a teologia da missao

Download A Teologia Da Missao

Post on 07-Jul-2016

220 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Historia da Igreja

TRANSCRIPT

A Teologia da Misso

A Teologia da MissoLatino-americanaSCULO 16 e 17Empreendimento missionrio colonizador dos povos ibricos na Amrica Latina

Incio do uso do termo Misso pelos jesutasPrtica Missionria caracterizada pela dominao poltica, econmica, social e religiosa.

TMI Teologia da Misso IntegralA preocupao fundamental da Teologia da Misso Integral, como o prprio nome o diz, o papel da Igreja enquanto comunidade apostlica no mundo. Compreender a natureza e a abrangncia da responsabilidade missionria da igreja, luz das Escrituras e da realidade scio-cultural na qual ela chamada por Deus a missionar, o seu desafio. A observao dos princpios da contextualizao e da integralidade so as condies que ela prpria se impe como necessrias para que alcance o objetivo de ser contextual e integral.

A Teologia da Misso Integral filha do ambiente scio-histrico e cultural da Amrica Latina, a partir da f evanglica. O evangelicalismo um movimento teolgico procedente da Europa e, de certa forma, da Amrica do Norte, tanto quanto as outras formas de cristianismo que se instalaram nas terras latino-americanas. Situar o evangelicalismo e sua procedncia histrica, bem como os pontos principais que formatam a sua teologia, imprescindvel para a compreenso da teologia da misso. Outro aspecto que merece discusso como a partir das sementes do evangelicalismo, plantadas em solo latino-americano, nasceu uma forma de f evanglica autctone, que afirma sua alteridade. As razes mais profundas do movimento evanglico esto na Reforma Protestante do sculo XVI. Parte-se, neste caso, da conjectura de que as nicas formas de religio autenticamente nativas da Amrica Latina, foram as indgenas.Origens Histricas da Teologia da Misso IntegralSCULO 16 REFORMA PROTESTANTEMovimento que aconteceu no sc. XVI, como desfecho de vrias outras manifestaes histricas em reao ao imperialismo Catlico Romano e impulsionado pelo esprito do Renascimento. Embora no apresentasse claramente uma inteno evangelizadora dos povos chamados pagos, o que motivo de muitas crticas, em sua essncia, e luz dos atuais conceitos de misso, foi caracteristicamente missionrio. Seria imprprio afirmar que um movimento que colocou a Bblia nas mos do povo em sua prpria lngua, defendeu a liberdade de interpretao das Escrituras, ensinou o livre acesso a Deus atravs de Jesus Cristo e possibilitou a vivncia espontnea da f, no foi missionrio. No desconsiderando as implicaes histricas do movimento e seus desdobramentos, foi na Reforma Protestante que a Misso apresentou sua face mais libertadora, pois repercutiu diretamente nos vrios aspectos da vida humana, ou seja: religiosa, social, econmica, poltica, cultural, etc.

SCULO 17-18: PIETISMO

Incio do Pietismo na Alemanha e, com ele, do movimento missionrio protestante;Movimento de dentro da Reforma, iniciado no final do sc. XVII em reao frieza do ortodoxismo luterano em vigor na poca;Movimento inaugurador das atividades missionrias transculturais protestantes.Caracterizou-se pela nfase na simplicidade e na disciplina da f e vida crist, na experincia pessoal de converso, santificao e envolvimento missionrio. Esses elementos passaram a motivar o empreendimento protestante evangelstico-missionrio entre os povos no cristos.SCULO 17-18MORAVIANISMO

Surgiu dentro do pietismo e marcou a atividade missionria protestante com um intenso envolvimento na evangelizao dos povos;Acrescentou ao modelo pietista da nfase na experincia de f, o desprendimento e a dedicao sacrificial na tarefa missionria;Destacou-se por apontar um modelo de misso no somente para os pobres, mas a partir dos pobres.SCULO 17-18PURITANISMOSeu envolvimento missionrio se deu dentro do contexto da expanso colonialista protestante europia.Movimento de dentro da Reforma, mais precisamente do calvinismo, ocorrido na Inglaterra no sc. XVII, caracterizado pela exigncia de um alto padro de moralidade pessoal e social dos cristos da poca, atravs da imposio legal e religiosa possibilitada pela tomada do governo. SCULO 17-18Iluminismo

Movimento intelectual que surgiu na Europa, caracterizado pelo extremo racionalismo;Deu incio chamada Modernidade;Influenciou o pensamento moderno, inclusive o da Teologia e, consequentemente, da Teologia da Misso.OS AVIVAMENTOS

AVIVAMENTO INGLS E METODISMO

Avivamento na Inglaterra, com nfase na experincia espiritual, conversionismo e envolvimento social.

Movimento que aconteceu no sc. XVIII dentro do puritanismo. Teve como lder proeminente Joo Wesley, que sofreu fortes influncias do pietismo alemo, mas teologicamente era de origem calvinista. Destacou-se pelas nfases na disciplina religiosa, experincia carismtica, envolvimento dos cristos na sociedade e de pregadores leigos na tarefa missionria e pastoral. O modelo missionrio por eles praticado enfatizava a converso pessoal e o envolvimento social concomitante desta.

