetuados aps a data de encerramento das inscries. 3.13 O descumprimento das instrues para a inscrio implicar a sua no efetivao. 3.14 A candidata que tiver necessidade de amamentar, durante a realizao da prova, alm de solicitar condio especial para tal fim, dever levar um acompanhante que ficar em sala reservada e que ser responsvel pela guarda da criana. A candidata que no levar acompanhante no realizar a prova. 3.14.1 No haver compensao do tempo de amamentao no tempo de durao da(s) prova(s). 3.15 Os candidatos que necessitarem de condies especiais, devidamente comprovadas por laudo emitido por especialista, com expressa referncia ao cdigo da CID 10 dever solicit-las coordenao de seleo da Fundao CEFETBAHIA com antecedncia mnima de 10 (dez) dias da data de aplicao da prova, obedecendo a critrios de viabilidade e razoabilidade. A deciso ser comunicada ao candidato at 2 (dois) dias antes da realizao da prova. 3.16 As inscries indeferidas sero divulgadas no site da Fundao CEFETBAHIA (www.fundacaocefetbahia.org.br/sesab/eesp/2016/residencia/selecao.asp) 3.17 No sero aceitas as solicitaes de inscries que no atenderem rigorosamente ao estabelecido neste edital. 3.18 Os Cartes Informativos indicando o local e horrio da prova, a Opo do Programa (COREMU, Formao e rea de Concentrao, quando houver) para o qual efetuou a inscrio e o seu respectivo nmero de inscrio sero disponibilizados aos candidatos no site da Fundao CEFETBAHIA (www.fundacaocefetbahia.org.br/sesab/eesp/2016/residencia/selecao.asp). 3.18.1 Somente sero disponibilizados os cartes informativos de inscrio para os candidatos que efetivaram o pagamento de suas taxas de inscrio no perodo e forma estabelecidos no captulo 3 deste edital. 3.18.2 Caso o carto do candidato no seja disponibilizado at cinco dias antes da data marcada para a realizao da prova, de inteira responsabilidade do candidato comparecer, at 3 (trs) dias antes da data de realizao da prova, na sede da Fundao CEFETBAHIA, situada no Boulevard Amrica, n. 749, Jardim Baiano, Nazar, Salvador BA, CEP 40.050-320, para receber o carto Informativo; 3.18.3 No sero dadas, por telefone, informaes a respeito de datas, de locais e de horrios de provas. 4. DAS ETAPAS 4.1 O Processo Seletivo Unificado dos Programas de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade constar das seguintes etapas: a) 1 Etapa: Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais em Sade, Conhecimentos Especficos da Graduao e

    Conhecimentos bsicos na rea de aprofundamento do Programa, de carter eliminatrio e classificatrio, constando de 50 (cinquenta) questes objetivas de mltipla escolha e versar sobre os Contedos Programticos contidos no Anexo I do presente Edital, totalizando 40 (quarenta) pontos, conforme apresentado no Quadro 1 do item 1.7, deste Edital;

    b) 2 Etapa: Prova de Ttulos mediante Anlise do Currculo Lattes de carter classificatrio, especificada no Captulo 7, deste Edital, totalizando 10 (dez) pontos, conforme apresentado no Quadro 1 do item 1.7, deste Edital.

    5. DA 1 ETAPA: PROVA OBJETIVA

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    10

    5.1 A prova objetiva, de carter eliminatrio e classificatrio, ser composta por 50 (cinquenta) questes de mltipla escolha, com 5 (cinco) alternativas de resposta (A, B, C, D e E), para todos os Programas de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade. A atribuio de peso s questes dar-se- de acordo com o Quadro 3 contido no item 5.3 deste captulo, totalizando 40 (quarenta) pontos; 5.2 O Contedo programtico das reas de conhecimento exigidas para a prova constam no Anexo I deste Edital.

    5.3. O Quadro 3 apresenta a rea de conhecimento, o nmero de questes, os respectivos pesos e o total de

    pontos:

    Quadro 3 Caractersticas da Prova Objetiva

    Programa rea do conhecimento Quantitativo de questes

    por peso Total

    0,50 0,75 1,00 Questes Pontos

    Para todas as Residncias

    Conhecimentos Gerais em Sade 5 10 0 15 10

    Conhecimentos bsicos da Graduao 5 10 5 20 15

    Conhecimentos especficos do Programa de Residncia

    0 0 15 15 15

    Somatrio Geral 10 20 20 50 40

    5.4 A Prova Objetiva realizar-se- em 10/01/2016, no turno matutino, exclusivamente no municpio de Salvador-BA, sendo certo que qualquer alterao de data, local e/ou horrio ser especificada oportunamente no site da Fundao CEFETBAHIA (www.fundacaocefetbahia.org.br/sesab/eesp/2016/residencia/selecao.asp). 5.5 A prova objetiva ter durao de 4h (quatro horas), com horrio de incio previsto para as 9h (nove horas),

    considerado o HORRIO LOCAL. O candidato dever comparecer ao local da prova com antecedncia mnima de 1

    (uma) hora fixada para o incio da sua aplicao, portando documento de identificao com foto, o Carto

    Informativo de Inscrio e o comprovante de pagamento da taxa de inscrio.

    5.6 Os horrios previstos para abertura e fechamento dos portes sero, respectivamente, s 08h20min (oito horas

    e vinte minutos) e s 08h50min (oito horas e cinquenta minutos), considerado o HORRIO LOCAL. No ser

    permitido o ingresso de candidatos, em hiptese alguma, no estabelecimento, aps o fechamento dos portes.

    5.7 Ao candidato s ser permitida a realizao das provas na data, horrio e local disponibilizados no endereo eletrnico informado no item 5.4. 5.7.1 No haver segunda chamada ou repetio de provas qualquer que seja o motivo alegado. 5.7.2 O candidato no poder alegar desconhecimento das informaes relativas realizao das provas como justificativa de sua ausncia. 5.7.3 O no comparecimento prova, qualquer que seja o motivo, caracterizar desistncia do candidato e resultar na sua eliminao do Processo Seletivo Unificado. 5.8 Somente ser admitido sala de provas o candidato que apresentar documento que legalmente o identifique, como: Carteiras e/ou Cdulas de Identidade expedidas pelas Secretarias da Segurana, pelas Foras Armadas, pela Polcia Militar, pelo Ministrio das Relaes Exteriores, Cdulas de Identidade fornecidas por Ordens ou Conselhos de Classe, que por Lei Federal valem como documento de identidade, como, por exemplo, as do COREN, CREFITO, CRESS, CRF, etc., a Carteira de Trabalho e Previdncia Social, bem como a Carteira Nacional de Habilitao (com fotografia), na forma da Lei Federal n 9.503 de 23/09/1997. 5.8.1 Os documentos de identificao devero estar em perfeitas condies de forma a permitir, com clareza, a identificao do candidato, e devero conter, obrigatoriamente, foto e data de nascimento. 5.8.2. No sero aceitos documentos de identificao em cpias, ainda que autenticadas, ilegveis, no identificveis e/ou danificados. 5.8.3 Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia de realizao das provas, documento de identidade original, por motivo de perda, roubo ou furto, dever apresentar documento que ateste o registro da

