 Actualmente o processo de Haber é o mais importante método de obtenção de amoníaco. Fritz Haber recebeu o Prémio Nobel da Química de 1919 pelo desenvolvimento.

Download  Actualmente o processo de Haber é o mais importante método de obtenção de amoníaco. Fritz Haber recebeu o Prémio Nobel da Química de 1919 pelo desenvolvimento.

Post on 22-Apr-2015

103 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

<ul><li> Slide 1 </li> <li> Slide 2 </li> <li> Actualmente o processo de Haber o mais importante mtodo de obteno de amonaco. Fritz Haber recebeu o Prmio Nobel da Qumica de 1919 pelo desenvolvimento deste processo de sntese. Os gases nitrognio e hidrognio so combinados directamente a uma presso de 20 MPa e temperatura de 500C, utilizando o ferro como catalisador. N 2 (g) + 3 H 2 (g) 2 NH 3 (g) O azoto obtido do ar atmosfrico. O hidrognio a partir do gs natural. Obteno do amonaco </li> <li> Slide 3 </li> <li> Fritz Haber formulou as seguintes perguntas: Como obter o maior rendimento? Como deslocar o equilbrio no sentido directo, de forma a aumentar a produo do amonaco? De acordo com os Princpios da Qumica temos que considerar 3 factores fundamentais: temperatura, presso uso de catalisadores, (substncias que aumentam a velocidade da reaco) Processo industrial de sntese de Haber-Bosh </li> <li> Slide 4 </li> <li> Depois de vrios anos de trabalho chegou concluso: a presso deve ser, entre 200 atm e 103 atm; a temperatura de 500C; como catalisador, uma mistura de ferro, molibdnio e xido de alumnio. um reactor qumico capaz de suportar as altas presses de trabalho. A BASF estava muito interessada no fabrico industrial de amonaco, encarregando o engenheiro Karl Bosch de desenhar o reactor qumico, recebendo o processo o nome de sntese de Haber-Bosch. </li> <li> Slide 5 </li> <li> Slide 6 </li> <li> Questo 8-11 Ficha de Trabalho amonaco </li> <li> Slide 7 </li> <li> Em sistemas isolados Reaco exotrmicaReaco endotrmica A temperatura do sistema aumenta A temperatura do sistema diminui A energia cintica interna aumenta; a energia potencial associada s ligaes diminui A energia cintica interna diminui; a energia potencial associada s ligaes aumenta Reaco exotrmica E c interna R P E p interna P R RP E interna </li> <li> Slide 8 </li> <li> R P E p interna P R RP E interna E c interna Reaco exotrmica Em sistemas no isolados Reaco exotrmicaReaco endotrmica Transferncia de energia do sistema para a vizinhana Transferncia de energia da vizinhana para o sistema A energia libertada na formao das ligaes dos produtos superior energia absorvida na quebra de ligaes dos reagentes A energia libertada na formao das ligaes dos produtos inferior energia absorvida na quebra de ligaes dos reagentes </li> <li> Slide 9 </li> <li> Variao de entalpia, H, mede a energia transferida entre o sistema e a vizinhana, a presso constante Reaco exotrmicaH &lt; 0 Reaco endotrmicaH &gt; 0 N 2 + H 2 NH 3 H = -92 kJ mol -1 </li> <li> Slide 10 </li> <li> Manual pg 32 Figura 24 Manual pg 76-77 Exerccios 51, 52, 54, 55, 57 e 59 </li> </ul>

Recommended

View more >