aposentados - sindipetro ba · assistência e as novidades no benefício farmácia. aposentados e...

Click here to load reader

Post on 25-Sep-2020

0 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Previdência Social, a partir de janeiro de 2013. Além disso, outros 2,3 milhões de segurados que já tiveram seus benefícios cessados também receberão os atrasados referentes aos últimos cinco anos.

    A revisão é resultado de uma mudança no decreto 3.048 de 1999 que alterou o regulamento da Previdência Social. O acordo será assinado na sexta (10/8). Leia mais na

    O Instituto Nacional do Seguro Social informou na quinta (2) que fez proposta ao Ministério Público de São Paulo e ao Sindicato Nacional dos Aposentados, para a revisão do cálculo do benefício por

    incapacidade, pago e originado entre 1999 e 2009, de 2,797 milhões de benefícios. Segundo o governo, a revisão proposta garantirá aumento para 491 mil segurados que possuem benefícios ativos da

    Apesar das mudanças implementadas para melhorar o atendimento aos beneficiários e dependentes Petros no Posto Avançado da Pituba, crescem as reclamações sobre as filas e o tempo que se gasta para ser atendido. Como a maioria dos que procuram pelo serviço tem idade avançada e o movimento triplicou, a direção do Sindipetro Bahia reivindica a ampliação do quadro de funcionários, pois somente assim a demanda terá solução satisfatória.

    SERVIÇO DELIVERY

    A Petrobras implementou um novo procedimento para compra de medicamentos, o “delivery”. Agora, o beneficiário deve comparecer ao Posto Avançado da AMS, na Pituba, com a carteira, CPF do titular ou dependente que esteja precisando do medicamento e a

    APOSENTADOSE P E N S I O N I S TA S

    Boletim Informativo dos Aposentados e Pensionistas do Sistema Petrobrás – Ano I | nº9 | Agosto 2012

    POSTO PETROS

    Página 3

    Página 4

    INSS reajusta benefício de 491 mil e paga atrasados a 2,3 milhões

    Demanda cresce ereclamação também

    receita; depois do cadastramento dos remédios de uso contínuo a validade é de 120 dias. Se o remédio estiver na lista cadastrada ele será entregue em domicílio em até cinco dias.

    Há também a opção de comprar o remédio em farmácia cadastrada pela Petrobras, apresentar a fatura

    e pedir o reembolso; no entanto, se o medicamento for comprado em farmácia conveniada, a empresa não faz o reembolso.

    As reclamações quanto a essa orientação da AMS também chegam à direção do sindicato, que não entende essa lógica adotada pela Petrobras.

    Usuários reclamam do tempo gasto para ser atendido no posto

    Delegação do Sindipetro Bahia defendeu resoluções do 1º Congresso dos Petroleiros, teve ativa participação nos trabalhos e na plenária final, no domingo (5/8)

    wA

    ND

    AIC

    k C

    OSt

    A

    ANO 13.08.2012 EM DEFESA DA VIDA E DA FAMÍLIA PETROLEIRA

    ESSA DATA CONSAGRA NOSSAS LUTAS E CONQUISTAS

  • A POS E N TA DOS E P E N S I O N I S TA SS i n d i p e t ro - B a nº9 | Agosto 2012

    2

    Descontos indevidos na AMS

    AMS esclarece dúvidas dos aposentados

    Para melhor esclarecer e orientar aos beneficiários da AMS, o Sindipetro Bahia abriu seu espaço para o programa “AMS na ÀREA”, da Petrobras. técnicos da companhia realizaram uma palestra no auditório do sindicato durante na quarta (8), abordando a melhor forma de utilização da assistência e as novidades no benefício farmácia.

    Aposentados e pensionistas da capital e interior compareceram à palestra e participaram efetivamente do evento, fazendo perguntas e contestando a Petrobras em pontos considerados por eles deficitários da AMS. Os técnicos do RH e serviços compartilhados da Petrobras citaram avanços na

    AMS que foram conquistados através da própria luta dos trabalhadores e hoje constam no Acordo Coletivo de trabalho, como melhorias no reembolso de medicamentos e benefício farmácia, transformação em grande risco dos serviços de urgência e emergência realizados nos hospitais e reajuste do valor da livre escolha.