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    11

    ocorrncia em rgo policial, expedido h, no mximo, 30 (trinta) dias, sendo ento submetido identificao especial, compreendendo coleta de dados, de assinaturas e impresso digital em formulrio especfico. 5.8.4 A identificao especial ser exigida, tambm, do candidato cujo documento de identificao gere dvidas quanto fisionomia, assinatura ou condio de conservao do documento e/ou prpria identificao. 5.9 As questes da 1 Etapa sero do tipo mltipla escolha. O candidato dever transcrever as respostas das provas para a Folha de Respostas personalizada, nico documento vlido para a correo das provas. O preenchimento da Folha de Respostas de inteira responsabilidade do candidato, que dever proceder em conformidade com as instrues especficas contidas na capa do caderno de questes. 5.9.1 Em nenhuma hiptese haver substituio da Folha de Respostas por erro do candidato. 5.9.2 Os prejuzos advindos de marcaes feitas incorretamente na Folha de Respostas sero de inteira responsabilidade do candidato. 5.10 O candidato dever comparecer ao local designado munido de caneta esferogrfica de tinta preta ou azul escura de material transparente. 5.10.1 No sero computadas questes no assinaladas ou que contenham mais de uma resposta, emenda ou rasura, ainda que legvel. 5.11 Ter sua prova anulada e ser automaticamente eliminado do Processo Seletivo Unificado o candidato que: a) apresentar-se aps o horrio estabelecido, inadmitindo-se qualquer tolerncia; b) no comparecer as provas, seja qual for o motivo alegado; c) no apresentar documento que legalmente o identifique; d) ausentar-se da sala de provas sem o acompanhamento do fiscal; e) ausentar-se do local de provas antes de decorrida uma hora do incio das mesmas; f) deixar de assinar a Folha de Respostas das questes objetivas; g) ausentar-se da sala de provas levando a Folha de Respostas; h) ausentar-se da sala de provas levando o Caderno de Questes antes do horrio permitido, ou outros materiais no permitidos, sem autorizao; i) estiver portando armas de fogo, mesmo que possua o respectivo porte; j) lanar mo de meios ilcitos para a execuo das provas; k) no devolver integralmente o material recebido; l) for surpreendido em comunicao com outras pessoas ou utilizando-se de livro, anotao, impresso no permitido ou mquina calculadora ou similar; m) estiver portando qualquer tipo de aparelho eletrnico ou de comunicao (bip, telefone celular, relgios digitais, walkman, agenda eletrnica, notebook, palmtop, tablet, smartfone, receptor, gravador ou outros equipamentos similares), bem como fones e protetores auriculares; n) estiver portando, manuseando ou consultando qualquer tipo de livro, legislao, manual, folhetos, qualquer material escrito enquanto estiver respondendo prova, ou mesmo transitando nas dependncias do prdio de aplicao da Prova e no acesso aos sanitrios. o) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido; p) no atender aos procedimentos determinados para realizao da inscrio, conforme previsto no presente Edital; q) fizer, em qualquer documento, declarao falsa ou incorreta; r) tratar incorretamente ou agir com descortesia em relao a qualquer pessoa envolvida na aplicao da prova, bem como aos Coordenadores, Auxiliares e Autoridades presentes. s) efetuar o pedido de inscrio fora do prazo estabelecido neste Edital; t) no possuir os pr-requisitos para a Opo de Cargo almejado, estabelecidos no item 2; u) deixar de apresentar quaisquer documentos que comprovem o atendimento a todas as condies e requisitos estabelecidos neste Edital. v) divulgar, em qualquer mdia, o contedo do caderno de questes, pertinente Prova Objetiva, antes do horrio previsto no subitem 5.15, ser considerada falta grave, implicando sua ocorrncia na excluso do candidato, com a anulao da respectiva prova, o comportamento contrrio s especificaes do presente Edital, para com qualquer dos examinadores, seus auxiliares, fiscais ou autoridades presentes.

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    12

    5.12 O candidato, ao ingressar no local de realizao da prova, dever manter desligado qualquer aparelho eletrnico que esteja sob sua posse, ainda que os sinais de alarme estejam nos modos de vibrao, avio e silencioso. 5.12.1 Recomenda-se ao candidato, no dia da realizao da prova, no levar nenhum dos aparelhos indicados nas alneas l, m e n. Caso seja necessrio o candidato portar algum desses aparelhos eletrnicos, estes devero ser acondicionados, no momento da identificao, em embalagem especfica a ser fornecida pela Fundao CEFETBAHIA exclusivamente para tal fim. 5.12.2 aconselhvel que os candidatos retirem as baterias dos celulares, garantindo que nenhum som seja emitido, inclusive do despertador caso esteja ativado. 5.12.3 Poder, tambm, ser excludo do Concurso, o candidato que estiver utilizando ou portando em seu bolso os aparelhos eletrnicos indicados nas alneas l e m, deste Captulo, aps o procedimento estabelecido no item 5.12. 5.13 Os demais pertences pessoais dos candidatos, tais como: bolsas, sacolas, bons, chapus, gorros ou similares, culos escuros e protetores auriculares, sero acomodados em local a ser indicado pelos fiscais de sala, onde devero permanecer at o trmino das provas. 5.13.1 A Fundao CEFETBAHIA e a Secretaria da Sade do Estado da Bahia no se responsabilizaro por perda ou extravio de documentos ou objetos, equipamentos eletrnicos, ocorrido no local de realizao das provas, nem por danos neles causados. 5.13.2 Os aparelhos eletrnicos devero permanecer lacrados e desligados at a sada do candidato do local de realizao das provas. 5.14 No haver, por qualquer motivo, prorrogao do tempo previsto para a aplicao das provas em virtude de afastamento de candidato da sala de provas. 5.15 Os candidatos somente podero levar seu Caderno de Questes na ltima hora faltante para o trmino das provas. 5.15.1 Em hiptese alguma o candidato poder levar o Caderno de Questes antes do horrio permitido. 5.16 Os gabaritos e as questes das provas aplicadas estaro disponveis na sede da Fundao CEFETBAHIA,

    situada no Boulevard Amrica, n. 749, Jardim Baiano, Nazar, Salvador BA e no site da Fundao CEFETBAHIA

    (www.fundacaocefetbahia.org.br/sesab/eesp/2016/residencia/selecao.asp) a partir do primeiro dia til aps a

    aplicao das provas e/ou do resultado de cada uma das etapas previstas no Processo Seletivo, durante o perodo

    estabelecido para recurso.

    6. DO JULGAMENTO DA PROVA 1 ETAPA: PROVA OBJETIVA 6.1 Da Nota na Prova Objetiva, para todos os Programas de Residncia:

    6.1.1 A nota obtida nas questes objetivas de mltipla escolha ser calculada da seguinte forma:

    a) A nota obtida em cada questo objetiva padronizada (Nop) corresponde ao produto entre a nota obtida em

    cada questo objetiva (No) e seu respectivo peso (Pso), sendo representada pela seguinte frmula matemtica:

    Nop = No x Pso.

    b) A nota total obtida nas questes objetivas corresponde ao somatrio das notas obtidas em cada questo

    objetiva padronizada (Nop).

    6.2 Da Habilitao / Inabilitao na prova objetiva, para todos os Programas de Residncia:

    6.2.1 Depois de apurada a nota da prova objetiva, os candidatos sero relacionados por Programa (COREMU,

    Formao e rea de Concentrao, quando houver)/cdigo, em ordem decrescente de nota total nas questes

    objetivas (Nop) e sero HABILITADOS aqueles cuja classificao na prova objetiva for inferior ou igual a 5(cinco)

    vezes o nmero de vagas ofertadas, conforme item 2.1, considerando-se, tambm, o percentual mnimo de acerto

    nas questes objetivas (Nop) igual a 50% (cinquenta por cento).

    6.2.2 Sero INABILITADOS aqueles candidatos cuja classificao na prova objetiva for superior a 5(cinco) vezes o

    nmero de vagas ofertadas, conforme item 2.1, e aqueles que no obtiverem o percentual mnimo de acerto nas

    questes objetivas (Nop) igual a 50% (cinquenta por cento).

    6.3 Do desempate na prova objetiva, para todas as residncias:

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    13

    6.3.1 Havendo empate na totalizao dos pontos, ter preferncia o candidato que, na ordem a seguir, tenha

    obtido, sucessivamente:

    a) o maior nmero de acertos em questes objetivas de peso 1,00;

    b) o maior nmero de acertos em questes objetivas de peso 0,75;

    c) o maior nmero de acertos em questes objetivas de peso 0,50.

