amando os nossos inimigos - ipjg.org. do... · 44 eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e...

Download Amando os nossos inimigos - ipjg.org. do... · 44 Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai…

Post on 07-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Amando os nossos inimigos

  • Mateus 5.3838 Ouvistes que foi dito: Olho por olho, dente por

    dente.

    O que dizia a Lei :

    Levtico 24.13, 17-20

    Deuteronmio 19.21

  • Mateus 5.38 Era uma instruo aos juzes de Israel

    O propsito da lei era impedir vinganas exageradas exageradas

    O princpio de proporcionalidade entre castigo e delito

    O limite da compensao, exatamente equivalente e no mais

  • Mateus 5.38 Na poca de Jesus a retaliao era substituda

    por penalidade financeira

    xodo 21.26 Se algum ferir o olho do seu xodo 21.26 Se algum ferir o olho do seu escravo ou o olho da sua escrava e o inutilizar, deix-lo- ir forro pelo seu olho.

    Em outros casos tambm, a punio no era fisicamente a mesma, exceto no caso de assassinato (vida por vida)

  • O ensinamento de Jesus Cristo no desejava eliminar a Lei

    Ao invs de utiliz-la nos tribunais, os Judeus utilizam como regra no dia a diautilizam como regra no dia a dia

    Cristo no pretendia ensinar que no devemos reagir se nossa famlia maltratada; nem que um pai deve sentar-se calmamente e ver sua famlia sofrer, sem poder defend-los

  • O ensinamento de Jesus A oposio de Jesus era contra o mau uso

    dessa expresso - Olho por olho, dente por dente

    No significava a anulao do princpio da equivalncia, mas a necessidade de moderar a sua aplicao luz do mandamento do amor, no interesse do reino de Deus e no conhecimento da ira vindoura de Deus

  • Mateus 5.3939 Eu, porm, vos digo: no resistais ao perverso;

    mas, a qualquer que te ferir na face direita, volta-lhe tambm a outra;

    (RC) ...oferece-lhe tambm a outra

    (NTLH) ...no se vinguem dos que fazem mal a vocs

  • Significa que os cristos devem ser capachos para todo o mundo ?

  • Mateus 5.39Recebemos um tapa na cara;

    Ao invs de brigar, devemos ficar calmos, e oferecer a outra face

    Isto no impede de protestarmos firmemente sobre a injustia sofrida, como o exemplo do prprio Salvador

  • Joo 18.23Replicou-lhe Jesus: Se falei mal, d testemunho do mal; mas, se falei bem, por que me feres?

    (NTLH) Se eu disse alguma mentira, prove que menti! respondeu Jesus. Mas, se eu falei a verdade, por que que voc est me batendo?

  • Mateus 5.4040 e, ao que quer demandar contigo e tirar-te a

    tnica, deixa-lhe tambm a capa.

    (NTLH) Se algum processar voc para tomar a (NTLH) Se algum processar voc para tomar a sua tnica, deixe que leve tambm a capa

  • Mateus 5.40 Naquela poca, os homens se vestiam com

    uma tnica e por cima uma capa, que servia como cobertor para a noite

    Era proibido por lei penhorar a capa xodo 22. 26-27

    Ceder a capa, implicava em uma atitude de grande concesso

  • Mateus 5.40 O contexto de algum que quer tirar

    vantagem da lei para benefcio prprio; com aes judiciais vexatrias e caras (litigioso)

    Jesus ensina que, em vez de fazer a mesma coisa, procurando os tribunais por algo insignificante, devemos simplesmente ceder

    uma questo que envolve propriedade, e no conscincia e vida

  • Mateus 5.4141 Se algum te obrigar a andar uma milha, vai com ele duas.

    Jesus se refere a uma obrigao da poca

    Nas principais estradas pblicas, mensageiros se posicionavam para transmitir o mais rpido possvel, missivas reais

  • Mateus 5.41 Esses mensageiros tinham autoridade para

    recrutar ou obrigar qualquer pessoa, animal, ou meio de transporte, a levar a mensagem

    Sobre esse costume que Jesus se refere;em vez de resistir a uma autoridade pblica que exigiu andar uma certa distncia, deveria ir em paz o dobro da distncia

  • O que se conseguevirando a face

    ou ou andando a segunda milha ?

  • Mateus 5.4242 D a quem te pede e no voltes as costas ao

    que deseja que lhe emprestes.

    (NTLH) Se algum lhe pedir alguma coisa, d; e, (NTLH) Se algum lhe pedir alguma coisa, d; e, se algum lhe pedir emprestado, empreste

  • Mateus 5.43-4443 Ouvistes que foi dito: Amars o teu prximo e

    odiars o teu inimigo.44 Eu, porm, vos digo: amai os vossos inimigos Eu, porm, vos digo: amai os vossos inimigos

    e orai pelos que vos perseguem;

  • Mateus 5.43-44 A ordem de amar o prximo est na Lei de

    Deus Lev. 19:18 No te vingars, nem guardars ira contra os filhos do teu povo; mas amars o teu prximo como a ti mesmo. Eu sou o SENHOR.