    A categoria fez inúmeras cobranças e reivindicações como a inclusão de novos medicamentos no benefício farmácia, atendimento adequado nas emergências e urgências no interior do estado e ainda reclamaram sobre os problemas que têm acontecido na liberação das cirurgias. As edições da

    Os trabalhadores têm procurado o Sindipetro para reclamar que a Petrobras continua efetuando descontos indevidos na AMS e que os valores que foram descontados após setembro de 2011 não foram ressarcidos até o momento.

    Os atendimentos deveriam ser considerados como de urgência e emergência e classificados como procedimentos de Grande Risco (GR).O sindicato orienta os trabalhadores da Petrobras, transpetro e Pbio que estão

    com esse problema que encaminhem seus nomes e respectivas matrículas e lotação para o endereço [email protected] cópia [email protected] coordenador do Sindipetro e conselheiro eleito da Petros,

    Paulo César Martin, informa que na próxima reunião da Comissão da AMS (FUP/sindicatos/ Petrobrás/subsidiárias), esse assunto será tratado e a relação dos trabalhadores que estão com esse problema será encaminhada.

    amS

    “AMS na ÀREA” são realizadas em unidades da companhia e sindicatos possibilitando a participação de aposentados e empregados que estejam de

    férias ou folga. Nas unidades as palestras são restritas aos empregados. Nos sindicatos elas são abertas aos demais beneficiários da AMS.

    Equipe do RH e Compartilhado foi àsede do Sindipetro Bahia esclarecer dúvidas sobre assistência médica

    BOLETIM INFORMATIVO DOS TRABALHADORES APOSENTADOS E PENSIONISTAS DO SISTEMA PETROBRÁS

    E X P E D I E N T E Ladeira da Independência, nº16A, Nazaré, SSA/BA, CEP 40040-340 – tel.: 71-3034-9313E-mail: [email protected] – Site: www.sindipetroba.org.brDiretores de Imprensa: Leonardo Urpia e Christian Pereira – textos e Edição: Alberto Sobral e Carol de AthaydeEditoração: Márcio klaudat – tiragem: 7.000 exemplares – Gráfica: GRASB

    wA

    ND

    AIC

    k C

    OSt

    A

  • A POS E N TA DOS E P E N S I O N I S TA S S i n d i p e t ro - B anº9 | Agosto 2012

    3

    A estimativa do governo é de que a revisão tenha um impacto mensal nos cofres do Instituto de R$ 56 milhões. Por ano, serão gastos R$ 728 milhões a mais, levando em conta o pagamento do 13° salário. Já o pagamento dos atrasados será realizado até 2022. Para os próximos dez anos, a previsão é de um custo R$ 7,7 bilhões referente ao pagamento dos atrasados, acrescentou o INSS.

    Segundo o presidente do INSS, Mauro Luciano Hauschild, a revisão dos benefícios será realizada automaticamente e não é necessário que os aposentados e pensionistas do Instituto procurem uma agência da Previdência Social. Além disso, os segurados que tenham direito ao reajuste ou aos atrasados receberão correspondência informando a data e o valor do pagamento, acrescentou. De acordo com ele, todos os casos serão identificados pelo INSS.

    Calendário de pagamentoOs segurados com benefícios ativos (491 mil pessoas) passam a receber o aumento na folha de pagamento de janeiro de 2013, paga no início do mês de fevereiro do próximo ano. Para os segurados com mais de 60 anos, os atrasados já serão pagos na folha de fevereiro, que tem início no mês de março de 2013.

    De 2014 a 2016, recebem os atrasados os segurados com benefício ativo e que têm de 46 a 59 anos. De 2016 a 2019, recebem aqueles com até 45 anos, já os segurados que tiveram o benefício cancelado, mas cujo valor seja inferior ao que é devido, receberão os atrasados entre 2019 a 2022. (assessoria Previdência/O GLOBO)

    Aposentado e pensionista não precisam ir a agências;

    revisão será automática

    INSS PaGa aTRaSaDOS

    O Conselho Deliberativo da Petros aprovou as alterações do Regulamento do Plano Petros do Sistema Petrobras necessárias à implementação de um novo processo de repactuação no ano de 2012, em decorrência de

    compromissos relativos à Petros assumidos no âmbito do Acordo Coletivo 2011.Este novo processo de repactuação destina-se aos Participantes e Assistidos que não firmaram o termo Individual de Adesão no

    processo de repactuação realizado em 2006 e 2007.As diretrizes para o novo processo de repactuação a ser implementado em 2012 são semelhantes às adotadas ao processo ocorrido em 2006/2007. As regras da nova

    repactuação passarão a vigorar a partir de 01/01/2013, sem efeitos retroativos. Confira a minuta do novo Regulamento com as alterações propostas noportal Petroswww.petros.com.br.