    6.4 Depois de apurada a nota da prova objetiva, os candidatos HABILITADOS, para todos os Programas de

    Residncia, sero CLASSIFICADOS em ordem decrescente de nota, na 1 Etapa (NgI).

    6.5 Na publicao do resultado da 1 Etapa, Prova Objetiva constar a identificao apenas dos candidatos

    habilitados.

    6.6 O candidato INABILITADO na 1 Etapa: Prova Objetiva ser excludo do Processo Seletivo Unificado.

    7. DA 2 ETAPA: PROVA DE TTULOS 7.1 2 Etapa, Prova de Ttulos, mediante anlise do Currculo Lattes, de carter classificatrio, concorrero apenas os candidatos aos Programas de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade, HABILITADOS na 1 Etapa, Prova Objetiva, de acordo com o estabelecido no captulo 6 deste Edital. 7.2 Constituem ttulos aqueles a seguir, indicados com pontuao mxima de 10 (dez) pontos, expedidos at a data do trmino das inscries, devidamente comprovados e relacionados Graduao e/ou ao Programa de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (COREMU, Formao e rea de Concentrao, quando houver) pretendido conforme disposto no Quadro 4 a seguir. 7.2.1 Os Ttulos devem estar relacionados na Plataforma Lattes e devidamente comprovados mediante apresentao de Certificados, Certides e/ou Atestados; 7.2.1.1 Os Ttulos devem ser emitidos por Instituies de Ensino Oficiais, credenciadas pelo MEC ou por Instituies devidamente credenciadas para organizao de Congressos, Seminrios, Conferncias e Jornadas Acadmicas. 7.2.1.2 Os ttulos devem conter data de emisso e, quando exigido no tipo do grupo de atividade constante no quadro 4, devem mencionar a carga horria. 7.2.2 No somatrio dos ttulos de cada candidato, os pontos excedentes pontuao mxima do respectivo Tipo de Atividade, sero desprezados. 7.2.3 O Grupo de Atividade, o Tipo de Atividade, a Pontuao Unitria e a Pontuao Mxima para todos os Programas de Residncia so os apresentados no Quadro 4 a seguir:

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    14

    Quadro 4 Barema da Prova de Ttulos

    GRUPO DE ATIVIDADE

    TIPO PONTUAO

    MXIMA

    1. ATIVIDADES ACADMICAS

    a) Atividade de monitoria em disciplinas da graduao relacionadas com a formao na qual pretende o ingresso - 0,25 ponto por semestre letivo.

    0,5

    b) Atividade de monitoria em disciplinas da graduao na rea da especialidade do Programa de Residncia no qual pretende o ingresso - 0,5 ponto por semestre letivo.

    1,0

    c) Participao em atividade de extenso (comunidade, grupo, oficina, feira de sade, palestras, conferncia, workshop e cursos de curta durao com carga horria inferior a 8h) - 0,5 pontos para cada somatrio de 60 horas de atividade.

    1,0

    d) Participao em congressos, simpsios, seminrios, jornadas e encontros (com carga horria igual ou superior a 8h) - 0,1 ponto por participao.

    0,5

    e) Participao em congressos, simpsios, seminrios, jornadas acadmicas na rea de especializao do Programa de Residncia ao qual pretende o ingresso (com carga horria igual ou superior a 8h) - 0,25 pontos por participao.

    1,0

    SUBTOTAL 4,0

    2. PRODUO CIENTFICA

    a) Apresentao de trabalhos em congressos, conferncias ou jornadas em reas relacionadas com a formao na qual pretende o ingresso - 0,1 pontos por trabalho apresentado.

    0,2

    b) Apresentao de trabalhos em congressos, conferncias, jornadas na rea de especializao do Programa de Residncia no qual pretende o ingresso - 0,2 pontos por trabalho.

    0,8

    c) Publicao de artigo cientfico na integra em mdias especializadas em divulgao cientifica - 0,5 pontos por publicao.

    1,0

    d) Participao em projeto de pesquisa / iniciao cientifica - 0,25 pontos por participao. 0,5

    SUBTOTAL 2,5

    3. ATIVIDADE PROFISSIONAL

    a) Experincia profissional relacionada rea de especializao do Programa de Residncia ou na rea de formao no qual pretende o ingresso - 0,5 pontos por semestre de experincia.

    1,0

    SUBTOTAL 1,0

    4. OUTRAS

    ATIVIDADES

    a) Estgios extracurriculares no computados no histrico escolar relacionados com a rea de formao no qual pretende o ingresso - 0,1 pontos para cada somatrio de 60 horas.

    0,2

    b) Estgios extracurriculares no computados no histrico escolar e relacionados rea de especializao do Programa de Residncia no qual pretende o ingresso - 0,25 pontos para cada somatrio de 60 horas.

    1,0

    c) Participao em organizao de eventos cientficos em sade, representaes de movimentos associativos na rea de sade, membro de comisses na rea de sade, atuao como palestrante - 0,1 pontos por participao.

    0,4

    d) Participao em congresso, simpsios, seminrios, jornadas e encontros na rea de formao a qual pretende o ingresso, APS A GRADUAO (com carga horria igual ou superior a 8h) - 0,1 pontos por participao.

    0,2

    e) Participao em congresso, simpsios, seminrios, jornadas e encontros acadmicos na rea de especializao do Programa de Residncia no qual pretende o ingresso, APS A GRADUAO (com carga horria igual ou superior a 8h) - 0,1 pontos por participao.

    0,3

    f) Curso de aperfeioamento ou atualizao, realizado APS A GRADUAO, relacionado com a rea de especializao do Programa de Residncia no qual pretende o ingresso- 0,2 pontos para cada somatrio de 120 horas

    0,4

    SUBTOTAL 2,5

    PONTUAO TOTAL 10,0

    7.3 Os ttulos a serem avaliados devero ser encaminhados: a) em fotocpias autenticadas e discriminados em relao especfica, sem rasuras ou emendas, identificada com o nome completo do candidato, nmero do documento de identidade e opo do Programa de Residncia