    Os Judeus deduziam que se amamos um, devemos odiar o outro

  • Mateus 5.43-44 Jesus nos deu uma difcil ordem: amar nossos

    inimigos como Deus amou os pecadores (pessoas em inimizade com Ele); com um amor gape

    impossvel amar a conduta de uma pessoa que nos insulta, xinga, que nos maltrata ou danifica nossos bens; ou que viola todas as leis de Deus

  • Mateus 5.43-44 Embora possamos odiar sua conduta e sofrer

    profundamente quando somos afetados por ela, podemos ainda assim desejar o bem para a pessoa

    Podemos ter piedade da sua loucura e insensatez; podemos falar bem dela e para ela; podemos retornar o bem pelo mal; podemos procurar lhe fazer o bem

  • Mateus 5.43-44O cristo um pacificador por obrigao e por

    ideal de vida (5.9 Bem-aventurados os pacificadores, porque sero chamados filhos de Deus)

    O amor cristo no um sentimento, atitude de amor, fazer o bem (mesmo quando no sentimos prazer nisso); e

    Devemos orar pelos inimigos

  • Romanos 12.17-2117 No torneis a ningum mal por mal; esforai-

    vos por fazer o bem perante todos os homens; 18 se possvel, quanto depender de vs, tende se possvel, quanto depender de vs, tende

    paz com todos os homens; 19 no vos vingueis a vs mesmos, amados, mas

    dai lugar ira; porque est escrito: A mim me pertence a vingana; eu que retribuirei, diz o Senhor.

  • Romanos 12.17-2120 Pelo contrrio, se o teu inimigo tiver fome,

    d-lhe de comer; se tiver sede, d-lhe de beber; porque, fazendo isto, amontoars brasas vivas sobre a sua cabea.

    21 No te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.

  • (NTLH) Romanos 12.17-2117 No paguem a ningum o mal com o mal.

    Procurem agir de tal maneira que vocs recebam a aprovao dos outros.

    18 No que depender de vocs, faam todo o possvel para viver em paz com todas as pessoas.

  • (NTLH) Romanos 12.17-2119 Meus queridos irmos, nunca se vinguem de

    ningum; pelo contrrio, deixem que seja Deus quem d o castigo. Pois as Escrituras Sagradas dizem: Eu me vingarei, eu acertarei contas com eles, diz o Senhor.

  • (NTLH) Romanos 12.17-2120 Mas faam como dizem as Escrituras: Se o

    seu inimigo estiver com fome, d comida a ele; se estiver com sede, d gua. Porque assim voc o far queimar de remorso e vergonha.

    21 No deixem que o mal vena vocs, mas venam o mal com o bem.

  • Mateus 5.45-4745 Para que vos torneis filhos do vosso Pai

    celeste, porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons e vir chuvas sobre justos e injustos.

  • Mateus 5.45-4746 Porque, se amardes os que vos amam, que

    recompensa tendes? No fazem os publicanos tambm o mesmo?

    (NTLH) ...por que esperam que Deus lhes d alguma recompensa? At os cobradores de impostos amam as pessoas que os amam!

    47 E, se saudardes somente os vossos irmos, que fazeis de mais? No fazem os gentios tambm o mesmo?

  • Mateus 5.4848 Portanto, sede vs perfeitos como perfeito o

    vosso Pai celeste

    Perfeito acabado, completo, puro, santo, ntegro

    Como nosso Pai : demonstrou iniciativa; tem compaixo, demonstra seu amor com aes

  • Concluses

    Por qu devemos amar os nossos inimigos ?

    Como devemos amar os nossos inimigos ?

  • GraaA graa de Deus um favor concedido a pecadores indignos.

    Deus no nos amou, escolheu, chamou e Deus no nos amou, escolheu, chamou e justificou por causa dos nossos mritos, mas apesar dos nossos demritos.

  • GraaA causa da salvao no est no homem, mas em Deus; no est no mrito do homem, mas na graa de Deus, no est naquilo que fazemos para Deus, mas no que Deus fez por ns.

    Deus no nos amou porque ramos receptivos ao seu amor, mas amou-nos quando ramos fracos, mpios, pecadores e inimigos.

  • GraaDeus nos escolheu no por causa da nossa f, mas para a f;

    Deus nos escolheu no porque ramos santos, Deus nos escolheu no porque ramos santos, mas para sermos santos;

    No porque praticvamos boas obras, mas para as boas obras;

    No porque ramos obedientes, mas para a obedincia. (Hernandes Dias Lopes)