    Petros convoca para novo processo de repactuação

  • A POS E N TA DOS E P E N S I O N I S TA SS i n d i p e t ro - B a nº9 | Agosto 2012

    4

    A III Plenária Nacional da FUP, que aconteceu em Porto Alegre de quinta a domingo (3 a 5/8) marca nova etapa da luta dos petroleiros em defesa da vida, do meio ambiente e de conquistas sociais e econômicas. Com participação destacada da delegação do Sindipetro Bahia, a III Plenafup teve mais de 150 delegados do país inteiro, além de dezenas de observadores.

    Com o tema “A energia a favor dos povos, com justiça social e ambiental”, o evento deu atenção especial às reivindicações da categoria, reafirmando a luta pelo pagamento dos níveis salariais aos aposentados e pensionistas e inclusão de pai e mãe na AMS. A plenária final debateu ainda temas nacionais importantes, como a democratização dos meios de comunicação, conjuntura política, questões de gênero e da juventude.

    Entre os principais eixos de luta estão: referendo da separação das massas do Plano Petros e do novo processo de repactuação; ratificação da pauta aprovada pelo Conselho Nacional dos Aposentados e Pensionistas da

    Como em anos anteriores, o governo antecipa neste mês de agosto parte do 13º benefício; para os aposentados e pensionistas do Sistema Petrobras que recebem benefícios através

    do convênio Petrobras/INSS, o pagamento será feito dia 25.De acordo com o Regulamento do Plano Petros, quando o INSS fizer o pagamento desse adiantamento, a Petros também paga o adiantamento do seu 13º.

    Evento reafirma a luta pelo pagamento dos níveis salariaisdos aposentados e pensionistas

    Adiantamentodo 13ºdepositadoem agosto

    III Plenafup

    FUP; unificação das tabelas de reembolso dos benefícios educacionais, tomando como base o maior valor pago pela Petrobras; reavaliação do índice de correção da inflação dos benefícios dos aposentados e pensionistas, que atualmente é o IPCA. A plenária final da III Plenafup aprovou também por unanimidade as resoluções dos grupos que discutiram questões referentes a sindicalismo, previdência e benefícios, SMS e terceirização e setor petróleo.

    Delegação da Bahia: qualidade nos debates e ativa participação nos trabalhos

    FUP

    Nestes temas, a delegação do Sindipetro Bahia teve uma grande participação, aprovando

    as reivindicações aprovadas em Salvador, durante o I Congresso dos Petroleiros da Bahia.

    A delegação da Bahia contou com os aposentados Gilberto Santos Silva, José Lopes macedo, João Teixeira Gonçalves, Bernardo Duarte e Francisco Ramos (Chicão/FUP) e os da ativa José Santiago, André Luís Araújo Santana, João Marcos, Antônio M. P. Conceição, Gilson da Cunha Sampaio, Deyvid Bacelar, Edvar Fagundes, Henrique Crispim, Edson Almeida, Allan Almeida Santos, walter Araújo Souza Júnior, Eládio Pereira de Lima e Romilson de Oliveira.

    PRESTE aTENÇÃO

    1) quando a Petros, por forca do seu regulamento, fizer o pagamento do adiantamento do seu 13º, os assistidos (aposentados e pensionistas) que optaram em receber esse adiantamento em fevereiro, receberão somente o adiantamento do INSS.

    2) já os assistidos do Plano Petros que não optaram pelo adiantamento em fevereiro e esperavam receber o valor integral em novembro/2012, seja a parcela da Petros, seja a parcela do INSS, devido ao adiantamento do INSS e por força do regulamento do plano, mesmo que não tenha optado, receberão agora em agosto o adiantamento do 13º, tanto a parcela da Petros como a do INSS.