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    15

    Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (COREMU, Formao e rea de Concentrao, quando houver)acompanhados do Currculo Lattes e do Diploma de Graduao juntamente com o respectivo Histrico Escolar; a.1) cada ttulo apresentado dever conter necessariamente a indicao de qual grupo de atividade o candidato pretende que o referido ttulo seja classificado. a.2) os ttulos que o candidato pretende classificar em Tipos de Grupos de Atividades que exijam carga horria, devero conter expressamente a especificao da carga horria. a.3) os ttulos emitidos eletronicamente, caso no sejam apresentados em fotocpia autenticada, s sero aceitos se contiverem cdigo de autenticidade, que permita a rastreabilidade. b) por meio de Sedex : Fundao CEFETBAHIA - Endereo: Boulevard Amrica, n 749, Jardim Baiano, Nazar, Salvador BA CEP 40.050-320 7.3.1 No sero aceitos ttulos encaminhados por fax, correio eletrnico ou por qualquer outro meio que no o especificado no item anterior. 7.3.2 O prazo e os procedimentos para entrega dos ttulos sero divulgados em Edital de Convocao,disponibilizado no site da Fundao CEFETBAHIA (www.fundacaocefetbahia.org.br/sesab/eesp/2016/residencia/selecao.asp). 7.4. Somente sero aceitos e avaliados: a) ttulos que estiverem de acordo com o especificado no Quadro 4, do subitem7.2.3 deste Edital; b) certificados de monitoria, de Participao em atividade de extenso e/ou de Participao em projeto de pesquisa/iniciao cientfica expedidos por Instituio Oficial de Ensino devidamente credenciada pelo Ministrio da Educao (MEC); c) certificados/certides de participao em congressos, em seminrios, em jornadas, em outros eventos acadmicos, de experincia profissional, de estgios extracurriculares, de participao em organizao de eventos cientficos, emitidos por Instituies de Ensino Oficiais, credenciadas pelo MEC ou por Instituies devidamente credenciadas para organizao de congressos, seminrios, conferncias e jornadas acadmicas. d) os documentos relacionados a cursos realizados no exterior, quando vertidos para a lngua portuguesa por tradutor juramentado e devidamente revalidado por Universidades oficiais credenciadas pelo Ministrio da Educao MEC. e) A Experincia profissional dever ser comprovada atravs de registro em carteira de trabalho (CTPS) ou por atestado da empresa ou rgos nos quais o candidato tenha exercido a atividade profissional relacionada rea de formao na qual pretende o ingresso, em papel timbrado e com firma reconhecida. f) No caso da experincia profissional se relacionar com a graduao, est condicionado apresentao do diploma ou atestado/certificado de concluso de curso. g) Artigos cientficos com apresentao de cpia da publicao na ntegra. g.1) No sero avaliados as publicaes de resumo/resumo estendido. 7.4.1 Ser vedada a pontuao de qualquer ttulo/documento que no preencher todas as condies previstas neste captulo; 7.5 Aps a entrega dos ttulos, no sero aceitos pedidos de incluso de documentos, sob qualquer hiptese ou alegao. 7.6 No sero recebidos ttulos encaminhados fora do prazo estabelecido no Edital de Convocao ou em desacordo com o disposto neste captulo, sendo considerada a data da postagem. 7.7 Cada ttulo ser considerado uma nica vez. 7.8 Comprovada, em qualquer tempo, irregularidade ou ilegalidade na obteno dos ttulos apresentados, o candidato ter anulada a respectiva pontuao e, comprovada a culpa do mesmo, este ser excludo do Processo Seletivo, sem prejuzo das medidas penais cabveis. 7.9 Os ttulos apresentados para este Processo Seletivo no sero devolvidos, assim como no sero fornecidas cpias dessa documentao. 8. DA CLASSIFICAO e do RESULTADO FINAL 8.1 A nota final dos candidatos habilitados ser igual soma da nota obtida na 1 Etapa: Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais e de Conhecimentos Especficos (NgI), com os pontos atribudos na 2 Etapa: Prova de Ttulos (NgII). O candidato HABILITADO ser classificado por Programa de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (COREMU, Formao e rea de Concentrao, quando houver)/cdigo, em ordem decrescente de nota global NG = NgI + NgII.

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    16

    Onde:

    NG = Nota Global no Processo Seletivo

    NgI = Nota da Primeira Etapa (Prova objetiva)

    NgII = Nota da Segunda etapa (Prova de ttulos)

    8.2 Somente ser APROVADO no Processo Seletivo, por Programa de Residncia Multiprofissional e em rea

    Profissional de Sade (COREMU, Formao e rea de Concentrao, quando houver)/cdigo, o candidato

    HABILITADO cuja classificao tenha sido igual ou inferior ao nmero de vagas ofertadas por Programa de

    Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (COREMU, Formao e rea de Concentrao,

    quando houver)/cdigo, de acordo com o item 2.1 deste Edital.

    8.3 Somente ser CLASSIFICADO PARA RESERVA TCNICA no Processo Seletivo, por Programa de Residncia

    Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (COREMU, Formao e rea de Concentrao, quando

    houver)/cdigo, o candidato HABILITADO, cuja classificao tenha sido maior do que o nmero de vagas ofertadas

    por Programa de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (COREMU, Formao e rea de

    Concentrao, quando houver)/cdigo, de acordo com o item 2.1 deste Edital.

    8.3.1 Em caso de desistncia, a convocao do candidato classificado para reserva tcnica dever obedecer

    rigorosamente a ordem de classificao, respeitado o prazo de validade do presente Processo Seletivo Unificado

    (30 dias da publicao do resultado final).

    8.4 O candidato que no for APROVADO nem CLASSIFICADO PARA RESERVA TCNICA ser ELIMINADO.

    8.5 Havendo empate na nota global (totalizao dos pontos) ter preferncia o candidato que, na ordem a seguir,

    tenha obtido, sucessivamente:

    a) o maior nmero de acertos em questes objetivas de peso 1,00;

    b) o maior nmero de acertos em questes objetivas de peso 0,75;

    c) o maior nmero de acertos em questes objetivas de peso 0,50.

    d) maior Nota da Segunda etapa (NgII);

    e) seja mais idoso, considerando dia, ms e ano de nascimento, conforme disposto na lei federal n 10.741 de

    01/10/2003, caso persista o empate.

    8.6 Em hiptese alguma haver convocao de candidatos ELIMINADOS ou EXCLUDOS do Processo Seletivo.

    8.7 Sero considerados ELIMINADOS, para todos os efeitos, os candidatos que no satisfizerem os requisitos

    fixados neste Edital.

    9. DA DIVULGAO DOS RESULTADOS 9.1 A Secretaria da Sade do Estado da Bahia e a Comisso Estadual de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (CEREMAPS), publicaro no Dirio Oficial do Estado da Bahia os resultados da 1 Etapa: Prova Objetiva, da 2 Etapa: Prova de Ttulos, o Resultado Final e a sua Homologao do Processo Seletivo Unificado, sendo divulgados no site da Fundao CEFETBAHIA (www.fundacaocefetbahia.org.br/sesab/eesp/2016/residencia/selecao.asp). 9.2 As publicaes das listagens de todos os resultados do Processo Seletivo Unificado contero: a) os candidatos habilitados na 1 Etapa: Prova Objetiva em ordem decrescente de pontuao, conforme estabelecido no captulo 6, item 6.4, de acordo com a opo do Programa de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (COREMU, Formao e rea de Concentrao, quando houver)/cdigo declarada no ato da inscrio, para todos os Programas de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade; b) as notas obtidas pelos candidatos na 2 Etapa, Prova de Ttulos, conforme estabelecido no captulo 7, de acordo com a opo do Programa de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (COREMU, Formao e rea de Concentrao, quando houver)/cdigo declarada no ato da inscrio; 9.3 A Homologao do Resultado do Processo Seletivo Unificado ocorrer no prazo mximo de 10 (dez) dias, contados da publicao do Resultado Final.

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    17

    10. DOS RECURSOS 10.1 Os gabaritos, as questes das provas aplicadas e os resultados de cada uma das etapas do Processo Seletivo Unificado, para fins de recursos, estaro disponveis na sede da Fundao CEFETBAHIA, situada no Boulevard Amrica, n 749, Jardim Baiano, Nazar, Salvador BA e no site da Fundao CEFETBAHIA (www.fundacaocefetbahia.org.br/sesab/eesp/2016/residencia/selecao.asp) a partir do primeiro dia til aps a aplicao das provas e/ou do resultado de cada uma das etapas previstas no Processo Seletivo Unificado, durante o perodo estabelecido para recurso. 10.2 Qualquer candidato, no prazo de at s 17h do 2 (segundo) dia til aps a publicao do ato de

    indeferimento do seu pedido de inscrio, da publicao do gabarito da prova objetiva e da publicao dos

    resultados de cada uma das etapas do Processo Seletivo Unificado no site da Fundao CEFETBAHIA

    (www.fundacaocefetbahia.org.br/sesab/eesp/2016/residencia/selecao.asp) poder, fundamentadamente,

    interpor recurso, que dever ser julgado em at 10 (dez) dias pela Comisso do Processo Seletivo Unificado,

    observando-se as seguintes normas:

    a) cada recurso, datilografado ou digitado, em 5 (cinco) vias de igual teor e forma, dever conter o Programa de

    Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (COREMU, Formao e rea de Concentrao,

    quando houver)/cdigo para o qual o candidato est concorrendo, bem como o nome, o nmero de inscrio e

    assinatura do candidato, e dever versar sobre uma nica questo objetiva e/ou sobre resultados de cada uma das

    etapas do Processo Seletivo Unificado e ser entregue, tempestivamente, no Protocolo da Fundao CEFETBAHIA,

    situada no Boulevard Amrica, n 749, Jardim Baiano, Nazar, Salvador-Ba, CEP 40.050-320;

    b) admitir-se- um nico recurso, por questo objetiva, para cada candidato, relativamente ao gabarito;

    c) se do exame dos recursos resultar anulao de questo objetiva, os pontos a ela correspondentes sero

    atribudos a todos os candidatos presentes, independentemente da formulao de recurso;

    d) se, por fora de deciso favorvel a eventual recurso, houver modificao do gabarito oficial, com retificao

    de alternativa (s) considerada (s) correta(s), as provas sero recorrigidas de acordo com o novo gabarito,

    admitindo-se novo recurso somente da (s) questo(es) retificada(s), na forma e prazo referidos nos itens

    anteriores.