AVIVAMENTOS NORTE-AMERICANOA Amrica do Norte foi colonizada de forma emigratria por puritanos ingleses, que visavam construir naquelas terras um novo mundo, uma Nova Inglaterra. Tal empreendimento se deu mediante extermnio ou expulso da populao nativa existente na poca e posse das terras americanas. Os avivamentos ocorridos na Amrica do Norte se deram nesse meio protestante de origem puritana e geraram vrios esforos missionrios, inclusive para a Amrica Latina.

AVIVAMENTOS NORTE-AMERICANOO Primeiro AvivamentoOcorreu em meios calvinistas, mas com grande repercusso para o meio Batista e Metodista por enfatizar a converso pessoal.

Foram seus protagonistas Jonathan Edwards e Jorge Whitefield.

O movimento enfatizava a experincia pessoal de converso, dedicao Escritura e a importncia dos constantes ventos de avivamento, marcando perodos da histria da Igreja. David Bosch descreve-o como uma mistura de puritanismo e pietismo configurados a partir da experincia americana.AVIVAMENTOS NORTE-AMERICANOO Segundo Avivamento

Teve incio no final do sc. XVIII. Predominou nos ambientes acadmicos e caracterizou-se pelo intenso envolvimento missionrio de estudantes entre povos considerados ainda no alcanados pela f crist evanglica. Alm do impulso do avivamento os missionrios tambm foram movidos pelo sentimento do chamado destino manifesto e tornaram-se assim representantes do expansionismo norte-americano principalmente no chamado Terceiro Mundo.

DESTINO MANIFESTOEstados Unidos - O Destino Manifesto e a Guerra contra o Mxico(1846-1848)

"A pura raa anglo-americana est destinada a estender-se por todo o mundo com a fora de um tufo. A raa hispano-mourisca ser abatida. " New Orleans Creole Courier, 27.01.1855SCULO 19 O GRANDE SCULO DAS MISSES Realizao das primeiras conferncias para discutir os rumos da evangelizao do mundo;Prtica missionria caracterizada pelo paternalismo.Destaque para o movimento estudantil na Amrica do Norte, sob a liderana de John R. Mott, com as nfases: no voluntariado, piedade e o impulso causado pelo internacionalismo e idealismo humanitrio norte americano;MOVIMENTO EVANGLICO OU EVANGELICALOriginado nos avivamentos, primeiramente na Inglaterra e em seguida na Amrica do Norte, a partir da configurao teolgico-missionria destes. Contou com representantes das diversas denominaes que compartilhavam dos princpios que marcaram os avivamentos, entre eles: converso pessoal, envolvimento social e evangelizao dos povos.Divergncias teolgicas dentro do movimento evanglico, principalmente nos assuntos escatolgicos, fizeram surgir no incio do sculo 20 trs segmentos que distinguiam entre si e, de alguma forma, representam a igreja evanglica at os dias de hoje, que so: Movimento Ecumnico, Movimento Fundamentalista e Movimento Evangelical Radical ou Crtico;A discusso missionria subseqente na Amrica Latina e a atual Teologia de Misso, so devedoras desses movimentos. Primeira Conferncia Missionria Internacional Edimburgo/1910Realizada em 1910 na cidade de Edimburgo Esccia Deu incio ao chamado Movimento Ecumnico;Realizada por lderes protestantes de diversas partes do mundo;Visava o desenvolvimento de estratgias para a evangelizao do mundo ainda naquela gerao;Se deu em relao de continuidade ao trabalho missionrio do sc. XIX;Destaque: a presena de povos do 3o.mundo na atividade missionria internacionalSCULO 20Presenciou duas guerras mundiais:Primeira 1914 a 1918Segunda 1939 a 1945SCULO 20Sediou historicamente vrios eventos para a discusso da tarefa missionria da Igreja;Marcou o fim do empreendimento colonial do primeiro mundo e a mudana de paradigma na ao missionria da igreja;Destaque: o advento da Teologia da Misso.

MOVIMENTO ECUMNICOCONGRESSOS EVANGELICAISLAUSANNE - 1974Congresso Internacional de Evangelizao Mundial, realizado no perodo de 16 a 25 de Julho de 1974, na cidade de Lausanne Suia, organizado pela Associao Evangelstica Billy Graham.Contou com a participao de aproximadamente 4.000 pessoas, representando em torno de 150 naes, 50% provenientes do mundo dos 2/3.As Principais palestras foram:1) Por que Lausanne (Billy Graham)2) A Base Bblica da Evangelizao (John Stott)3) Evangelizao na Igreja Primitiva (Michael Green)4) A Igreja como Agente de Deus na Evangelizao (Howard A. Snyder)5) A Evangelizao e o Mundo (Ren Padilla)6) A Evangelizao e a Busca de Liberdade, de Justia e de Realizao pelo Homem (Samuel Escobar)7) Forma e Liberdade na Igreja (Francis A. Schaeffer)8) A Cruz e a Evangelizao Mundial (Festo Kivergere)

Pacto de Lausanne

IntroduoNs, membros da Igreja de Jesus Cristo, procedentes de mais de 150 naes, participantes do Congresso Internacional de Evangelizao Mundial, em Lausanne, louvamos a Deus por sua grande salvao, e regozijamo-nos com a comunho que, por graa dele mesmo, podemos ter com ele e uns com os outros. Estamos profundamente tocados pelo que Deus vem fazendo em nossos dias, movidos ao arrependimento por nossos fracassos e dasafiados pela tarefa inacabada da evangelizao.