    e) somente sero aceitos os recursos protocolados na sede da Fundao CEFETBAHIA, situada no Boulevard

    Amrica, n 749, Jardim Baiano, Nazar, Salvador BA, CEP 40.050-320 ou aqueles postados impreterivelmente no

    prazo acima estabelecido com expedio, exclusivamente, via SEDEX, com Aviso de Recebimento (AR);

    10.3 Cada questo ou item dever ser apresentado em folha separada, identificada conforme modelo a seguir:

    Modelo de Identificao de Recurso: Processo Seletivo Unificado: Candidato: Opo do Programa de Residncia Multiprofissional : N. de Inscrio: N. do Documento de Identidade: N. da Questo da Prova: Fundamentao e argumentao lgica: Data e assinatura:

    10.4 O recurso interposto fora do respectivo prazo no ser aceito, sendo considerada, para este efeito, a data do ingresso no protocolo da Fundao CEFETBAHIA ou quando encaminhados via SEDEX, a data da postagem. 10.5 No sero aceitos recursos interpostos por fac-smile (FAX), telex, Internet, telegrama, ou outro meio que no seja o especificado neste Edital. 10.6 Na ocorrncia do disposto nas alneas c e d, do item 10.2, poder haver, eventualmente, alterao da classificao inicial obtida para uma classificao superior ou inferior, ou ainda, poder ocorrer a inabilitao do candidato que no obtiver a nota mnima exigida no captulo 6, subitem 6.2.1. 10.7 O Resultado da Anlise de Recursos ser divulgado no site da Fundao CEFETBAHIA (www.fundacaocefetbahia.org.br/sesab/eesp/2016/residencia/selecao.asp) contendo a totalidade dos Recursos interpostos juntamente com os respectivos pareceres. 10.8. O candidato dever impetrar recurso individual, sendo considerado indeferido o recurso quando impetrado

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    18

    em conjunto por mais de um candidato. 10.9. Cada postagem dever conter apenas Recurso de um nico candidato. 11. DA MATRCULA ACADMICA 11.1 Aps a Homologao do Resultado Final do Processo Seletivo Unificado e sua publicao, a Comisso Estadual de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (CEREMAPS) convocar os candidatos APROVADOS atravs de Edital de Convocao publicado no site da Secretaria da Sade (www.saude.ba.gov.br/eesp), conforme distribuio de vagas disposta no Captulo 2, Quadro 2, para matrcula acadmica, obedecendo-se, rigorosamente, a ordem de classificao no Programa de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (COREMU, Formao e rea de Concentrao, quando houver) por ele escolhido. 11.2 A matrcula acadmica dos candidatos convocados (preenchimento da Ficha de Matrcula e entrega da documentao) ser realizada na Instituio/Unidade de Ensino correspondente ao Programa escolhido, conforme escalonamentos e endereos divulgados em convocao especfica, no site da Secretaria da Sade (www.saude.ba.gov.br/eesp), aps publicao do Resultado Final. 11.3 Devero ser apresentados pelo candidato, no ato da matrcula acadmica, os seguintes documentos (original e cpia autenticadas em Cartrio): a) Diploma da Graduao frente e verso ou Declarao/Certido de Concluso da Graduao expedida pela Instituio de Ensino na qual o candidato se graduou; b) Carteira de Registro Profissional ou protocolo de entrada para obteno da Carteira no respectivo Conselho de Classe Profissional; c) Cadastro de Pessoa Fsica; d) Cdula de Identidade; e) Ttulo de Eleitor e certido de quitao com a Justia Eleitoral; f) Trs fotos 3 X 4, iguais e recentes. 11.3.1 Se a matrcula acadmica ocorrer na Universidade Federal da Bahia, o candidato deve apresentar o original e trs cpias dos seguintes documentos: a) Cdula de Identidade; b) Cadastro de Pessoa Fsica; c) Diploma da Graduao frente e verso; d) Carteira de Registro Profissional ou protocolo de entrada para obteno da Carteira no respectivo

    Conselho de Classe Profissional; e) Ttulo de Eleitor e certido de quitao com a Justia Eleitoral; f) Quitao com o Servio Militar (candidato do sexo masculino); g) Comprovante de residncia; h) PIS/PASEP; i) Trs fotos 3X4, iguais e recentes; j) Carto de vacina atualizado; k) Nmero de agncia e conta corrente do Banco do Brasil ou da Caixa Econmica Federal ou do Santander. 11.3.2 Se a matrcula acadmica ocorrer na Universidade Federal do Vale do So Francisco, o candidato deve apresentar o original e trs cpias dos seguintes documentos: a) Cdula de Identidade; b) Cadastro de Pessoa Fsica; c) Diploma da Graduao frente e verso; d) Carteira de Registro Profissional ou protocolo de entrada para obteno da Carteira no respectivo Conselho de Classe Profissional; e) Ttulo de Eleitor e certido de quitao com a Justia Eleitoral; f) Quitao com o Servio Militar (candidato do sexo masculino); g) Comprovante de residncia; h) Trs fotos 3X4, iguais e recentes; i) Carto de vacina atualizado. 11.3.3 Se a matrcula acadmica ocorrer na Universidade Federal do Recncavo da Bahia, o candidato deve apresentar o original e trs cpias dos seguintes documentos: a) Cdula de Identidade ou Habilitao ou Profissional;

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    19

    b) Cadastro de Pessoa Fsica; c) Diploma da Graduao frente e verso; d) Histrico escolar do Ensino Superior expedido por instituies de Ensino Superior devidamente credenciada pelo Ministrio da Educao; e) Carteira de Registro Profissional ou protocolo de entrada para obteno da Carteira no respectivo Conselho de Classe Profissional; f) Ttulo de Eleitor e certido de quitao com a Justia Eleitoral; g) Quitao com o Servio Militar (candidato do sexo masculino); h) Comprovante de residncia; i) PIS/PASEP; j) Trs fotos 3X4, iguais e recentes; k) Carto de vacina atualizado; l) Exame de tipagem sangunea; m) Nmero de agncia e conta corrente do Banco do Brasil ou da Caixa Econmica Federal. 11.4 O candidato que no comparecer nas datas estabelecidas para a efetivao da matrcula acadmica, com o preenchimento da Ficha de Matrcula e entrega da documentao, perder o direito classificao. 11.5 Aps a convocao dos candidatos APROVADOS, havendo, ainda, a existncia de vaga, ela ser preenchida pelos candidatos classificados para Reserva Tcnica obedecendo-se rigorosamente classificao final do respectivo Programa de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (COREMU, Formao e rea de Concentrao, quando houver), no perodo de validade do Processo Seletivo. 12. DA CONTRATAO 12.1. Aps a efetivao da matrcula acadmica, os candidatos aprovados nos Programas de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional da Sade sero convocados atravs de Edital de Convocao publicado no site da Secretaria da Sade (www.saude.ba.gov.br/eesp) para a assinatura do Contrato de Matrcula em Curso de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade, de responsabilidade da Secretaria da Sade do Estado da Bahia. 12.1.1 O candidato dever comparecer no dia, horrio e local (ais) designado(s), conforme Edital de Convocao publicado para entrega da documentao exigida. 12.2 No ato da contratao, o candidato habilitado dever apresentar os seguintes documentos: a) Originais e Cpias do RG, CPF, Ttulo de Eleitor, e registro no PIS/PASEP; b) Original e Cpia da Carteira de Trabalho e Previdncia Social - CTPS; c) 02 (duas) fotos 3x4 (recentes e idnticas); d) Original e cpia do documento de comprovao de escolaridade correspondente ao Programa de Residncia Multiprofissional no qual foi inscrito; e) Carteira de Registro Profissional ou protocolo de entrada para obteno da Carteira no respectivo Conselho de Classe Profissional f) Original e cpia da Certido de Casamento para os candidatos de estado civil casado; g) Original e cpia da Certido de Nascimento ou RG dos dependentes, se houver; h) Original e cpia do Certificado de Reservista para candidatos do sexo masculino at os 45 (quarenta e cinco) anos de idade; i) Declarao de Bens; j) Nmero de conta corrente no Banco do Brasil; k) Original e cpia de comprovante de residncia; l) Atestado de Sade Ocupacional - ASO, expedido por Mdico do Trabalho ou Servio Mdico Especializado em Medicina Ocupacional; m) Carteira de vacinao atualizada. 12.3 O candidato que, na data da contratao, no reunir os documentos requisitados e enumerados acima, perder o direito ao ingresso no Programa de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade. 13. DAS DISPOSIES FINAIS

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    20

    13.1 Durante o perodo de validade do Processo Seletivo Unificado, a Comisso reserva-se no direito de proceder s convocaes, em nmero que atenda ao interesse e s necessidades conforme os Programas de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade, observando o nmero de vagas existentes. 13.2 Todos os clculos descritos neste Edital sero realizados com 02 (duas) casas decimais, arredondando-se para cima sempre que a terceira casa decimal for maior ou igual a 05 (cinco). 13.3 O acompanhamento das publicaes referentes ao Processo Seletivo Unificado de responsabilidade exclusiva do candidato. 13.4 Informaes relativas situao do candidato no Processo Seletivo Unificado no sero prestadas por telefone. 13.5 Todos os atos relativos ao presente Processo Seletivo Unificado, convocaes, avisos, resultados e homologao sero divulgados no site da Fundao CEFETBAHIA (www.fundacaocefetbahia.org.br/sesab/eesp/2016/residencia/selecao.asp), sendo que o Resultado Final e a sua Homologao do Processo Seletivo Unificado sero tambm publicados no Dirio Oficial do Estado da Bahia. 13.6 No ser fornecido ao candidato qualquer documento comprobatrio de classificao no Processo Seletivo Unificado, valendo para esse fim as listagens divulgadas no site da Fundao CEFETBAHIA (www.fundacaocefetbahia.org.br/sesab/eesp/2016/residencia/selecao.asp e no site da Secretaria da Sade (www.saude.ba.gov.br/eesp). 13.7 Os itens do Edital podero sofrer eventuais alteraes, atualizaes ou acrscimos, enquanto no consumada a providncia ou evento que lhes disser respeito, ou at a data da convocao dos candidatos para as provas correspondentes, circunstncia que ser mencionada em Edital ou Aviso a ser publicado no site da Fundao CEFETBAHIA (www.fundacaocefetbahia.org.br/sesab/eesp/2016/residencia/selecao.asp e no site da Secretaria da Sade (www.saude.ba.gov.br/eesp). 13.8 A Comisso Estadual de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (CEREMAPS), no se responsabilizar por eventuais prejuzos causados ao candidato decorrentes de: a) endereo no atualizado; b) endereo de difcil acesso; c) correspondncia devolvida pela Empresa de Correios e Telgrafos (ECT) por razes diversas de fornecimento e/ou endereo errado do candidato; d) correspondncia recebida por terceiros. 13.9 Caso necessrio, o candidato dever solicitar Secretaria da Sade do Estado da Bahia, alterao, atualizao ou correo dos dados de endereo, telefone, celular e/ou email para contato. 13.10 Os casos omissos sero resolvidos pela Comisso de Processo Seletivo e, no que couber, pela Comisso Estadual de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (CEREMAPS), no que tange realizao deste Processo Seletivo Unificado. 13.11 As despesas relativas participao nas etapas e procedimentos do Processo Seletivo Unificado de que trata este Edital correro por conta dos prprios candidatos. 13.12 A Secretaria da Sado do Estado da Bahia, O Coordenador Geral da Comisso Estadual de Residncia Multiprofissional e em rea Profissional de Sade (CEREMAPS) e a Fundao CEFETBAHIA no se responsabilizaro por quaisquer cursos, textos, apostilas e outros impressos referentes a este Processo Seletivo Unificado.

    Salvador, 06 de novembro de 2015

    Rosngela Martins Gueudeville

    Coordenadora CEREMAPS

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    21

    ANEXO I - CONTEDO PROGRAMTICO

    Considerar-se- a legislao vigente at a data da publicao do Edital de Abertura das Inscries.

    1) CONHECIMENTOS GERAIS EM SADE

    1.1 Para os todos os Programas

    Biotica; Conceitos de eficcia, eficincia e efetividade; Constituio Federal de 1988, Seo II - Da Sade; Controle Social; Economia da Sade; Educao em Sade; Epidemiologia; Financiamento da Sade; Humanizao da Ateno e da Gesto na Sade; Legislao SUS: Lei Federal n. 8.080, de 19/09/1990, Lei Federal n. 8.142, de 28/12/1990 e Decreto Federal n. 7508, de 23/06/2011; Liderana no Trabalho; Modelos Assistenciais em Sade: organizao da assistncia sade; Monitoramento de Indicadores de Estrutura, Processo e Resultados; Pacto pela Sade; Planejamento, Gesto e Avaliao de Servios e Programas de Sade; Poltica Nacional da Ateno Bsica; Poltica Nacional de Promoo da Sade; Polticas Pblicas em Sade e sua Evoluo Histrica; Processo de Trabalho em Sade; Programas de Sade; Qualidade em Servios de Sade: conceitos e aspectos gerais; Segurana do Trabalho em Sade; Trabalho em equipe multidisciplinar; Vigilncia Sade: Epidemiolgica, Sade do Trabalhador, Sanitria e Ambiental.

    2) CONHECIMENTOS BSICOS DA GRADUAO

    2.1 Para egressos da Graduao em Enfermagem

    N GRADUAO CDIGOS

    01 ENFERMAGEM 001, 002, 003, 030, 031, 032, 055, 065, 075, 080, 090, 100 e 105

    tica e Biotica em Enfermagem: Aspectos ticos e legais do exerccio profissional do enfermeiro. Fundamentos de Enfermagem: O cuidado humanizado em sade e em enfermagem. Sinais vitais. Administrao de medicamentos (noes de farmacologia, clculo para dosagem de drogas e solues, vias e cuidados na aplicao, venclise). Aplicao de calor e frio. Cuidados de enfermagem aos clientes portadores de lceras por presso e/ou Feridas. Cuidados e manuseio de tubos, drenos, sondas e cateteres. Metodologia da Assistncia de Enfermagem: Sistematizao da Assistncia em Enfermagem, Processo de Enfermagem. Administrao em Enfermagem: princpios e elementos de administrao, estrutura organizacional, superviso, avaliao de desempenho, planejamento de recursos humanos e materiais em enfermagem. Biossegurana: Preveno e controle de infeco hospitalar. Sade Coletiva: Vigilncia em Sade, Programa de preveno, controle e tratamento da hansenase e tuberculose. Programa de controle da Hipertenso Arterial e Diabetes Melittus. Programa Nacional de DST/AIDS. Calendrio de vacinao da criana, do adolescente, do adulto e do idoso. Sade do adulto e do idoso: Cuidados de enfermagem nas situaes clnicas e agravos aos indivduos e famlias.

    2.2 Para egressos da Graduao em Farmcia

    N GRADUAO CDIGOS

    02 FARMCIA 004, 005, 006, 033, 034, 058, 067, 081, 091 e 092 Farmacologia: Vias de administrao de Formas Farmacuticas, processos farmacocinticos, Frmacos em gestao e lactao, Frmacos em pediatria, Contratores e relaxantes uterinos, Farmacologia clnica da infeco; Princpios de Farmacoepidemiologia e Farmacovigilncia, Interaes medicamentosas, Reaes adversas a medicamentos; Erros de medicao: tipos, causas e preveno de erros; Assistncia Farmacutica:

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    22

    Definies e conceitos, Ciclo da Assistncia Farmacutica: seleo, programao, aquisio, armazenamento, distribuio, dispensao e utilizao de medicamentos. Farmcia Hospitalar: misso, estrutura organizacional e funes clnicas, farmacotcnica hospitalar: teraputica nutricional parenteral e quimioterapia antineoplsica; Ateno Farmacutica em pediatria.

    2.3 Para egressos da Graduao em Odontologia

    N GRADUAO CDIGOS

    03 ODONTOLOGIA 015, 016, 017, 039, 056, 069 e 106

    Agravos e condies bucais: crie dentria, doena periodontal, oclusopatias, dor orofacial, traumatismo dentrio, trauma maxilofacial, cncer bucal. Associao entre leses orais e manifestaes sistmicas. Urgncias em Odontologia: diagnstico e conduta. Teraputica medicamentosa em Odontologia.

    2.4 Para egressos da Graduao em Psicologia

    N GRADUAO CDIGOS

    04 PSICOLOGIA 021, 023, 040, 041, 042, 057, 070, 076, 082, 094 e 101

    Psicologia Hospitalar no Brasil: aspectos histricos, conceituais e tericos; Histrico da insero dos servios de psicologia nos hospitais do Brasil; As concepes de sade e doena e as suas caractersticas contemporneas; Atividades do psiclogo na assistncia, ensino e pesquisa; Limites e desafios do trabalho multidisciplinar, interdisciplinar e transdisciplinar. Atendimento psicolgico nas diversas situaes de hospitalizao: adultos, adolescentes, crianas e familiares; As especificidades do trabalho do psiclogo nas unidades de atendimento ambulatorial, internao, UTI, urgncia, emergncia e pronto atendimento; Atendimento nas diversas clnicas de internao como: pediatria, cardiologia, nefrologia, neurologia, oncologia, ortopedia, obstetrcia, gastroenterologia e geriatria; Avaliao psicolgica, diagnstico e interveno no contexto hospitalar e na residncia multiprofissional em sade.

    2.5 Para egressos da Graduao em Servio Social

    N GRADUAO CDIGOS

    05 SERVIO SOCIAL 018, 019, 020, 043 e 083

    Estado, questo social, poltica social e Servio Social. A contrareforma do Estado e a seguridade social. Ofensiva neoliberal: reformas universitrias e os hospitais universitrios. O debate contemporneo sobre o Servio Social. tica e Legislao Profissional. Projeto tico-Poltico hegemnico. Servio Social e Instrumentalidade: relao teoria e prtica. Competncias profissionais: dimenses terico-metodolgico, tico-poltica e tcnico-poltica. Servio Social, poltica de sade e o controle social. Polticas e programas do SUS. Trabalho em equipe e interdisciplinaridade. Servio Social e anlise institucional. Famlia e proteo social. Marcos jurdicos e institucionais aps a Constituio Federal de 1988; Estatuto do Idoso. Estatuto da Criana e Adolescente. Lei Orgnica da Assistncia Social. Lei Maria da Penha. Portador de Necessidades Especiais.

    2.6 Para egressos da Graduao em Fisioterapia

    N GRADUAO CDIGOS

    06 FISIOTERAPIA 007, 008, 044, 045, 046, 051, 066, 077, 084 e 102

    Efeitos fisiolgicos, indicaes e contraindicaes de termoterapia, fototerapia, massoterapia, cinesioterapia e eletroterapia. Fisioterapia em traumatologia, ortopedia e reumatologia. Fisioterapia em neurologia. Fisioterapia em ginecologia e obstetrcia. Fisioterapia em pediatria e geriatria. Fisioterapia em pneumologia.

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    23

    Fisioterapia respiratria: fisioterapia pulmonar. Fisioterapia em terapia intensiva adulto e peditrica. Princpios bsicos de ventilao mecnica. Desenvolvimento neuropsicomotor. Fisiologia do sistema cardiorrespiratrio. Fisiologia da contrao muscular. Cinestesia. Avaliao e tratamento de patologias pneumolgicas, cardiolgicas, ortopdicas, peditricas e neurolgicas. Recursos teraputicos: eletroterapia, massoterapia, termoterapia, biotica profissional.

    2.7 Para egressos da Graduao em Nutrio

    N GRADUAO CDIGOS

    07 NUTRIO 012, 013, 014, 038, 050, 060, 061, 068, 085 e 093

    Avaliao do estado nutricional: tcnicas, prticas e interpretaes. Diagnstico nutricional. Avaliao nutricional e terapia diettica em obesidade. Diabetes mellitus, Doenas cardiovasculares, Doenas transmissveis, Pneumopatias, Neuropatias, Nefropatias, Doenas do sistema digestrio e anexos, Cncer, SIDA. Cirurgias. Queimaduras, Trauma e Sepse. Terapia nutricional enteral e parenteral. Desnutrio. Avaliao nutricional e Alimentao do lactente, pr-escolar, escolar e adolescentes. Terapia nutricional em pediatria: Desnutrio, Anemia ferropriva, Hipovitaminose A, Obesidade, Diabetes mellitus,Cconstipao intestinal e Alergia alimentar. Cuidado nutricional de gestante de baixo e alto risco (Diabetes na gestao, Sndromes hipertensivas da gravidez, Anemia, Hipovitaminose A, Gestante, Adolescente) e, Assistncia pr-natal. Equipe multiprofissional e atuao do nutricionista no cuidado nutricional na ateno bsica sade. Nveis de interveno das aes de alimentao e nutrio dirigidas ao indivduo, famlia e comunidade. Sistema de Vigilncia Alimentar e Nutricional (SISVAN) na assistncia sade. Princpios da tica, da moral e da biotica com a prtica profissional luz da cincia e dos valores humanos.

    2.8 Para egressos da Graduao em Fonoaudiologia

    N GRADUAO CDIGOS

    08 FONOAUDIOLOGIA 009, 010, 011, 035, 036 e 037

    Audiologia: anatomofisiologia da audio; desenvolvimento normal da audio e da linguagem; avaliao auditiva no adulto e na criana: audiometria tonal e vocal, imitnciometria, avaliao auditiva infantil, processamento auditivo central (fundamentos, tcnicas, interpretao de resultados, patologias, conduta e discusso de casos); triagem auditiva em crianas e escolares; sade auditiva do trabalhador; avaliao eletro fisiolgica emisses otoacsticas, potencial evocado auditivo; prtese auditiva; implante coclear; otoneurologia. Linguagem: anatomofisiologia da linguagem; fundamentos da lingustica; distrbios de fala e linguagem; avaliao, classificao, diagnstico diferencial, e teraputica. Motricidade Orofacial: anatomofisiologia relacionada motricidade orofacial; crescimento e desenvolvimento maxilofacial; desenvolvimento e funes do sistema estomatogntico; acompanhamento fonoaudiolgico em pacientes portadores de fissura lbio palatal, disartrofonia, paralisia facial, encefalopatia crnica da infncia, dispraxia e disfagia (avaliao, classificao, diagnstico, tratamento e gerenciamento). Voz: eufonia, disfonia e sade vocal; teorias da fonao; definio e classificao dos transtornos de voz; voz e os ciclos da vida: embriologia e desenvolvimento da laringe; avaliao e tratamento das disfonias; avaliao e treinamento da voz profissional; avaliao e tratamento de voz para indivduos com surdez; avaliao acstica da voz; avaliao e tratamento das sequelas na voz, fala e deglutio de pacientes das cirurgias de cabea e pescoo; relaes funcionais entre voz, deglutio e motricidade orofacial; procedimentos pr e ps-operatrio imediato nas microcirurgias larngeas; qualidade de vida na disfonia e na disfagia; protocolos de acompanhamento e aderncia do paciente.

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    24

    2.9 Para egressos da Graduao em Sade Coletiva

    N GRADUAO CDIGOS

    09 Bacharel em Sade Coletiva 107

    Sistema nico de Sade: princpios, diretrizes e formas de organizao dos servios; Principais problemas de sade da populao brasileira; Vigilncia epidemiolgica; Promoo da sade; Indicadores de sade.

    3) CONHECIMENTOS ESPECFICOS DO PROGRAMA DE RESIDNCIA

    3.1 Para Residncia Integrada Multiprofissional em Sade com Graduao em Enfermagem:

    PROGRAMA GRADUAO CDIGOS

    RESIDNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM SADE ENFERMAGEM 001, 002 e 003

    Processo de Cuidar de Enfermagem ao adulto, idoso e criana hospitalizada (distrbios clnicos e cirrgicos); Reconhecer os tipos de isolamento do paciente, os equipamentos de proteo individual (EPI) e como us-los; Cuidados de Enfermagem nas situaes de emergncia (traumas, afeces cardacas, respiratrias, renais, neurolgicas, metablicas e gastrointestinais); Conhecer as indicaes, contraindicaes e os cuidados ao adulto, idoso e criana em uso de cateteres, sondas e ostomias: tubo orotraqueal, traqueostomia, gastrostomia, sonda enteral, sonda vesical, cateter venoso central, portocath, eletroconvulsoterapia; Identificar os cuidados ao adulto, idoso e criana em pr, trans e ps-operatrio, analisando os fatores que podem por em risco a vida do paciente; Conhecer os cuidados e riscos ao adulto, idoso e criana em uso de medicamentos; Conhecer o cdigo tico, os valores polticos e os atos normativos da profisso.

    3.2 Para Residncia Integrada Multiprofissional em Sade com Graduao em Farmcia:

    PROGRAMA GRADUAO CDIGOS

    RESIDNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM SADE FARMCIA 004, 005 e 006

    Planejamento de um servio de farmcia hospitalar. Seleo de medicamentos. Gerenciamento clnico em farmcia hospitalar. Controle de estoque. Inventrio. Dispensao e distribuio de medicamentos. Centro de Informao de Medicamentos. Evento Adverso. Ensaios Clnicos. Nutrio Parenteral. Quimioterpicos. Controle de Infeco Hospitalar. Farmacotcnica Hospitalar. Farmcia Clnica e Ateno Farmacutica. Mtodos para Avaliao Sistemtica dos Pacientes. Interaes medicamentosas. Farmacoepidemiologia. Conciliao Medicamentosa. Orientao farmacutica.

    3.3 Para Residncia Integrada Multiprofissional em Sade com Graduao em Fisioterapia:

    PROGRAMA GRADUAO CDIGOS

    RESIDNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM SADE FISIOTERAPIA 007 e 008

    Gesto e Vigilncia em sade. Redes de ateno sade. Promoo sade e Ateno bsica. Semiologia e diagnstico cinesiolgico funcional. Ventilao mecnica invasiva e no invasiva. Avaliao funcional e atendimento do paciente crtico e no crtico. Tcnicas e mtodos de interveno fisioteraputica no paciente neurolgico. Tcnicas e mtodos de interveno fisioteraputica no paciente traumato-ortopdico. Tcnicas e mtodos de interveno fisioteraputica no paciente cardiopata. Tcnicas e mtodos de interveno fisioteraputica no paciente reumatolgico. Tcnicas e mtodos de interveno fisioteraputica no paciente oncolgico. Tcnicas e mtodos de interveno fisioteraputica no paciente com afeces respiratrias. Tcnicas e mtodos de interveno fisioteraputica no paciente de ps cirurgia abdominal, torcica ou plvica e portadores de patologias de interesse da clnica mdica. Condutas fisioteraputicas especficas para o paciente peditrico no ambiente hospitalar. .

  • EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIES

    SECRETARIA DA SADE DO ESTADO DA BAHIA / CEREMAPS PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA RESIDNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM REA

    PROFISSIONAL DA SADE - EDITAL N 002/2015 Edital contendo as alteraes introduzidas pela Errata 004/2015 publicado no dia 04 de janeiro de 2016

    25

    3.4 Para Residncia Integrada Multiprofissional em Sade com Graduao em Fonoaudiologia:

    PROGRAMA GRADUAO CDIGOS

    RESIDNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM SADE FONOAUDIOLOGIA 009, 010 e 011

    Gesto e Vigilncia em sade. Redes de ateno sade. Promoo sade e Ateno bsica. Ototoxidade. Avalia e interpretao dos testes do diagnstico audiolgico no adulto e na criana. Triagem auditiva, diagnstico precoce e acompanhamento audiolgico do recm-nascido de risco. Avaliao, diagnstico e interveno nas disfonias neurognicas. Atuao fonoaudiolgica em fononcologia e cirurgias de cabea e pescoo. Avaliao, diagnstico e interveno nas disartrias e apraxias. Avaliao, diagnstico e interveno nos distrbios de linguagem de origem neurognicas (afasias e processos relacionados demncia). Comunicao suplementar e alternativa. Avaliao, diagnstico e interveno nas disfagias orofarngeas neurognicas. Avaliao, diagnstico e interveno nas disfagias orofarngeas mecnicas. Avaliao, diagnstico e interveno em neonatos, lactentes e pediatria. Fonoaudiologia e terapia nutricional. Impacto da traqueostomia nas funes de fonao, fala e deglutio. Impacto da intubao orotraqueal nas funes de fonao, fala e deglutio. Indicao e interpretao de exames complementares: videoendoscopia da deglutio e videofluoroscopia da deglutio.

    3.5 Para Residncia Integrada Multiprofissional em Sade com Graduao em Nutrio:

    PROGRAMA GRADUAO CDIGOS

    RESIDNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM SADE NUTRIO 012,013 e 014

    Caractersticas, digesto, absoro e metabolismo dos macronutrientes; Vitaminas e Minerais: Funes, recomendaes, carncias e excessos; Terapia nutricional oral, enteral e parenteral em pediatria: Erros inatos do metabolismo; Alergia alimentar, doenas do trato digestrio, doenas cardiorrespiratrias; Nutrio nos dois primeiros anos de vida; Terapia Nutricional oral, enteral e parenteral nas seguintes situaes: Doenas do aparelho digestivo e rgos anexos; Doenas infectocontagiosas; Obesidade; Doenas do aparelho cardiovascular; Diabetes; Cncer; Doenas pulmonares; Imunossupresso; Paciente crtico; Trauma e doenas hipermetablicas; Doenas psiquitricas; Transtornos alimentares.

    3.6 Para Residncia Integrada Multiprofissional em Sade com Graduao em Odontologia:

    PROGRAMA GRADUAO CDIGOS

    RESIDNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM SADE ODONTOLOGIA 015,016 e 017

    Anatomia de cabea e pescoo. Fisiologia da hemostasia. Biossegurana em Odontologia. Cistos e tumores odontognicos. Manifestaes bucais de doenas infecciosas: bacterianas, virais e fngicas. Manifestaes bucais de doenas imunolgicas. Manejo odontolgico de pacientes com doena cardiovascular. Ateno odontolgica nos pacientes oncolgicos. Cncer de boca e leses potencialmente malignas. Tomografia computadorizada em Odontologia.

    3.7 Para Residncia Integrada Multiprofissional em Sade com Graduao em Servio Social:

    PROGRAMA GRADUAO CDIGOS

    RESIDNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM SADE SERVIO SOCIAL 018, 019 e 020

    Polticas Sociais e a Seguridade Social Brasileira. SUS: conceitos e trajetria histrica. A Reforma Psiquitrica no Brasil. Servio Social contemporneo. Determinaes sociais do processo sade-doena: a doena como processo social. tica e Legislao Profissional. Servio Social